Walt Disney World - FastPass+ - Atrações - Necessidade

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Clarisse, João Credito e Carlos FO

 mensagem postada em 17/04/2015 - 16:04:18hs
 
 

Não sei de onde você tirou tais conclusões ... apenas discordo.
Creio que o ponto de discussão do tópico já foi ultrapassado há muito...
Misturaram alhos com bugalhos...
Apenas sugiro que retornem ao tema ... para discutir "filosofia" existem outros fóruns. (mensagem de José Sales)


Prezado Sr Jose Sales,

Respeito sua opinião.
Mas o tema do presente tópico é: "Walt Disney World - FastPass+ - Atrações - Necessidade"
Então estamos exatamente discutindo sobre a Necessidade ou não de se usar o Fast Pass nas atrações, sua validade, sua utilidade, a fundamentação de sua existência, a sua evolução durante o tempo e a forma como se encontra agora (na opinião de muitos aqui privilegiando as pessoas que se hospedam no complexo Disney, em detrimento dos outros visitantes que se hospedam fora dos hotéis WDW).
Quanto a minha opinião e conclusões, foram tiradas dos meus anos de vida, de observação, de experiência, de algumas viagens ao exterior....

Não tem ninguém "discutindo Filosofia" aqui não !
Se o senhor se irrita com o pensamento dos demais foristas, então não deveria frequentar fóruns, pois é exatamente para isso que eles existem: mostrar as diferenças individuais para que COM RESPEITO se chegue a um senso comum, uma opinião (ou não). Não é preciso ficar atacando os outros. Se tem outra opinião, muito bem, posta aqui, caso contrario, creio que o melhor é ficar em silêncio...

 


 
Clarisse, João Credito e Carlos FO

 mensagem postada em 17/04/2015 - 15:04:03hs
 
 

Existem duas maneiras das pessoas se comportarem, de acordo com a formação que tiveram:
a) Uma é a forma anglo saxônica de ser, ensinamento Britânico, onde cada um deve respeitar o direito do outro, optar pelo correto, pelo que é Legal, ainda que tal comportamento leve ao prejuízo pessoal.

b) Outra é a forma Latina de ser (famosa Lei de Gerson) onde "deve-se levar vantagem em tudo, não importando se isso vai prejudicar alguém."

Exsmplo: Se vc achar uma maquina fotografica, um telefone ou uma carteira recheada de dolares no chão de um parque (Disney por exemplo);

A) Um americano ou britânico: Devolve o que achou no Guest Relations, sem nem sequer abrir a carteira para ver o que está dentro. Cabe a este setor (ou à polícia, se vc estiver na rua) achar o dono e caso contrario dar a destinação correta aos achados (e perdidos).

B) Um descendente Latino: Fica com os dólares da carteira e joga o resto fora, cuidando para não deixar as impressões digitais no objeto.

C) Leva a maquina ou o celular para casa, usa, vende, dá de presente, achando que como ele encontrou, o objeto lhe pertence !

Estou falando alguma mentira ?

É por essas e outras que o nosso País se encontra na situação atual !


 


 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 17/04/2015 - 15:04:40hs
 
 


A essência dos “privilégios” para idosos, grávidas, deficientes etc, é ótima a meu ver.
São as pessoas que acabam avacalhando como você mesmo disse.
E sobre cotas, não faço parte de nenhuma delas, mas não é aqui o melhor lugar para discutir ou comprar fastpass com cotas, apenas discordo de sua opinião.
(mensagem de João Crédito)


João,

São colocações como esta que você fez, acima, que já fizeram sair do Fórum pessoas como Fabio Liporace, Marina P, Bier e outros.

Lembre-se, ninguém, nem mesmo Você, é o dono da verdade e o Fórum tem um Moderador, que é o Sr Pantoja.

Cabe a ele decidir se um Post é ou não apropriado e se "cabe ser discutido aqui ou não" ...

Creio que o Roberval estava comparando a existência do Fast Pass como um privilegio de poucos, (ultimamente a quem esta hospedado na Disney, ou compra Magic Bands ou se hospeda no complexo Disney) e a fila de Single Riders também como uma forma de otimizar a ocupação dos brinquedos, e que pessoas desonestas vem utilizando como forma de furar a fila e passar à frente de outros ...

Enfim, este sistema de privilegios e mecanismos fura-filas acabam sempre por beneficiar uns e prejudicar os outros. Concordam ?


 


 
Res: Troca de FastPass

 mensagem postada em 17/04/2015 - 14:04:53hs
 
 

Fiquei preocupada com os relatos de indisponibilidade de FastPass para não hóspedes da Disney...

É mesmo injusto com quem sonha e planeja uma viagem e depara-se com parques lotados, filas imensas e ainda tem poucas chances de conseguir um FastPass para as atraçōes principais.

Vou tentar, de qualquer forma. Mas gostaria de saber se caso consiga apenas nas atrações secundárias num primeiro momento, posso trocar posteriormente, caso surja disponibilidade nas atrações que me interessam? Ou mesmo trocar os horários agendados?




(mensagem de Leticia C)


Olá Renato!
Obrigada pela resposta!
Já tinha perguntado aqui sobre possibilidade de alteração de dia, mas faltava saber se é possível alterar a atração ou o horário e você explicou muito bem. E me tranquilizou, porque estava sem esperança de conseguir agendar as melhores atrações. Não vou desistir e tentarei até conseguir!
Leticia, eu também sempre fico preocupado, mas sempre consigo agendar o que eu planejei.

Veja só. Essa madrugada eu iria agendar meus FastPass+ para o Magic Kingdom (estarei lá dia 17/05). Acesso sempre pontualmente à 1h da manhã (aqui no Brasil) que é meia-noite lá em Orlando (nesta época do ano).

Acessei e selecionei minhas opções: Seven Dwarfs Mine Train, Space Mountain e Wishes (show visto de um setorzinho VIP em frente ao Castelo).

Me listaram em seguida algumas opções para todas as atrações. A primeiro momento não gostei do horário da Seven Dwarfs mas mesmo assim garanti o meu FP.

Logo na sequência, entrei para alterar os horários e... para a minha surpresa tinham mais horários disponíveis e consegui adequar toda a minha programação.

A minha dica é: acessar no primeiro horário disponível. Marcar as atrações e aceitar alguma sugestão. Depois, você pode ir monitorando diariamente para ver se liberam mais horários durante o dia. Nunca falha!
(mensagem de RENATO MONTANARI FILHO)



(mensagem de Leticia C)


Leticia, é super tranquilo. Baixe o aplicativo My Disney Experience no seu celular e a marcação / alteração de FP é muito interativa. Não tem limite para remarcar, atente-se apenas que no MK as atrações concorridas esgotam rápido. Tente acessar no primeiro horário e boa sorte!

 


 
Res: Troca de FastPass

 mensagem postada em 17/04/2015 - 13:04:37hs
 
 

Fiquei preocupada com os relatos de indisponibilidade de FastPass para não hóspedes da Disney...

É mesmo injusto com quem sonha e planeja uma viagem e depara-se com parques lotados, filas imensas e ainda tem poucas chances de conseguir um FastPass para as atraçōes principais.

Vou tentar, de qualquer forma. Mas gostaria de saber se caso consiga apenas nas atrações secundárias num primeiro momento, posso trocar posteriormente, caso surja disponibilidade nas atrações que me interessam? Ou mesmo trocar os horários agendados?




(mensagem de Leticia C)


Olá Renato!
Obrigada pela resposta!
Já tinha perguntado aqui sobre possibilidade de alteração de dia, mas faltava saber se é possível alterar a atração ou o horário e você explicou muito bem. E me tranquilizou, porque estava sem esperança de conseguir agendar as melhores atrações. Não vou desistir e tentarei até conseguir!
Leticia, eu também sempre fico preocupado, mas sempre consigo agendar o que eu planejei.

Veja só. Essa madrugada eu iria agendar meus FastPass+ para o Magic Kingdom (estarei lá dia 17/05). Acesso sempre pontualmente à 1h da manhã (aqui no Brasil) que é meia-noite lá em Orlando (nesta época do ano).

Acessei e selecionei minhas opções: Seven Dwarfs Mine Train, Space Mountain e Wishes (show visto de um setorzinho VIP em frente ao Castelo).

Me listaram em seguida algumas opções para todas as atrações. A primeiro momento não gostei do horário da Seven Dwarfs mas mesmo assim garanti o meu FP.

Logo na sequência, entrei para alterar os horários e... para a minha surpresa tinham mais horários disponíveis e consegui adequar toda a minha programação.

A minha dica é: acessar no primeiro horário disponível. Marcar as atrações e aceitar alguma sugestão. Depois, você pode ir monitorando diariamente para ver se liberam mais horários durante o dia. Nunca falha!
(mensagem de RENATO MONTANARI FILHO)


 


 
Res: Troca de FastPass

 mensagem postada em 17/04/2015 - 10:04:21hs
 
 

Fiquei preocupada com os relatos de indisponibilidade de FastPass para não hóspedes da Disney...

É mesmo injusto com quem sonha e planeja uma viagem e depara-se com parques lotados, filas imensas e ainda tem poucas chances de conseguir um FastPass para as atraçōes principais.

Vou tentar, de qualquer forma. Mas gostaria de saber se caso consiga apenas nas atrações secundárias num primeiro momento, posso trocar posteriormente, caso surja disponibilidade nas atrações que me interessam? Ou mesmo trocar os horários agendados?




(mensagem de Leticia C)


Leticia, eu também sempre fico preocupado, mas sempre consigo agendar o que eu planejei.

Veja só. Essa madrugada eu iria agendar meus FastPass+ para o Magic Kingdom (estarei lá dia 17/05). Acesso sempre pontualmente à 1h da manhã (aqui no Brasil) que é meia-noite lá em Orlando (nesta época do ano).

Acessei e selecionei minhas opções: Seven Dwarfs Mine Train, Space Mountain e Wishes (show visto de um setorzinho VIP em frente ao Castelo).

Me listaram em seguida algumas opções para todas as atrações. A primeiro momento não gostei do horário da Seven Dwarfs mas mesmo assim garanti o meu FP.

Logo na sequência, entrei para alterar os horários e... para a minha surpresa tinham mais horários disponíveis e consegui adequar toda a minha programação.

A minha dica é: acessar no primeiro horário disponível. Marcar as atrações e aceitar alguma sugestão. Depois, você pode ir monitorando diariamente para ver se liberam mais horários durante o dia. Nunca falha!

 


 
Troca de FastPass

 mensagem postada em 16/04/2015 - 20:04:42hs
 
 

Fiquei preocupada com os relatos de indisponibilidade de FastPass para não hóspedes da Disney...

É mesmo injusto com quem sonha e planeja uma viagem e depara-se com parques lotados, filas imensas e ainda tem poucas chances de conseguir um FastPass para as atraçōes principais.

Vou tentar, de qualquer forma. Mas gostaria de saber se caso consiga apenas nas atrações secundárias num primeiro momento, posso trocar posteriormente, caso surja disponibilidade nas atrações que me interessam? Ou mesmo trocar os horários agendados?



 


 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 16/04/2015 - 13:04:23hs
 
 

André,
Eu entendo o single rider da mesma forma que você. A Clarisse explicou muito bem com uma simples conta.
Outro exemplo: se somente existe um carrinho com capacidade para quatro pessoas e há três famílias de três membros na fila, a última família terá que esperar o carrinho dar duas voltas para poder entrar na atração. E nessas vezes o carrinho foi com um lugar vazio.
Se esse lugar vazio fosse ocupado por um single rider, a última família esperaria as mesmas duas voltas, mas em compensação, mais duas pessoas teriam ido na atração.
Por outro lado, se as famílias fossem de quatro membros, o single rider teria que esperar todos irem na atração. Assim, o single rider demoraria mais que a fila "normal".
Carlos Eduardo

 


 
Res: Decepção com o FastPass+

 mensagem postada em 16/04/2015 - 10:04:16hs
 
 

Vou deixar minha opinião também.
Acredito que se fizermos isso de forma educada e gentil - padrão Disney - não há problema algum.

Na minha primeira viagem à Orlando uma das coisas que mais me chamou atenção foi a inclusão presente na maior parte das atrações. A preferência na fila para deficientes e idosos, os MELHORES assentos nos espetáculos serem para as cadeiras de rodas (e não aqueles horríveis dos cinemas brasileiros), enfim, tudo isso me deixou muito feliz.

Não usei qualquer dessas facilidades, mas, para mim, faz parte do ambiente Disney essa coisa "do bem".

Existe gente que usa de forma errada? Existe! Sem dúvidas. Só acho uma pena extinguir esse tipo de inclusão por conta dos "malandrões".

Sobre a questão do Single Rider eu SEMPRE entendi que era uma opção para quem - em grupo ou não - não liga de ir sozinho. Tanto que vou para a Disney em dezembro com a minha noiva e já tinha pensado em usar o recurso em algumas atrações onde não tem tanta diferença ir sozinho ou não. Então penso que outras pessoas podem ter interpretado como eu, e não agir de má fé...

Para resumir meu comentário, acho que as vezes é mais gostoso aproveitar a viagem no clima mais "Walt" possível, sem ficar me incomodando com quem está agindo de forma feia...

 


 
Res: Sobre a fla Single Rider

 mensagem postada em 16/04/2015 - 10:04:09hs
 
 

Pegando carona na discussão, vou fazer o papel de advogado do diabo.
Acho que a "Disney" investe muito, mas muito dinheiro no seu complexo. Trata-se de um empreendimento particular. Não vejo problema em estimular a ocupação do seu complexo para gerar um lucro, que é o objetivo de toda "empresa". Esse estímulo só pode ser implantado através de vantagens oferecidas, que podem ser obtidas sem muito esforço. Colocando na ponta do lápis, os custos se aproximam. Ficando em um hotel Disney, não há necessidade de se gastar com locação de automóvel nem estacionamento e, obviamente, combustível. Por muitas vezes, isso já compensa o valor da diária. Do mesmo jeito, a Universal está iniciando esse processo com o Express Pass.
Quanto aos single riders, talvez eu seja um "espertinho". Utilizei muito com a minha família e acho uma solução prática e eficiente. Para mim, trata-se de mera logística. Seria um enorme desperdício permitir lugares vazios . Ocorre que, em regra, as pessoas querem ir juntas nas atrações, principalmente para obter fotos. Não vejo como adiantaria a fila "normal". As pessoas esperariam o mesmo tempo, uma vez que o "carrinho" iria com com lugares vazios e o grupo permaneceria esperando do mesmo jeito.
Carlos Eduardo

 


 
 
Os áudio-animatrônicos são muito utilizados pela Disney e estão sempre sendo aperfeiçoados. O primeiro personagem humano foi Abraham Lincoln e foi apresentado na Feira Mundial de Nova Iorque de 1964. Inicialmente de poucos movimentos eram dotados, somente com a criação da figura de Benjamin Franklin - que está na atração "The American Adventure" do parque Epcot - que os Imagineiros pela primeira vez conseguiram criar um boneco áudio-animatrônico que também "caminhasse".