NotíciasInformações curiosas sobre os pinguins e a Antártica

Informações curiosas sobre os pinguins e a Antártica

-

- patrocínio -

Fonte: SeaWorld Orlando

Ao entrar no novo reino do SeaWorld Orlando, os visitantes transformam-se em exploradores da Antártica. Eles são imersos nas paisagens e nos sons deste continente, além de conhecerem uma nova atração para toda a família e descobrirem uma colônia com mais de 250 pinguins em um ambiente a -1ºC.

Confira algumas informações interessantes sobre os pinguins e a Antarctica: Empire of the Penguin.

As Particularidades dos Pinguins

  • Aproximadamente 250 pinguins, de quatro espécies – Adélia, gentoo, rei e penacho-amarelo -, vivem em um novo habitat de última geração e completam a aventura da Antarctica: Empire of the Penguin.  

Gentoo

  • Pinguim de porte grande com uma faixa branca na cabeça
  • Pode nadar a uma velocidade de 37 km/h, fazendo dessa espécie a mais rápida
  • É o terceiro maior pinguim entre todas as espécies
  • Nosso herói Puck é da espécie gentoo.

Rei

  • É o maior pinguim da atração Antarctica:Empire of the Penguin. Cabeça, queixo e pescoço na cor preta, com manchas em forma de lágrima na cor laranja em ambos os lados da cabeça. A coloração laranja estende-se até a parte superior do peito.
  • Quando procuram alimentos viajam em grupos pequenos de 5 a 20 indivíduos e são conhecidos por terem a capacidade de mergulhar em grandes profundidades, chegando a até 300 metros de profundidade.
  • Eles têm o maior ciclo de reprodução entre todas as espécies de pinguins, com duração de 14 a 16 meses. Eles guardam seus ovos e protegem os filhotes na parte superior dos pés. Os pais revezam-se nessa função

Adélia

  • Esse é o pinguim clássico, tamanho médio e com uma marca que parece um smoking.
  • Os cientistas acreditam que eles atravessam os oceanos orientados pelo sol, acompanhando as diferentes posições dele no decorrer do dia.
  • Constroem seus ninhos com pedras e são conhecidos por roubarem as pedras dos ninhos vizinhos.

Penacho-Amarelo

  • Fácil se ser identificado na Antártica por causa de sua crista de cor vibrante e olhos vermelhos.
  • Para se defenderem de predadores os pinguins dessa espécie saltam como foguetes – às vezes eles pulam para fora do oceano quase três vezes a sua altura.
  • Em inglês possuem o nome rockhoppers porque muitas vezes quando estão em terra são vistos pulando de pedra em pedra.

Outras curiosidades:

  • Os pinguins vivem e reproduzem-se na Antártica – o lugar mais gelado, ventoso, alto e seco do planeta.
  • O urso polar é um predador de pinguins? Não. Eles vivem em polos opostos do planeta! Todos os pinguins vivem no Hemisfério Sul.
  • A camada espessa de gordura dos pinguins oferece um impressionante isolamento ao frio. Suas penas agem como telhas em um telhado, criando uma proteção na superfície praticamente impenetrável ao vento e à água.
  • Os pinguins emitem sons e têm movimentos corporais que os ajudam na comunicação. Eles se comunicam por alguns motivos assim como nós – para encontrar famílias e amigos ou para se defender dos inimigos.
  • Os pinguins mergulham em média 450 vezes por dia para encontrar sua comida e conseguem coletar cerca de 130 a 180 quilos de peixes todos os dias, incluindo os favoritos deles que são os arenques e os capelins.
  • Você sabia que cerca de 10 toneladas de neve irão cair diariamente no habitat dos pinguins na Antarctica: Empire of the Penguin?
  • A iluminação do habitat dos pinguins na atração Antarctica muda quase que diariamente, de acordo com o ciclo de luz do Hemisfério Sul.
  • O inverno e o verão na Antártica acontecem em momentos opostos aos das estações em Orlando.
  • Essa atenção aos detalhes do meio ambiente é uma das razões do SeaWorld apresentar um dos programas mais bem sucedidos de reprodução de pinguins.
  • Os pinguins fazem parte de um grupo de cerca de 40 espécies de pássaros que não voam – mas eles são verdadeiros “voadores” dentro da água. Os visitantes poderão ver os pinguins mergulhando, nadando e “voando” dentro da água em três diferentes níveis de observação.
  • Você já viu o rastro de bolhas que os pinguins deixam quando eles estão nadando? Pesquisas indicam que alguns pinguins usam ar como um motor para ganharem impulso e velocidade ao saltarem para fora da água.
  • Os pinguins podem adaptar-se em diversas áreas, mas eles não resistem às ameaças globais, como poluição, pesca excessiva e destruição do habitat.
  • A camada de gelo que cerca a Antártica é extremamente vasta. Essa camada tem aproximadamente 4,5 km de espessura, é a mesma altura do pico mais alto dos Alpes.
  • 70% da água doce fornecida no mundo estão armazenadas na Antártica.
  • Como o Deserto do Saara, a Antártica tem menos de cinco centímetros de precipitação por ano. Em algumas áreas não é observado algo semelhante a um pingo de chuva ou floco de gelo há mais de 2 milhões de anos!
  • Até o momento, o número total de membros do Tratado da Antártica é de 50, ao quais representam cerca de dois terços da população humana. Os pesquisadores da Antártica nos dias de hoje estão comprometidos com os mesmos princípios que formaram o Tratado há mais de 50 anos: liberdade científica, cooperação entre nações e profundo respeito à natureza.
Luiz Carlos Pantoja Filhohttps://www.viajandoparaorlando.com
Criador e Webmaster do site Viajando para Orlando (carinhosamente conhecido como VPO)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário
Por favor, digite o seu nome

- patrocinadores -
- afiliações -

Artigos Relacionados
recomendados para você