Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Rindo muito! rsrsrs

    Gente, a primeira vez que fui aos EUA uma amiga bem próxima me pediu US$ 200 de roupinhas de criança de 1 ano de menina. Disse que até o dia de eu viajar, que me daria o dinheiro. Até aí, “tudo bem”. A bobona aqui queria agradar.

    Perguntei de qual loja seria (já que não tenho filhos ainda, não tinha obrigação de saber né?) e a pessoa responde “ah, de qualquer uma”.

    Pesquisei lojas, mandei a lista de nomes para a pessoa e sugeri que ela indicasse alguma que tivesse gostado, bem como mandasse então fotos de roupas no estilo que a agradava. Não mandou. Disse apenas que gostou de todas e que contava com meu gosto. E ainda falou para eu colocar no meu cartão que me pagaria “assim eu voltasse”. Oi?!?!?

    Não tive cara ainda de negar (hoje eu tenho) e, quando trouxe, a pessoa ainda teve a pachorra de falar que eram poucas roupas para o valor e que eu podia ter trazido mais de estilo A que de estilo B.

    Ah vá!!!

    No ano seguinte, a mesma pessoa me pediu “n” coisas de vídeo-game. Não sei que acessório de X-Box, microfone sei lá o que de Wii, jogo X usado, jogo Y novo, jogo Z da loja W. Respondi “Podexá”, mas não trouxe nada! Nem sequer pisei na loja (mentira, pisei porque meu marido queria um joguinho e só por isso)!

    O povo não tem noção né?

Visualizando 1 post (de 1 do total)
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.

Viajando para Orlando

Share via
Copy link