Orlando Tickets Online
 

Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
Patrícia Parra
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/10/2012
 
 
Res: Pessoal
postado por: Patrícia Parra

 mensagem postada em 30/09/2014 - 11:09:16hs
 

O q fazer?, comprar agora?, ou esperar ver se baixa?...
(mensagem de VANESSA S Spina)


Você leu a minha mensagem anterior?

Os especialistas dizem para comprar aos poucos se a sua viagem é para daqui uns meses.

Se for daqui a alguns dias, para comprar agora.
(mensagem de Patrícia Parra)


Oi Paty.....

Obrigadaaa, vou esperar mais um pouco então....kkk

Bju
(mensagem de VANESSA S Spina)


Eu não tenho outra opção...pq não tenho $$$ para trocar agora. Só me resta apelar para todas as rezas que eu conheço.



Vanessa S Spina
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 20/10/2009
 
 
Res: Pessoal
postado por: Vanessa S Spina

 mensagem postada em 30/09/2014 - 11:09:27hs
 

O q fazer?, comprar agora?, ou esperar ver se baixa?...
(mensagem de VANESSA S Spina)


Você leu a minha mensagem anterior?

Os especialistas dizem para comprar aos poucos se a sua viagem é para daqui uns meses.

Se for daqui a alguns dias, para comprar agora.
(mensagem de Patrícia Parra)


Oi Paty.....

Obrigadaaa, vou esperar mais um pouco então....kkk

Bju

Patrícia Parra
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/10/2012
 
 
Res: Pessoal
postado por: Patrícia Parra

 mensagem postada em 30/09/2014 - 11:09:54hs
 

O q fazer?, comprar agora?, ou esperar ver se baixa?...
(mensagem de VANESSA S Spina)


Você leu a minha mensagem anterior?

Os especialistas dizem para comprar aos poucos se a sua viagem é para daqui uns meses.

Se for daqui a alguns dias, para comprar agora.

Patrícia Parra
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/10/2012
 
 
5 dicas para quem precisa de dólar
postado por: Patrícia Parra

 mensagem postada em 30/09/2014 - 10:09:03hs
 

5 Dicas para quem precisa de dólar

Fonte: UOL

Alexandre Baima
 
Membro
 
 
Recife - Pe
 
Inscrição: 01/03/2012
 
 
Esta na hora de repensar a estratégia..
postado por: Alexandre Baima

 mensagem postada em 30/09/2014 - 09:09:49hs
 

Pessoal,

Com essa situação absurda, de alta especulação, pois é isso que está ocorrendo, não existe outro motivo plausível para essa situação de alta descontrolada do dólar.

Assim, temos que repensar nossa estratégia, especialmente aqueles que estão para viajar nos próximos 30/35 dias, que é o meu caso.(na verdade eu já comprei 100% dos dólares que precisava, vou comprar mais um pouco de reserva para mais compras...)

Com essa elevação absurda, talvez não seja vantagem comprar agora e esperar e pagar para ver... só comprar as vésperas da viagem, como eu disse seria pagar para ver e arriscar, pode dar certo ou não.

Outra opção, é usar o cartão de crédito, pois alguns dizem que em dezembro a situação estará mais estabilizada... Também é uma coisa complicada, pois você pode sair para a viagem com o dólar do cartão, que nunca fica claro por onde eles se baseiam, então pode estar a R$ 2,55 e quando você voltar já estar a R$ 2,60 e no fechamento do cartão estar a R$ 2,65...

Dessa forma, qualquer opção a ser seguida, eu indico sempre que distribua o risco, não fique em apenas 1 opção, divida as formas.

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Res: Acabei de ver
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 30/09/2014 - 09:09:57hs
 

No jornal da manhã na Globo, um economista disse q quem vai viajar em quinze dias, meu caso, pode comprar no cartão de crédito que a tendência é que no fechamento da fatura o dólar esteja mais barato que agora, vai entender!
(mensagem de viviane pereira da silva gonçalves)


Tem razão ...Viviane,

Pergunta: Daqui a 15 dias (15 de outubro) o que ocorre ?
R.: O segundo turno das eleições.

Com o resultado (seja qual for) acaba a especulação e as inquietações do mercado financeiro. O pessoal já sabendo quem será o(a) presidente e o proximo governo, já começa a se planejar e volta a calmaria (espero)... rsrs

Como a fatura do cartão ainda demora cerca de um mês após as compras, já vai pagar com o dólar estabilizado .... (ou não ???) dependendo de quem ganhe as eleições. Vamos rezar (eu também estou indo) !!
SDS,
Roberval.




Viviane Pereira da Silva Gonçalves
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 14/04/2011
 
 
Acabei de ver
postado por: Viviane Pereira da Silva Gonçalves

 mensagem postada em 30/09/2014 - 08:09:41hs
 

No jornal da manhã na Globo, um economista disse q quem vai viajar em quinze dias, meu caso, pode comprar no cartão de crédito que a tendência é que no fechamento da fatura o dólar esteja mais barato que agora, vai entender!

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Dólar fecha em alta ...
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 30/09/2014 - 08:09:09hs
 

Trata-se do fechamento mais alto desde 12 de dezembro de 2008, ápice da crise financeira global, quando ficou em R$ 2,47

O dólar fechou a segunda-feira no maior nível desde o fim de 2008 após as últimas pesquisas eleitorais mostrarem avanço nas intenções de voto para a presidente, cuja política econômica é duramente criticada por investidores.

O dólar subiu 1,64%, a R$ 2,45 na venda. Trata-se do fechamento mais alto desde 12 de dezembro de 2008, ápice da crise financeira global, quando ficou em R$ 2,47.

O moeda norte-americana alcançou R$ 2,47 reais na máxima da sessão, mas perdeu um pouco do ímpeto depois que exportadores aproveitaram as cotações altas para vender dólares. Além disso, alguns especulavam que o Banco Central poderia aumentar a intervenção no câmbio para evitar pressões inflacionárias.

Segundo dados da BM&F, o giro desta sessão foi de cerca de US$ 2 bilhões.

"O mercado entrou com todas as fichas numa vitória da oposição e pagou para ver. O que a gente está vendo hoje é a reversão desse movimento".
Quase no final do pregão, pesquisa CNT/MDA também confirmou o avanço da presidente, dando mais um impulso ao dólar.

"Se isso se confirmar nas próximas pesquisas, o céu é o limite para o dólar", afirmou um gerente de câmbio, para quem a moeda norte-americana pode ir acima de R$ 2,50 no curto prazo.

O movimento desta sessão foi turbinado pela decepção do mercado após não se confirmarem boatos de que uma revista semanal publicaria reportagem sobre novo escândalo desfavorável à reeleição da atual Presidente. Na sexta-feira, essa especulação levou a moeda norte-americana a fechar em queda ante o real, descolada do exterior.

O cenário externo também impulsionou o dólar. Investidores evitaram comprar ativos de maior risco por cautela antes da divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos na sexta-feira, levando a divisa norte-americana a subir contra moedas emergentes, como as do Chile e do México.

Os números podem reforçar as expectativas de que a alta dos juros norte-americanos ocorra de forma mais intensa do que a esperada, atraindo recursos aplicados em outros países.

Banco Central
A forte pressão cambial levou alguns investidores a cogitar a possibilidade de o BC brasileiro intervir com mais força no mercado para limitar o impacto inflacionário da alta do dólar.

"Nesses níveis, o mercado opera com especulações de que o BC pode aumentar a intervenção, o que impõe alguma cautela. Mas é claro que isso não é o suficiente para trazer o dólar de volta para os níveis de dois meses atrás (entre R$ 2,20 e R$ 2,25)"

Alguns analistas, contudo, apostam que o BC não fará intervenções adicionais, atuando apenas por meio dos leilões diários e das rolagens de swaps, uma vez que o movimento do real está, em certa medida, alinhado com o de outras moedas emergentes. Toda a região tem sofrido com temores de que os juros dos Estados Unidos subam de forma mais intensa do que a esperada.

Tanto o real quanto o peso mexicano e o sol peruviano se desvalorizaram de 3% a 4% desde o início do ano. Outras divisas tiveram desempenho bem pior: o peso chileno, por exemplo, perdeu mais de 12% de seu valor no mesmo período.

"Não é uma questão de liquidez que está prejudicando o mercado, é uma questão de expectativas", afirmou o operador de um importante banco nacional. "Com falta de liquidez, o BC consegue brigar. Com expectativas deterioradas, não vale a pena comprar briga."

Até agora, a autoridade monetária deu continuidade às intervenções diárias no mercado de câmbio, colocando nesta sessão a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares.

Foram vendidos 1,7 mil contratos para 1º de junho e 2,3 mil para 1º de setembro de 2015, com volume equivalente a US$ 197,5 milhões.

O BC também vendeu a oferta total de até 15 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em outubro e, com isso, rolou praticamente todo o lote, que corresponde a US$ 6,6 bilhões.

O próximo lote de swaps vence em 3 de novembro e equivale a US$ 8,84 bilhões de dólares. O mercado espera amplamente que esses contratos sejam rolados integralmente.

Mario Martins
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/09/2012
 
 
Res: Previsão Feita - Dólar a R$ 2,68 com IOF e subindo....
postado por: Mario Martins

 mensagem postada em 30/09/2014 - 08:09:10hs
 

Ao pessoALL que acompanha o fórum ativamente, deve lembrar que eu no início do ano disse que teríamos o dólar na casa dos R$ 2,70 a R$ 2,80 com IOF até novembro.
Temos inúmeros posts disso, inclusive com estudos reais de simulação tendências econômicas.

A eleição é apenas uma pate da especulação do mercado, conforme nosso amigo mencionou.
A condução da política cambial brasileira está literalmente a deriva, e totalmente equivocada, e junto com uma dificuldade mundial em aceleração de crescimento econômico, criou-se um cenário perfeito para um país largado, sem foco e sem gestão que é o Brasil de hoje, mas facilmente previsível a meses atrás.

Quem acreditou e comprou dólares durante o ano, se deu bem! Quem não acreditou e além de não ter dólar tem sua viagem nos próximos 2 meses, vai ter que amargar uma "despesa extra".

Não vou entrar em detalhes políticos, mas para o bem do Brasil e dos brasileiros que adoram viajar e juntam seu rico dinheirinho ao longo do ano, espero que esse cenário mude rapidamente.


Abs

Marco


(mensagem de Marco Antonio Correia)


Assino embaixo!! Ou mudamos o que está aí ou perderemos muito de nossa liberdade.

Marco Antonio Correia
 
Membro
 
 
Cerquilho - Sp
 
Inscrição: 20/06/2013
 
 
Previsão Feita - Dólar a R$ 2,68 com IOF e subindo....
postado por: Marco Antonio Correia

 mensagem postada em 30/09/2014 - 02:09:47hs
 

Ao pessoALL que acompanha o fórum ativamente, deve lembrar que eu no início do ano disse que teríamos o dólar na casa dos R$ 2,70 a R$ 2,80 com IOF até novembro.
Temos inúmeros posts disso, inclusive com estudos reais de simulação tendências econômicas.

A eleição é apenas uma pate da especulação do mercado, conforme nosso amigo mencionou.
A condução da política cambial brasileira está literalmente a deriva, e totalmente equivocada, e junto com uma dificuldade mundial em aceleração de crescimento econômico, criou-se um cenário perfeito para um país largado, sem foco e sem gestão que é o Brasil de hoje, mas facilmente previsível a meses atrás.

Quem acreditou e comprou dólares durante o ano, se deu bem! Quem não acreditou e além de não ter dólar tem sua viagem nos próximos 2 meses, vai ter que amargar uma "despesa extra".

Não vou entrar em detalhes políticos, mas para o bem do Brasil e dos brasileiros que adoram viajar e juntam seu rico dinheirinho ao longo do ano, espero que esse cenário mude rapidamente.


Abs

Marco

 
Walt Disney queria ter certeza que os "negócios" do Parque nunca se intrometessem no "show". Então ele construiu aproximadamente 2,4 km (1,5 milha) de túneis de acesso "Utilidors" sob o parque Magic Kingdom.