Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Marco - Tributação na Alfãndega

 mensagem postada em 28/07/2014 - 16:07:46hs
 
 

Pessoal,

estou com uma dúvida em relação a tributação de imposto sobre equipamentos quando trazidos de fora.
Viajarei em novembro para Orlando e quero trazer um notbook para mim, mas preciso entender como será feita a tributação na RF, pois pretendo declarar.
Me será corado 50% ou 100% do valor do bem comprado?
Alguém poderia me explicar como é isso?

Agradecida
(mensagem de Machado)


50% do que passar os US$500 da isenção. Isso se você declarar. Mas se não declarar nada e for fiscalizado e autuado, o tributo é de 100% do valor que passar os US$500.
(mensagem de José Brasiliano de Oliveira Neto)


Se me permite uma correção.

A multa é de 75% caso nao declare e nao 100%.

Abs

Marco
(mensagem de Marco Antonio Correia)

75%?.

Diz no site da Receita (link): "O viajante que traz outros bens, incluídos no conceito de bagagem , cujo valor global exceda a cota de isenção , mas que não excedam os limites quantitativos de bens para a via de transporte utilizada deve pagar o imposto de importação (II), calculado à base de 50% do que exceder a cota de isenção (valor total dos bens – cota de isenção)".

Depois diz: "Ao deixar de preencher a DBA, nos casos em que seja obrigatória, ou seja, escolha indevida pelo setor "NADA A DECLARAR" equivale a efetuar declaração falsa e acarreta multa de 50% do valor dos bens que exceder a cota de isenção."

Na minha interpretação, se você está trazendo um produto de $1000 e não declara e é autuado, fica devendo de Imposto de Importação os 50% do que excedeu a cota ($250) mais multa de mesmo valor, 50% do que excedeu ($250). E $250 + $250 = $500, que é exatamente os 100% do valor que ultrapassou. Nesse caso, o notebook de $1000 você pagaria $250 se declarasse e $500 caso não declare e fosse pego.

A lógica de Receita Federal é simples. Você deve X de imposto, se não declarar você paga em dobro.

Note que a multa é 50% sobre o valor dos bens e não sobre o valor do imposto devido, pois neste caso seria sim 75%.

Se eu estiver errando em alguma coisa, por favor me corrijam.

 


 
Alfândega Manaus - alguém tem algum relato?

 mensagem postada em 28/07/2014 - 16:07:49hs
 
 

Boa Tarde,
Irei agora em agosto viajar, e meu voo é de MIA/MANAUS, chegando aqui 16:30.
Alguém com relato sobre a alfândega? Visto que venho trazendo o enxoval da minha bebê, mas não iremos passar do limite de bagagem, e de eletrônico somente a babá eletrônica, que é menos de USD 500,00.
Daí o resto o comum, muitas roupinhas, produtos de higiene, alguns brinquedos e o carrinho+bebê conforto.

 


 
Res: Tributação na Alfãndeca

 mensagem postada em 23/07/2014 - 15:07:33hs
 
 

Pessoal,

estou com uma dúvida em relação a tributação de imposto sobre equipamentos quando trazidos de fora.
Viajarei em novembro para Orlando e quero trazer um notbook para mim, mas preciso entender como será feita a tributação na RF, pois pretendo declarar.
Me será corado 50% ou 100% do valor do bem comprado?
Alguém poderia me explicar como é isso?

Agradecida
(mensagem de Machado)


50% do que passar os US$500 da isenção. Isso se você declarar. Mas se não declarar nada e for fiscalizado e autuado, o tributo é de 100% do valor que passar os US$500.
(mensagem de José Brasiliano de Oliveira Neto)


Se me permite uma correção.

A multa é de 75% caso nao declare e nao 100%.

Abs

Marco

 


 
Res: Tributação na Alfãndeca

 mensagem postada em 23/07/2014 - 10:07:01hs
 
 

Pessoal,

estou com uma dúvida em relação a tributação de imposto sobre equipamentos quando trazidos de fora.
Viajarei em novembro para Orlando e quero trazer um notbook para mim, mas preciso entender como será feita a tributação na RF, pois pretendo declarar.
Me será corado 50% ou 100% do valor do bem comprado?
Alguém poderia me explicar como é isso?

Agradecida
(mensagem de Machado)


50% do que passar os US$500 da isenção. Isso se você declarar. Mas se não declarar nada e for fiscalizado e autuado, o tributo é de 100% do valor que passar os US$500.

 


 
Res: Tributação na Alfãndeca

 mensagem postada em 23/07/2014 - 09:07:43hs
 
 

Pessoal,

estou com uma dúvida em relação a tributação de imposto sobre equipamentos quando trazidos de fora.
Viajarei em novembro para Orlando e quero trazer um notbook para mim, mas preciso entender como será feita a tributação na RF, pois pretendo declarar.
Me será corado 50% ou 100% do valor do bem comprado?
Alguém poderia me explicar como é isso?

Agradecida
(mensagem de Machado)


Se o resto das coisas q vc estiver trazendo se enquadrarem como uso pessoal e o notebook for o único produto com o qual vc vai usar a cota, vc pagará 50% de imposto sobre o valor que exceder os U$ 500 da cota. Se sua cota já estiver comprometida com outros produtos aí sim, vc pagara 50% sobre o valor do notebook pois todo o valor dele excederá a cota.

 


 
Tributação na Alfãndeca

 mensagem postada em 23/07/2014 - 09:07:10hs
 
 

Pessoal,

estou com uma dúvida em relação a tributação de imposto sobre equipamentos quando trazidos de fora.
Viajarei em novembro para Orlando e quero trazer um notbook para mim, mas preciso entender como será feita a tributação na RF, pois pretendo declarar.
Me será corado 50% ou 100% do valor do bem comprado?
Alguém poderia me explicar como é isso?

Agradecida

 


 
Res: Alfandega no retorno de Orlando

 mensagem postada em 22/07/2014 - 23:07:24hs
 
 

Retornarei de Orlando para o Rio de Janeiro(GIG) em voo da GOL com conexão em Guarulhos. A conexão será de apenas 1:35hs, alguém saberia dizer onde é feita a alfândega e o free shop, se na conexão em Guarulhos ou no destino final no RJ (GIG)?
(mensagem de TitoRibeiro)


A alfândega é feita no aeroporto de entrada no Brasil, assim como o Free Shop.


(mensagem de Andre Luis Dantas)


PessoALL,

Não necessariamente. No seu caso a alfândega será em SP por causa do tempo de conexão. United, GOL, Delta, só realizam alfândega no destino final do vôo.

Portanto, no SEU CASO em específico (e na maioria), será em SP....POis seu destino final é SP e suas malas para lá irão direto.


Abs


Marco

 


 
Res: Cota via Terrestre

 mensagem postada em 22/07/2014 - 22:07:51hs
 
 

O nosso querido Ministro da Fazenda Guido Mantega, o responsável pela estabilidade econômica deste país, o melhor ministro que já tivemos, lendo ontem o post deste hulmide forista, RESOLVEU, voltar atrás, por 01 ano, na diminuição da taxa de inserção por vias terrestre.
Vamos lá , podemos resolver esse problema em Outubro, só depende de nós!!!!

 


 
Res: Alfandega no retorno de Orlando

 mensagem postada em 22/07/2014 - 18:07:06hs
 
 

Retornarei de Orlando para o Rio de Janeiro(GIG) em voo da GOL com conexão em Guarulhos. A conexão será de apenas 1:35hs, alguém saberia dizer onde é feita a alfândega e o free shop, se na conexão em Guarulhos ou no destino final no RJ (GIG)?
(mensagem de TitoRibeiro)


A alfândega é feita no aeroporto de entrada no Brasil, assim como o Free Shop.

 


 
Alfandega no retorno de Orlando

 mensagem postada em 22/07/2014 - 17:07:23hs
 
 

Prezados Amigos do VPO,

Retornarei de Orlando para o Rio de Janeiro(GIG) em voo da GOL com conexão em Guarulhos. A conexão será de apenas 1:35hs, alguém saberia dizer onde é feita a alfândega e o free shop, se na conexão em Guarulhos ou no destino final no RJ (GIG)?

Obrigado a todos pela ajuda.

Tito

 


 
 
A Fountain of Nations contém água dos mais variados rios e mares ao redor do mundo, tendo sido acidionadas quando da inauguração do Epcot, em um gesto de paz e união dos povos.