Orlando Tickets Online
 

Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
Daniela Figueiredo
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 14/03/2012
 
 
Erika
postado por: Daniela Figueiredo

 mensagem postada em 11/05/2012 - 08:05:10hs
 

Olá Erika

Onde seu marido comprou as coisas para a festa da sua filha? Também estou pensando em fazer isso, mas não sei onde comprar e o que comprar, inclusive para lembrancinhas. Você sabe de algum site de loja que eu possa pesquisar?

Abraço,

Daniela.

Erika Berbert de Carvalho
 
Membro
 
 
Salvador - Ba
 
Inscrição: 18/09/2010
 
 
GRU 11/05
postado por: Erika Berbert de Carvalho

 mensagem postada em 11/05/2012 - 07:05:18hs
 

Meu marido chegou há pouco no vôo de 5:55 da AA, ele, minha comadre e o marido dela, estavam em três, mas passaram separados.

Dessa vez eu estava meio apreensiva, pois como esta perto do aniversario de nossa filha pedi um monte de coisa para ele trazer para a festinha, tudo bem que êh um monte de tranquera, mas... Ele não tinha eletrônico, apenas uma bateria de maquina, um aparelhinho para pelos da face de $9, e coisas miúdas mesmo, nada demais, mas tinha bastante roupa, para ele, para min, para nossa filha, para dar de presente, por isso estava um pouco receosa, mas deu tudo certo. Graças a Deus!

Ele foi para o raio X e nem abriram nada, minha comadre também passou direto, mas tinha uma pessoas sendo inspecionadas, com malas abertas e pagando multa.

Detalhe, ele estava com duas malas grandes, uma sacola, mala de mão e mochila, ou seja, muita coisa, o que provavelmente chamou atenção para ir ao raio X, mas tinha gente com menos mala que estava tendo que abrir.

Acho que além de sorte, tudo depende do que eles vêem no raio X, independente da quantidade de malas.

Jacqueline Minoda
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 10/05/2008
 
 
Indicativo de Greve
postado por: Jacqueline Minoda

 mensagem postada em 10/05/2012 - 19:05:09hs
 

Boa Noite!

Li esta mensagem abaixo.

O Dia de Mobilização de Advertência, 9 de maio, parou a RFB (Receita Federal do Brasil) e mostrou à sociedade como um todo a coesão dos Auditores-Fiscais no que diz respeito à Campanha Salarial. “A operação-padrão e a ação de crédito zero realizadas pelos Auditores-Fiscais em todas as regiões do país, são prova de que a Classe é unida. Parabéns a todos que, mais uma vez, demonstraram a força da categoria. Vamos para a mesa de negociação mais fortalecidos”, disse o presidente do Sindifisco Nacional, Pedro Delarue.

Acho que agora é acompanharmos!

Erika Berbert de Carvalho
 
Membro
 
 
Salvador - Ba
 
Inscrição: 18/09/2010
 
 
Boato de greve
postado por: Erika Berbert de Carvalho

 mensagem postada em 10/05/2012 - 16:05:01hs
 

Tenho ouvido que os auditores da Receita estão ameaçando entrar em greve ainda essa semana, será?

Alguém sabe como está Guarulhos de ontem para hoje? será que terá greve mesmo? e como funcionaria?

Sergiofreitas
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 24/12/2011
 
 
GUARULHOS - 08/05/12
postado por: Sergiofreitas

 mensagem postada em 08/05/2012 - 21:05:22hs
 

Amigos do VPO, hoje chegamos eu e minha esposa por Guarulhos às 5:50 da manhã, vários vôos ao mesmo tempo, todas as esteiras estavam ocupadas, muita gente, mas apesar disso o pente estava finíssimo.
Eu chegava com uma mala média e uma mochila, minha esposa com uma mala média a sua bolsa. Pegamos nossa bagagem e seguimos para o setor de nada a declarar, na nossa frente várias pessoas com pelo menos duas malas, algumas ainda levavam uma mochila também. Pelo que pude perceber à medida que chegava próximo ao fiscal, todas as pessoas que levavam pelo menos duas malas estavam sendo encaminhadas para o Raio X. Quando chegamos no fiscal fomos encaminhados direto para a saída, acredito que pelo fato de termos apenas uma mala cada e também por terem sido enviadas várias pessoas que estavam com muitas malas bem na nossa frente.
Não recomendo tentar passar com ítens acima da cota achando que não será pego, pois o rigor está bem elevado.
Um abraço a todos e boa viagem.

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Anderson - pagamento de impostos na Alfândega
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 08/05/2012 - 09:05:18hs
 

Olá Anderson,
Ao entrar na fila de "bens a declarar", você deverá estar com o formulário da Receita Federal (que foi distribuído ainda no vôo de volta) preenchido com todos os dados e a relação de bens que você vai declarar, com os valores pagos, nas respectivas colunas.
O fiscal poderá pedir para ver os bens, e decidirá se vai vistoriar toda sua bagagem ou não (apenas passar pelo Raio X).
Após conferir o formulário preenchido em confronto com os bens declarados, ele solicitará que você preencha a DARF (em um dos computadores instalados na sala da Receita Federal. O preenchimento é muito simples (nome, cpf, endereço, relação de bens declarados e respectivos valores). O sistema faz automaticamente a exclusão da quota individual de US$ 500 e já imprime a DARF com o valor em reais a recolher.
TODA a sua mercadoria fica retida na sala da Receita enquanto você sai até o Banco (ou caixa automático, ou Correios, etc) para realizar o pagamento da DARF (pode ser em dinheiro ou cartão de débito) junto ao Banco autorizado. Ao retornar, apresenta a Darf com o comprovante de pagamento ao fiscal que lhe atendeu. Ele confere o pagamento e te libera toda a bagagem para que você possa sair do aeroporto.
Portanto se você deixar separado o(s) bem(ns) a declarar, facilita, porque aí o fiscal nem precisará conferir todo o restante da bagagem, e te liberará mais rápido. SDS. Roberval.

Anderson Lopes
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 02/05/2012
 
 
Como proceder para pagamento do imposto
postado por: Anderson Lopes

 mensagem postada em 08/05/2012 - 09:05:22hs
 

Olá Gente,
Essa é minha primeira viagem ao exterior e gostaria de saber como proceder com os bens a declarar. Devo separá-los do resto da minha bagagem, já que, pelo que entendi, eles ficam retidos na receita?
Eles ainda irão checar o resto da minha bagagem mesmo eu já declarando alguns bens?

Obrigado

Luiz Carlos Pantoja Filho
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/12/2004
 
 
Gaspinha!
postado por: Luiz Carlos Pantoja Filho

 mensagem postada em 07/05/2012 - 09:05:10hs
 

Como todos sabemos o limite da cota de isenção é de US$ 500,00 (quinhentos dólares) - link.

Além disso, os bens de uso ou consumo pessoal do viajante isentos de impostos são apenas os artigos de vestuário, higiene e demais bens de carácter manifestamente pessoal, de natureza e em quantidade compatíveis com as circunstâncias da viagem. Exemplos: roupas, calçados, óculos, um relógio usado, uma máquinha fotográfica usada, um telefone celular usado. Notebooks e filmadoras não são isentos.

Ao chegar no Brasil, caso os produtos que esteja trazendo (não de uso pessoal), ultrapassem esse limite de US$ 500,00 (quinhentos dólares) você deverá declará-los.

Quando puder, leia também este guia - link.

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

Luiz Carlos Pantoja Filho
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/12/2004
 
 
Solicitação
postado por: Luiz Carlos Pantoja Filho

 mensagem postada em 06/05/2012 - 21:05:12hs
 

Olá amigos,

Venho encarecidamente pedir aos amigos que reservem o presente tópico para a postagem de relatos sobre a alfândega.

Peço que evitem enveredar para temas como "civilidade", "cotas de isenção", "dutty free", dentre outros.

Informo ainda que redirecionei algumas mensagens para o tópico - Alfândega - Cota de Isenção - link.

E para mensagens sobre Dutty Free - link.

Por favor, me auxiliem a manter a boa organização do nosso fórum.

Conto com a colaboração de todos.

Um forte abraço,
Luiz Carlos

Isabela Alves
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 06/05/2012
 
 
ALFANDEGA E BRASILEIROS
postado por: Isabela Alves

 mensagem postada em 06/05/2012 - 19:05:41hs
 

Li algo tão absurdo como pessoas falando em mudar a rota de viagem pq tem muitos brasileiros em Miami. Aconselho a estas pessoas olharem em suas carteiras de identidade e verem onde nasceram, pra não esquecer que também é brasileiro. Fico revoltada pq tem coisas que acreditamos que não acontece mais e lemos tanto absurdo que dá vergonha não da nacionalidade e sim da raça humana. E se amanhã não tiver condições de viajar para nenhum lugar mais? Vai fazer o que?
Nos EUA tem americano honesto e tb tem desonesto igual aqui mesmo, o que muda são as leis que regem o país. Já negociei com cada americano picareta que tive que ameaçar denuncia-los a policia e outros que trabalham correto e cumprem com a negociação e sua palavra, igual aqui mesmo, tem pessoas corretas e incorretas.
Deus abençoe a todas e boa viagem!