Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: Táxi Disney all star movies/walmart

 mensagem postada em 29/01/2015 - 09:01:16hs
 
 

Olá pessoal, sempre alugo carro mas talvez na próxima eu utilize os transportes da Disney... Então gostaria de saber quanto em média custa um táxi com o trecho all star movies até o walmart? Imagino que o walmart mais próximo seja o da John Yang, certo? Ou uma target (não sei qual o mais próximo)... Neste caso não tem como pedir ao motorista para esperar né? Pois quando se entra em um Walmart não se tem previsão de sair...kkkkkk.... Alguém pode ajudar? Obrigada,
ºoº (mensagem de Renata Silva.)


Se vc for utilizar um taxi (ida e volta) do complexo Disney até o Walmart da John Young Pkwy, deverá gastar cerca de 55 dólares por trecho (já com a gorjeta).
Ou seja, no total, cerca de US$ 110 dólares !
SDS,
Roberval.

Veja este aplicativo que te ajuda a calcular a tarifa: LINK
(mensagem de roberval taylor)


Obrigada Roberval...
Aproveito para complementar pois talvez algum amigo VPO também teha está dúvida... Lembrei que tem o walmart e a target em Kissimmee (mais perto da Disney) e Usei o link que você indicou e fica Do movies até o walmart de Kissimmee por 28 dólares (cada trecho)... E até a target de Kissimmee da 31 o trecho (sem gorjeta).
Rê ºoº

 


 
H2O (16/set) 19 - Vida marinha e seus espetáculos (parte2)

 mensagem postada em 29/01/2015 - 09:01:38hs
 
 

Entramos na fila para a mais nova atração do parque, a tão comentada Empire of the Penguim e estava bem cheia, ficamos cerca de meia hora na fila, os sinais de cansaço aparecendo devido a falta de movimento e a moleza de ficar em pé durante muito tempo na espera.

Quando adentramos a atração, o ar condicionado deu uma revigorada, o que nos salvou de um possível colapso, pois ao pisarmos dentro da pequena espécie de gruta para o vídeo do pré-show em nosso grupo já formado de 6 pessoas, a atração teve um shutdown e ficou paralisada por mais meia hora, o que nos fez sucumbir ao cansaço e sentar dentro da gruta esperando impacientemente que a atração voltasse. Estávamos praticamente desmaiados, já iríamos perder o show dos golfinhos e ter que remanejar todo cronograma para conseguir assistir ao próximo, a sorte foi que estávamos lá dentro, com ar condicionado e sentados, senão, teríamos desistido de fato, pois demorou bastante.

Atração de volta a ativa após cerca de 40 minutos, conseguimos fazer todo o percurso nos famosos "carros ovais futuristas e robotizados", e aqui eu abro um parênteses sobre a mesma - foi melhor do que eu previa, mas ao mesmo tempo nada empolgante ou tão inovador como foi a proposta quando desenvolvida. O ápice da atração fica para o final mesmo, quando damos de cara com diversos pinguins, todos com seu andar desengonçado e encantador no seu habitat um tanto quanto natural, sob uma temperatura congelante, que mesmo no calor intenso da Flórida, nos fez sentir muito frio! rs








Saímos, e corremos para tomar um sorvete, o famoso e saboroso sorvete da Shamu, a resposta do SW para a Disney e seu famoso sorvete do Mickey! rs




Seguimos para explorar uma área do parque próxima até então desconhecida, e eis que damos de cara com o Dolphin Cove!
Aqui o choque foi IMENSO e delicioso! Não sabia que custava tão "pouco" para poder ter uma experiência tão linda e emocionante!
Por apenas 7 dólares + taxas, Lucas e eu adentramos em uma das melhores experiências de nossas vidas!
Nos aproximamos da lagoa principal, e instruídos por treinadoras simpáticas e sorridentes, ganhamos cerca de 3 ou 4 sardinhas cada um.
Nos aproximamos enquanto os saltitantes e felizes golfinhos vinham perto de nós, paravam para ganhar carícias e alimentávamos eles, segurando em sua "papada" e dando a sardinha em suas bocas. Que experiência GOSTOSA! Lucas estava em ÊXTASE! Não sabia se alimentava, se fotografava, se pedia para eu filmar com o celular, se ficava acariciando os golfinhos, foi muito legal, saímos de lá felizes da vida! Vale muito a pena essa interação com os golfinhos, o que nos deixou ainda mais empolgados para ir no Discovery Cove, que deixamos de fora na viagem devido ao alto custo, mas para a próxima já está na lista do "NÃO PODE FALTAR" rs







Saímos e finalmente era hora do show dos golfinhos!
Corremos para o Dolphin Theater e WOW!
Que show LINDO! Muito bem elaborado, e me deixa questionando até hoje como os animais conseguem fazer tal "manobra" em tal tempo daquela tal forma e com tal sincronia em relação aos demais! E se vocês me responderem o mesmo que o Lucas me respondeu: "ué, sendo treinados", então eu darei a mesma resposta e sugiro que vocês peguem uma lata de sardinhas e vá lá tentar ensinar algo a eles! kkkkkkk não deve ser tão fácil! rs




Seguimos para o Turtle Trek e aqui uma semi-decepção!
Pelas fotos e notícias, eu acreditava ser uma qualidade absurda nos telões e algo WOW! Mas não, achei que poderia ser melhor, apesar do filme ser bem emocionante e instrutivo, além de muito bem feito, mas a qualidade do "teatro e seu telão" poderia ser melhor, pelo tanto de propaganda que teve.
O destaque fica para o IMENSO aquário pelo vidro que vemos ao adentrar o pré show, com IMENSAS tartarugas e peixes, e os demais aquários a céu aberto na saída, que também são muito atrativos e legais de serem observados!







A fome dominava, e ante de se aventurar pela outra metade do parque, era hora de correr para o almoço!

(continua...)

 


 
Res: RELATO 21 – DOWNTOWN DISNEY: PLANET HOLLYWOOD

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:36hs
 
 

Estou curioso para seu relato do BB! Não fomos em parques aquáticos por não ser tanto a nossa praia (mesmo gostando do Wet'n Wild de SP), mas já andei lendo diversos relatos aqui e fiquei até com vontade rs
(mensagem de Thiago Acquaviva)


Thiago,

Vou tentar postar um relato sobre o BB ainda hoje!

Eu acho que vale muito a pena. O Typhoon Lagoon também é maravilhoso, eu e o Ricardo não conseguimos escolher um entre os dois.

O Ricardo foi com a cara torta para o BB, nosso primeiro aquatico, pois ele alegava que não gostava de parques assim.

Quando ele chegou lá, meu deus! Foi dificil ir embora do parque... A mesma coisa aconteceu no TL. Ele parecia uma crianca depois de ter comido muito acucar!!!

Eu tambei amei! Tudo é muito Disney! Tudo é limpo, lindo e as pessoas são muito educadas! E as atracoes? Maravilhosas!

Aah, e por ser um parque de meio dia, depois conseguiamos fazer visitas aos demais parques!

Espero que voces se animem com os meus relatos!!! Me fala depois o que decidiram, ok?

Um beijo!

 


 
Res: 08.01 - Se essas ruas fossem minha (Parte II)

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:00hs
 
 

Claudio, vocês falam tão bem de Old Town que começou a me despertar grande vontade em conhecer! rs parece incrível!

E quanto ao Checker's acabamos por não ir em nossa viagem, estávamos com dúvida se valia a pena, mas pelo que vejo vale e muito, não? rs

Ótimos relatos como sempre, e belas fotos! Incrível o condomínio, parece ser sensacional!

Abraço!

 


 
Res: RELATO 21 – DOWNTOWN DISNEY: PLANET HOLLYWOOD

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:03hs
 
 

Combinado! rs
Estou ansioso para ler os relatos do BB, e confesso que entre ele e o TL me apetece mais o BB, pela tematização de neve e belas decoração, como também pelas atrações que parecem radicais!

Beijos, e estou no aguardo hein! rs

 


 
Res: Relatos

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:41hs
 
 


Jé e Rick..........ainda da tempo para mais uma família nessa caravana......?

(mensagem de Fabio1981)


Fabio,

Que tá organizando a caravana é o Claudio, mas como ele mesmo disse: quanto mais gnt boa e crianças, melhor!!!

Bem vindo!!!

 


 
Res: H2O (16/set) 19 - Vida marinha e seus espetáculos (parte2)

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:00hs
 
 

Thiago,
Sensacional a experiencia com os golfinhos, nao? E inclua sim a visita ao DC, pois apesar da admissao ser cara, com mais 20 dólares é possivel ter 14 dias de visitas ilimitadas ao BG, SW e aquatica

 


 
15º dia (13 de junho) SeaWorld e Florida Mall

 mensagem postada em 29/01/2015 - 10:01:13hs
 
 

Fomos ao SeaWorld de manhã cedo.



De cara fomos à Manta. Confesso que não é minha montanha russa favorita. O segundo looping sempre me dá uma pressão desagradável na nuca. Talvez seja diferente se não tiver acabado de comer um farto café-da-manhã. Tenho que testar minha teoria na próxima vez.
Amanda achou essa montanha russa a melhor de todas em que ela foi. Bem, ela não foi na Kraken, na Hulk, na RockIt, na Montu, na Kumba, na SheiKra e na Cheetah Hunt. Acho que ficou muita coisa boa de fora!
Logo depois caiu um dilúvio e fecharam todas as atrações. Fomos ver o show dos golfinhos, mas este também foi cancelado. Ficamos muito frustrados e voltamos para o hotel.
Depois de comermos uma deliciosa lasanha que havíamos comprado no Walmart, nos separamos mais uma vez. Gleice, Ana Luísa e eu voltamos ao Premium Outlet da Vineland Road para trocar algumas roupas que não serviram em mim.



Os outros foram ao Florida Mall. Mariana e Amanda queriam comprar maquiagem. Diogo queria comprar finalmente o PS4 na GameStop. Gleice e eu queríamos M&M!!!
Neste dia aconteceu uma coisa muito engraçada. Ana Luísa costumava assistir a Frozen pelo menos uma vez por dia antes da viagem. Como já estávamos fora de casa há 2 semanas, devia estar em crise de abstinência! Quando entramos na loja da Disney, havia um telão onde era possível escolher trechos de filmes da Disney copm música! Quando ela ouviu Let It Go, deu grito de felicidade, correu para a frente do telão e ficava pulando de alegria. Claro que todo mundo que estava na loja olhava tentando entender o que estava acontecendo. Não sabíamos se ríamos, contentes por ela, ou se nos escondíamos, por causa do escândalo! rsrs
Todos voltamos ao hotel com nossos objetos de desejo.

 


 
16º dia (14 de junho) Islands of Adventure e Universal Studios.

 mensagem postada em 29/01/2015 - 11:01:06hs
 
 

Chegamos ao Islands of Adventure e seguimos direto para o Hulk. Não queríamos correr o risco de chover novamente! Gostei muito desta montanha russa. No início a força G é muito forte e parecia que meu cérebro estava descolando do crânio! rsrs Não é uma sensação muito agradável! Por incrível que pareça, eu gostei desta montanha russa! O lançamento pelo canhão, o visual da lagoa, o looping gigantesco, a velocidade, passar por cima das pessoas caminhando pelo parque... São várias as razões para esta ser uma das minhas montanhas russas favoritas.



Fomos de novo a Hogsmeade, como Forbidden Journey estava com muita fila fomos várias vezes nas duas montanhas russas de Duelin’ Dragons. Fomos na primeira fila, no meio, na última fila... Quanto mais para trás do carrinho, mais violenta a montanha russa. (Aposto que este é o motivo de a última fila da Rock estar desativada).A primeira fila é mais suave e tem um visual incomparável quando se trata de uma montanha russa invertida. Não dá para ver quase nada se você fica muito atrás.
Consegui convencer Diogo e Mariana a irem na primeira fila! Amanda chegou a ir na segunda.
A última fila é para quem gosta de emoções fortes!!!





Almoçamos no Circus McGurkus. Foi uma ótima surpesa. Achamos a comida boa e as crianças adoraram o ambiente circense e o trem passando por dentro do restaurante.
Aliás, muito estranho esse trem. É uma atração bem bobinha. Só que tem restrição de altura e havia quase só adultos andando nele. Muito estranho!


Depois do almoço, trocamos de parque.



Fomos para a parte infantil do Universal Studios. Miguel e Ana Luísa se divertiram muito. Miguel andou pela primeira vez numa montanha russa – a do Pica-pau. As atrações estão envelhecidas: E.T., Pica-Pau, Barney, George o Curioso. Nada muito emocionante. Esta área precisa de uma reforma urgente. Mesmo o teatro do Barney poderia ser mais interessante. Não dá para comparar com a parte infantile do Islands of Adventure.

 


 
17º dia (15 de junho) Universal Studios e Islands of Adventure

 mensagem postada em 29/01/2015 - 11:01:03hs
 
 




Invertemos a ordem dos parques. No Universal Studios, finalmente conseguimos ir na atração do Meu Malvado Favorito. Gostei, mas tive que ficar na primeira fila (que não se mexe) com a Ana Luísa, o Miguel e a Mariana.



Depois fomos à Múmia e ao MIB. Ana Luísa fez amizade com uma família mexicana e ganhou colar de pérolas (falsas, é claro) de presente!

Almoçamos em Springfield. São vários restaurantes diferentes dentro do mesmo lugar. Gostei do frango assado que comi. Gleice foi a única que não gostou da comida que escolheu.


Seguimos para o Islands of Aventure e fomos direto à montanha russa do Hulk. Havia umas nuvens negras e estávamos receosos de que fechassem a montanha russa de novo.
Quando estávamos na fila começou a chover e fiquei esperando anunciarem que a atração estava fechada…
Anunciaram que, devido à chuva, quem quisesse desistir da primeira fila e trocar de lugar! O quê?! Nós iríamos na montanha russa do Hulk na chuva?!!!!
Fomos na segunda fila e foi impressionante! Quando fomos lançados, o céu estava coberto por nuvens negras e a chuva batia com força nos nossos rostos! A sensação de velocidade era ainda maior do que o normal. Não conseguíamos parar de rir quando saímos de lá.


Quando a chuva passou já estávamos na fila da Dragon Challenge.

Era o dia que reservamos para as atrações molhadas.
Primeiro fomos ao Jurassic Park. Confesso que esperava mais. Parece que barco fez somente parte do trajeto. Não teve o carro quase caindo em cima de nós, por exemplo. Parece que estavam fazendo algum tipo de manutenção. Poderia ser pior se fechassem toda a atração. Achei a queda muito mais assustadora do lado de fora. Não sei explicar o porquê. Talvez não devêssemos ter ido primeiro nas montanhas russas.
A barca do Popeye e do Brutus é muito boa. Melhor do que a Kali. Não esperava isso. Foi outra surpresa positiva. Em 2011 esse foi um dos brinquedos que deixamos de lado porque a Gleice não queria se molhar.
Finalmente, Ripsaw Falls. A fila estava razoável (uns quarenta minutos). Acho que foi a mais longa que enfrentamos no Islands of Adventure em 2014. Só perdeu para a fila dos Minions no Universal Studios.
O barquinho é incrivelmente apertado. Não sei como os gordinhos conseguem entrar. Primeira Amanda e Mariana foram juntas e depois fui com o Diogo. Gleice resolveu ficar do lado de fora. Tinha água demais para ela! A queda é muito rápida e molha muito. Todos gostamos muito. É uma Splash Mountain mais radical.

Finalmente voltamos à parte do Dr. Seuss!

 


 
 
No pavilhão americano (Epcot) note que o número romano "IV" do relógio da torre está representado como "IIII" da mesma forma como era empregado na época colonial.