Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: Leonardo

 mensagem postada em 15/01/2015 - 08:01:01hs
 
 

Leo,
Seus relatos são demais, quando você viajou com seu pai fiquei viciada, e daí você sumiu.... Por favor continue até o fim dessa vez, pois seus relatos loooooongos são demais 😉
Um beijo,
Jessica
(mensagem de Jé e Rick)


Dessa vez postarei sem parar, todos os dias! Eu prometo rs antes era melhor pois nao tinham limites de caracteres. Eles ficavam longos e tudo junto. Agora dividindo tudo fica bem mais chato mas postarei tudo rs

 


 
Pantoja Por favor!

 mensagem postada em 15/01/2015 - 09:01:46hs
 
 

Pantoja,

Será que tem como aumentar o limite de caracteres? É que pra nós 'relatistas' as vezes fica um pouco difícil ser sucinto e os links das fotos consomem muitas letrinhas....

Por favor, não me entenda mal, sei que você já faz muito por nós mantendo esse site maravilhoso!

Um abraço,

Jessica

 


 
Res: Pantoja Por favor!

 mensagem postada em 15/01/2015 - 10:01:56hs
 
 

Pantoja,

Será que tem como aumentar o limite de caracteres? É que pra nós 'relatistas' as vezes fica um pouco difícil ser sucinto e os links das fotos consomem muitas letrinhas....

Por favor, não me entenda mal, sei que você já faz muito por nós mantendo esse site maravilhoso!

Um abraço,

Jessica
(mensagem de Jé e Rick)


Prezada Jessica,

Após a implementação da ferramenta para "citação" o tamanho das mensagens aumentou sobremaneira.

Dessa forma, para não onerar a base de dados, fui obrigado a impor um limite menor de caracteres para cada mensagem postada.

Assim sendo, peço encarecidamente, caso não seja possível publicar numa única mensagem tudo o que necessita, que separe o texto em mais do que uma mensagem e para facilitar a pesquisa interligue as postagens utilizando o comando "responder" (a postagem inicial).

Procedendo dessa maneira, apesar do texto ficar separado, bastará clicar em "mensagens relacionadas" para que se observe a sequência da sua publicação.

Conto com a sua compreensão!

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

 


 
6# CWB --> GRU

 mensagem postada em 15/01/2015 - 13:01:35hs
 
 

Do nosso vôo a São Paulo tenho pouco a relatar. A trajetória ocorreu sem grandes incidentes a não ser pelo tempo que tivemos que esperar dentro da aeronave a liberação para decolagem em virtude do reduzido tamanho da pista (incompatível com um aeroporto internacional!)
À isso só tenho 3 coisas a acrescentar:
- Como é inervante a completa incapacidade das pessoas de embarcarem sem tumulto e confusão de bilhetes;
- Como é igualmente irritante o desespero do pessoal em sair do avião quando este ainda está em movimento;
- As torradinhas da TAM são mais saborosas do que a barrinha de cereal/amendoim/pode-escolher-qualquer-coisa-absurdamente-cara-do-cardápio da GOL.
Algum tempo antes de ocorrer o item nº 2 já citado, gastamos uns 30 minutos sobrevoando a cidade de Santos (que dado o horário não foi possível admirar nada além da escuridão através da janela).
No desembarque, não que seja dos melhores sentimentos, mas não pude deixar de sentir uma cruel satisfação quando vários dos passageiros, que apressadamente e precocemente se colocaram em pé, tiveram que ouvir as instruções do comandante e permanecerem nessa posição por mais 20 minutos. fato que eu presunçosamente observei acomodada confortavelmente na minha poltrona!

 


 
7# Necessidades Humanas Básicas X Pizzas

 mensagem postada em 15/01/2015 - 13:01:21hs
 
 

Desembarcando em GRU haviam 2 Necessidades básicas a serem saciadas: eliminação e fome. Como nossa passagem indicava o próximo embarque no terminal 3, atravessamos toda a extensão do aeroporto. Visitamos o w.c. e decidimos jantar pizza hut. Acostumada a comer qualquer coisa em qualquer lugar à qualquer hora, me esqueci completamente que a sra. Oliveira viajava conosco. Fato que logo ficou claro quando mal a sra. sentou na mesa com tampo pegajoso e apontou com tal atitude e altitude a falta da limpeza e boa vontade no atendimento, que fiquei com medo da nossa refeição vir com ingredientes indesejados. (Não corra riscos.Nunca reclame do atendimento ou da comida antes de comer, só depois!Nunca se sabe o que pode acontecer entre o trajeto da cozinha até sua mesa.)
Ao fim, após uma pizza trocada (olha aí os riscos!) conseguimos degustar de uma boa (e depois não tão boa assim quando chegou a conta!!!!) pizza muzarela.
Só não recomendo esse estabelecimento aos amigos pois estes correriam risco de perderem seus vôos devido à morosidade do processo de pagamento de conta e do inflacionado valor do produto!

 


 
Res: Pantoja Por favor!

 mensagem postada em 15/01/2015 - 13:01:23hs
 
 

Caro Pantoja,

Compreendo totalmente e muito obrigada pela dica!

Jessica

Pantoja,

Será que tem como aumentar o limite de caracteres? É que pra nós 'relatistas' as vezes fica um pouco difícil ser sucinto e os links das fotos consomem muitas letrinhas....

Por favor, não me entenda mal, sei que você já faz muito por nós mantendo esse site maravilhoso!

Um abraço,

Jessica
(mensagem de Jé e Rick)


Prezada Jessica,

Após a implementação da ferramenta para "citação" o tamanho das mensagens aumentou sobremaneira.

Dessa forma, para não onerar a base de dados, fui obrigado a impor um limite menor de caracteres para cada mensagem postada.

Assim sendo, peço encarecidamente, caso não seja possível publicar numa única mensagem tudo o que necessita, que separe o texto em mais do que uma mensagem e para facilitar a pesquisa interligue as postagens utilizando o comando "responder" (a postagem inicial).

Procedendo dessa maneira, apesar do texto ficar separado, bastará clicar em "mensagens relacionadas" para que se observe a sequência da sua publicação.

Conto com a sua compreensão!

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

(mensagem de Luiz Carlos Pantoja Filho)


 


 
8# A saga dos portões

 mensagem postada em 15/01/2015 - 13:01:39hs
 
 

Saímos de CTBA orientados de forma que ao chegar em SP deveríamos nos encaminhar ao Terminal 3 portão 24. O que prontamente fizemos. Ao chegarmos no terminal indicado verificamos na tela que nosso vôo era check-in E portão 23. O que nos deixou um pouco confusos uma vez que o check-in E fica no terminal 3 mas o portão 23 no terminal 2. Assim procuramos o pessoal da companhia que nos mandou voltar para o terminal 2 e refizemos (desnecessariamente afinal) o trajeto de volta. Chegando no portão as telas indicavam novamente o terminal 3 o que completou nosso estado confusional. Cansados de ficar como baratas tontas em revoada resolvemos entrar naquelas portas mesmo.
Passamos pela alfândega sem problemas e fomos procurando o portão 23 (no fim de um longo corredor onde muitas pessoas iam e vinham correndo desesperadas).
Ao chegarmos no portão 23 descobrimos que nosso embarque tinha sido, sem a menor cerimônia, transferido para o portão 14 B, (entendi a deixa das pessoas desesperadas) com acesso pelas escadas rolantes ao lado do portão 16 no início do corredor.
Após algum tempo achamos a sala de embarque subterrânea apinhada de gente em plena segunda-feira. Ou o pessoal iniciou um programa ande mais e viva melhor ou o pessoal da administração do GRU precisa rever a logística! Vá com roupas e sapatos confortáveis - de preferência tênis e agasalho - porque conexões entre vôos domésticos e internacionais são verdadeiras maratonas!
P.S. Durante o tempo na sala de espera e na fila vendo tanta gente indo para Orlando fiquei tentadíssima a sair perguntando quem era do VPO.

 


 
RELATO 9 – DISCOVERY COVE

 mensagem postada em 15/01/2015 - 19:01:12hs
 
 

Dia 3 – Discovery Cove
(17/10/2014 – Sexta-feira)


Hoje o dia seria muito especial, pois visitaríamos o lindíssimo Discovery Cove!

Acordamos bem cedo e seguimos para o ‘parque’. As piscinas e atrações abrem às 9, mas o check-in e o café da manhã já estão disponíveis cerca de 1 hora antes, então vale a pena chegar cedo.



Ao chegar, você já agenda o horário para nadar com os golfinhos e para fazer o Sea Venture, que é pago a parte. Para quem vai fazer os dois, eles devem ser marcados com 1h30min de diferença. Com tudo agendado, pegamos as nossas roupas de nado e já nos trocamos. Essas roupas são muito difíceis de vestir com o corpo molhado por isso a melhor coisa é vesti-las antes de entrar na água. Com nossos trajes de nado, pegamos nosso kit de snorkel, protetor solar e algumas toalhas para já colocar em uma das cadeiras de praia e demarcar o nosso lugar. O protetor solar que é fornecido pelo parque é muito difícil de espalhar, mas é o único que não causará nenhum tipo de prejuízo aos animais do parque, então vale o esforço.




Posteriormente deixamos alguns outros itens nas cadeiras que ficaram lá intactos por horas, que bom estar num lugar assim! As coisas mais valiosas ficaram no locker que é bastante grande.



Com tudo organizado fomos tomar o nosso café da manhã que apesar de estar incluído não é dos melhores, pois as opções são bem gordurentas, muito doces ou pesadas demais para um café da manhã, os americanos devem adorar, mas para nós é um pouquinho demais.



Com as atrações já abertas, fomos ao aviário. Você pode pegar quantos potinhos quiser para alimentar os pássaros. Fomos logo pela manhã, pois em teoria os pássaros estariam mais famintos, mas eles não pareciam muito interessados em comida não. Mas ainda sim o Ricardo conseguiu alimentar dois ou três deles, muito bonitinhos. Eu fiquei só nas fotos, eu tenho um pouco de medo.

Depois do aviário seguimos para a deliciosa área do Freshwater Oasis, Serenity Bay e Wind Away River. Essa área tem a água aquecida e é bem quentinho mesmo, uma delicia! Pra quem vai em dias mais frios deve ser um alento... Além de a água ser gostosa, tudo é lindo, você se sente no paraíso.




Fizemos todo o percurso do Wind Away River e me surpreendi em alguns momentos. Há algumas partes em que a profundidade chega a ser maior do que 2 metros. Mesmo sabendo nadar, e estando lá pra relaxar, no meio do caminho peguei um daqueles tubos flutuantes, dai foi tudo muito tranquilo, exceto quando mudamos subitamente de uma área muito funda para uma muito rasa, pois sempre batíamos os pés nas pedras. Sempre que o percurso vai ficar mais fundo, há placas avisando, mas quando ele vai ficar mais raso não, então é quase que inevitável dar uma topada nas pedras. O Ricardo bateu tão fortemente em uma das vezes que um dos dedos dele ficou muito roxo e dolorido por dias. Aqui a melhor coisa é usar aquelas sapatilhas aquáticas. Não comprei uma porque no Walmart onde é mais barato não havia o meu número e no parque é bem caro mesmo.

No geral, o percurso é uma delicia e rende fotos lindíssimas para quem vai com uma câmera a prova da água, o que eu sugiro fortemente que todos façam!

A água da Dolphin Lagoon (onde ficam os golfinhos) e do The Grand Reef (onde nada-se com arraias, peixes e também se faz o Sea Venture) é bem gelada, ou seja, não é uma boa ideia sair da água quentinha e ir direto pra lá! O ideal é fazer o contrário.
Nós fizemos a parte quentinha pela manhã porque estava um pouco frio, mas à tarde esquentou e fomos para a água fria! Isso é outubro!
Entre um e outro curtirmos um pouco as espreguiçadeiras e comemos alguns snacks que incluem bebidas e batatinha à vontade.

Depois de relaxar um pouco fomos para a área onde realizaríamos o Sea Venture, pois já era hora. Sugiro que levem um relógio a prova d’água, pois não há relógios pelo parque e fica difícil saber que horas são, e horário é algo importante por aqui!

Relatarei a nossa experiência no Sea Venture em breve!

Um grande abraço,

Jessica

 


 
Res: 8# A saga dos portões

 mensagem postada em 15/01/2015 - 19:01:20hs
 
 

Mell,
Também vou fazer conexão em GRU, saindo de GIG. É tranquilo o trajeto entre os terminais 2 e 3 ? Quanto tempo mais ou menos?
Carlos Eduardo
(mensagem de Carlos Eduardo FO)


Olá Carlos,

Não tem segredo o aeroporto de GRU é praticamente um corredor e quanto aos terminais você não se perde só são meio longinhos mas é só uma direção. Só fique atento às mudanças de última hora dos números e dos portões. Mas sempre que tiver dúvida pergunte para o pessoal que eles tem informam.

 


 
ORLANDO 2014 com 14 - parte 3 Island of Adventure

 mensagem postada em 16/01/2015 - 09:01:59hs
 
 

Estou de volta, demoro um pouco pois tenho que editar os videos da viagem e dá um pouco de trabalho.

Nesse dia fomos em direção ao complexo da Universal mas precisamente ao Island of Adventure, um dos nossos parques prediletos.

Começamos logo de cara na montanha russa do Hulk pra acordar e depois seguimos nas outras atrações como o Homem aranha, correnteza do Popeye onde nos molhamos todos mesmo usando capa, aproveitamos que estávamos molhados e seguimos no Jurassic Park, mas algumas atraçoes e finalmente chegamos a vila do Harry Potter onde gastamos a maior parte do tempo.
No fim da noite terminamos em Downtown Disney onde tínhamos reserva no T-Rex.

Não sou muito bom em relatos como os amigos aqui do fórum mas deixo aqui meu video, que ao meu ver, as imagens mostram mais desse dia inesquecível.

Video parte 3

 


 
 
Walt Disney World Resort tem o tamanho da cidade de São Francisco ou o dobro do tamanho de Manhattan.