Orlando Tickets Online
 

Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Volta de Orlando - Agência de viagem ou não
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 19:07:18hs
 

Caros,

Acabei de voltar de Orlando. Como o sucesso de minha viagem muito se deve a esse fórum, farei alguns relatos de tópicos que considero importante.
Inicialmente, desejo falar de uma dúvida que minha família (eu, minha esposa e a irmã dela) tivemos: utilizar ou não uma dessas agências de viagem (contratação de passagens, hotéis, parques etc).
Bem, para ser objetivo, devo avisar aos senhores que voltamos arrependidos de nossa escolha pela contratação de agência. Viemos os três em fileiras diferentes dentro do avião; tivemos de fazer, no mínimo, umas 10 idas à agência para buscar nossos vouchers - resumindo: estresse.
Observa-se em contrapartida que, caso se deseje realizar alguma reserva, ou compra de ingressos para parques, ou compras em geral pela Internet, basta colocar seu cartão de crédito e na mesma hora você tem tudo que precisa - estresse praticamente nulo. Vivenciei isso na compra direta do Express Plus da Universal, na compra do jantar junto à Cinderela no Magic Kingdom e nas compras.
Enfim, se você é "meio chato" (tipo eu), não deixe parte de seu planejamento nas mãos de uma agência de viagem. Cuide de perto de tudo. Garanto que lá os resultados serão melhores.

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Volta de Orlando - Compras em Outlets
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 19:07:14hs
 

Caros,

Dando continuidade aos relatos que comecei a fazer, acho importante registrar uma reflexão acerca de uma dos grandes alvos dos brasileiros em Orlando: "Outlets".
Minha família fez muitas compras nos dois principais Outlets de Orlando. Todavia, a sensação que ficou para nós é de que é preciso cuidado para não se pagar mais nesses Centros.
Vejam vocês: determinado relógio Oakley na Billabong da Universal Studios é 1150 dólares. No Outlet, a vendedora já cobra 50 a mais. Certo óculos, também da Oakley, passou pela mesma experiência comparando com a loja do Florida Mall.
Alguns de vocês estarão falando: são 50 dólares. Nem vou entrar nos méritos de que 50 dólares em Orlando dá pra uma infinidade de coisas. Continuarei com outros exemplos: relógios Tag Heuer estão saindo 200 a 400 dólares mais baratos no Mall at Millenia do que nos Outlets.
Diante do descrito, embora eu reconheça os ótimos preços existentes nos outlets, mesmo quando comparados ao resto de Orlando, sugiro cautela nas visitas iniciais para não sair com a sensação de "perda de dinheiro".

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Volta de Orlando - Roupas, tênis, relógios
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 19:07:57hs
 

Caros,

Fui até Orlando com o pensamento: "Vou trocar meu guarda roupa". Estava com roupas que já não gostava mais, idem para tênis e relógios. O mesmo pensamento estava sendo compartilhado pelos outros integrantes de nosso grupo (minha esposa e sua irmã).

Quando cheguei até lá, logo no segundo dia estava no Premium da Vineland. Estacionamos do lado do Outlet da Nike. Foi o bastante para colocar o VTM para funcionar. Tênis que no Brasil são cerca de 500, 600 reais, são facilmente encontrados la por 80, 100 dólares. Sem contar na linha esportiva - bermudas, camisas, shorts etc.

Ainda eufórico, saí da Nike e fui procurar outras lojas como Timberland, Polo Ralph Loren, Armani Exchange, Hugo Boss etc. Todavia, pouco gastei nesses lugares. Fiquei com a sensação de que tudo estava muito cheio. Muito bagunçado. Todavia, a Tommy Hilfiger salvou a pátria. Muito boa essa loja.

No dia seguinte, partimos para o Premium da International. Gostei muito mais. Até porque adotamos a estratégia de chegar um pouco antes do horário de abertura do Outlet. Assim, como "Deus ajuda quem cedo madruga", dessa vez consegui comprar o que queria nas lojas acima citadas. O fato de ter uma loja mais arrumadinha, vendedores mais atenciosos é sem dúvida o resultado de uma combinação de fatores como horário de chegada, localização da loja, dia da semana etc.

Em seguida, minha esposa muito "antenada" com as dicas desse fórum, sacou o sem palavras "ROSS - Dress for Less". Resumindo: se nós achávamos que tínhamos mandado bem no Outlet, ficamos perplexos com o dinheiro que perdemos, pois os preços na ROSS são MUITO MENORES, em média, do que nos Outlets. Assim, fica a dica. Quando chegar em Orlando - ROSS para compras brutas, Outlets para compras mais refinadas.
Vale a observação que o conceito de outlet vendendo apenas o que está fora de linha, aparentemente está mudando. Encontramos muitos dos itens "do momento" nesses centros.

Uma pequena dica a todos é que as lojas do Centro da cidade - outlets mais badalados, lojas da International Drive, sejam sempre que possível submetidos a uma comparação com opções similares em locais mais afastados. São muitos turistas em Orlando. Assim, a ROSS perto do Premium nem se compara com uma outra postada por aqui, pelo Andros, que fica bem afastada da área central. O mesmo é válido para Walmart etc. É uma questão de oferta e procura.

Falando em Walmart, fui até Orlando receoso com alguns relatos sobre essa rede de mercado. Diante disso, não pestanejamos, no primeiro dia já estávamos no Target de Kissimmee comprando lanches, refrigerantes etc. Colocarei as coisas nessa forma: nem tem como comparar com Walmart nenhum lá existente. A regra de bolso é: quanto mais turista houver, pior. Mercado que só americano vai...já viu: muito bom.

Todavia, há um Walmart, também em Kissimmee, que é digno de nota. Nem se compara com o existente na International Drive, o qual prefiro nem relatar minha decepção. Naquele, tudo arrumadinho, tudo que se procura tem. De brinquedos, eletrônicos, roupas, cosméticos, comida etc.

Uma coisa que notei lá é a importância de se ficar esperto com compras na CVS e na Walgreens. Obviamente que para se comprar remédios, não tem igual. Contudo...se a preguiça for grande e deseje-se comprar artigos como sorvetes Haagen Dazs, pode-se pagar até o dobro.

Retomando a menção inicialmente feita a tênis e relogios devo compartilhar minha experiência. Estava precisando de tênis de corrida, academia etc. Os entendidos sempre colocam Mizunos e Asics nas primeiras posições. Assim, parti inicialmente para encontrá-los, dado que, antes mesmo de chegar em Orlando, ja sabia que as caminhadas nessa cidade seriam intensas. Resumindo: Florida Mall foi o campeão desses tênis. Pessoalmente, prefiro tênis Nike, Adidas, Puma para sair, ir numa festa etc. Para esses casos, os outlets foram melhores. Para relógios, precisei controlar minha "fixação" pelos Tag Heuer para não ficar sem dinheiro. Diante disso, fiquei altamente satisfeito com a Macy´s. Lá a variedade das boas marcas é altíssima e estrangeiros com passaporte tem descontos. Além dela, a Movado nos outlets merece uma menção honrosa. Vendedoras atenciosas e preços bastante competitivos.

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Volta de Orlando - Eletrônicos
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 20:07:52hs
 

Caros,

Para eletrônicos, recomendo que se compre o minimo possível diretamente nas lojas. A Amazon está aí para nos livrar dos mais de 6% de imposto de Orlando. O serviço que o senhor Antônio presta foi de EXTREMA utilidade. Comprei videogame, jogos etc. Minha mulher comprou o cobiçado Ipad 2 pela loja da Apple. Isso devido ao "terror" sobre falta de Ipads. Digo, com certeza, atualmente isso nao existe mais.

É simplesmente incrível o poder que a "maçã" tem sobre as pessoas em Orlando. Tudo lá é Apple. Passei nas Apple Store do Florida Mall e do Mall at Millenia. Para mim, que trabalho com computadores, foi uma decepção. Apenas iPlaces de grife. Contudo, para o restante das pessoas - uma loucura. Parece que tudo por lá está de graça, pois em cada loja deve ter uns 20 a 30 vendedores e todos eles são disputados. Todas as lojas lotadas. Pessoas saindo com Macbook air, Macbook pro, Ipad, Iphone ou, muita vezes, combinação deles. No meu caso, aproveitando a isenção e o desbloqueio, garanti meu Iphone 4. Economia de uns 1000 a 1500 reais em relação ao Brasil, caso se considere que aqui você compra por cerca de 1750 reais e ainda tem de ficar atrelado a certo plano por cerca de um ano.

Lojas de computadores como a Best Buy, Sony etc ficam vazias. Para as pessoas em Orlando, existe apenas Apple. Sem querer me aprofundar em detalhes técnicos, dada a diferença de preço entre o praticado nos EUA e o praticado no Brasil, realmente é muito interessante comprar um macbook, pois mesmo com a multa, ele ficará uns 2000 a 3000 reais mais barato. Particularmente, não trouxe o meu por preciosismo técnico. Comprei no Brasil outro modelo, de outra marca, de configuração e design similar, mas que atende melhor a minha forma atual de uso de laptops. Com a vantagem de garantia por 3 anos. Lembro aos senhores o seguinte fato: mesmo com garantia global, temo não haver sequer um lugar no Brasil para dar suporte em certos produtos da Apple.

Kalianna Kelly
 
Membro
 
 
Natal - Rn
 
Inscrição: 17/03/2011
 
 
Rodrigo
postado por: Kalianna Kelly

 mensagem postada em 31/07/2011 - 21:07:31hs
 

oi,
vc falou que eh melhor comprar pelo amazon por nao pagar o imposto de 6%; mas qual a forma de pagamento do amazon? se for cartao de credito nao temos que pagar o IOF do cartao que esta por volta de 6%? mtas duvidas... e qnto tempo antes devemos fazer a compra...vou viajar dia 7/10 em orlando...
brigadinha...

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Volta de Orlando - Parques
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 20:07:25hs
 

Caros,

Esse assunto de parques merece uma consideração especial. Estou relatando minha primeira viagem à Orlando e o pensamento foi de assegurar os dois principais parques: Disney e Universal.

Voltando ao Brasil, a sensação foi perda de dinheiro e tempo com os parques da Disney. Todos demasiadamente bobos. Filas grandes com aquela máquina de FastPass te impedindo de retirar outros FastPass. Para mim, o único que realmente valeu a pena da Disney foi o Magic Kingdom. Isso mais por seu valor histórico do que pelos brinquedos e lojas lá existentes. Minha esposa, bobinha, chegou a se emocionar no jantar com as princesas...rs

As lojas da Disney são uma decepção à parte. Se você quiser saber o que tem em uma loja da Disney, basta você imaginar chapéus do Mickey, do Pluto e várias pelúcias do Mickey vestido de jedi. Sei que na realidade existem mais itens, contudo, achei os itens citados tantas vezes que fiquei com a impressão descrita.

Grande decepção tive com o Holywood Studios. Fui na maior expectativa para a parte que trata de Star Wars...devo ressaltar que o simulador é muito bom...contudo...MUITO RÁPIDO. Comparando com o do Spider Man da Universal, e curtíssimo. Na saída, consegui garantir meu sabre de luz réplica do Yoda (muito nerd...rs)...isso foi muito legal. Entretanto, foi só o que achamos de interessante. Já nos parques da Universal...

Maravilhosos. Tanto o Island of Adventure quanto o Studios. Antes da viagem, compramos Express Plus para os dias em que visitaríamos os parques. Fica a dica: compre-os o quanto antes, pois quanto mais em cima estiver, mais caro será. Ele simplesmente permite que você não pegue filas em boa parte das atrações. Isso faz toda diferença. Sem contar
que não há aquela política do FastPass de horário marcado.

E os restaurantes: não tem como comparar. Universal tem Bubba Gump (incrivelmente bom, para os padrões de Orlando) e Hard Rock. Na Disney tem o que? Não identificamos nada de significativo. E as lojas: As da Universal são muito melhores. Elas investem fundo na tematica do brinquedo em questão. Muito mais que as da Disney, que parecem ser todas iguais independentes do brinquedo.

Na Universal, tiramos fotos com vários personagens. Todos eles na rua dando um "rolé". Já na Disney...Não vi o Mickey com ninguém...só desfilando em cima dos carros. Resumindo: quando voltar lá, investirei nos parques da Universal e deixarei de lado os da Disney. Não acrescentarão nada a mim, nem a minha família. Se der um saudosismo maior, pegaremos o Magic Kingdom.

Fica a dica: considerar, inclusive, pela diferença gritante entre a Disney e a Universa, além das vantagens associadas, se não vale mais a pena ficar num hotel dentro da Universal do que ficar num hotel, tipo os do Lake Buena vista. Desssa vez, fiquei nestes. Na próxima vez, acho que vou dar uma pesquisada melhor. Universal é muito SHOW.

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Kalianna - Compra de Eletrônicos
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 21:07:33hs
 

Kalianna,

Repare que houve uma mudança específica no IOF para compras feitas no exterior. Só que esse IOF incidirá independentemente de voce comprar pela Amazon ou numa loja dentro do Florida Mall. Resumindo, você o pagará sempre que usar cartão de crédito. Contudo, nas compras pela Amazon, você é liberada de pagar outros 6%, que seriam os impostos em Orlando. A grosso modo (muito grosso isso, pois o ideal sería equacionar nossa discussão), você paga um adicional de 6% pela Amazon, exclusivamente devida ao IOF, e paga adicional de 12% nas compras feitas pessoalmente (IOF + imposto Orlando). Acredito que outra taxas podem surgir, mas o raciocínio deve ser análogo.

Quanto ao tempo de antecedência, eu sugiro que você entre no sítio do Shopping Express e veja como o serviço funciona. Eu o utilizei e fiquei satisfeito. Minhas compras pela Amazon e as da minha esposa pela Apple levaram um pouco mais de uma semana para serem entregues. Muito tranquilo. Fica a dica para você tentar localizar algum feriado americano antes de outubro e realizar as compras nessa data. Geralmente há promoções online nesses sites.

Boa sorte

Monica Reale
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 03/10/2007
 
 
Rodrigo
postado por: Monica Reale

 mensagem postada em 31/07/2011 - 21:07:29hs
 

Oi Rodrigo! Estou adorando seus relatos! Só uma observação: a Disney tem uma qualidade gastronômica muito boa! Acho que talvez tenha faltado vc pesquisar um pouco antes da sua viagem... Lá vc tem oportunidade de experimentar a comida e temperos genuínos das respectivas regiões. No Epcot, por exemplo, vc tem o Le Cellier, que é considerado um dos melhores restaurantes do mundo na sua especialidade. No Animal, vc encontra uma das melhores comidas asiáticas que já comi e por aí vai. Fica a minha sugestão para a sua próxima viagem! No mínimo, mais um motivo p/ voltar, não é? rsrss

Continue os relatos! Estão muito bons! Abraço!

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Monica - Gastronomia
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 21:07:10hs
 

Monica,

Você está certa. Você está tendo uma visão menos emocional. No Epcot, nem cheguei a ir, pois ficamos sem tempo (e sem tesão). No Animal Kingdom, ficamos com sensação melhor do que a obtida no Holywood Studios. Contudo, achamos incomparável com o que vimos na Universal. Com o calor insuportável atualmente em vigor em Orlando, acabamos preferindo comer fora do parque.

De uma forma geral, acredito firmemente que há boas opções no complexo da Disney, embora eu não as tenha encontrado. Só que, por uma questão de "recursos escassos dentro de um limite de tempo que necessitam ser combinados para máxima satisfação", a Universal pareceu-me ser, de longe, a melhor escolha - seja de parque, seja de restaurantes.

Obrigado pela dica, Monica.
Abraços

Rodrigo N.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 22/12/2010
 
 
Kalianna - Entregas no Hotel
postado por: Rodrigo N.

 mensagem postada em 31/07/2011 - 21:07:28hs
 

Kalianna,

Os americanos são sérios no que fazem. Parece que mandar encomendas para o hotel é algo bastante confiável. Contudo, quando estava planejando a minha viagem, encontrei vários relatos aqui nos fórum de roubos em hotéis. Diante disso, preferi confiar minhas entregas de eletrônicos aos serviços do Shopping Express, uma vez que há inúmeros relatos aqui no fórum de sucesso no uso desse serviço. Considerei que essa opção fosse de menor risco de ter algo roubado. Entretanto, pode ser apenas paranóia minha, mas sempre fico com pé atrás.

 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.