quarta-feira, outubro 21, 2020

Perrengue com a TAM (parte 1)

Fórum Fóruns Companhias Aéreas Perrengue com a TAM (parte 1)

Visualizando 0 resposta da discussão
  • Autor
    Posts
    • #32235
      AvatarAndre Luis Dantas
      Participante
        0

        Depois de 3 semanas nas terras do Tio Sam, chegou a hora de voltar para casa. Estávamos em Orlando, e dirigimos 6 horas até Miami (com paradas) para pegar o voo da TAM direto para o Rio de Janeiro. Isto neste último domingo, dia 12. Estacionei o carro e fomos despachar as malas, o check-in já havia feito no mesmo dia, pela Internet. Chegando no balcão da TAM, a surpresa: nosso voo havia sido cancelado. Motivo alegado: a nossa aeronave não tinha saído de Brasília. Opção que nos foi oferecida: esperar até a manhã do dia seguinte pela aeronave ou pegar um voo da American Airlines saindo meia-noite com escala em São Paulo. Optamos, assim como boa parte dos passageiros, por voltar no dia seguinte. Os funcionários da TAM disseram que poderíamos já despachar as nossas malas (que elas ficariam separada para serem colocadas no avião posteriormente) – o que fizemos – e nos levaram em um ônibus para um hotel.

        No hotel nos deram vales para jantar lá (já passava das 9 da noite) e para o café da manhã. No jantar tivemos que fazer um lanche, pois o valor do vale (18 dólares) era menor que o da maioria das refeições (22 dólares ou mais). No dia seguinte acordamos antes das 6 da manhã para nos arrumarmos e tomarmos o café, pois o ônibus viria nos pegar às 8h. No café da manhã, uma situação ridícula: o vale era de 13 dólares e o café da manhã no hotel custava 17 dólares. A solução que o hotel arrumou foi nos obrigar a escolher: ou pegávamos comida da parte de frios ou da parte de quentes, os dois não podíamos. Nessa hora a funcionária da TAM que nos acompanhou recebeu um telefonema dizendo que o voo de Brasilia estava atrasado.

        Bem… Fomos para o aeroporto num outro ônibus, passamos pelo controle de fronteira e fomos para a área de embarque esperar o voo. Ganhamos vales para o almoço, mas que só podiam ser usados no McDonalds e em outros 2 restaurantes, sendo que um deles era uma pizzaria e estava fechada. Nesse meio tempo eu verifiquei no site da Infraero que o voo de Brasilia deveria ter saído de lá à 1h da madrugada. Liguei para a TAM nos EUA e me informaram que ele decolou às 3:10h, ou seja, com mais de 2h de atraso.

        Enquanto esperávamos o embarque junto com os demais passageiros, o avião (que já estava no finger) começou a ser vistoriado pela TSA, e ninguém podia entrar nele, nem a tripulação, que aguardava. O que aconteceu nessa hora? Exatamente o que eu e minha esposa conversamos minutos antes: estourou o tempo de trabalho da tripulação e o voo foi novamente cancelado.

        Os funcionários da TAM ficavam insistentemente tentando jogar a culpa na TSA, dizendo que o voo não saiu no horário por causa da vistoria deles, mas ignoraram completamente o fato de que o avião já partira bem atrasado de Brasilia e que eles deveriam, por conta disso, ter arrumado uma outra tripulação com mais tempo de folga.

        Começou uma confusão entre todos os passageiros, todos exigindo uma solução da TAM. Os funcionários insistiam que:

        – O voo noturno da TAM (o mesmo que o nosso original, só que da 2a feira) estava lotado e não tinha como colocar ninguém nele.

        – Não sabiam quando o avião vindo de Brasilia teria condições de voo e uma nova tripulação

        – Que eles estavam tentando arrumar lugares em outras companhias.

        Sobre este último item, vieram com a opção de pegarmos um vôo noturno da American Airlines com escala em São Paulo. Eu e outros passageiros questionamos diversas vezes sobre voos em outras companhias, eles diziam que estavam verificando todas, mas só apareciam com a opção da American (claro, é parceira da TAM). Sobre o motivo do voo original de Brasilia não ter decolado no dia anterior, só diziam que foi por “motivos operacionais”, até que uma funcionária disse que foi por uma “revisão programada”. Ora bolas, programada?????

        Numa hora eu peguei o meu celular, entrei no site da TAM e consegui reservar 3 passagens no voo da noite (não completei o pagamento), que eles insistiam que estava lotado. Mostrei isso para um funcionária, que garantiu que o voo estava sim lotado e admitiu, com todas as palavras, que a TAM faz overbooking, que ela vende sim mais passagens do que os lugares disponíveis. Isso é ilegal, não? Tomara que algum outro passageiro tenha gravado ela falando isso (vários estavam com celulares em punho, fotografando e filmando).

        (continua)

    Visualizando 0 resposta da discussão
    • Você deve fazer login para responder a este tópico.