SeaWorld Orlando expande sua instalação de cuidados com peixes-bois

O SeaWorld Orlando anunciou planos para construir três novas piscinas à sua instalação de tratamento de peixes-boi (Manatee Rehabilitation), dobrando seu tamanho atual e aumentando significativamente a sua capacidade.

Segundo a Attrations Magazine, durante uma coletiva de imprensa realizada em 22 de março de 2022, o SeaWorld delineou seus planos de expansão, afirmando que aumentará sua capacidade de ajudar e salvar peixes-boi por meio da instalação de piscinas adicionais que aumentarão a capacidade para acomodar mais de 60 peixes-boi em necessidade.

Além disso, um novo piso de elevador de cuidados intensivos será adicionado a uma piscina existente para ajudar a criar os animais com segurança para exames de saúde, tratamento e administração de cuidados médicos.

O parque de Orlando atualmente tem uma das maiores operações de resgate de peixes-boi do mundo e continua sendo uma das cinco únicas instalações de cuidados intensivos nos EUA. Desde 1976, o SeaWorld está na linha de frente para ajudar a salvar peixes-boi doentes, órfãos e feridos, e a equipe da Flórida resgatou e reabilitou mais de 800 até hoje.

As novas piscinas estarão operacionais em julho de 2022. O projeto completo deverá ser concluído em 2023. Para saber mais sobre o programa de resgate do SeaWorld Orlando, clique aqui.


Atualização: 30/03/2022

SeaWorld Orlando vai dobrar sua área de cuidados intensivos para peixes-bois

Novo complexo com três piscinas e piso elevado estão entre as adições planejadas
A reforma adicionará 757 mil litros de água, o dobro da área atual
Após a expansão, o SeaWorld Orlando poderá cuidar de mais de 60 peixes-bois em estado crítico, se tornando o local com a maior capacidade na Flórida e nos Estados Unidos
O projeto está atualmente em progresso e tem previsão para ser finalizado em 2023
O SeaWorld possui uma das maiores operações para salvar peixes-bois no mundo e mantém uma de apenas cinco unidades de cuidados intensivos nos Estados Unidos

ORLANDO, Flórida (30 de Março, 2022) – O SeaWorld anunciou a expansão de suas instalações de cuidados intensivos para peixes-bois em Orlando. O objetivo é aumentar a capacidade no Estado da Flórida para cuidar dos animais em necessidade. A reforma irá incluir um novo complexo de três piscinas com mais de 757 mil litros de água e um novo piso elevado em uma das piscinas já existentes, o que dobrará a área de cuidados de animais em estado crítico do Centro de Resgate do SeaWorld em Orlando. Após a expansão, o SeaWorld poderá cuidar de 60 peixes-bois ao mesmo tempo, a maior capacidade na Flórida e nos Estados Unidos. A expansão é necessária para cuidar do número recorde de animais em crise devido ao Evento de Mortalidade Incomum (UME, sigla em inglês).

“A crise enfrentada pelos peixes-bois não está recuando e nós sabemos que a infraestrutura do já existente Centro de Resgate do SeaWorld nos dá a base para rapidamente construir e expandir para podermos cuidar de mais animais necessitados,” disse Jon Peterson, vice-presidente de Operações Zoológicas e chefe do time de Resgate no SeaWorld Orlando, e presidente da Parceria de Resgate e Reabilitação de Peixes-bois (MRP, sigla em inglês). “O novo espaço, junto com a nossa equipe altamente especializada e experiente, mostra que somos capazes de nos mobilizar rapidamente para salvar a vida desses animais e evitar que a espécie entre em extinção.”

O novo complexo de três piscinas no Centro de Resgate do SeaWorld Orlando consistirá em uma grande nova piscina redonda rodeada de duas piscinas ovais ligeiramente menores. Todas as três piscinas serão interconectadas, e coberturas para o sol serão construídas sobre elas para ajudar no conforto dos peixes-bois em reabilitação. Além disso, um novo piso elevado para cuidado intensivo será instalado em uma piscina já existente, essencial para levantar os animais de forma segura até o nível da água para a realização de tratamentos médicos e checagens de saúde. A estrutura atual de decks também será modificada para possibilitar um melhor acesso da equipe de cuidadores aos animais. Todas essas modificações dobrarão o tamanho do espaço de cuidados de peixes-bois em estado crítico no Centro de Resgate do SeaWorld Orlando.

“Trabalhar em conjunto com organizações como o SeaWorld, FL Fish and Wildlife Conservation Comission, além de todos os outros parceiros na conservação dos peixes-bois é essencial para mitigar os impactos emergenciais e garantir a recuperação da espécie,” disse Leopoldo Miranda-Castro, diretor regional para Atlântico-Sul e regiões da Bacia do Mississippi da US Fish & Wildlife Service. “O SeaWorld está sempre disponível, 24 horas por dia, 7 dias por semana, ajudando animais em necessidade. Nós sabemos que este compromisso aliado à experiência e cuidado excepcional faz com que os animais que precisam de cuidados tenham uma melhor chance de sobrevivência no ambiente selvagem.

Os planos de expansão foram anunciados durante um evento sobre a importante parceria público-privada em progresso para salvar os peixes-bois. Fizeram parte porta-vozes de diversas agências de vida selvagem estaduais e federais e o parlamentar da Flórida, Darren Soto, que cointroduziu a legislação bipartidária para garantir aos peixes-bois o mais alto nível de proteção federal.

“O animal marinho oficial de nosso Estado – o peixe-boi – tem um lugar especial no coração de todo floridense. Eu gostaria de agradecer ao SeaWorld e os outros parceiros por tudo o que fazem para ajudar os animais resgatados e por providenciarem o melhor cuidado e reabilitação para levá-los de volta com sucesso às águas da costa,” disse o parlamentar da Flórida Darren Soto. “Eu constantemente escuto de meus eleitores que ajudar os peixes-bois é uma questão de grande relevância para eles. Assim, o Ato de Proteção aos Peixes-bois é mais uma importante forma de ajudarmos, garantindo à espécie o mais alto nível de proteção federal.”

As novas piscinas estão atualmente em fabricação e entrarão em operação em julho de 2022. As outras etapas da renovação continuarão em curso. O projeto tem previsão para ser finalizado no início de 2023.

Compromisso do SeaWorld para salvar os peixes-bois

Desde 1976, o SeaWorld tem ajudado peixes-bois doentes, órfãos e machucados além de ter resgatado e reabilitado mais de 800 animais da espécie somente na Flórida. O Centro de Resgate de cinco hectares do SeaWorld em Orlando é um dos maiores espaços disponíveis e serve como uma das únicas cinco unidades de cuidados intensivos nos Estados Unidos para o tratamento de animais em estado crítico, incluindo peixes-bois.

No mês passado foram adicionadas cinco piscinas de emergência de 12 metros para criar mais espaço para os animais em estado grave. As piscinas temporárias serão substituídas pelo novo complexo permanente de três piscinas.

As instalações de resgate do SeaWorld contam com uma grande variedade de equipamentos de cuidado intensivo, incluindo pisos elevados, aparelhos de diagnóstico e tratamento de última geração, além de veterinários especialistas e funcionários para o cuidado dos animais. O SeaWorld também é reconhecido por inovações essenciais para o tratamento dos peixes-bois que incluem o desenvolvimento uma fórmula para filhotes que pode ser adaptada para atender às necessidades individuais de cada bebê e a criação de uma mamadeira especial que imita a mãe peixe-boi. O SeaWorld também foi pioneiro em técnicas de tratamento como ultrassom, anestesia, raios X, cirurgia e termografia; os veterinários do SeaWorld também foram os primeiros a colocar gesso em um peixe-boi machucado.

Sobre o SeaWorld Entertainment Inc

SeaWorld Entertainment, Inc. (NYSE: SEAS) é uma organização líder em parques temáticos que proporcionam experiências que fazem a diferença e inspiram os visitantes a proteger os animais e as maravilhas do mundo selvagem. É uma das principais organizações zoológicas do mundo e líder global em bem-estar animal, treinamento, manejo e cuidados veterinários. Além disso, resgata e reabilita animais marinhos e terrestres que estão doentes, feridos, órfãos ou abandonados, com o objetivo de devolvê-los à natureza. O time de resgates do SeaWorld já prestou suporte a mais de 39 mil animais durante a história da companhia. O SeaWorld Entertainment, Inc. conta com marcas reconhecidas, incluindo SeaWorld®, Busch Gardens®, Aquatica®, Sesame Place® e Sea Rescue®. Durante seus mais de 60 anos de história, a organização construiu um portfólio de mais de 12 parques temáticos em diferentes destinos nos Estados Unidos. Os parques apresentam diversas atrações e espetáculos com apelo ambiental e proporcionam experiências memoráveis para seus visitantes.

Fonte: Attractions Magazine

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.