Orlando Tickets Online
 

Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Denise G.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 12/05/2011
 
 
PARTE 2 - AGONIA...
postado por: Denise G.

 mensagem postada em 01/09/2011 - 12:09:56hs
 

Os dias que antecederam a entrevista... ( PARTE 2)

Eu simplesmente deixei todas as pessoas ao meu redor “piradas”. Falava para meu marido que, se ele não conseguisse, ele iria acabar com o meu sonho (falava disso pra pior). Eu chorava de nervoso. Li várias vezes que de empresários os caras pegam no pé mesmo. Treinamos de falar que ele trabalhava na área financeira da empresa, depois decidimos falar que ele era empresário mesmo, depois voltamos a cogitar a possibilidade de falar que ele era diretor financeiro. Bom, eu estava transtornada (haha!). Eu tinha medo que um de nós ficasse naquele “processo administrativo” e nossa viagem já estava comprada para outubro!!!

Meus pais e meu sogro me olhavam e falavam “vc está nervosa a toa, vai dar tudo certo, não tem como não dar”. Mas eu, pessimista que sou, achava que algo daria errado.

Bom, só sei que no bendito dia da entrevista até a diarista da minha mãe estava preocupada comigo. Todos desejando boa sorte, etc.

Não preciso nem falar que tive altas dores de barriga (ainda bem que foi antes de sair de casa). Mas no final, saímos, fomos pegar minha cunhada e depois minha irmã. Estava um frio de 8 graus e chovendo (isso 10 horas da matina). E rumo ao Consulado com GPS e as 4 pastas recheadas de documentos....

Bruno Leonard de Oliveira Matos
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 13/02/2011
 
 
Felipe Marques
postado por: Bruno Leonard de Oliveira Matos

 mensagem postada em 01/09/2011 - 12:09:57hs
 

Felipão,
Sem querer polemizar, mas já polemizando, discordo do que a Joelma lhe respondeu quanto a somente seu irmão ser seu custeador...
Indifere vc ser dependente dele na declaração de IR e ele ter que ser obrigatoriamente seu custeador...
Vou relatar um fato concreto, minha sobrinha de 4 anos, que não tinha visto, conseguiu o visto tendo a mim como custeador e ela não é minha dependente de IR nem ao menos é minha sobrinha de fato, ela é sobrinha da minha esposa... Bastou no dia da entrevista os pais levarem meu IR, meu comprovante de renda, meu passaporte e a carta de custeio... Visto concedido...
Por isso digo se vc quiser por seu pai como custeador não necessariamente ele deve ter vc como dependente na declaração do IR...
espero ter ajudado mais do que confundido...

Denise G.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 12/05/2011
 
 
A ENTREVISTA ( PARTE 3)
postado por: Denise G.

 mensagem postada em 01/09/2011 - 12:09:44hs
 

Bom, vou direto pra parte da entrevista, após já ter entrado no Consulado, etc.

A pré-entrevista (onde eles tiram as digitais dos 10 dedos) é por uma senha onde tem que ficar olhando uma televisão para saber em qual guichê ir e se é o próximo ou não a ser chamado. Entrou nossa senha na televisão no guichê 8, mas quando vi quem era que estava lá dentro... Bom, aqui, vou ser obrigada a fazer umas observações.

Em todos os fóruns, sites, etc, em que lia sobre a entrevista, também lia que existem 2 pessoas muito temidas nas entrevistas. Uma é bem loira, olhos azuis, tem um baita sotaque, bem branquinha que dizem ser uma casca grossa daquelas que faz mil perguntas e 80% das pessoas que passam por ela tem o visto negado. A outra é uma morena, cabelos enrolados, magra que falam que ali já é 90% visto negado. Isso no Consulado de São Paulo.

Voltando ao meu relato, quem estava no guichê 8 da nossa pré-entrevista era a moça loira. Bom, respirei, falei para minha irmã “ainda bem que ela está na pré-entrevista e não na entrevista em si”. Nossa senha foi chamada, fomos os 4, falamos “bom dia”, ela nos respondeu com total simpatia e ia falando nome por nome para irmos colocando os dedos na maquininha lá. Não perguntou nada. No final falou “está tudo ok, tenham uma ótima tarde e sigam naquela fila ali (da entrevista).\"

Indo para entrevista fui pela frente, na cara de pau mesmo, passando na frente de todos os guichês para saber quem eram os entrevistadores. São uns 10 guichês e bem no guichê 16 estava a moça morena de cabelos enrolados.

A fila nessa hora é por ordem de chegada, vai chamando por um painel o guichê que está livre e as pessoas vão se dirigindo para eles. Nessa hora dá para ver todas as entrevistas sendo feitas e por tudo que eu já li aqui e em outros lugares, tudo o que eu achava que não podia, que era gafe, que \"meu Deus, abre a porta que eu quero sair daqui!\", eu vi sendo feito pelas pessoas, mas TODAS as pessoas tiveram o visto CONCEDIDO. Vi pessoas falando mais coisas do que era perguntado, vi outras que não paravam de falar, vi pessoas muito mal vestidas, vi famílias inteiras serem entrevistadas em 1 segundo e vi todos os entrevistadores serem muito gentis, sorridentes, darem risadas junto com as pessoas e vi pouquíssimas pessoas mostrando documentos.

Quando está chegando sua vez, vem a pessoa do Sedex e fala que pessoas que tem o último sobrenome igual podem enviar os passaportes para o mesmo endereço. Então pegamos um envelope para minha irmã e outro para meu marido, minha cunhada e eu.

Chegou nossa vez, claro, adivinhem para qual guichê? O 16! Respirei fundo e pensei “Seja o que Deus quiser.\"

C: Bom Dia.
Nós: Bom dia.

C: Vcs já viajaram para fora do país?
Meu marido: Sim, duas vezes para os EUA, Mèxico, Punta Cana....
Daí eu soltei “Argentina” (que era minha irmã q tinha ido, mas tava valendo).

C: O que vcs fazem?
Eu: Funcionária Pública
Marido: Sou empresário, ela é estudante (apontando para a irmã dele)
Minha irmã: Sou Funcionária Pub...
Daí ela cortou a minha irmã... hahaha!

C: O que sua empresa faz?
Marido: Ela terceiriza serviços.
Nessa hora eu fiquei morrendo de medo. A gente treinou tanto, não era pra ele responder isso! Queria me meter, mas fiquei com medo, daí eu cutucava ele por baixo do vidro para a mulher não ver... hahaha!

C: Explique melhor sobre isso.
Marido: Ela faz serviços de contabilidade, advocacia para outras empresas.

C: Diga algumas empresas que são clientes da sua.
Marido: Ah, a empresa TAL.
E eu morrendo de medo... "Jesus, fala mais empresas!" Eu falava baixo para ele “fala de outras!" Nessa hora eu queria matar ele, pq ele simplesmente não falava mais nomes, ficava olhando para a mulher que digitava sem parar....

C: Os dois tem sociedade nessa empresa?
Eu: Não, só ele. Eu sou Funcionária Publica.

C: Qual a renda do casal?
Nessa hora falamos exatamente o que estava no formulário D-160, jogamos o valor para baixo, pois falei o que estava no imposto de renda dele. Mas preferimos assim, do que falar o valor e ela pedir o Imposto e falar “como?!”

C: Quando vc termina a faculdade? (olhou para minha cunhada)
Cunhada: 2016.
Daí eu pensei, “meu, de onde ela tirou esse número?! Tínhamos treinado....”
Daí ela olhou para mim e falou “Dê, eu errei, né! É 2014?”
Daí eu fiz que sim com a cabeça e ela para entrevistadora “é 2014, eu falei errado.\"
Daí a moça fez um positivo com a cabeça e voltou a digitar.
Daí meu marido “é que ela já está contando os 2 anos que vai pegar as DPS!”

C: Pode ficar lá no fundo vc (para minha cunhada)
Nessa hora me deu muita vontade de rir, pois minha cunhada levou o maior fora! Ela estava com a cara no vidro... hahahah!!

C: Então vão o casal e as duas filhas para Orlando?
Marido e eu: Não, nós não temos filhos. Vamos nós dois e nossas irmãs.
Detalhe: Minha cunhada tem só 10 anos a menos do q eu e meu marido (e é adolescente), minha irmã é dois anos mais velha do q eu!
Não preciso nem falar que depois disso fomos zoados muito pelas duas falando que nós éramos velhos, pais delas...

C: A outra, o que faz? (olhando para minha irmã)
Irmã: Funcionária Pública, cargo tal.

C: Faz quanto tempo que vc trabalha nesse lugar?
Irmã: 11 anos.
Tipo, não sei de onde ela tirou essa informação, ela trabalha faz 6 anos no cargo em que está. Ela falou que pensou em 2011, ou seja, o que o nervoso não faz com um ser.

C: Todos os 4 tiveram o visto concedido. Podem pagar o Sedex, tenham um bom dia.

Denise G.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 12/05/2011
 
 
CONSIDERAÇÕES FINAIS ( PARTE 4)
postado por: Denise G.

 mensagem postada em 01/09/2011 - 12:09:34hs
 

• Gente, não vi NINGUÉM tendo o visto NEGADO.

• As pessoas falavam muito, se explicavam, falavam novamente e saiam com o visto CONCEDIDO.

•Praticamente ninguém estava mostrando documentos.

• Vá bem vestido, não precisa ser roupa social, salto alto. Uma roupa que não seja vulgar, nem muito esporte. Tinha gente de moletom! Não dá, né? Eu acho que a aparência conta muito também....

• Sejam educados. As pessoas que trabalham lá são MUITO educadas. TODAS, sem exceção.

• Não sejam babacas como eu de acreditar em tudo o que leu por aí, pois muita gente inventa muita coisa.

• Nossa entrevista foi em uma segunda-feira, o visto chegou no sábado.

• Muitas pessoas que tem o visto negado é pelo fato de preencherem errado o formulário D-160. Que, por sinal, não tem segredo nenhum.

• Coloquem somente a verdade no formulário. Exceto se já tiver a passagem comprada (essa parte dá para omitir... hahah!!).

• Boa sorte a todos! Espero ter ajudado relatando tudo o que passei e vi. Agora vou curtir os preparativos da MINHA viagem dos sonhos!!!!

Juliana Maia Teixeira
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 30/03/2011
 
 
Visto aprovado!!!
postado por: Juliana Maia Teixeira

 mensagem postada em 01/09/2011 - 13:09:34hs
 

Olá amigos do VPO, venho compartilhar com vcs minha experiência de hoje no consulado dos EUA em São Paulo.
Acabei de chegar e estou super cansada, mas não pude deixar de escrever!
Cheguei no consulado as 6h50 (minha entrevista estava marcada p/ as 8h00). Pegamos um fila enorme do lado de fora.... entramos e pegamos a senha para as digitais, mas antes disso há uma pré-entrevista, onde entregamos a pag. de confirmação do form. DS160, a foto, o passaporte e o comprovante do citibank. Daí tirei as digitais (é a fila mais demorada) e peguei a fila para a entrevista (que andava relativamente rápida). Diálogo entre mim e o entrevistador (C):

C: Bom dia
eu: Bom dia!

C: Vai p/ onde:
eu: Orlando

C: Vc vai com quem?
eu: com meu marido, minha sogra, meus cunhados e sobrinhos.

C: Vc trabalha ou estuda?
eu: Sou estudante.

C: qual o salario do seu marido?
eu: aproximadamente R$...

C: Vcs tem bens no nome de vcs?
eu: Sim, temos um apartamento e um carro.

Ele digitou algumas coisas e finalmente disse:
C: Seu visto foi aprovado, pode pegar a fila para pagar o sedex.


Aleluia! Graças a Deus!!!
Mas vou ficar realmente aliviada no dia em que o passaporte chegar em casa!

Não vi ninguém tendo visto negado!

Boa sorte a todos que ainda irão fazer as entrevistas!
Bjos

Felipe Marques
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 11/08/2011
 
 
Bruno Leonard
postado por: Felipe Marques

 mensagem postada em 01/09/2011 - 13:09:06hs
 

Olá bruno, pelo que entendi que a Joelma me explicou, ela não falou que eu preciso ser dependente, ela disse que quanto maior o grau de parentesco melhor.
Mas eu optei por colocar meu irmão, porque meu irmão, tem mais coisas no nome dele, e tem empresa talz, então fica mais fácil.
E além do mais ele tem o visto válido também, que irei levar.
Eu trabalho na empresa do meu irmão, no caso preciso só de uma declaração dizendo que estou empregado na empresa talz, ou como que é? Para provar que trabalho aqui.
Minha movimentação bancária não é grande, então nesse caso nem levarei extratos de minha movimentação, só a dele mesmo.

Gisele M
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 26/08/2011
 
 
DENISE G e quem souber....
postado por: Gisele M

 mensagem postada em 01/09/2011 - 13:09:40hs
 

Por favor, me tira uma dúvida. O agendamento de vocês era o mesmo? Porque meus pais, minha irmã, meu cunhado e meu sobrinho estão tirando o passaporte esta semana, vamos marcar um agendamento só? A menina da agência sugeriu, minhã irmã como principal, e os outros que seriam todos parentes diretos dela, as outras 4 vagas. Acontece que eles não moram no mesmo endereço. Penso até que falar que moram é pior, pois meus pais tem condícões de viajar e bens em seus nomes. Seria mesmo pela entrevista, facilitaria pois não falam inglês. Ah e mais uma perguntinha, sendo a minha irmã a principal, ela não tem renda, quem vai pagar é o meu cunhado....como poderia ela ser a solicitante?

Eliane Silva
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 28/12/2010
 
 
Gisele
postado por: Eliane Silva

 mensagem postada em 01/09/2011 - 13:09:55hs
 

As pessoas não precisam morar no mesmo endereço, eu só não me lembro se basta ser no mesmo estado ou se tem que ser no mesmo município. Mas, se não me falha a memória, basta morar no mesmo estado. O seu sobrinho é filho da sua irmã? Porque se não for, não pode.
Quanto a quem vai ser o proncipal, não tem nenhuma relação com quem vai custear a viagem. Sua irmã, quando estiver preenchendo o formulário dela vai declarar que o seu cunhado é quem está custeando. Meu marido custeou a viagem das sobrinhas dele e nem pôde agendar junto com elas.

Gisele M
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 26/08/2011
 
 
Eliane
postado por: Gisele M

 mensagem postada em 01/09/2011 - 14:09:39hs
 

Obrigada pela resposta, sim o meu sobrinho é filho da minha irmã que estará requerendo o visto, ela tem outra menina que já tem o visto, foi de excursão de 15 anos, em 2010. Ah moramos todos no mesmo município. Mais uma perguntinha, meu marido, eu e meus flhos já temos visto, vamos vaijar todos juntos, é melhor falar que vamos todos ou não? Nós não tivemos problemas com visto nenhuma vez, e já viajamos 3 vezes, e voltamos claro.

Denise G.
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 12/05/2011
 
 
Gisele M
postado por: Denise G.

 mensagem postada em 01/09/2011 - 14:09:50hs
 

Oi.

Não, no meu caso agendamos minha irmã e eu uma entrevista. Meu marido e a irmã dele outra. Chegando lá, pedimos pra fazer juntos e eles deixaram de boa ( mas isso pq estávamos agendados os 4 para o mesmo dia e mesmo horário).

No seu caso sim, coloque sua irmã como principal e agende no mesmo seu cunhado, sobrinho e seus pais.

A entrevista não é em inglês, mas é muito melhor fazer todo mundo junto mesmo.
Seu sobrinho é filho da sua irmã ? Pois só assim ele pode entrar no agendamento dela.

Pague uma taxa de R$ 38 e agende os 5 no
mesmo, como a moça da agência te falou.
Não importa que sua irmã não tenha renda, pois quem vai pagar a viagem de quem vc só deverá informar no formulário D-160.

Vc terá que fazer um para cada um deles, ou seja, 5 formulários. Daí no da sua irmã vc informa que o marido vai pagar o dela. E no dos seus pais vc informa que eles vão pagar o deles. Não tem nada a ver isso.

O negócio do mesmo endereço a mesma coisa, não precisa morar no mesmo endereço para agendar junto. Eu não moro no mesmo da minha irmã e nem meu marido mora no mesmo que a irmã dele e agendei junto e informei o endereço de cada um normal.

Espero ter ajudado. Bjs!

 
Você Sabia Que ... O número do prédio do corpo de bombeiros da Main Street U.S.A é “71” em homenagem a inauguração do Magic Kingdom que se deu em 01 de outubro de 1971.