Escolha uma Página

ARTIGOS

  • Artigos
  • Leo Matsuda – um brasileiro criando a magia!

Leo Matsuda – um brasileiro criando a magia!

Todos que apreciam os desenhos animados da Disney – pelo menos uma vez na vida – já devem ter se indagado a respeito dos seus criadores, dos talentosos artistas que estão por trás de criações tão maravilhosas que trazem encantamento e entretenimento as nossas vidas.

Por certo, sem personagens como Mickey, Minnie, Alice, Ariel, Bambi, Capitão Gancho, Cinderela, Pato Donald, Dumbo, Pateta, Peter Pan, Pinóquio, Pluto, Robin Hood, Branca de Neve, Tinker Bell, e tantos outros, Orlando não teria a sua magia, talvez sequer fosse o destino de férias que é hoje.

Assim, nesta matéria quero deixar registrado o meu muito obrigado, não apenas ao querido Leo Matsuda – brasileiro talentoso e vencedor que trabalha atualmente para os estúdios Disney e gentilmente nos concedeu uma maravilhosa entrevista – mas a todos esses artistas brilhantes que trabalham nos estúdios Disney, que nos ajudam a continuar jovens de coração.

Quero ainda agradecer a amiga e participante do nosso fórum de discussão – Carolina Almeida – pois foi graças a ela que tive a oportunidade de contatar o seu primo Leo Matsuda. Bom, feito esse intróito, vamos a entrevista:

Qual o seu nome completo e idade?

Meu nome é Leo Matsuda e tenho 28 anos.

Leo, qual é a sua formação?

Bom, sou formado em Desenho Industrial pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pela CalArts (California Institute of the Arts) – Character Animation Program.

Quais as suas áreas de interesse?

Entretenimento é a minha maior área de interesse. Cinema é algo que me fascina. Dessa forma, pretendo continuar meu foco nessa área, mais precisamente em animação.

A sua infância influenciou-o a exercer a sua profissão?

A minha infância foi marcada por vários acontecimentos que de forma decisiva influenciaram em minha escolha por essa profissão. Eu sempre gostei de filmes desde pequeno e sempre gostei de desenhar. Essa paixão que eu sempre tive por arte é ainda imensa dentro de mim e começou em minha infância. O que muito me influenciou também foi o apoio de minha família que sempre me incentivaram nessa minha paixão.

Como surgiu a oportunidade de trabalhar com Maurício de Sousa e como foi a sua experiência?

Essa oportunidade surgiu, pois na época eu estava fazendo faculdade na universidade Mackenzie e eu precisava fazer um estágio na área de comunicação visual. Como sempre gostei de desenhar achei que trabalhar nos estúdios do Mauricio de Sousa poderia ser uma possibilidade.

Acabei decidindo enviar meu portfólio ao estúdio e depois de muita batalha acabei sendo aceito como estagiário. Não foi fácil ser aceito, mas como fui perseverante e acabei conseguindo essa oportunidade. Trabalhei no estúdio do Mauricio de Sousa no departamento de animação e aprendi muito com maravilhosos profissionais que lá conheci. Ainda mantenho contato com muitos deles.
Trabalhei na Universal Studios por intermédio dos estúdios Rough Draft, tendo sido contratado para trabalhar como “Layout Artist” no filme dos Simpsons.

O aprendizado que obtive nos estúdios Rough Draft foi enorme, não só pude me aprimorar como profissional, mas também conhecer muitos profissionais na área o que posteriormente acabou me ajudando em futuros trabalhos.

Ter bons contatos é muito importante na área de entretenimento, trata-se de uma indústria bem pequena onde acabamos conhecendo quase todo mundo.

Sobre a Disney, como você conseguiu ingressar?

Ingressei na Disney por conta do meu portfólio e também por indicação.

Logo depois que terminei meus estudos na CalArts enviei meu portfólio para a Disney e eles acabaram gostando muito do meu trabalho.
Muitos dos meus professores e amigos trabalhavam lá também e isso acabou me ajudando de certa forma. É muito importante ter muitos contatos nessa indústria, como havia dito, mas ainda mais importante, o fator crucial, é o trabalho pessoal do profissional, ou seja, o seu portfólio.

Ainda com relação a Disney, quais foram as funções que já exerceu e qual o seu papel atualmente dentre os cast members?

Comecei lá como estagiário no departamento de “Animação”, tendo como mentor Eric Goldberg (animador do gênio do desenho do Aladim e diretor de vários projetos realizados pela Disney).

Posteriormente, acabei focando a minha carreira em “Storytelling” (a arte de contar histórias), pois sempre gostei mais da parte de criação. Atualmente eu trabalho como “Storyboard Artist” (responsável pela seqüência dos desenhos de animação) e trabalhei no filme “Princess and the Frog” através do estúdio HGN.

Quem foi Walt Disney na sua concepção?

Walt Disney foi um visionário que não só revolucionou a arte da animação como também o conceito de entretenimento. Sem Walt posso dizer que nenhum estúdio de animação poderia ter o embasamento e a estrutura que possui atualmente. Walt Disney foi o inicio de tudo e a estrutura que criou foi tão forte que até hoje é utilizada pelos grandes estúdios e profissionais.

Como é trabalhar nos estúdios Disney?

Esta sendo uma das maiores experiências que já tive em minha vida. Não só estou aprendendo com os melhores profissionais do mercado como também me aprimorando como artista em geral. Profissionais em diversas áreas como “Visual Development”, “Story” e “Animation” trabalham juntos dividindo experiências e conhecimento.

Existem outros brasileiros trabalhando com você?

Existem outros brasileiros no departamento de animação. São profissionais extremamente talentosos e sempre que existe oportunidade de nos reunimos para almoço ou um jantar.

O que você mais gosta no seu trabalho?

O quê eu mais gosto em meu trabalho e a oportunidade de criar e contar estórias. É algo maravilhoso poder fazer o público rir e chorar de emoção. De alguma forma ter o poder de fazer a vida de muitas pessoas um sonho por uma hora e meia para que as mesmas esqueçam de seus problemas em suas vidas e possam vivenciar algo que nunca vivenciaram. Uma experiência fora do comum que nos transportam a outros mundos.

Você teve oportunidade para conhecer alguns dos premiados artistas da Disney (Disney Legends)?

A grande maioria dos premiados artistas da Disney infelizmente já faleceram. Na época que eu estudava na CalArts pude ver de perto dois dos “Nine Old Men”: Ollie Johnston e Frank Thomas. No entanto, eu pude conhecer animadores que são muito reconhecidos na atualidade como Eric Goldberg (animador do gênio do Aladim), Glen Keane (animador da Fera em “A Bela e a Fera”), Andreas Deja (animador do Scar), dentre outros.

Qual a mensagem que você gostaria de deixar para todos aqueles que sonham em um dia fazer parte da Disney?

Nunca desistam. Se eu tivesse desistido de primeira eu nunca teria essa oportunidade. Seja determinado e trabalhe firmemente em busca desse ideal. É uma área competitiva, mas se você confiar em seu trabalho e fizer sua parte, o mundo irá reconhecer seu trabalho. Estar no lugar certo, com as pessoas certas, no momento certo é algo muito importante também.


Luiz Carlos Pantoja Filho

Luiz Carlos Pantoja Filho

Proprietário e Webmaster

Criador e Webmaster do site Viajando para Orlando (carinhosamente conhecido como VPO), advogado, apaixonado pela obra de Walter Elias Disney e pelos parques de Orlando, pai da Manuella, marido da Greicy Pantoja...

%d blogueiros gostam disto: