Orlando Tickets Online
 

Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Carlos Carvalho
 
Patrocinador
 
 
Sao Paulo - Sp
 
Inscrição: 24/01/2007
 
 
DUVIDAS SOBRE OS RELATOS DE VIAGEM
postado por: Carlos Carvalho

 mensagem postada em 17/04/2008 - 11:04:14hs
 

Bom Dia!
Aos que acabaram de chegar gostaria de saber se no Epcot Center ainda existe a apresentação dos Maricachis no Pavilhão do México??

O Restaurante Medieval Times (acho que é esse o nome) tem que se fazer reserva de quanto tempo de antecedencia?

Café da manhã com os personagens, para quem não estara nos hoteis do compelxo disney, fazer reserva de quanto tempo de antecedencia?

Obrigado,

Carlos Carvalho

Fatima Skrobot Grosso
 
Membro
 
 
Manaus - Am
 
Inscrição: 18/12/2007
 
 
Relatos - Considerações iniciais!!
postado por: Fatima Skrobot Grosso

 mensagem postada em 18/04/2008 - 11:04:45hs
 

Antes de começar meus relatos tenho algumas considerações a fazer!
Quero dizer o quanto amo a Disney!
Me apaixonei por esse mundo encantado em 1986, quando com apenas 5 anos de idade fui pela primeira vez!! Apesar de ser muito pequena lembro de vários detalhes daquela viagem maravilhosa!!! Passamos o ano novo lá, os parques estavam lotados (naquela época só existia o Magic Kingdom e o Epcot na Disney, Sea World e Busch Gardens), mas deu pra aproveitar muito.
Naquele ano o Magic Kingdom estava fazendo 15 anos e quando fecho meus olhos ainda consigo lembrar da música tema do aniversário e as roupas dos bailarinos e bailarinas dançando uma coreografia linda junto com mickey e sua turma no show na frente do Castelo da Cinderela (quando descrevo os detalhes pra minha mãe, ela não acredita como eu posso lebrar de tantas coisas, inclusive da melodia e de certas frases da música que nunca mais escutei);
Lembro que morri de medo do “lobo mau” dos três porquinhos que hoje em dia é difícil de encontrar no parque; que me apaixonei pela Cinderela quando a vi na parada das 15h e queria muito ser ela e morar naquele castelo (que eu realmente acreditava que era onde ela morava)!!!; que me agarrei na perna da minha mãe com medo quando o quadro da hanted mansion virou uma caveira, mas adorei o baile dos fantasmas no passeio!!!; e todas as atrações da fantasyland que eu queria repetir toda hora (principalmente o peter pan e it´s a small world). Lembro que adorei andar na big thunder mountain e acho que foi nela que começou minha paixão por montanhas russas e fiquei muito contrariada quando não pude ir na space mountain porque por pouco não tinha o tamanho ideal; lembro dos milhões de brinquedos que comprei no paraíso que era a Toys 'r' us. Enfim, por causa dessa maravilhosa experiência passei quase todas as férias da minha infância e adolescência lá (1990, 1991, 1992, 1993, 1995, 1996, 1997 e 1999).
Portanto, imaginem a minha ansiedade em voltar após 9 anos sem pisar na terra de sonhos, mas agora com o maridão que só tinha ido lá em 1987.
Depois de planejar muito e com o super roteiro da Cris em mãos, resolvemos nos hospedar em um hotel da Disney, já que iamos na época do Spring Break e não queríamos sair de lá com a sensação de que não aproveitamos ao máximo!!!(Aproveitamos muito às Extra Magic Hours) Eu estava morrendo de medo de encontrar os parque lotados, pois já tinha ido uma vez em julho (a vez que menos gostei, estava muito quente e as filas quilométricas de 2 a 2:30hrs de espera) e pelo que tinha pesquisado o spring break é a temporada de pico da Disney - fica mais cheio do que as férias de verão dos americanos (junho/julho/agosto) e só perde em freqüência para a semana entre o Natal e o Ano Novo.
Mas meus temores não se concretizaram, pelo menos não na primeira semana. E aqui vai a primeira dica: Se você está pensando em ir em março vá nas duas primeiras semanas do mês pois poucas escolas estão no spring break e os parques ficam relativamente vazios (não tão vazios quanto na baixa temporada, mas dá pra fazer todas as atrações e ainda repetir algumas - as filas nos horários de pico ficam entre 15 e 30 min de espera). Quando fomos repetir os parques, já na terceira semana de março, eles estavam muito cheios, as atrações mais concorridas com filas de mais de 1 hora de espera, por isso use e abuse dos fast pass, eles economizam muito tempo!!!. O clima também é melhor, pegamos frio nos dois primeiros dias mas o resto da semana foi super agradável. Já na semana de repetir parques estava bem quente, mas nada comparado ao calor de julho!!
Pelo que pude perceber, ir no spring break não é tão ruim assim! Não sei como fica no fim de março e início de abril, mas nos dias em que estive lá, mesmo nos mais cheios, a freqüência dos parques estava bem menor do que no ano em que fui em julho!!
Notei também duas regras quanto a utilização do Fast Pass: a regra-geral é a de que você só pode pegar outro fast pass quando começa o horário para a utilização do fast pass que você tem em mãos. Assim, se você pegar um Fast Pass às 9h e o horário para utilização começa às 9:15h, você poderá pegar outro fast pass às 9:15h. Mas, se no momento em que você pegar o fast pass o horário para sua utilização superar o intervalo de 2 horas, você poderá pegar outro fast pass em 1 hora, ou seja, se você pegar um fast pass às 9h e o horário para utilização começa às 12h você poderá pegar outro fast pass às 10h, dessa forma é possível que você tenha dois fast pass em mãos para duas atrações diferentes ao mesmo tempo.
Agora vamos aos relatos!!

Fatima Skrobot Grosso
 
Membro
 
 
Manaus - Am
 
Inscrição: 18/12/2007
 
 
Primeiro dia–Manaus/Miami/Orlando - 07/03 (sexta)
postado por: Fatima Skrobot Grosso

 mensagem postada em 18/04/2008 - 14:04:13hs
 

O dia anterior tinha sido a maior correria, pois estava atolada de trabalho e só consegui arrumar a mala tarde da noite. Entrei no VPO antes de deitar e vi o meu nome bem em cima da “contagem regressiva” com a mensagem “cartão pra você”, meu coração disparou: é amanhã!!! e quando abri o cartão comecei a chorar de emoção só de ouvir aquela música linda.
Acordei super cedo, na verdade quase não consegui dormir, estava tão empolgada que acordei o maridão gritando e pulando em cima dele: “NÓS VAMOS PRA DISNEY!!!!!!!”.
Terminei de arrumar as malas – levamos duas malas cada um, a primeira menos da metade e a segunda completamente vazia pra trazer as compritchas – chegamos ao aeroporto cedo, encontramos o casal de amigos que foi conosco, fizemos o check in e só tinha lugares junto na penúltima fila do avião, sem problemas, nós vamos pra Disney tudo é festa!!!.
O Vôo da TAM saiu com poucos minutos de atraso e em pouco menos de 5 horas de uma viagem tranqüila estávamos pousando em Miami, às 17:30 horário local.
A imigração foi super rápida, o aeroporto estava vazio e fomos os primeiros a serem atendidos. O oficial da imigração não nos perguntou nada, pegou primeiro a impressão digital dos 10 dedos das minhas mãos e na vez do maridão só pegou dos quatro dedos da mão direita, acho que esqueceu do resto, ficou olhando alguns segundos pra ele e pra foto do passaporte alternadamente (tá um pouco diferente mesmo), mas liberou sem fazer qualquer questionamento.
Pegamos o carro com GPS (a Rachel) e fomos atrás de comida pois eu já estava faminta. Como eu adoro comida mexicana, paramos no primeiro Taco Bell que achamos pela frente, comi um burrito delicioso de carne e queijo cheddar acompanhado de nachos e chili beans. Fomos no Walmart compra besteiras pra viagem e saimos em direção a Orlando.
Apanhamos um pouco com o GPS pois colocávamos o endereço do hotel Disney's Pop Century Resort, mas ele não encontrava nem o endereço e nem o nome do hotel. Falei pra colocar o endereço do Downtown Disney que eu sabia que ficava perto e lá poderíamos pedir informações, mas os sabichões dos maridões resolveram ignorar minha idéia e colocaram um zip code próximo. E de Miami saimos às 21:00h com previsão de chegada (segundo a rachel) às 00:30h.
Os maridos se revesando na direção e as mulheres fofocando no banco de trás, até que uma hora o sono foi batendo, tiramos um cochilo e o pobre do meu marido ficou dirigindo sozinho. Detalhe, ele nunca dirigiu fora do Brasil e como em Manaus só dá pra sair se for de barco ou avião (tem só uma estrada esburacada pra Venezuela), ele não estava familiarizado com o sistema de pedágio. Quando eu acordei já estávamos quase saindo da SunPass, foi quando eu gritei: pega o guichê da direita!!! o nosso amigo – co-piloto, que tbm estava dormindo – acordou e meio zonzo de sono e sem prestar a menor atenção, falou: “vai nesse guichê mesmo”. E o maridão sem saber o que fazer continuou reto e passou pelo guichê da esquerda, específico para quem possui o sunpass card. Resultado: não pagamos o pedágio e agora só estamos esperando a multa de 100 doletas chegar no cartão de crédito.
Depois desse mico, todo mundo ficou acordado e bem atento a tudo. Fiquei prestando atenção nas placas e comecei a ver as primeiras indicações para as saídas de “Walt Disney World”. Disse que tinhamos que seguir essas placas mas os homens disseram que a Rachel mandava seguir reto, avisei que estávamos indo pro lugar errado mas eles disseram que se fosse pra seguir placas não teria motivo pra alugar o GPS. Tudo bem, me calei e deixei os sabidões se distanciarem cada vez mais do nosso destino.
Quando chegamos no lugar indicado pela Rachel, exatamente 00:30h, não encontramos hotel nenhum e estávamos bem longe do complexo Disney! E agora?! Agora coloca Downtown Disney no GPS e quando chegar lá pede informação!!!! Foi o que fizemos e, como eu havia dito, o hotel ficava 5 minutos de lá!!
Mortos de cansados, fizemos o check in e fomos dormir quase 02:00h da manhã, mas super empolgados porque no dia seguinte (quer dizer, no mesmo dia) começaria a super maratona de parques!!

Patrícia Colmanetti Spinelli
 
Membro
 
 
Ribeirao Preto - Sp
 
Inscrição: 01/03/2007
 
 
7 e 8/04...Ribeirão Preto/São Oaulo/Miami/ Orlando
postado por: Patrícia Colmanetti Spinelli

 mensagem postada em 22/04/2008 - 21:04:38hs
 

Dia 07/04 – dia da viagem....uma dor no coração por deixar minha filhinha de 2.9 anos aqui....chamei ela no quarto e contei que iria viajar, mas que ligaria....eu chorando e ela já me ignorando....tudo bem sabia que seria assim!!
Íamos partir de Ribeirão Preto as 12:50 e de São Paulo as 21:50. Tudo tranquilo no vôo e em SP um chá de cadeira até a hora do embarque, mas meu sogrinho aguentou firme sem reclamar...ficamos num restaurante vendo televisão até as 20:30!
Embarcamos no horário pela American e foi tudo muito tranquilo...a não ser pelo horário da chegada que atrasou....aí foi uma correria....pq a cadeira de rodas do meu sogro demorou para chegar no avião.....estávamos na imigração as 6:20 e nosso vôo para orlando era as 7:00.......mas eu muito otimista, saí correndo em direção ao nosso portão, o último do aeroporto...o Vicente (enfermeiro) correndo atrás com a cadeira de rodas falando: vai que eu te alcanço!!!! Parecíamos uns malucos!!! Mas de nada adiantou.........chegamos no portão as 6:55 e disseram que o avião já estava fechado.........próximo vôo???? 12:50.....Eu estava super preocupada com meu sogro...sem dormir, sem relaxar as costas..mas aguentando firme.......tadinho.......e ainda animado...
Bom, super resumindo, chegamos em Orlando as 13:40, pegamos nossas malas que já estavam nos esperando desde a chegada do vôo das 7:00....(e o frio na barriga de medo delas terem sumido!!!)
Pegamos nosso mega carro, uma van linda e fomos para o Walmart pegar nosso almoço!!!
Meu sogro perguntava se sabia onde eu estava indo...perguntou sobre sua casa, fez comentários sobre a cidade...........estávamos começando bem...ele lembrava e estava feliz por estar lá!!!
Nunca fiz uma visita tão rápida no walmart........entramos correndo, peguei 3 michelinas, coca, água, shampoo e creme, pagamos e fomos para o hotel...Parc Corniche, encostado ao Sea World...muito bom, espaçoso....
Meu sogro tomou banho e só levantou da cama no outro dia na hora do almoço....o enfermeiro disse que ele nem conseguia mexer as pernas de tão cansado, nem almoçou.......e eu comi minha michelinas e fui para Downtown Disney! Mortaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa de cansaço, mas não iria conseguir ficar no hotel e dormir....fui pra lá umas 17....entrei na World of Disney e me acabei!! Olhava e não acreditava que estava lá....não parecia real!! Aquela loja não é normal!!!!
Comprei um monte de coisinhas pra Sofy....umas 19:30 resolvi ir embora pq tinha ainda que passar no publix para comprar leite, cookies......mas adivinhem...não prestei atenção onde tinha estacionado o carro...meu...que desespero......eu cheia de sacolas, andando pelo estacionamento mil vezes e nada de encontrar o carro..........cansada, os olhos ardendo......a vontade que eu tinha era de sentar e chorar, juro.....mas fiquei procurando, apertando a chave do carro.....até que depois de uns 40min achei o carro.....nossa que aleria....dei os 100 pulinhos que tinha prometido para são longuinho e fui para o hotel.................como se não bastasse, ao invés de pegar a I4 east, peguei sentido kissemee.....mas uma volta imensa, eu morrendo de medo de estar dirigindo, pq nessas alturas, nem estava mais enxergando direito de tanto que meus olhos ardiam....andei na 192, andei, andei....até chegar na vineland.....parei no publix, comprei minhas coisinhas de café da manhã e segui para o hotel!
O Vicente coitado, super preocupado, nem dormiu me esperando.....mas tudo bem..chegei bem e caí na cama.........precisava descansar, pq o dia seguinte ia ter mais emoção!!!

Malu Souza
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 27/07/2007
 
 
Patricia
postado por: Malu Souza

 mensagem postada em 22/04/2008 - 21:04:44hs
 

VERDADEIRA NOVELA ESSA VIAGEM !
DA IMIGRAÇÃO´ATÉ AO PORTÃO DE EMBARQUE P/ ORLANDO , VC PEGA AS MALAS , DEIXA NUM CANTO , QUE ELES RESERVAM , E SEGUE POR DENTRO , NÃO PASSA NAQUELA TRIAGEM DE TIRA SAPATO E . . . ETC . NÃO É ?´
É VOU AGORA EM 01/05 E ESTOU SÓ COM 1.50H DE TRÂNSITO , P/ PEGAR AQUELE , QUE VC PERDEU !

Fatima Skrobot Grosso
 
Membro
 
 
Manaus - Am
 
Inscrição: 18/12/2007
 
 
Segundo dia – SEA WORLD - 08/03 (sábado)
postado por: Fatima Skrobot Grosso

 mensagem postada em 24/04/2008 - 11:04:47hs
 

Acordamos super cedo pois tinhamos que pegar os ingressos dos parques em Kissimmee. A previsão do tempo era de dia chuvoso com queda de temperatura (já saí do Brasil com a previsão dos próximos 10 dias que imprimi no www.weatherchannel.com).
Chegamos no Parque às 09h em ponto e depois da revista na bolsa, entramos. Aqui notei a primeira mudança: nunca em todas as vezes em que estive em Orlando a minha bolsa tinha sido revistada na entrada de um parque, eles realmente ficaram paranóicos depois do 11 de setembro. Mas se é para a segurança de todos, tudo bem!
Fomos direto pra Kraken, não tinha nada de fila, e como eu amo de paixão montanha russa, e essa era novidade pra mim, fiz todo mundo entrar na fila do front line que tinha apenas 8 pessoas na nossa frente (nas outras filas era só entrar e sentar). Saiu o primeiro carrinho, 3 minutos e 30 segundos depois ele voltou e quando o segundo ia sair, a atração teve que ser fechada, sem previsão de retorno e todo mundo teve que sair da fila! Ai que ódio!! se eu não tivesse feito questão de ir no front line eu já teria andado, e agora? Será que eles abrem ainda hoje!! Não repetiremos esse parque, vou sair frustrada de Orlando se não andar na Kraken!!!
Corremos para Journey to Antlantis, nessa hora a temperatura começou a baixar, mas não achamos que fosse esfriar tanto, pois a temperatura estava bem agradável. Entramos na atração que também não tinha nenhuma fila!! Começa bem estilo piratas do caribe e de repente uma queda enorme, claro que levantei os braços pois adoro essa sensação! Ficamos bem animados porque a queda passou e não nos molhamos nada, quando de repente um jato d´água é acionado por um cast member e cai bem em cima de nós, nos deixando ENSOPADOS!
Quando saímos da atração percebemos que a temperatura tinha caído muito e o vento gelado nas nossas roupas molhadas fez batermos o queixo de tanto frio!! Trocamos as blusas mas os casacos também tinham molhado um pouco.
Fomos no Penguin Encouter, Shark Encouter e corremos pra assistir ao Bealive, chegamos momentos antes do teatro abrir e pegamos lugares maravilhosos. Enquanto o show não começava fiquei olhando pros trilhos da Kraken pra ver se tinha voltado a funcionar, mas nada!!! dez minutos depois, quando olhei novamete, vi o carrinho subindo, vazio. “acho que estão fazendo testes!! tomara que volte a funcionar!!!”
A temperatura continuou a cair, mas o dia estava super ensolarado, na verdade a chuva forte ocorreu na madrugada daquele dia e por isso danificou o lado direito do telão do show, mas mesmo com esse contra-tempo o show foi muuuuuuuuito lindo!!! A Shamu é linda!!! me emocionei bastante!! Não acredito que estou aqui depois de tanto tempo!
Saímos do Bealive e corremos pra Kraken!!! Agora estava funcionando, EBAAA!!!, a fila pro front line estava bem grande e resolvemos ir em qualquer outra, já que era só chegar e entrar! Nossa que montanha russa maravilhosa!!! A adrenalina é tanta que quando saimos o frio que estávamos sentindo passou e um calor subia pelo corpo!!! Eu queria repetir na mesma hora, mas nossa amiga, que morre de medo de montanha russa, não quis voltar, na verdade ela já tinha ido literalmente chorando, quase que o cast member não deixa ela ir, perguntou várias vezes se tinha certeza que queria, mas como queria vencer o medo, foi chorando mesmo! Foi hilário, ela passou a montanha russa inteira gritando “Pelo amor de Deus, isso não acaba nunca?!”
Almoçamos um barbecue sandwich delicioso com salada e feijão em um quiosque próximo ao Bealive. Fomos no Wild Artic e depois na montanha russa da Shamu que é bem bobinha mas é legal! Depois tive que repetir a Kraken porque já não tava me aguentando de vontade de andar de novo.
Assistimos ao Blue Horizon, que achei espetacular!!! Como o vestido daquela mulher some do nada?! E as acrobacias? E os pássaros? Muito Lindo!
Fomos ver os cavalos no Clydesdale Hamlet e tomar uma Bud no Hospitality Center!!! Saímos do parque às 18:00h e paramos no Walmart pras primeiras compras! Voltamos pro hotel, jantamos e cama, pois amanhã seria o meu parque favorito: MAGIC KINGDOM!!!!

Gustavo Luiz
 
Membro
 
 
Rio de Janeiro - Rj
 
Inscrição: 23/08/2007
 
 
Fátima
postado por: Gustavo Luiz

 mensagem postada em 24/04/2008 - 20:04:36hs
 

Patrícia Colmanetti Spinelli
 
Membro
 
 
Ribeirao Preto - Sp
 
Inscrição: 01/03/2007
 
 
Malu!
postado por: Patrícia Colmanetti Spinelli

 mensagem postada em 25/04/2008 - 18:04:10hs
 

nossa Malu, realmente no aeroporto de miami é uma coisa de doido...mas eu perdi mesmo o vôo pelo atraso do avião, a espera da cadeira do meu sogro e o computador do oficial na imigração (esqueci esse detalhe.... ficamos no "reservado" esperando a liberação). Não tinha como pegar mesmo a conexão....todo mundo conseguiu e com vc não vai ser diferente!!
bjss

Marcelaferrari
 
Membro
 
 
Rio de Janeiro - Rj
 
Inscrição: 24/02/2008
 
 
acabei de chegar!!!!!
postado por: Marcelaferrari

 mensagem postada em 26/04/2008 - 21:04:43hs
 

OI genteeeeeeeeeee
acabei de chegar e vou contar tudo pra vcs sobre a minha viagem.Fomos apenas a doi parques pra termos mais tempo para compras
Fui em quase todas as lojas citadas aqui e aos poucos vou contando pra vcs e divulgando os preços e lojas.
Aqui vou dar só uma observação: a Loja da Nike do Premium está mt ruim,não vale a pena
bjocas e vou contando aos poucos
bjs

Mariana Sagardoy
 
Membro
 
 
Florianopolis - Sc
 
Inscrição: 14/10/2007
 
 
Dia 10/02- Epcot
postado por: Mariana Sagardoy

 mensagem postada em 27/04/2008 - 10:04:37hs
 

Era domingo, mas mesmo assim, seguindo a tabela TP era um dia bom para visitar o Epcot. Como o parque ficava aberto até 21 hs, pudemos acordar um pouquinho mais tarde. Chegamos lá por volta das 11hs. Passei um frio danado esperando o monorail, mas durante a tarde esquentou. Já de dentro do “trenzinho” íamos tirando várias fotos da bola mais fotografada do mundo! Mas alguma coisa estava diferente.... Não tinha mais o nome do parque em cima da bola! Tiraram? Pq? Lembro de quando tinha ido há 11 anos atrás, e em todas as fotos de amigos, parentes, ele estava lá. Mas tudo bem, continua bem bonito! Lembro-me também que não tinha gostado muito do Epcot. Tinha 14 anos na época e não foi um parque que me interessou. Achei um parque mais voltado para adultos...e também fui naquela atração da Ellen, que não me lembro o nome e pode ter sido isso que me deu essa má impressão! Rsrsrsrs! Desta vez passei bem longe, nem ví onde era e se ainda existe! Bom, mas desta vez foi diferente. O parque estava bem cheio, e nós decidimos pegar o fast pass para o Soarin. Conseguimos para as 17hs. Detalhe que ainda eram 11hs. A espera estava em 80 minutos. Então fomos no Mission Space (verde, pois o laranja estava com a fila bem grande). Gostei muito! Tinha uma moça do nosso lado que começou a gritar pra sair quando ia começar, mas é bem levinho. Fomos dar uma volta no World Showcase pq às 13hs já poderíamos pegar outro fast pass. Entramos em todos os pavilhões, fomos nas atrações, vimos as lojinhas fizemos uma compras, assistimos um show no pavilhão do Japão e estávamos mortos de fome. Paramos nos Estados Unidos mesmo e comemos um double bacon cheeseburguer maravilhoso! Foi quando aproveitei para olhar os horários dos ônibus para voltarmos para o hotel após o Iluminations e... pasmem....como era domingo só tinha ônibus até as 20hs. Eu não ia consegui assistir. Meu mundo acabou naquele momento! Desanimei, mas continuei. O Hélio ficou morrendo de dó de mim, mas paciência, quem mandou não olhar antes! Fiquei mesmo com raiva da minha burrice! Bom, já era 14hs então fomos para o test track pegar o fast pass. Voltaríamos em uma hora. Enquanto isso fomos até o Living with the Land. Achei muito interessante. Não tinha ido nesse da outra vez. O começo é meio bobinho, mas depois que vai para o cultivo das hortaliças, as criações de peixes e jacarés fica bem legal. Demos uma volta no The Land Pavillion e seguimos para o test track. Lá de fora já ouvíamos os berros das pessoas. Aquela entrada já é demais! Parece que estamos numa fábrica de veículos de verdade. Uns 10 minutinhos de fila e chega nossa vez....Adorei! Fiquei pensando no meu pai que ía fica completamente maluco. Na hora do teste de velocidade a adrenalina é tanta que fiquei rindo até a hora que desci do carrinho. Na saída tiramos fotos dentro daqueles carrões. Fomos dar mais uma volta no World Showcase, pq eu queria ver se conseguíamos agora tirar fotos com alguns personagens e usar o photopass. Encontrei bastante, mas só tirei foto junto com a Bela Adormecida na França, que tinha acabado de sair dos bastidores, pois havia muitas filas, mas tirei fotos de todos que encontrei. E demorou mas chegou a hora do tão falado Soarin. Até a fila do fast pass estava grande. Esperamos quase 20 minutos, mas valeu cada segundo. Fomos na primeira fileira. Que sensação maravilhosa. Morei na Califórnia por um tempo, então reconheci os cheiros, os lugares...Lake Tahoe, Los Angeles, Napa Valley...e para finalizar aquela chegada emocionante na Disneylândia....não queria que aquilo acabasse nunca! Olhei para o Hélio e ele estava com um sorriso ( lindo que ele tem) de orelha a orelha, então valeu muito a pena estar ali, mesmo que não pudessemos assistir o Iluminations, me lembrei que a final de contas estávamos na Disney, e a raiva passou. Saímos de lá felizes da vida! Fomos para o The Seas with Nemo and Friends, sem fila nenhuma. Gostei muito. O cenário, lindo. Aquela parte dos Jelly fish....lindo de mais, parece que vc está num sonho. Consegui até tirar uma foto, ficou linda. Aliás vou mandar para a galeria do VPO para vcs verem! Ainda dava tempo de ir em mais uma atração e então fomos para o Honey, I Shrunk the Audience. Eu me lembrava bem desta atração, então não teve muita graça. E também ela já esta um pouquinho ultrapassada, mas deu pra gente se divertir. Fomos indo em direção a saída e aproveitamos para tirar umas fotos do Spaceship Earth à noite. Chegamos no Ticket and Transportation Center e enquanto esperávamos o ônibus para irmos embora chegar, fomos na lojinha de souvenir e lá estava tocando no auto falante a música do Wishes, que havia acabado de começar no MK. Fiquei sonhando em ver aquele show de novo....quem sabe!

 
Walt Disney World Resort tem o tamanho da cidade de São Francisco ou o dobro do tamanho de Manhattan.