Planejamento - Dinheiro, Cartão, Travel Check e Cartão Pré-Pago Internacional

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que os usuários possam trocar informações e sanar dúvidas sobre a utilização de dinheiro, cartão de crédito, travel check e VTM, mas não para a divulgação de produtos ou cotação de preços.
Quanto ao cartão pré-pago internacional, tendo em vista a proibição da citação de empresas ("3.1") bem como reclamações ("3.3"), antes de adquirir tal produto não deixe de verificar os comentários postados pelos internautas no site Reclame Aqui - link.
Não é permitida a citação de empresas de câmbio no presente tópico em obediência ao nosso regulamento (3.1).
Para informações a respeito da cotação do dólar valham-se de outros veículos de informação como UOL, Terra, ou qualquer outro de sua preferência. Evitando utilizar o presente tópico apenas para tal finalidade.
Destaco ainda que o nosso fórum não se presta para qualquer discussão relacionada a política econômica, partidos políticos e assuntos análogos.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: Dolár - Expectativa

 mensagem postada em 02/08/2013 - 15:08:43hs
 
 

Eu vou aproveitar e comprar um pouco agora, porque tb acredito que nao vai ficar muito mais barato que isso não. Não quero arriscar e ter que pagar mais que 2,30.
Vou logo comprar pelo menos a metade do que quero levar.
Obrigada pelas dicas!




Oi gente...
Meu marido é operador de câmbio (há 30 anos) e trabalha em corretora de câmbio (mais ligada a dólar comercial) e ele diz que a expectativa é que o dólar suba mesmo. Pode haver eventuais quedas qdo o BACEN vende dólar, mas rapidamente o dólar volta a subir rapidamente. Ontem mesmo o BACEN vendeu e não mudou em nada.

As empresas tem muitas contas de importações à pagar e estão esperando a queda do dólar. Entretanto, qdo elas não tiverem mais como "segurar" os pagamentos, terão que comprar dólares e aí a tendência é o dólar subir ainda mais.

Ele acredita na chegada aos R$ 3,00, mas acha que isso vai acontecer à longo prazo, mais perto das eleições do ano que vem.

Vale lembrar que essas são as expectativas dos financeiros e profissionais da área. Mas certeza, não dá pra ter!

Vamos que vamos... (mensagem de Daniela Goes)

 


 
Advertência!

 mensagem postada em 02/08/2013 - 14:08:45hs
 
 

Olá amigos,

Peço encarecidamente que não citem nomes de casas de câmbio, nem tampouco de empresas de turismo que também atuem em tal segmento, em atenção a regra "3.1".

Um forte abraço a todos,
Luiz Carlos ºoº

 


 
Travel Check

 mensagem postada em 02/08/2013 - 14:08:50hs
 
 

Olha só, fui para Miami e no Sawgrass sem problemas em todas as lojas, fui para Orlando e do mesmo modo, desde as praças de alimentação na Turnpike até no T-Rex pagando por um jantar.
No início eles acham um pouco estranho a forma de pagamento pois estão acostumados (mal) com os cartões de credito, digo isso pois eles não se preocupam de forma alguma com a segurança dos proprietarios, não pedem documentos para comprovar que o cartão é seu e por ai vai.
No caso do travel eles são obrigados a solicitar o passaporte, dai a maior margem de segurança para o proprietario, comprei na Ross, Walmart, TG friday, abercrombie, nike, levei mais travel que dinheiro e não levei o cartão.
Todas as lojas lhe fornecem o troco, usa-se primeiro os travel de maior valor, os de U$ 100,00 e depois os de U$ 50,00, assim voce fica rapidamente com dinheiro na mao.
Precisando trocar travel por dinheiro é só fazer qualquer compra com eles, ou então pode ir em qualquer casa de cambio, lembre que não há taxas para uso dos travel em nada, é como se fosse dinheiro mesmo.
Espero poder ter lhe ajudado, não me arrependi em nada em usar os travel.


Paulo,

Você escreveu tudo que eu precisava! Consegui comprar travels bem mais baratos com um tio e queria levar a maioria do dinheiro dessa forma.
Para qual local você foi?

Eu li que podemos trocar os travels por dinheiro em alguns locais, principalmente os da AMERICAN EXPRESS. Só fiquei na dúvida se a taxa vale a pena e a gente não perde muito.

Obrigada!

Pessoal, bom dia!

Não sei se vale como dica, mas em abril/maio deste ano levei muitos travel check nos valores de u$ 50 e U$ 100 e não tive problema algum para adquirir produtos e serviços por lá, inclusive com troco.
Para aquisição dos travel o dolar tem taxa diferenciada, é mais seguro que o cartão de debito, não há possibilidade de clonagem como varias vezes acontece nos estados unidos.
Lembrem-se que cartão nos Estados Unidos dificilmente se usa senhas para debitos.

abraços (mensagem de Paulo H C Araujo)
(mensagem de discoverycarol)

 


 
Res: Res: Res: Res: Res: Res: Res: Dólar vira e opera em queda ante o real, após ação do BC

 mensagem postada em 02/08/2013 - 13:08:56hs
 
 

Meu marido pensa a mesma coisa. Estamos juntando tudo que podemos e vamos trocar de uma vez só. Nossa viagem é no início de setembro. É um risco! (mensagem de Rosa Maria)

Olha, não está uma Brastemp, mas caiu cerca de 6 centavos em relação a ontem... resolvi desembolsar mais 40 reais de taxa, e troquei mais um pouco de dólares, cotação a 2,34, mais IOF e tarifa. VET: R$ 2,55... agora o restante só na véspera da viagem, já que dependo de receber uma graninha extra no trabalho, além do 1/3 de férias.

 


 
Dólar vira e opera em queda ante o real, após ação do BC

 mensagem postada em 02/08/2013 - 12:08:55hs
 
 

Com o mercado reagindo ao dados de emprego nos Estados Unidos e à atuação do Banco Central brasileiro, indicando volatilidade neste início dos negócios, o dólar virou e passou a operar em queda.

Perto das 11h35, o dólar tinha queda de 0,44%, a R$ 2,2917 na venda, após ter aberto com forte alta e chegando à máxima de R$ 2,3140, valorização de quase 0,50%. Veja a cotação

"O dólar abriu muito pressionado. Em um curto espaço de tempo, a moeda chegou a oscilar quase 1%", afirmou o superintendente de câmbio da Advanced Corretora, Reginaldo Siaca.

O dólar fechou em alta ante o real nesta quinta-feira (1) pelo quinto pregão consecutivo, encerrando no patamar de R$ 2,30 pela primeira vez em mais de quatro anos, acelerando a alta perto do fechamento, em linha com o cenário externo. O dólar avançou 0,85%, a R$ 2,3019 na venda, no maior patamar desde 31 de março de 2009, no auge da crise financeira internacional, quando a moeda encerrou cotada a R$ 2,318.

O mercado de câmbio abriu pressionado sob a expectativa dos resultados de emprego nos Estados Unidos, que acabaram mostrando desaceleração no ritmo de contratações em julho. Mas a taxa de desemprego do país caiu mesmo assim, com indicações mistas que podem tornar o Federal Reserve, banco central do país, mais cauteloso quanto a reduzir seu forte programa de estímulo econômico.

Logo após essa divulgação, o dólar passou a cair, batento a mínima de 2,2867 reais na venda, seguindo também o movimento no exterior, com os investidores especulando que o Fed poderia demorar mais tempo para reduzir seu programa de compra de ativos.

Em seguida, o movimento de queda perdeu força e o dólar passou a operar praticamente estável ante o real, momento em que o BC anunciou que faria um leilão de swap cambial tradicional --equivalente à venda de dólares no mercado futuro-- nesta manhã.

Mesmo assim, a divisa norte-americana não cedeu e permanecia no patamar de R$ 2,30 que, na avaliação de muitos especialistas, deixa a autoridade monetária desconfortável por ser inflacionária.

Na quinta-feira, a moeda norte-americana fechou acima de R$ 2,30 pela primeira vez em mais de quatro anos, redobrando os temores de pressão inflacionária no país.

Fonte: G1

 


 
Res: Travel Check

 mensagem postada em 02/08/2013 - 09:08:07hs
 
 

Paulo,

Você escreveu tudo que eu precisava! Consegui comprar travels bem mais baratos com um tio e queria levar a maioria do dinheiro dessa forma.
Para qual local você foi?

Eu li que podemos trocar os travels por dinheiro em alguns locais, principalmente os da AMERICAN EXPRESS. Só fiquei na dúvida se a taxa vale a pena e a gente não perde muito.

Obrigada!

Pessoal, bom dia!

Não sei se vale como dica, mas em abril/maio deste ano levei muitos travel check nos valores de u$ 50 e U$ 100 e não tive problema algum para adquirir produtos e serviços por lá, inclusive com troco.
Para aquisição dos travel o dolar tem taxa diferenciada, é mais seguro que o cartão de debito, não há possibilidade de clonagem como varias vezes acontece nos estados unidos.
Lembrem-se que cartão nos Estados Unidos dificilmente se usa senhas para debitos.

abraços (mensagem de Paulo H C Araujo)

 


 
Estrategia

 mensagem postada em 02/08/2013 - 09:08:53hs
 
 

Galera, to vendo ai os comentarios sobre o sofrimento da alta do dolar e vou deixar minha dica sobre isso. Pra quem nao comprou nada ainda e vai viajar em data proxima, faça umas contas de quanto acha que precisaria pra cobrir os custos da viagem e aplique em fundo cambial indexado no dolar. Só assim vc equilibra as contas, se o dolar subir esse dinheiro valorizará e vc nao sofre depois pra pagar as contas, se cair, sua viagem ficara mais barata e assim vc tem duas opções ou desaplica ou espera pra se voltar a aumentar vc tira.
Enfim resolvi fazer isso, acabou meu stress kkkkkkkk
Agora nao sei pra que lado eu torço rsss
abs
e Boa viagem a todos

 


 
Res: Dólar - 02/08/13

 mensagem postada em 02/08/2013 - 09:08:10hs
 
 

Sou da mesma opinião da Marina, já comprei a viagem, já paguei TUDO. Só me resta comprar um pouco menos da metade do que irei levar.

Fiz o que eu li aqui no fórum há uns tempos atrás, bem no começo da alta do dólar:

Comprei aos poucos. No cartão VTM fui fazendo pequenas recargas semanais.

Quando via que o dólar estava bom, ia lá e comprava uma quantia maior em espécie. E assim foi. Tenho uma boa quantia agora e não me sinto tão prejudicada.

Meu marido se ferrou. Deixou para comprar tudo agora e está arrancando os cabelos. Mas tb não é nada que vá nos tirar o bom humor e nem o entusiasmo com nossa tão esperada viagem.

Mas que é de atormentar, isso é. Acabei de olhar: DÓLAR COMERCIAL R$2,31.

oUCH! (mensagem de Patrícia Parra)




Eu to no mesmo barco que o seu marido.... até o dia 25 de agosto ainda tenho fé....

 


 
Travel Check

 mensagem postada em 02/08/2013 - 09:08:51hs
 
 

Pessoal, bom dia!

Não sei se vale como dica, mas em abril/maio deste ano levei muitos travel check nos valores de u$ 50 e U$ 100 e não tive problema algum para adquirir produtos e serviços por lá, inclusive com troco.
Para aquisição dos travel o dolar tem taxa diferenciada, é mais seguro que o cartão de debito, não há possibilidade de clonagem como varias vezes acontece nos estados unidos.
Lembrem-se que cartão nos Estados Unidos dificilmente se usa senhas para debitos.

abraços

 


 
Res: Saudades

 mensagem postada em 02/08/2013 - 09:08:55hs
 
 

Que saudades do dólar turismo a 2,30. Esse dólar só sobe, sobe, sobe. Pior que eu deixei de comprar quando estava 1,85. Depois, deixei de comprar quando estava 2,05. Já nem sei mais o que fazer!!! (mensagem de Marcelo Werneck)

Eu dei uma sorte danada, quando comprei estava esse valor ....

 


 
 
Ao longo de toda a extensão do Magic Kingdom existem túneis denominados de "Utilidors" localizados abaixo do parque que servem para que os funcionários - "membros do elenco" - da Disney se locomovam rapidamente sem serem notados pelo público. Na realidade tais túneis não foram construídos debaixo da terra, mas sim na superfície. Contudo, pelo fato do Magic Kingdom ter sido edificado sobre eles se tem a nítida impressão de que são subterrâneos.