Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
VTM X CC

 mensagem postada em 13/03/2013 - 16:03:38hs
 
 

gente, eu sei que o vtm tem isso de bloquear quando a gente usa pra pagar hotel, carro e tal. Mas nao compensa fazer 2 ou 3?
Porque tipo, uma reserva de hotel de 1000 reais, tem + 6% dá quase 60 reais só de iof.

 


 
Juliana Medina

 mensagem postada em 13/03/2013 - 17:03:21hs
 
 

Oi Juliana,

vc somente paga o Imposto sobre Operações Financeiras (alíquota de 0,35% ) quando se carrega o cartão VTM. Durante o uso não se paga IOF, mas o sales tax (no caso de Orlando, 6,5% sobre qualquer compra e seja qual for a forma de pagamento OK ?)

O Imposto que vc citou é somente sobre o uso de Cartões de Credito (e não VTM) mas em compensação a taxa do dólar é um pouco menor que o dolar turismo, o que acaba compensado um pouco esta diferença ...

Para o caso de Hoteis e aluguel de Automóveis, eles costumam bloquear uma quantia além do valor da locação para prevenir pagamento de extras, os quais são devolvidos quando do Check-out do hotel e devolução do carro.

SDS,

Roberval.

 


 
VTM - cuidados....

 mensagem postada em 13/03/2013 - 19:03:18hs
 
 

Pessoal, o VTM é contra-indicado para pagamentos em hotéis, locadoras de veículos e qualquer serviço que retenha o calção de danos/garantias. Eu usei no hotel, sem saber como funcionava isso em 2008 e tive muita dificuldade para substituir a garantia por outro cartão de crédito. Na verdade percebi que não conhecem muito esse tipo de cartão pré-pago por lá... Para eles cartão é cartão, mandam ver e colocam o cartão no sistema que automaticamente retém a garantia. Quem deveria bloquear essa transação é o sistema VTM, que não o faz, assim como a senha informada na compra do VTM não vale nada, pois não é solicitada nos EUA, passou o cartão pronto, está debitado.
Outra coisa que precisam tomar cuidado é que como não é um cartão nominal, ou seja, não tem seu nome gravado no cartão, já presenciei um colega não conseguir comprar na loja da Apple que alega que por segurança, não realiza transações com cartões sem nome gravado, pois não pode confrontar o passaporte com o cartão sem nome.
RESUMINDO: se for precisar dos dólares carregados no cartão VTM durante sua viagem vigente, não use esse meio de pagamento nas situações acima.

|Grupo7|

 


 
João Augusto - VTM

 mensagem postada em 13/03/2013 - 21:03:21hs
 
 

Olá João,

O bloqueio (garantia) não ocorre somente no VTM, ele é feito de rotina em cartões de crédito comuns e nesse caso não é problema pois bloqueia e após sair do hotel libera o limite do cartão bloqueado em até 15 dias. No cartão de crédito comum é bloqueado do seu limite de gastos e não é cobrado se você não ficar devendo nada no hotel. Já quando apresenta o VTM o processo será o mesmo, porém serão descontados dos seus dólares inseridos no cartão e só serão disponibilizados novamente em até 15 dias após sua saída do hotel.
Os valores bloqueados variam, de acordo com as políticas de cada hotel, já vi bloqueios equivalentes à metade do valor da estadia, bloqueios de 10 a 20% da estadia toda, assim como bloqueios em valores fixos, por exemplo USD 50,00 por dia de estadia.

Abçs

|Grupo7|

 


 
Claudio H.f.

 mensagem postada em 14/03/2013 - 13:03:41hs
 
 

Cláudio,

muito embora na legislação que consta para entrada de bens e valores nos EUA, esteja escrito "We are carryng currency or monetary instruments over 10.000 or foreign equivalent" pergunta numero 13 do formulário azul (6059B) ", LINK http://www.immihelp.com/immigration/sample-us-customs-declaration-form-6059b.pdf
a pergunta não é bem clara sobre o limite de cartões (crédito e débito) já que o que está disponível no VTM é um limite pré-pago que não necessariamente deverá ser gasto nos EUA, podendo inclusive você voltar com saldo e destrocar o valor para reais no Brasil. Na pergunta eles falam até sobre travellers check mas não sobre cartões de credito e débito !!

Então o meu entendimento é de que limites de cartão, a princípio, não entram no limite de dez mil dólares para entrada sem declaração nos EUA !!
Entenda que não é proibido entrar com quantia superior a este valor, devendo apenas a pessoa ou família que esteja ingressando com quantia maior que 10 mil dólares, declarar tal fato na CBP (Customs and Border Protection) que anotará em seus cadastros,preenchendo a declaração Fincen 105).
Não se paga nenhum imposto sobre isso !!

SDS,

Roberval.

 


 
Cartão de Débito Internacional x Cartão Pré-Pago Internacional

 mensagem postada em 14/03/2013 - 13:03:39hs
 
 

Caros,

Gostaria de saber as reais diferenças entre o uso de um cartão de débito (desbloqueado para uso internacional) e um cartão pré-pago.

Pelo o que eu imaginava a grande diferença seria a cotação do dólar, pois no cartão de débito seria cobrado a cotação do dia e no pré-pago a cotação do dia da recarga. Ouvi dizer que o IOF do cartão de débito é um pouco mais alto, na faixa de 0,68% contra 0,38% do Pré-Pago. Isso procede?

O cartão de débito tem alguma vantagem com realação ao cartão pré-pago?


Uma última dúvida, o GTC vem com o nosso nome? Pelo que li, existem realatos de pessoas que não efetuaram suas compras pois o cartão pré-pago não possuia o seu respectivo nome.

Obrigado.

 


 
Felipe Quintas

 mensagem postada em 14/03/2013 - 15:03:33hs
 
 

Olá Felipe,


para responder a essas e outras dúvidas e perguntas acerca do uso dos diversos tipos de cartão (Crédito, Débito, VTM, e outros) no exterior, te recomendo a leitura de uma matéria muito bem escrita pela Sra. Greicy Pantoja (Dicas da Gree) na home page deste site, ou se preferir, siga o LINK: http://www.viajandoparaorlando.com/colunas/coluna_exibir.php?id=96

Forte abraço,

Roberval Taylor.

 


 
Roberval Taylor

 mensagem postada em 14/03/2013 - 15:03:08hs
 
 

Oi Roberval,

Realmente o texto é muito bom, mas não encontrei no mesmo um relato sobre um cartão de débito, no meu caso do banco Itau. Entendi as reais diferenças entre um cartão de crédito e um cartão pré-pago. Mas e um cartão de debito, qual o IOF cobrado? Pois ele não é crédito nem é um cartão com dólares "carregados".

Masmuito obrigado pela ajuda.

 


 
Felipe Quintas Conde

 mensagem postada em 14/03/2013 - 16:03:22hs
 
 

O cartão de débito tem a mesma taxa de iof dos pré-carregados, 0,38%, vc só precisa verificar o limite diário tanto no saque como no consumo. Outro ponto é ficar atento no momento do pagamento, alguns cartões aceitam a mesma função de crédito e no momento pode ocorrer uma confusão e jogar no crédito a compra.

 


 
Ourocard Travel Money

 mensagem postada em 20/03/2013 - 20:03:02hs
 
 

Gente, hj fui ao BB saber melhor sobre o cartao e no final das contas achei mto bom. Recebo cartoes reservas e pra carregra paga 40 reais, o saque eh 2,50 dolares. O dolar hj msm no cartao sairia 2,03 + iof + 40 reais.

Queria saber se alguem sabe se paga alguma mensalidade nele ou nao. Obrigada!!

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.