Dicas Curtas e Rápidas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Greyhound Bus

 mensagem postada em 18/07/2010 - 10:07:34hs
 
 

A questão dos velhinhos nos onibus é brincadeira. A Greyhound tem linhas em todo os EUA. Sempre cruzei com estes onibus. Muitas vezes eles demoram um pouco porque entram em algumas cidades, o que se torna muitas vezes interessante.

São onibus muito bons e a maioria dos passageiros são de pessoas que tem medo de avião porque o custo se aproxima muito do preço da passagem aerea.

 


 
SILVIA FELGUEIRA S DE FREITAS

 mensagem postada em 15/07/2010 - 20:07:30hs
 
 

Oi Silvia,
Não sei te dizer com certeza se eles recebem encomendas no hotel, pois nunca utilizei o serviço, mas já vi brasileiros comentando, lá no próprio hotel, que eles recepcionavam encomendas compradas pela internet.
Acho que vale uma consulta pela internet ou, se achares melhor, faço essa consulta pessoalmente e te informo quando retornar.
Abraço.

 


 
JOSÉ ALEXANDRE

 mensagem postada em 15/07/2010 - 20:07:15hs
 
 

Olá companheiro,
Gostamos bastante do hotel, pois nunca tivemos problema algum. Ele é padrão americano básico como os demais da cadeia Ramada.
A localização é privilegiada e o atendimento é bem legal.
Quanto ao café da manhã (continental) acrescento que além do horário curto e cedo tem o problema do espaço aonde é servido, pois é bem pequeno para número de hóspedes. Ressalto também que a maioria dos hóspedes é de brasucas como nós e aí vamos dando aquele jeitinho...
Nos quartos têm frigobar, cafeteira e microondas que acabam sendo bons acessórios para um café da manhã mais tranquilo.
As arrumadeiras são bem gentis e procuro sempre falar com elas e deixar uma graninha, algo em torno de U$2,00 a U$3,00 dólares por dia. O nosso quarto sempre está limpinho, com toalhas trocadas, etc...
Esse negócio dos bed bugs é que estão me deixando preocupado. Vamos a Orlando desde 1988 e nunca tivemos nenhum problema com isso. Já ficamos em vários hóteis, já alugamos casas e nunca tivemos problemas com esses insetos, mas sabemos que existe essa preocupação com os bed bugs.
Nesse Ramada já fomos umas quatro vezes e até hoje nunca deparamos com os insetos e torcemos para não termos esse problema, pois deve ser muito desagradável.
Chegaremos em Orlando dia 30 de setembro e ficaremos até 15 de outubro. Acho que ainda estaremos por lá quando vocês chegarem. Vamos ver se nos encontramos para batermos um papo. Espero ter te ajudado e vamos trocando informações.
Abraço,
Judemberg.

 


 
Judemberg Oliveira

 mensagem postada em 15/07/2010 - 14:07:43hs
 
 

Estou indo em outubro com minha esposa e dois filhos para o mesmo hotel que vc ficou (Ramada Lakefront). Eu ja fiquei em outros hoteis da rede Ramada e gostei muito. Vc poderia tecer alguns comentarios sobre ele? Ja li alguns relatos sobre o problema do horário do café da manhã ser muito curto, de 6:30 às 08:30, é prolema? Minha esposa é alérgica e gostaria de saber se vc teve problemas nesse Ramada com o tal dos "bed bugs" que muito gente andou falando por aqui em outros tópicos? Qualquer coisa a mais...

Abçs.

 


 
Reservar em restaurantes

 mensagem postada em 14/07/2010 - 13:07:46hs
 
 

Pessoal,

Aproveitanto o gancho da conversa sobre Downtown Disney, vocês acreditam que preciso fazer reserva nos restaurantes de lá para o final de setembro ?

Tipo T-REX, RainForest, que só conheci aqui pelo site mesmo...

Quando fui na Disney na primeira vez 1982 só existia Pleasure Island !!! Tinha 10 anos e recebi uma pulseira para não poder beber... é mole ...

Abraços.

 


 
Marina

 mensagem postada em 14/07/2010 - 11:07:41hs
 
 

Obrigada pela dica!
Eu prefiro os travellers pela segurança.
Aí vou trocando aos poucos lah nos EUA, com o passar dos dias.
No último dia, dou um jeito de trocar todos... compro um refri com um, uma blusinha com outro até trocar todos q sobraram... Aí volto com tudo em cash...
Geralmente nao sobra quase nada, entao nao da mto trabalho pra trocar... hehehehe
Uma vez eu trouxe 2 folhinhas de volta, fui ao banco, vendi de volta... Como o dolar tinha subido, ainda sai no lucrinho de centavos...rs

 


 
MARY

 mensagem postada em 14/07/2010 - 10:07:37hs
 
 

Não querendo me meter na sua conversa, mas já me metendo, eu sempre utilizei a cópia reduzida do passaporte para trocar os travels em Orlando.

Nunca tive problema.... em lugar nenhum.

Só que a última vez que fiz isso foi em 2000. Depois desse ano, nós sempre levamos em cash, porque dava muita mão de obra trocar aqui quando sobrava... mas só por isso. Só que as agências daqui, ainda indicam para os adolescentes, levar os travels e a cópia reduzida do passaporte (o original fica com o guia). Se informa em alguma outra agência que leve adolescentes.... eles estão super acostumados com isso.

Abraços,
Marina

 


 
Crismoura

 mensagem postada em 14/07/2010 - 10:07:36hs
 
 

Ah tá... Se nao jah ia providenciar a minha cópia...

eu prefiro viajar com traveller ao invés de cash, e depois vou trocando, pois tenho medo de perder, esquecer a bolsa em algum lugar, sei lá...
Se perder o traveller pelo menos o banco reembolsa meu dinheiro...rs...

 


 
Crismoura- dicas supimpas!

 mensagem postada em 14/07/2010 - 09:07:10hs
 
 

Oi Cris:
agora entendi perfeitamente: vai de um jeito e volta de outro, certo? Eu provalvelmente vou querer comer primeiro (estou sempre com fome) e vou jantar no Rainforest... então posso estacionar na altura do Market Place, ir caminhando até o West Side e voltar de water-taxi ... Só que ao pegar o water-taxi como confirmo com o marinheiro pra onde vou?
"TO EAST SIDE???" haha...

Outra pergunta, em relação ao refri do Club Cool da Coca-Cola em Epcot (muito boa essa dica!), é no Honey I shrunk the aundience?

Abraço

Bruno

 


 
passaporte

 mensagem postada em 14/07/2010 - 08:07:00hs
 
 

Alguém que já viajou usou a cópia do passaporte mantendo o original guardado no hotel... de quais páginas tiraram as cópias? É preciso registrar em cartório? como faço?

desde ja agradeço...
bjss claudia

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.