Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
GREICY

 mensagem postada em 06/07/2009 - 20:07:21hs
 
 

Olá, Greicy.

Você, sempre tão gentil!!!

Eu é que tenho que agradecer a você e ao Luiz por ter me dado a oportunidade de participar desse site tão maravilhoso.
Se não fossem pelas dicas postadas aqui no VPO, jamais conseguiria desfrutar e comprar (essa parte não pode faltar, não é??? rsrrsrs) tudo o que Orlando tem a oferecer.
Muitíssimo obrigada por tudo.
Valeu!!!!

 


 
ALuisa - Cadeado TSA

 mensagem postada em 06/07/2009 - 18:07:45hs
 
 

Luisa, pode usar o cadeado com segredo sim, desde que ele seja TSA não há risco deles arrombarem para fazer qualquer vistoria já que este cadeado permite a abertura por uma chave mestra que eles tem. Eu já utilizei tanto em viagens para os EUA quanto para a Europa sem problema algum. Quanto a abrir sua mala e sumir algo não que isto não possa existir mas hoje é cada vez mais improvável já que na maioria dos aeroportos a área de expedição conta com camera de segurança. Já tivemos mala perdida e quando chegou estava lá tudo direitinho isto na Europa, em outra ocasião a mala chegou com a cinta de cadeado TSA rompida em Miami, verificamos e novamente tudo direitinho. Na França tb tivemos o mesmo problema com uma mala que chegou rasgada...até hoje estamos na briga para receber a indenização...mas enfim DESENCANA que aí vc vai curtir bem melhor sua trip. Mesmo a mala rasgada tivemos sorte pois no retorno compramos uma outra de mão que hoje é o xodó do maridão.

Beijocas

Lília

 


 
Magda

 mensagem postada em 06/07/2009 - 18:07:06hs
 
 

Oi Magda,

Acabei de ler seus relatos!!! Me deu até saudades da Terra Encantada!
Foi como reviver cada segundo com vocês!!!

Espero que logo vocês possam voltar!!!

Gostaria também de aproveitar e te agradecer o carinho com o VPO e também pelas suas postagens feitas diretamente de Orlando.

Obrigada de coração!

Beijos,
Greicy

 


 
Luisa

 mensagem postada em 06/07/2009 - 18:07:45hs
 
 

Oi Luisa,

Posso te dar uma idéia?!

Em Orlando você vai encontrar os cadeados TSA com facilidade e por um preço muito bom.

Assim, a minha sugestão é utilizar lacres de plástico em todas as malas na ida.
Eles são fáceis de abrir, caso os americanos queiram verificar a sua bagagem, eles irão fazer sem rasgar toda a sua mala (o que acontece quando a mala a ser verificada está protegida com outro tipo de cadeado).

Os lacres servem também na volta, juntamente com o cadeado TSA, pois se estiverem rompidos, sem o aviso que a sua mala foi aberta por autoridades americanas, é porque ela foi aberta por outra pessoa.

Espero ter lhe ajudado de algum modo.

Abraços,
Greicy

 


 
Cadeado TSA

 mensagem postada em 06/07/2009 - 17:07:37hs
 
 

Pessoal,

Achei um cadeado TSA em uma loja aqui em Brasília, mas esse cadeado tem segredo numérico, será que serve? Outra coisa, liguei na TAM para perguntar a respeito dessas orientações e ninguém parece saber de nada...pelo contrário, me orientaram a trancar as malas e disseram que pode ser qualquer cadeado...Alguém já usou esse cadeado TSA com segredo numérico?..não sei o que fazer..tenho receio de trancar a mal e ela ser arrombada e sumirem coisas e, por outro lado, tenho receio de não trancá-la (ou usar TSA) e alguém abrir e sumirem coisas..

Agradeço se alguém poder me ajudar!

 


 
P/ MAGDA

 mensagem postada em 06/07/2009 - 15:07:18hs
 
 

Magda,
Parabéns por suas férias, acrescento que vibramos com cada relato seu. Nos ajudou muito a decidirmos fazer essa belíssima aventura.
Tenho uma pergunta:
Vi que sua viagem foi de TAM - pode nos dizer qual o quantidade máxima de volumes (quantas malas) e peso que podemos trazer sem que precise pagar excesso.
Abraços,
Luiz Zaire

 


 
ADRIANA

 mensagem postada em 06/07/2009 - 14:07:48hs
 
 

Olá, Adriana.
Você encontra o cadeado padrão TSA até aqui no Brasil, em qualquer casa que venda mala. O problema é que é muito caro aqui e lá, na loja da Samsonite no Outlet Premium estava custando U$ 5,00.
É comum sim, eles escolherem aleatoriamente a mala que vão abrir. Talvez por medo de alguma bomba na mala. Eles são muito rigorosos quando se trata de segurança.
Mas não mexeram em nada nosso. Abriram, fecharam e só ficamos sabendo porque eles deixam um papel dizendo que a mala foi aberta.
Mas se o cadeado não for padrão TSA, é problemático, pois eles para abrir, podem até estragar sua mala.
Abraços.

 


 
PETULANTE

 mensagem postada em 06/07/2009 - 14:07:34hs
 
 

Olá, Petulante.
Como eu escrevi, na ida, o jantar estava péssimo. Você poderia optar por massa, carne ou frango.
Eu e minha filha optamos por massa e meu marido comeu frango. (Comer não é a palavra mais certa)
A comida estava horrivel. Até nos surpreendemos, pois em vôo internacional, geralmente eles servem uma refeição um pouquinho melhor.
Sorte que como nosso vôo era 23:55 hs., demos uma passada no Mc Donalds do aeroporto antes.
O café da manhã foi um pouco melhor. Dava para comer. Era um misto quente.
No vôo de volta, optamos por carne e estava ótimo. A sobremesa também estava boa e o café da manhã era bom.
A Tam oferece menu infantil, mas como minha filha come de tudo, não optei por esse serviço.
Basta você pedir com antecedência o cardápio infantil.
Abraços.

 


 
26/06

 mensagem postada em 05/07/2009 - 20:07:04hs
 
 

26/06 - Acordamos por volta das 9:00 hs.
Ai, último dia em Orlando!! Como passou rápido esses 14 dias.
Fizemos o check-out e deixamos nossas malas no hotel para pegarmos por volta das 16:00 hs. Resolvemos voltar ao Premium para as últimas compras. Na verdade, só precisávamos de um cadeado padrão TSA para fecharmos a mala que havíamos comprado.
Mas depois de ir na Sansonite e comprar o cadeado, passamos pela loja da Crocs e eu nem acreditei: o crocs kids modelo Cayman estava custando U$ 4,99. Só tinha na cor vermelha. Nem pensei duas vezes. Levei dois (um deles, com a numeração um pouco maior que a da Dani para usar quando o outro ficar pequeno). E para mim, comprei um croc com camurça e de amarrar azul, que ainda nem chegou aqui no Brasil por U$ 9,99. Mas esse só tinha na cor azul.
Também dei uma passada na loja da Reebok para pegar mais alguns pares de meia que estavam muito baratos. Por U$ 7,90 você comprava seis pares de meia e ganhava mais seis. Achei ótimo para a Daniela ir à escola. E as meias para usar com tênis, saíam U$ 7,10 o pacote com seis pares e também ganhava mais seis pares.
Saímos rápido desse outlet, senão não teríamos onde colocar nossas compras, uma vez que as malas já estavam no hall do hotel nos aguardando.
Resolvemos almoçar no Universal Boulevard, no restaurante Bubba Gump. É um restaurante temático sobre o filme Forrest Gump, estrelado por Tom Hanks. Lembram-se??? Muito agradável. Os pratos são fartos e a sobremesa serve muito bem 5 pessoas. Como estávamos em 2 adultos e 1 criança, sobrou bastante. Os garçons super atenciosos. O único inconveniente é que para ir a esse restaurante, tem que pagar U$ 12,00 de estacionamento, pois fica praticamente no parque da universal, mas do lado de fora. Então, não importa se você vai ao parque e fica o dia inteiro com seu carro no estacionamento ou ao restaurante, e fica pouco tempo, tem que pagar U$ 12,00. Mas, tá valendo!! Para quem for, não esqueça de tirar uma foto na saída no banco em que o Forrest Gump conta a história no filme. Pedimos 3 pratos e a sobremesa enorme e pagamos cerca de U$ 70,00.
Voltamos ao hotel para pegarmos nossas malas e nos dirigimos ao aeroporto. Tínhamos que entregar o carro (buááááááá) e fazer o check-in no balcão da Tam.
Enquanto meu marido foi até a Hertz entregar o carro, eu fiquei com a Dani no saguão da Tam, pois é distante a agência de locação de carros do balcão da Tam.
Malas despachadas, fomos dar uma volta no aeroporto.
Muitas lojas: Universal, Kennedy Space Center, Disney Character.
Ainda tem Loccitane (bem mais cara que no outlet), Perfumania (que não tinha o que eu queria) e muitas lojas de alimentação.
Tomamos um café no Starbucks e fomos dar uma olhadinha no Dutty Free. Comprei apenas o perfume Jadore, que foi mais barato do que nas lojas de Orlando. Meu marido não achou o perfume que queria e então, saímos e ficamos aguardando nosso vôo.
Tudo ocorreu bem e chegamos em São Paulo por volta das 6:30 hs.
No dutty free de São Paulo, comprei o licor Amarula que estava em oferta e whisky Red Label. Quem comprasse o perfume CK One de 100 ml, ganhava uma bolsa (estilo carteiro) linda, linda, azul e cinza pelo preço de U$ 44,00. Nem preciso dizer que peguei essa promoção. Além do perfume ser delicioso!! E meu marido também achou o perfume que queria: o Polo Explorer de Ralph Lauren, 75 ml por U$ 60,00.
O chocolate Lindt também estava em oferta, assim como o Toblerone. Impossível viajar e não comprar, não???
Ah, uma dica. Para fechar as malas, usem apenas os cadeados padrão TSA.
Motivo: quando chegamos em casa e fomos abrir uma das malas, vimos que a abriram e deixaram um papel falando que tinham aberto e não haviam encontrado nada de anormal.
Se o cadeado não for padrão TSA, eles simplesmente cortam a mala e nesse caso, pode-se perder o que está dentro.
Mas não mexeram em nada. Veio tudo certinho como foi deixado.
Quem quiser ver as fotos, (tiramos mais de 800 fotos), coloquei 100 fotos no Orkut e meu nome é Bacteria. É só pedir para eu adicioná-lo (a) e eu o farei com grande prazer.
Espero ter contribuído um pouquinho com o meu relato.
Abraços.

 


 
25/06

 mensagem postada em 05/07/2009 - 20:07:43hs
 
 

25/06 - Acordamos por volta das 9:00 hs.
Não tomamos café no hotel. Fomos direto para o parque Hollywood Studios.
Quando chegamos ao parque, tomamos um achocolatado gelado. Estava delicioso!!
Primeiro brinquedo: RockN Roller Coaster. Lotado. Então, pegamos um fast pass. Mas apenas para meu marido e minha filha de seis anos. Eu tive medo e não quis ir.
Enquanto esperávamos para ir ao Rockn Roller, enfrentamos uma fila de 40 minutos para o brinquedo Toy Story. Muito legal!!! Nos divertimos muito. E é em 3D. Valeu a fila!!
Chegou a hora do Rockn Roller. Lá foram meu marido e minha filha de seis anos. Eu os esperei na saída do brinquedo. Logo, eles apareceram brancos como cera.
Mas estavam empolgadíssimos. O carrinho voa. Uma loucura. Na lojinha após a saída do brinquedo, eles vendem a foto. Dei muita risada. O brinquedo é tão violento, que os rostos deles estavam deformados devido ao vento.
Minha filha queria voltar, mas nem pensar. A fila era enorme.
Fomos ao show Muppet Vision em 3D. Adorei!!Muitas risadas.
Chegou a hora de ir ao The Twilight Zone Tower of Terror. A fila estava imensa, então, mais um fast pass. Nesse brinquedo, eu também não fui. Não tenho muita coragem para esses tipos de brinquedos.
Enquanto esperávamos a hora da entrada do brinquedo, fomos ao Star Tours. Ainda bem que não tinha quase fila, pois achei meio fraquinho. Não gostamos muito. A única coisa legal, é a lojinha. Meu marido ficou alucinado com tantas coisas referentes à série. Para os fãs, é um prato cheio.
Almoçamos um hamburguer com fritas e fomos correndo para a torre do terror. Eu os esperei na saída do brinquedo. Voltaram felizes da vida, mas meu marido disse que achou o brinquedo violento para crianças. É um elevador com queda livre. Nem preciso dizer que a Dani adorou. Também queria voltar novamente no brinquedo. Essa menina é maluquinha, mesmo. rsrsr.
Chegou o momento de assistirmos ao show de dublês. Impressionante. Eles usam carros, motos e até barco. Não deixem de assistir a esse show. Realmente, fantástico.
Cerca de uma hora antes, nos dirigimos ao lugar onde seria realizado o show Fantasmic. Conseguimos um ótimo lugar. Eis que o inesperado acontece: uma chuva terrível. Colocamos nossas capas de chuvas e resolvemos esperar, na esperança de que ela parasse. Ninguém saía dali. Todos estavam esperando encharcados, mas na esperança de poder ver o show.
Faltando 10 minutos para o início do show, os alto-falantes anunciam que o show seria cancelado, devido à forte chuva.
Que pena!!! Não pudemos assistir a esse show que dizem que é um dos mais bonitos de se ver.
Paciência. Agora, vou ter que voltar para Orlando para poder assisti-lo. Chato, não?? rsrsrs
Na volta para o hotel, ficamos sabendo da morte do Michael Jackson. Ficamos surpresos com isso. Na tv e no rádio, só se falava nisso o tempo todo.
Comemos no Waffle House e fomos dormir.
Era a última noite no hotel. No dia seguinte, dormiríamos no avião.

 


 
 
Originalmente havia sido concebida uma montanha-russa para o pavilhão japonês (Epcot), cujo exterior representaria o Monte Fuji. Contudo, o projeto não foi levado a frente por conta de falta de verba e porque o patrocinador - Kodak - não gostaria de que o nome Fuji estivesse de alguma forma vinculado ao pavilhão.