Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: RELATOS FINAIS - PARTE 2

 mensagem postada em 02/02/2015 - 17:02:50hs
 
 

Thiago, obrigada! Adoro seus relatos, então, se você gostou dos meus, fico imensamente feliz!

Sem dúvida, esse apartamento é mais do que podia sonhar! Mas acho que vou fazer a contagem regressiva para 2016 aqui no VPO só para ter o que contar rs!!!

Bjokas!

Que final mais emocionante!
Parabéns pelos relatos! Adorei!

E oh, não fique triste não! Um apartamento é uma conquista imensa na vida de um casal, Lucas e eu sonhamos com isso todos os dias, mas infelizmente ainda estamos um tanto quanto longe. rs

Agora pensa que daqui um tempo quando vocês voltarem será ainda melhor e um tanto quanto diferente! Mas entendo perfeitamente o sentimento de vazio que a Disney proporciona até que a gente programe a próxima ida! rs Estou vivenciando isso diariamente kkkkkk

Parabéns pelos relatos mais uma vez!
(mensagem de Thiago Acquaviva)


 


 
22º dia (20 de junho) Busch Gardens

 mensagem postada em 02/02/2015 - 17:02:57hs
 
 


Faltava apenas o Busch Gardens. Deixamos para o fim porque era um pouco mais de uma hora de viagem do estacionamento da Universal até aquele parque em Tampa.
A viagem é relativamente curta e a estrada é ótima, mas um dia de chuva como o nosso primeiro no SeaWorld seria um desastre completo já que as atrações fechariam e não poderíamos voltar antes do horário marcado do ônibus (19 horas).
Adoro as montanhas russas do Busch Gardens. Em 2011 não havia conseguido ir na SheiKra e não queria que isso acontecesse de novo.
Primeiro fomos na Cheetah Hunt. Gostei bem mais do que em 2011. Acho que o calor infernal e a fila de duas horas que enfrentamos daquela vez tiraram um pouco da graça.



Ana Luísa e Miguel ficaram curtindo o guepardo que dá o nome à montanha russa.
Depois foi a vez da Montu. Esta é minha favorita. Se você consegue a primeira fila, você tem a sensação de que está voando. Os movimentos (e olhe que é a recordista em loopings) parecem naturais e são agradáveis.
Íamos almoçar na Zambia Smokehouse, mas acabamos comendo em um buffet de massas que encontramos no meio do caminho. Já deu para perceber que adoramos massas, né?
Compramos o plano de alimentação do Busch Gardens e acho que valeu muito a pena. Podíamos escolher um prato principal, uma sobremesa ou acompanhamento e uma bebida cada vez que enfrentássemos a fila. Estava muito calor e podíamos pegar garrafas de água nos restaurantes sem ter que enfrentar filas para pagar comida. Acho que saímos no lucro.
Depois do almoço, fomos ao show dos personagens de Madagascar. Bonitinho, mas eu queria era mais montanhas russas. Foi a vez da Kumba - várias vezes. Essa foi outra de que gostei mais agora do que em 1998 ou em 2011.
Não queríamos voltar a Gwazi porque não gostamos de montanhas russas de madeira. Também não queríamos voltar à Scorpion porque é muito pequena.



Passamos pela parte dos tigres e quase não saímos mais. São os animais mais bonitos em minha humilde opinião. Acho que perdem somente para as orcas!

As crianças queriam andar de trem. Quando estávamos na estação, veio o aviso de as atrações fechariam porque uma tempestade se aproximava.
Mas ainda faltava a SheiKra!!! Será que eu não conseguiria ir de novo?!
Resolvemos esperar a chuva nas mesas cobertas na parte externa do Zambia Smokehouse. Este restaurante fica exatamente sob a SheiKra! Como não tínhamos nada para fazer, almoçamos de novo! Ainda bem que não havia comido demais no almoço pensando em comer aqui mais tarde. Apesar de termos gostado do outro restaurante, este era bem melhor.
Quando já estávamos quase conformados de que não faríamos mais nada naquele dia, veio o aviso de que as atrações entrariam em funcionamento novamente. SheiKra!!!
Corri e consegui ser um dos primeiros da fila. Fui na primeira fila e quase não acreditei na altura da montanha russa. Logo eu que tenho medo de altura! Fiquei numa das pontas e não tem nenhum trilho acima ou abaixo de você. Não é uma atração para qualquer um! rsrs
Gleice estava revoltada porque também queria ter ido, mas se eu não tivesse corrido teria ficado muito tempo na fila.
Diogo e Mariana foram tomar um banho naquela atração parecida com a Splash Mountain. Só que molha bem mais. Depois foram na atração parecida com a Kali.
Deu a hora de seguirmos para o ônibus. No meio do caminho, passamos pela entrada da fila da SheiKra. Perguntei qual o tempo de espera na fila. Cinco minutos! Era um sinal de que a Gleice não voltaria para o Brasil sem ter ido a todas as montanhas russas! Ela adorou. E ainda fomos na primeira fila! Desta vez fiquei na outra ponta! Antes da primeira queda, o carro pareceu ficar parado uns dez segundos antes de cair. Na outra vez acho que não foi tanto tempo. Será que foi o medo de perder o ônibus? rsrs
Chegamos a tempo e felizes de termos conseguido completar nossa lista de montanhas russas.

 


 
Res: Relatos

 mensagem postada em 02/02/2015 - 17:02:11hs
 
 

Disney é amor virou meu mantra! Sempre quando alguém vem me criticar eu já falo logo isso rs!

Beijos e até a próxima!



Juliana... Me emocionei com o fim dos seus relatos! Vou repetir isso para todo o mundo que reclama que eu só viajo para Orlando...A Disney não é vício, é AMOR! Parabéns pelo final emocionante!

(mensagem de Elena Bessa)


 


 
Res: RELATOS FINAIS - PARTE 2

 mensagem postada em 02/02/2015 - 17:02:56hs
 
 

Que bom que gostou!

Pois é, Debora! Quem sabe não pinta uma promoção e eu vou comprar coisinhas de casa em Orlando rs?

Continue seus relatos, vou entrar aqui para acompanhar!

Bjokas!


Nossa Juliana, me emocionei com esse ultimo relato.

Você traduziu tudo o que um amante de Disney sente. Realmente não é vício, é amor! Me sinto muito assim.

Mas não fique triste e nem sem esperanças de não voltar tão cedo para Disney...eu por exemplo achei que não iria nem tão cedo e de repente em um mês programei uma viagem para novembro. Foi rápida, mas foi essencial para quem é um verdadeiro amante de Disney.

Adorei seus relatos!

Bjs
(mensagem de Débora Christina Ferreira Pinto)


 


 
Res: RELATOS FINAIS - PARTE 2

 mensagem postada em 02/02/2015 - 17:02:59hs
 
 

Verdade, Renata! Vale a pena mesmo!

Aproveite sua viagem, falta pouco!

Bjokas!


Juliana,

muito legais e emocionantes seus relatos!!! Obrigada por compartilhar.
Em breve vc poderá voltar e nos brindar com novos relatos.
É muito bom poder comprar a casa própria. Vai valer a pena esperar um pouco pra voltar.
bjs,
Renata
(mensagem de RenataR)


 


 
Res: 07.01 - Um lar doce lar de bip bop's contagiantes (Parte II)

 mensagem postada em 02/02/2015 - 18:02:14hs
 
 

Obrigada pela explicação Claudio.

Também temos que lembrar que a vida americana é bem prática, facilitando o dia a dia.

Abraços,



Débora, sobre a limpeza da casa, a Rita e o Paulo trabalham com uma equipe de limpeza nota 10, como pude notar em conversa com eles por lá e também pelo estado que estavam o apartamento e a casa quando chegamos. Tudo impecavelmente limpo. Essa mesma equipe pode ser contrata através dele para limpeza durante a estadia e o pagamento é o dia de limpeza. Como por aqui, acredite, adoro casa limpa e adoro limpar a casa, não solicitei os serviços.

Eu acordo muito cedo normalmente e na Flórida não foi diferente. Entre 05 e 05:30 AM estava de pé, então, aproveitava para dar uma olhada no tempo, varria a casa, ia até a piscina ver como estava e afins. A louça do jantar sempre lavava na mesma hora, enquanto as crianças assistiam tv, batendo um papo com Claudia.

Já sobre a roupa de cama e banho, com a lavadora e secadora foi fácil, a mesma coisa...no final do dia lavava - não diariamente -, secava e colocava tudo no lugar.

Uma vantagem da casa que ficamos é o piso frio, que suja menos que os clássicos tapetes das casa americanas.
abs

p.s.: deixe seu email lá que já passo para você.

Claudio,

muito legal essa casa.
Sempre penso em termos esta experiência americana, mas como estou de férias, a última coisa que quero é ter trabalho com casa.
Então me explica como fica a limpeza da casa...é por conta de vcs mesmo, ou tem alguém para limpar?

Curiosidade grande, pois nunca vi ninguém comentar sobre isso.
Se puder me esclarecer vou ficar feliz!

Posso deixar meu e-mail no outro tópico para vc me passar como alugou esta casa?

Estou amando como sempre seus relatos.

Abraços,
(mensagem de Débora Christina Ferreira Pinto)



(mensagem de Claudio H.F.)


 


 
H2O (17/set) 20 - O Universo Fantástico da Universal (parte1)

 mensagem postada em 03/02/2015 - 11:02:27hs
 
 

Quarta feira, dia de começar a saga tripla Universal!
Para tirarmos o máximo de proveito e conhecer tudo com calma, combinamos de fazer da seguinte forma:

17/set (4ª feira) - Universal Studios
18/set (5ª feira) - Islands of Adventure
19/set (6ª feira) - The Wizarding World of Harry Potter & Diagon Alley

Sendo bem sincero, quem conseguir e puder fazer desta forma, faça! Foi a melhor coisa que fizemos, conseguimos conhecer muito bem todos os lugares, afinal era nossa 1ª vez, e ainda conseguimos tempo para refazer atrações favoritas e em alguns pontos adiantar um pouco o roteiro. Foi incrível!

Após utilizar os transportes Disney, táxi e ônibus para outlets, ônibus do Busch Gardens e iTrolley para o Sea World, chegou a hora de experimentarmos o translado gratuito do hotel para os parques da Universal.

Acordamos cedo e nos dirigimos ao balcão de informações no lobby do hotel. Demos o número de nosso quarto e retiramos dois vouchers do translado.

No horário pontual, o ônibus chegou e seguimos, mas não rumo ao parque.
Aqui fica a parte um pouco chata do translado hotel->parque. O ônibus fez parada em mais 2 hotéis, sentido sul da ID, e depois retornou para o norte onde ficam os parques da Universal, passando inclusive por trás de nosso hotel. Achamos um pouco chato pois a distância do nosso hotel era bem curta em relação a UN, e no caso o translado faz o caminho inverso para poder parar em mais 2 hotéis. Mas nada que comprometesse o tempo, ou nos chateasse.

Chegamos e começamos o festival de admiração ao adentrar o Universal Citywalk! Que lugar incrível e completo! Levaria umas boas semanas se quiséssemos conhecer cada um dos bares, restaurantes ou locais ali presentes. O visual é muito bom, e o local foi muito bem pensado, projetado e construido.








Após várias fotos, viramos a direita e seguimos rumo ao parque Universal Studios, o escolhido para o dia, seguindo nosso roteiro. E claro, primeira parada obrigatória para fotos, o globo terrestre, símbolo principal do parque, e logo após, seu grande e imponente portão de entrada.





Primeira atração, logo de cara, Despicable Me: Minion Mayhem, e aqui a grande decepção de Lucas. Abrindo parênteses, Lucas é totalmente apaixonado pelos Minions, desde os filmes a todo tipo de coisa relacionada, inclusive a festa surpresa que fizemos para ele ano retrasado foi dos Minions. Ele diz que os Minions são pra ele quase o que o Mickey é pra mim. rs

Entramos na atração, aquele clima igual ao filme, a famosa casa do Gru, muito bem tematizada e detalhada. Chegamos na sala do pré-show e demos bastante risada, muito divertido e bem feito. Dentro do simulador, achei meio comum demais, não sei se pelo fato de termos assistido ao segundo filme no cinema 4D aqui em São Paulo, mas achei que por ser um parque de grande porte e tecnologia, poderia ter sido elaborado um simulador bem melhor. É divertido, legal, mas poderia ser melhor!

Saímos e automaticamente caímos na "Festa dos Minions", um dos momentos mais esperado por Lucas de toda a viagem, e eis a decepção. Nas fotos, promos e cia, a Universal usa praticamente um exército de Minions, todos realistas e em grande número, mas a realidade aqui é outra, apenas 2, bem surrados, um tanto quanto "amadores" em termos de qualidade de fantasia, e o pior, um fotógrafo do pacote PhotoConnect da Universal tirando fotos a esmo, escuras, baixa qualidade, enfim, Lucas saiu um tanto quanto decepcionado, como uma criança frustrada.
Aqui percebemos que realmente não estávamos mais dentro do mundo perfeito Disney.







A felicidade de Lucas aqui ficou por conta da lojinha, que aproveitamos já escolher o que iríamos comprar na saída do parque para ele e para presentar alguns amigos também fã dos famosos bonequinhos amarelos, e já compramos o famoso copo souvenir (do Minion, claro!) que custou se não me engano 16 dólares, e depois o refil fica por apenas 0.99 cents a qualquer hora em qualquer local do parque.

(continua..)

 


 
Res: 11.01 - Alô, Alô, Terezinha!

 mensagem postada em 03/02/2015 - 11:02:27hs
 
 

Claudio, primeiramente gostaria de dizer que o que acho magnífico em vocês é o fato de explorarem sempre muito além do trivial por Orlando! Isso é muito legal!
Pretendo fazer isso mais para frente, quando já tiver ido a Orlando umas 3 vezes rs.

Segundo lugar, acho um pecado seus relatos antes do meio dia, fico aqui com água na boca e com vontade de ir almoçar agora mesmo kkkkkkkk

Parabéns pelo relato!

 


 
Res: H2O (17/set) 20 - O Universo Fantástico da Universal (parte1)

 mensagem postada em 03/02/2015 - 11:02:21hs
 
 

Thiago, a criançona aqui, no caso eu, assim como as crianças do Claudio, gostou muito da atração da Universal!
Como é um brinquedo voltado para as crianças, acho que eles conseguiram brilhantemente fazer um simulador que fosse realista e divertido, mas não radical demais.
Mas concordo com vocês que a parte das festas dos Minion é muito sem graça - aliás, nessa minha última viagem não consegui encontrar os Minions. (e nem o Bob Esponja, e nem os Simpsons - parece que setembro não é uma boa época para visitar os parques da Universal...)

Abraços!

 


 
Res: H2O (17/set) 20 - O Universo Fantástico da Universal (parte1)

 mensagem postada em 03/02/2015 - 11:02:37hs
 
 

E Thiago, ACABEI de perceber que nós fomos para o Complexo Universal quase nos mesmos dias... Eu e o Romulo fomos dia 16, 17 e 18 para o US e o IOA - dois dias em comum com vocês. Será que por algum acaso os dois casais se cruzaram sem saber, pois não nos conhecíamos ainda? Mistérios...

 


 
 
No restaurante Be Our Guest, a delicada Rose Gallery, decorada com toques rosa, pinturas e tapeçarias, possui uma imensa caixa de música central, com mais de 2 metros de altura com a figura giratória da Bela e da Fera.