Orlando Tickets Online
 

Planejamento - Dinheiro - Limite - e-DPV

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que possamos trocar informações relacionadas ao limite de numerário que podemos levar na viagem sem a necessidade de fazer competente declaração. A Declaração Eletrônica de Porte de Valores (e-DPV) deverá ser apresentada pelo viajante, por meio da internet, no endereço eletrônico - link. Não para a troca de informações relacionadas a cotação do dólar, nem para declinar o nome de empresas.

leia essas informações
 
Índice  
Thiago Tavares Azevedo
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 21/01/2013
 
 
Res: e-BDV, pessoal alguém aqui já arriscou sair com 10.000 dólares sem declarar na saída do país?
postado por: Thiago Tavares Azevedo

 mensagem postada em 06/01/2015 - 11:01:41hs
 

Bom dia Jair.

Em 2013 eu e minha esposa fomos para Orlando e levamos 20.000 dólares, dividi em 8 pacotes de 2.500 e coloquei no bolso da calça e casaco.
Não tive problema nenhum, até porque eles não pedem pra tirar, e no raio X tirei somente o casaco e não deu em nada.
Como comprei os dólares com um amigo e não queria pagar imposto, optei por levar tudo em dinheiro e foi tranquilo.

Vail Altarugio Filho
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 21/12/2008
 
 
Respondendo a própria pergunta sobre o Formulário de Saída de Valores do Brasil
postado por: Vail Altarugio Filho

 mensagem postada em 28/12/2014 - 12:12:50hs
 

Após quase 2 semanas colocando a questão no site e não achando a resposta na internet liguei para Guarulhos e pedi que transferissem para a Receita Federal (11) 2445-2945. Fui informado que esse serviço está disponível 24h e para acessá-lo deve-se dirigir a qualquer portão de desembarque internacional (isso mesmo, DESEMBARQUE) e informar ao vigia que pretende entregar a declaração que ele lhe dará acesso a fiscalização da receita (no desembarque) que realizará a operação. - See more at: http://www.viajandoparaorlando.com/forum/exibir.php?id=201069#538406

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Carga tributária de 2013 foi a maior da década, diz Receita Federal
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 19/12/2014 - 17:12:38hs
 

Os brasileiros arcaram, em 2013, com a maior carga tributária da última década. A Receita Federal divulgou que a carga tributária bruta no ano passado foi de 35,95% – 0,09 pontos percentuais a mais do que em 2012. Ante 2004, o avanço é de 3,27 pontos percentuais. Com isso, o Brasil segue como segundo país da América Latina onde há mais tributos, atrás apenas da Argentina. Na comparação com outros 26 países membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE – que abrange, majoritariamente, nações ricas) o país ocupa o 13º lugar.

O avanço foi puxado pelo crescimento da arrecadação nos estados e municípios. Em razão das desonerações, a União teve redução de 0,14 ponto percentual na participação total. “As desonerações de tributos federais fez com que houvesse essa diminuição. Como a arrecadação dos estados é fortemente impactada pelo crescimento do consumo, e como nós tivemos uma forte elevação dessa rubrica em 2013, pudemos observar esse aumento”, afirmou o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias.

Os tributos que puxaram o aumento da carga tributária foram o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), a Cofins, a contribuição para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICSM), estadual.

A principal parcela dos impostos é cobrada sobre bens e serviços, o equivalente a 18,43% do Produto Interno Bruto (PIB), seguido pela tributação sobre a folha de salários, de 8,98%, e sobre a renda, 6,51%.

Impostos consomem 35,95% da renda, segundo os dados. Em incidência de tributos, o Brasil só perde para a Argentina, entre latino-americanos.

Daniel Vale
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 26/03/2012
 
 
Dúvida sobre o porte de valores
postado por: Daniel Vale

 mensagem postada em 29/11/2014 - 11:11:41hs
 

Olá amigos do VPO, estarei retornando a Orlando em janeiro e fiquei com uma dúvida: irei com minha esposa e minhas duas filhas menores. Estou pensando em levar em espécie $7000,00 para todos. esse valor pode ser dividido por pessoa? A compra desses valores foram feitas somente por mim (meu CPF). Pode haver problema? Pode ficar caracterizado como somente meu esse valor o qual ultrapassaria os R$10.000,00 permitidos por pessoa?
Desde já, obrigado.

Rafael Nunes Gonçalves Barbosa
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/02/2013
 
 
Res: preciso tirar esta duvida
postado por: Rafael Nunes Gonçalves Barbosa

 mensagem postada em 27/11/2014 - 23:11:56hs
 

Vanessa,

Pelo que vi na lei a forma de calcular é de acordo com o recibo da compra que você fez, ou seja, não poe ser no mercado paralelo. Você precisa comprovar a origem e o valor da compra, assim saberá o valor exato.

A lei apenas diz que os dólares devem ser comprados de maneira lícita e você precisa ter provas disso. Dessa forma fica fácil calcular o valor real que você está saindo em em reais convertidos em dólares.

§ 1º Excetua-se do disposto no caput deste artigo o porte, em espécie, dos valores:

I - quando em moeda nacional, até R$ 10.000,00 (dez mil reais);

II - quando em moeda estrangeira, o equivalente a R$ 10.000,00 (dez mil reais);

III - quando comprovada a sua entrada no País ou sua saída do País, na forma prevista na regulamentação pertinente.



Aí a lei diz:

§ 2o O Banco Central do Brasil, segundo diretrizes do Conselho Monetário Nacional, regulamentará o disposto neste artigo, dispondo, inclusive, sobre a forma, os limites e as condições de ingresso no País e saída do País de moeda nacional e estrangeira. (Redação dada pela Lei nº 12.865, de 2013)

§ 3º A não observância do contido neste artigo, além das sanções penais previstas na legislação específica, e após o devido processo legal, acarretará a perda do valor excedente dos limites referidos no § 1º deste artigo, em favor do Tesouro Nacional.


Aí o banco central diz:

Observação importante: a pessoa que sair do país com moeda
nacional em montante superior a R$ 10 mil, ou seu equivalente em outras
moedas, deve apresentar, à Receita Federal, a Declaração Eletrônica de
Bens do Viajante (e-DBV), por meio da internet, no endereço
www.edbv.receita.fazenda.gov.br, e dirigir-se à fiscalização aduaneira, no
momento do seu ingresso ou saída do país para fins de conferência da
declaração. A falta de apresentação da e-DBV pode acarretar a retenção
ou, até, o perdimento dos valores que excederem o limite de R$ 10 mil,
assim como a aplicação de sanções penais previstas na legislação
brasileira.
Dica importante:
Nunca utilize o mercado paralelo.
As empresas ou instituições que atuam no mercado de câmbio brasileiro,
sem possuir autorização do Banco Central do Brasil ou sem ser
correspondente de quem é autorizado, operam de forma ilícita.
O uso do mercado paralelo para negociação de moedas oferece riscos
porque:
1. Não há garantia de que a moeda estrangeira que você está comprando
seja autêntica. Existem muitas cédulas falsas circulando no mundo inteiro.
2. Não há recibo de compra para apresentação às autoridades de forma a
comprovar a legalidade da posse e a origem da moeda estrangeira, que
pode ser apreendida.
Ao utilizar o mercado paralelo de câmbio, você pode misturar seu
dinheiro com recursos provenientes de tráfico de drogas, de armas e de
outras atividades ilícitas. Isso pode lhe trazer consequências indesejáveis.


ou seja, pelo que eu entendi você tem que comprovar, caso não comprove, não adianta muito quanto é, a receita pode apreender tudo. Comprovando voc6e terá o valor correto que voc6e converteu.

Abs

Vanessa Gouveia
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 01/01/2014
 
 
preciso tirar esta duvida
postado por: Vanessa Gouveia

 mensagem postada em 27/11/2014 - 23:11:55hs
 

Agora me bateu uma duvida. Sei q pra sair do pais sem declarar é R$10.000, 00 por pessoa e pra entrar nos EUA são U$10.000,00 por familia. Mas na hora de sair daqui como faz o calculo? Faz com base no dólar comercial ou turismo p saber se tem mais de R$10.000,00? Eles perguntam quando a gente sai daqui do Brasil? Tô confusa, já vi vários comentários divergentes. Obrigada desde já.

Rosane Perez
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 06/03/2013
 
 
Res: ORIENTAÇÃO!!!
postado por: Rosane Perez

 mensagem postada em 27/11/2014 - 18:11:47hs
 

Claudio H. F.,


São U$ 10.000,00 ou R$ 10.000,00???
O valor é por pessoa??
Vamos levar cerca de U$ 4.000,00 em espécie, mas somos 6 pessoas (cerca de U$ 700,00 por cabeça). O problema é que quem compra o dolar é meu esposo que é correntista do Banco do Brasil. Os dólares saem no nome dele, tem problema??

Desculpe tantas perguntas!!

Obrigada!

Rosane Perez
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 06/03/2013
 
 
ORIENTAÇÃO!!!
postado por: Rosane Perez

 mensagem postada em 27/11/2014 - 17:11:44hs
 

Olá amigos,

Desculpe a ignorancia, mas viajei em dezembro passado e não sabia disso.

Tenho que declarar apenas os valores em espécie, ou o que vai no VTM também???

Somos eu, meu esposo e 4 filhos. Quem compra os dolares é meu esposo, no Banco do Brasil. Como devo proceder???

Obrigada a todos!!!

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Res: Passaporte vence no mês seguinte
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 05/11/2014 - 10:11:10hs
 

Pessoal estou com o mesmíssimo problema vou em Maio/15 e meu passaporte vence em Julho/15, porém também vou fazer o Cruzeiro Disney Dream para Bahamas, será que terei problemas para embarcar, ou mesmo desembarcar na parada em Nassau por conta de ter menos de 6 meses de validade?
Se alguém puder ajudar agradeço! (mensagem de Bruno Raphael Teles)


Bruno,
Convém verificar com seu agente de viagem.
Para os EUA existe essa exceção do Six Month Club, do qual o Brasil (e também as Bahamas) faz parte, o que nos libera dessa exigência internacional da validade do passaporte (6 meses após a data de entrada).
Alguns países da Europa, por exemplo, tem essa exigência e já vi muita gente que não conseguiu embarcar para a Europa porque a validade do passaporte estava próxima.
Como vc ainda tem bastante tempo, seria melhor tirar logo um novo passaporte e guardar o antigo com o visto valido para os EUA.
SDs,
Roberval.

Bruno Raphael Teles
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 11/07/2014
 
 
Res: Passaporte vence no mês seguinte
postado por: Bruno Raphael Teles

 mensagem postada em 05/11/2014 - 10:11:03hs
 

Pessoal estou com o mesmíssimo problema vou em Maio/15 e meu passaporte vence em Julho/15, porém também vou fazer o Cruzeiro Disney Dream para Bahamas, será que terei problemas para embarcar, ou mesmo desembarcar na parada em Nassau por conta de ter menos de 6 meses de validade?

Se alguém puder ajudar agradeço!

 
Enquanto você caminha pela casa da Minnie em Mickeys Toontown Fair ouça a sua secretária eletrônica, pois o Mickey e o Pateta deixaram mensagens para ela enquanto ela estava fora.