Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: RELATO 29 - HOLLYWOOD STUDIOS: NOSSA NOITE

 mensagem postada em 06/02/2015 - 13:02:33hs
 
 

Claudio,

Acho que um dos motivos de todos gostarmos muito de seus relatos é sabermos que além dos mal educados, também há brasileiros sensatos e do bem em Orlando, e você, assim como o Thiago e a Elena é mais um exemplo disso!

Sempre vejo muitos brasileiros reclamando do comportamento de brasileiros, daí eu penso "Ué, cadê esse povo que se diz correto em Orlando?".

Sei onde eles estão: aqui no VPO!!!

Um abraço

Jessica

 


 
Res: Cláudio - 13.01 - Nós queremos estar onde a magia está! (Parte I)

 mensagem postada em 06/02/2015 - 14:02:12hs
 
 

Cláudio, muito bons os seus relatos!
Parece que estamos lá com vocês! Viciei... kkkk
Vou deixar meu endereço eletrônico no tópico de recados/bate papo.
Gostaria de esclarecer uma dúvida contigo a respeito da hospedagem no Windsor Hills, pode ser?
Desde já agradeço a disponibilidade em compartilhar com os "VPOenses" sua experiência e impressões. Valeu!

 


 
Res: 13.01 - Nós queremos estar onde a magia está! (Parte I, II e III)

 mensagem postada em 06/02/2015 - 15:02:04hs
 
 

Claudio
Terminei agora de ler seus relatos! MARAVILHOSOS!!!!

Senti uma diferença "enorme" de maturidade em minha Alicia do ano passado para esse. Ano passado teve carrinho de bebe, soneca da tarde e nem ligou quando nos perdemos no Epcot. Esse ano nada de carrinhos, nada de sono, foi em todas as MR que o tamanho dela permitia, se apavorou com a chuva forte que caiu, é outra criança! Assim deve ter sido com sua Juju mais radical esse ano!!!
Elas foram até naquela brinquedo que chamo de estilingue humano do Old Town. Desesperador para os pais assistirem elas brincando!!!
Agora me diga quem é essa Rita, me passa o contato dela. Vou deixar meu e-mail no bate papos, ok?
Esse ano não fomos no MK mas quando voltar em Orlando quero ir nem sei como seria para elas conhecerem Ana e Elsa. Essa parte do seu relato esta emocionante! Ainda bem que as Princesas interagem fazendo a magia ser maior do que já é....
Vi também a foto do chapéu sendo desmontado, que dó! Ontem mesmo estava olhando minhas fotos do chapéu e comentando isso com o Ale.
Agora me fala o local que tem esse Pretzel de cream chesse com japaleño???!!! Logo eu que adoro o DHS! Como eu não conheço! Deve ser tudoooooooo!!!
Abraços!

Rosangela, sim, sim...estou. Chegamos no dia 24 de janeiro ao Brasil e no dia 26 já comecei a postá-los!

Postei sim sobre a tempestade, dia em que estávamos na Universal e coloquei uma foto das pessoas saindo do parque, um mar de capas de chuva.
abs


(mensagem de Claudio H.F.)


 


 
Res: 14.01 - Nós sempre teremos DHS (Parte II)

 mensagem postada em 06/02/2015 - 17:02:13hs
 
 

Claudio, ótimo relato e realmente o Fantasmic é algo surreal!
Para mim ele e o Wishes são pontos obrigatórios de uma ida a WDW! rs

Quanto ao pretzel, nunca tinha nem ouvido falar, vivendo e aprendendo! rs Dica anotadíssima para a próxima viagem!

E quanto ao Lights, Motors, Action! Extreme Stunt Show, eu e Lucas não fomos, pois assim como você, não somos ligados a carros e essas coisas, achamos que poderia ser um tanto quanto boring rs. Vale a pena mesmo ir?

 


 
Res: RELATO 29 - HOLLYWOOD STUDIOS: NOSSA NOITE

 mensagem postada em 06/02/2015 - 17:02:28hs
 
 

Jé, ótimo relato!

E como sempre o descontentamento por ver brasileiros agindo desta forma.
Chega a ser triste pois cada pessoa que volta de Orlando, sempre tem alguma coisa ruim a falar de nós próprios brasileiros!
Infelizmente tem muita gente que não tem modos e nem educação nem aqui no próprio país, o que dirá no exterior, o que ao meu ver deveria ser o contrário, aquela velha história de que "na casa dos outros o bom comportamento é natural". Triste saber que nem essa regra se aplica. Mas felizmente por outro lado, não são todos os brasileiros que são assim, e aos poucos podemos melhorar a nossa imagem perante aos norte americanos.
Claudio, continue indo todos os anos para lá, por já que você atrai gente assim como a Claudia disse, é bom que você já vai colocando ordem! kkkkkkk


Um ótimo final de semana a todos!

 


 
Relatos...

 mensagem postada em 06/02/2015 - 18:02:19hs
 
 

Ufa! Até que enfim cheguei na página 0 e consegui ler todas as inúmeras páginas de relatos. rsrs

Gosto assim, tópico bem movimentado.

Juh querida não fica triste tenho certeza que vc voltará pra Orlando muito antes do que imagina e quem sabe futuramente façamos uma "excursão" com todo o clubinho, ia ser demais não?! E como sempre vc fechou os seus relatos com chave de ouro, belísssimas palavras!

Thyago que bom que vc voltou com seus relatos incríveis. E estou pra te falar uma coisa há um tempão e acabo esquecendo: Nos seus primeiros relatos eu jurava que vc era o Lucas e o Lucas era vc, não sei pq mas acho que vc tem mais cara de Lucas e ele de Thyago... doideira minha. hahaha

Débora que bom que vc voltou tbm, agora só falta eu tomar vergonha na cara e continuar os meus.

Jéssica adoro os seus relatos, mas pq vc faz isso com a gente, nos mata de curiosidade? Queria muito ver uma foto sua de frente. rsrs

Mell já to curiosa pra saber a próxima aventura da família Oliveira.

Beijo a todos.

 


 
Res: Relatos...

 mensagem postada em 06/02/2015 - 22:02:52hs
 
 

Ufa! Até que enfim cheguei na página 0 e consegui ler todas as inúmeras páginas de relatos. rsrs
(mensagem de Malena)


Nossa a gente passa uns dias sem ler e daí precisa de algumas boas horas para por os relatos em dia...tive que voltar umas 14 páginas mas valeu a pena....os relatos estão ótimos né....

 


 
17# Deixando obamas pelo caminho

 mensagem postada em 06/02/2015 - 23:02:20hs
 
 

Reservamos a sexta-feira para fazer compras! Fazer compras é algo totalmente pessoal, altera os ânimos e pode até estremecer relações. Cada um tem um método diferente de comprar e não queira compara os resultados! Sra. Oliveira e eu temos definições muito diferentes de compras, Sr. Oliveira sabiamente faz cara de desentendido e Oliveirinha caçula se esconde três corredores à frente, enquanto saem faíscas entre nós duas para em seguida sairmos de braços e abraços prontas para brigar sobre o próximo item. (É realmente necessário uma dose extra de paciência nesses dias, ainda mais quando você é o único que entende algo de inglês e tem que traduzir todas as instruções, medidas, conversões, taxas e tamanhos das etiquetas.)
Aqui fica uma dica do Sr. Oliveira (que até mandou por e-mail para mim postar aqui): Faz um tempo já abrimos uma conta no Banco do Brasil lá nos EUA. Por esses motivos:"Cartão de débito BB Américas (braço do B.Brasil nos EUA com agências em Miami e com uma agência inaugurando em Orlando).
Facilidades: transferência on line do BB daqui para a cc de lá (R$ para U$). Cotação do dólar pelo comercial e não o turismo. IOF reduzido de 0,38% e não o de 6,38%. Segurança de não andar com valores elevados em cash. Não ter a limitação/preocupação de passar na alfândega com valor superior ao limite de US$ 10.000. Não ter sobressaltos de quanto vai estar o valor do dólar no fechamento da fatura (caso do cartão de crédito). Facilidade de cadastrar/comprar nos sites americanos pois o billing addres é um endereço americano."

Nos programamos para, bem cedo, conhecermos o complexo de compras The Loop em Kissime. Antigamente todas as lojas faziam parte do mesmo complexo, hoje ele é dividido em dois complexos (The Loop West e The Loop), mas apesar da administração ser separada eles são fisicamente juntos. Como ainda está sendo descoberto pelos brasileiros, ainda é um ponto de compras tranquilo!

Começamos pelo The Loop (é preciso ter mais de um dia para ver tudo o que tem lá, são muitas lojas enormes por dentro), sendo que as principais são:
-Best Buy: loja de eletrônicos famosa, mas compensa mais comprar pelo site!
-CVS: farmácia/mercado (se você acha que as farmácias aqui vendem de tudo, você não tem noção do que são as de lá!!!) com um monte de cacarecos úteis. Comprei uma meia palmilha de silicone super barata - uma das melhores compras que fiz - e já saí usando da loja. Faz maravilhas nos pés, só dois dias depois que notei que estava usando do lado errado!
-Ross dress for less: loja que causa muita polêmica, porque você tem que ter muito, mas muito tempo e paciência para cavoucar e achar coisas boas. É possível achar coisas boas lá, só que tem que procurar muito, ter sorte e ficar atento a furos e defeitos nas roupas, fora isso o preço é sem noção de barato. Nós acabamos desistindo de perder tempo procurando muito.
-Sports Authority: tudo o que você pode imaginar de artigos esportivos. Comprei meus sonhados rollers e todo a armadura de segurança, tudo mais a garantia de 3 anos mais o desconto da loja, mais o desconto do cupom de desconto por US$60! Nessa loja nem imprimimos o cupom, mostramos no cel e o caixa passou o leitor de código e deu certo!
-Michaels: tudo o que você pode querer de material de escritório e papelaria. Não entramos com medo de não sairmos mais de lá.
-Bed, Bath and Beyond: Cama, mesa e banho e muito mais. Sra. Oliveira e eu compramos umas facas elétricas muito iradas lá e uma vassoura elétrica para a tal mencionada poder voar enquanto limpa a casa, mas quase arrancamos a cabeça uma da outra no processo. Fiquei muito tentada a comprar um daqueles robozinhos que limpam a casa sozinhos e que sempre tem vídeos na internet com um gato sentado em cima.
-PetCo: A JCPenny, Macy's e Sears dos bichos de estimação.
-Old Navy: Bem estilo C&A
-Khols: Loja de departamento, mas com foco em roupas, uma das melhoras lojas que já fui, ótima qualidade, preços maravilhosos, cupons ainda melhores. Recomendamos muitíssimo!

 


 
17# Deixando obamas pelo caminho cont1

 mensagem postada em 06/02/2015 - 23:02:26hs
 
 

Os complexos são muito grandes, e o certo é você fazer as compras, colocar no porta-malas e se dirigir de carro para outra vaga no enorme estacionamento. Também para não ficar muito visível o volume de compras feito, porque você certamente vai encher o porta-mala até o teto de sacolas e caixas. Então fique atento, porque infelizmente há relato de roubos por lá.

No The Loop West (também imenso e cheio de lojas) além de outras, tem:
-JCPenny: loja de departamento, a parte de roupas bem estilo renner, mas melhor. compramos muitas blusinha e casaquinhos.
-TJMaxx: loja de roupas estilo sacolão, não entramos mas ouvimos muita coisa boa de lá.
- Party City: Sabe aquela loja imensa de artigos de festa que você conhece? Esqueça! Seu conceito de festa muda radicalmente quando você vai a essa loja. tipo tem umas conchas e espátulas que você jura de pé junto que é de inox, mas são de plástico! Sem contar nas coisas maravilhosas de enfeites e um monte de bugigangas iradas úteis e que simplificam a vida de todo mundo. Pena que não dá pra trazer tudo na mala.
- Bath e Body Works: loja enorme de cosméticos! Não entramos, mas deve ter gente que já postou dessa loja aqui no fórum.
-Babies R Us: Paraíso dos baixinhos. Mesmo que você não tenha filhos pequenos, sempre tem um bebê por ai que precisa ser presenteado então é parada quase obrigatória. Pra quem quer fazer o enxoval nem se fala...
-Game Stop: para os aficionados em games!
- Avon: tem uma portinha da Avon lá, e tem alguns produtos e linhas que não tem aqui, mas sinceramente a conversão monetária realmente não compensa!!!
Como fazer compras dá muita fome, saímos e logo ao lado tem um Wendy’s, que é totalmente BBB (Bom, Bonito e Barato). Nossa muito bom o sanduba deles. Ótima opção e substituto do McD. Passamos em um monte de lojas não sei bem aonde e de tardinha passamos no Outlet Premium.
Fizemos o Premium em 3 etapas (3 dias que chegamos à tardinha e fizemos uma parte das lojas). É bem verdade que nos batemos um pouco (muito!) por causa da quantidade de lojas. E não recomendamos a ninguém fazer o que fizemos pois à tarde a gente já está mais cansado e as lojas reviradas e os humores exaltados. Mas como não tínhamos tanto interesse em comprar roupas de marcas ou outros acessórios não foi inteiramente ruim para nós. Compramos tênis para toda a família (isso não dá pra deixar não é mesmo!) Na loja da puma os tênis chegaram a descontos de 60% com o acúmulo dos cupons e na Adidas com 40%. Compramos malas bem mais baratas nos quiosques.
Não deixe de ir e aproveitar bem, reserve ao menos um dia para compras lá, vá com foco e na chegada vá até o centro de informações pegar o livretos de descontos e o mapa das lojas.Há algumas lojas que aceitam os cupons do livreto mais os cupons da internet, em outras só os do livreto e em outras você tem que escolher se quer o do livreto ou da internet (o que ficar melhor é claro). Mas atenção!: as lojas só aceitam o cupom do livreto na primeira compra, então tem que programar apenas uma ida em cada loja e pegar tudo o que precisa de uma vez ( o que vamos e venhamos é bem difícil de fazer).

 


 
Res: 13.01 - Nós queremos estar onde a magia está! (Parte III)

 mensagem postada em 07/02/2015 - 07:02:08hs
 
 

Grande Claudio (agora descobri que você é grande mesmo...kkkkk)...Parabéns pelo excelente relato e mais ainda por sua atitude...Por mais que situações deste tipo revoltem a qualquer um que esteja observando, normalmente ninguém toma uma atitude para reverter a situação...Você demonstrou ter, não apenas educação e respeito com o casal e as crianças, como também iniciativa e calma para contornar a situação de forma tranquila e sem sobressaltos...
Meus parabéns.
Gostaria de registrar que uma das coisas positivas que o VPO nos proporciona é poder reunir pessoas que tem uma visão mais equilibrada sobre a forma de comportamento das pessoas que viajam...Todo mundo já teve a oportunidade de vivenciar experiências com brasileiros e turistas de outras nacionalidades cometendo atos desrespeitosos com aqueles que estão à sua volta...e a divulgação destas experiências pode ajudar estas pessoas a enxergarem o quanto estão erradas, mostrando-lhes que devem mudar suas atitudes.
Parabéns mais uma vez.

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.