Orlando Tickets Online
 

Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Sabrina Guerreiro
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 20/08/2010
 
 
Res: Viajando sozinha
postado por: Sabrina Guerreiro

 mensagem postada em 06/01/2015 - 19:01:47hs
 

Olá Nayara!

Fui pra NY e Orlando sozinha no fim de outubro e inicio de novembro de 2013, e te digo que a viagem foi maravilhosa.
Gosto bastante de viajar sozinha, e comecei assim como vc, pela dificuldade de arrumar alguem pra ir junto.
Na minha opinião viajar sozinha tem mais vantagens que desvantagens. Vc chega e sai quando quer, vai apenas no que te interessa, fica mais aberta a conhecer outras pessoas. Ao meu ver as desvantagens são o custo não dividido, não ter com quem comentar as coisas (contorna-se isso puxando assunto com alguem ou escrevendo diário de viajem) e para tirar fotos suas que não selfies (contorna-se com os pacotes de foto dos parques).

Acho imprescindível alugar carro pela facilidade de locomoção, como estará sozinha bastará um econômico. Hospedagem não muda pq lá cobram por quarto e não por numero de pessoas .
Comida peça kids menu ou apenas as entradas, pq lá é muito bem servido e sobra muita comida. No Olive Garden fazem meia-porção.
Se vc puder escolher, setembro costuma ser um mês mais vazio e menos quente que agosto, pelo que venho lendo.

Busca nas minhas mensagens os meus relatos pois dei dicas para viajantes sozinhos. O Almir tb foi sozinho na mesma época que eu e fez relatos excelentes.
E se precisar de mais alguma coisa, é só perguntar.

Bj

Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Epcot (06/11 - Quinta) PARTE 1
postado por: Malena

 mensagem postada em 07/01/2015 - 08:01:13hs
 

4º dia de viagem

Hoje era dia de Epcot e eu já sabia que esse é o parque que mais causa discussão, pois as opiniões são bem opostas uns amam outros não gostam.
Então não criei muita expectativa com esse parque e como ele fecha tarde, resolvemos ir um pouco mais tarde, mas o mais tarde pra mim foi que chegamos no parque umas 11h30 da manhã e não na hora da abertura.

Ah nesse dia antes do parque passamos no Walmart pra trocar um produto que comprei errado pois eu queria shampoo e acabei levando condicionador e também comprar o famosíssimo Aussie 3 minutes miracle, pois todas as vezes que fomos no Walmart a tarde/noite não tinha nada desse produto, mas foi só ir pela manhã que achamos uma prateleira cheinha deles, portanto mulheres anotem essa dica: vá ao Walmart de manhã, você encontra muito mais opções de cosméticos.
Eu adorei como é fácil realizar trocar no EUA, eu com medo por causa do meu inglês ruim, mas a atendente me entendeu e eu entendi ela sem nenhum problema, peguei o produto certo voltei lá e mesmo sendo outra atendente conseguimos nos entender e voltei com o produto certo, fiquei tão feliz com isso.

Voltando ao Epcot, chegamos ao parque e fomos tirar a tradicional foto da bola, era a ultima semana do Festival Wine and Vine acho que por isso o parque estava meio cheio. Pegamos o mapa e caminhamos em direção ao Mission Space que já estava na hora do nosso fastpass. Ficamos meio perdidos nesse parque, mesmo com o mapa foi um custo achar o Mission Space, na verdade a intenção era ir em outra atração antes dele mas ficamos rodando tanto que acabou dando a hora do nosso fastpass. rsrs
Como fico tonta com facilidade, fomos no verde. Também sou um pouco claustrofóbica então quando fecharam aquela porta que me senti numa cápsula apertadinha fiquei com medo de passar mal. Mas até que nessa questão foi bem tranquilo, só não gostei muito da atração achei um pouco sem graça, até o marido que adora coisas do espaço achou sem graça também.

Dali fomos para o Test track, a fila estava bem grande coisa de 50min., então decidimos ir de Single rider, e aproveitamos muito essa opção em vários parques e em quase todos os brinquedos que fomos de Single Rider acabávamos indo junto no mesmo carrinho. E que maravilha em menos de 10 min. já estávamos entrando no carrinho. Na fila montamos nosso carro e na corrida o meu foi o pior, só era bonitinho. Kkkk





Adoramos a atração, a parte final que o carro corre é demais, mais uma vez quem tem cabelo grande prenda-o. E no final você sai e encontra vários carros como se fosse o “salão dos automóveis” e você pode entrar dentro deles, mexer etc. O marido que é apaixonado por carros nem ficou encantado né?!
Tiramos mil e uma fotos alí dentro. Ah por falar em fotos acho que o Epcot foi o parque que mais tiramos fotos, que parque lindo e bem cuidado, paisagens belíssimas que renderam belas fotos.






Tinha fila pra tirar foto com esse Camaro e antes da entrada tinha um terminal onde você colocava seu endereço de e-mail, e na hora que ia para o carro, tinha uma câmera com um monitor onde contava os segundos e batia a sua foto, acho que a intenção era mandar a foto para o seu e-mail, porém nossa foto não chegou até hoje. =(

Já deu o horário do nosso fastpass para o Soarin e lá fomos nós. Mais uma vez ficamos perdido pra achar essa atração, pois ela fica dentro de um local fechado como se fosse um mini shopping e até descobrimos isso ficamos rodando pelo lado de fora. Rsrs
O que dizer dessa atração... eu amei, amei. Entrou pra minha lista de atrações favoritas da Disney, é lindo, uma delícia o voo e aquele cheirinho de laranja que gostoso. Poxa, até me bateu uma vontade enorme de estar nessa atração agora.
Depois fomos na atração do Nemo, e que lindos os aquários que tem na saída dessa atração.







CONTINUA...

Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Epcot (06/11 - Quinta) PARTE 2
postado por: Malena

 mensagem postada em 07/01/2015 - 09:01:59hs
 

Passamos na lojinha da coca-cola para provar as bebidas dos países a a maioria era horrível, gosto de remédio, só gostei da Grécia (Fanta de abacaxi) muito gostosa e o nosso Kuat.
Já deu a hora do nosso ultimo fastpass Character Spot, ou melhor, fotos com Mickey, Minnie e Pateta. O cenário é incrível o que rende fotos lindas, adorei o pateta muito divertido... A Minnie fofa demais... E o Mickey... não preciso nem dizer nada sobre meu ratinho tão amado né?!
Acho que aqui a magia Disney já começou a contagiar meu marido também, pois ele quase não queria tirar foto com os personagens, alguns ele tirou mas porque foi eu que chamei, porém quando ele viu o pateta todo brincalhão, deu a câmera para a cast member e correu pra foto fazendo pose e tudo, foi o único que ele foi por conta própria para a foto. rsrs






Amigaaaa.. quanto tempo! rsrs









Fomos andando até a Spaceship Earth apreciando a paisagem e tirando mais milhões de fotos. Encontrei mais uma amiga do grupo que formamos no whats a fofa da Michele que me viu e me reconheceu. Gostei da atração que tem dentro Spaceship Earth, parece antiga porém muito bem feita e muito legal o videozinho que você faz do seu futuro.









Entramos naquela loja que vende obras de arte da Disney, não lembro o nome. Gente nesse momento eu queria ter bastante dinheiro pra poder comprar todas aquelas belezuras. Cada coisa linda, você se encanta.











Dali entramos no Innovetions onde tem vários brinquedos eletrônicos mas fomos apenas no Sum of all Thrills, onde você primeiro desenha uma montanha-russa, coloca a altura das descidas e subidas, cria os loops e etc, e depois vai em um braço mecânico simulador que faz todos os movimentos que você desenhou, muito legal e achei super criativo essa idéia.

CONTINUA...

Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Epcot (06/11 - Quinta) PARTE 3
postado por: Malena

 mensagem postada em 07/01/2015 - 09:01:58hs
 

Terminamos as principais atrações do Future World e então fomos explorar os países, eis que a louca dos personagens ataca novamente, perdemos bastante tempo na fila pra tirar foto com a Aurora na França, a Mulan na China e o Pato Donald no México e sem contar alguns outros que entrei na fila, mas o personagem saiu e desisti de ficar esperando.







Achamos a “barraca” do Brasil no festival, então pedimos pão de queijo e cocada que estavam uma delícia por sinal.





Chegamos no parque tarde, ficamos perdidos no começo, parque meio cheio, fila pra personagens... tudo isso contribuiu para que não conseguíssemos explorar muito bem os países, passamos por todos meio por cima, do tipo vimos apenas o que estava em volta, não assistimos nenhum vídeo de nenhum pais nem entramos nas lojinhas, mas fica como mais um motivo pra voltar.









Faltava um pouco para o Illumination, então corremos até o Soarin para ir de novo nele (já disse que amei essa atração né?!rs). Acho que eu poderia ficar ali voando o dia todo que não ia enjoar.
Voltamos para a área do países procurar um lugar para ver o show de fogos, tava tudo bem cheio e foi um pouco difícil achar um lugar, nem lembro em que país paramos acho que foi entre a China e a Alemanha, encontramos um espacinho na grade e ficamos ali.
Ah o show é lindo, afinal o que não é lindo na Disney?! Mas o mais legal é que eu não tinha visto nenhum vídeo desse show o que se tornou uma adorável surpresa pois não sabia de nada que iria acontecer, adoramos. E assim termina mais um dia, sensação de dever comprido, mais um sonho realizado.





E agora minha opinião sobre esse parque tão contraditório: EU ADOREI. Iria nele novamente com certeza, embora não tenha muitas atrações achei um dos parques mais lindos de Orlando, paisagens estonteante, tudo muito bem cuidado, cada detalhezinho dos países são incríveis. Realmente esse foi o parque que mais me surpreendeu.

Próximo relato: Visitando a Shamu no Sea World e o sensacional jogo do Orlando Magic.

Elena Bessa
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 02/10/2011
 
 
Dia 12 - Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala
postado por: Elena Bessa

 mensagem postada em 07/01/2015 - 09:01:14hs
 

Dia 12 - 19.09.2014 - sexta-feira
Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala



E, finalmente, chegou o inesperado dia. O último dia em Orlando!
Mass, é claro que não passaríamos o dia em branco: ele estava inteiro reservado para fazer compras. Como nós só tivemos dois dias inteiros para compras nessa viagem, precisávamos aproveitar!
Então, acordamos cedo, tomamos café no hotel (já com saudades dos waffles com a cara do Mickey!) E fomos para a parada de ônibus.

Apesar da necessidade de pegar 2 ônibus Lynx até o Florida Mall, não foi difícil nem demorado chegar lá. Eu, para prevenir, tinha me acostumado a me locomover por Orlando olhando a rota dos ônibus pelo celular, para não me perder. E também importunava o motorista com perguntas!

Ainda assim, descemos uma ou duas paradas antes da correta. Mas tudo bem.

O meu plano de compras para o dia era explorar os arredores do shopping - há muitas lojas boas por ali, algumas inclusive que eu estava mais ansiosa para visitar que o shopping propriamente dito. Uma delas é a Ulta: a melhor, mais magnífica, mais maravilhosa loja de cosméticos! Parece que essa belezinha junta tudo quanto é marca que vende em farmácias ou salões. E é claro que eu fiz a festa lá - e felizmente, levei uma mochila, onde pude tacar meus produtos para cabelos cacheados recém-adquiridos e assim não precisar andar de sacola pelo meio da rua.

Em seguida, fomos na Burlington: outra loja MARAVILHOSA e imperdível para mulheres. Ela é imensa e vende várias roupas, mas o que me interessa mesmo naquela loja são as bolsas - eu fiquei naquela loja em 10 minutos e escolhi três modelos lindos e baratos.

O motivo da pressa nessa loja foi que o Romulo não estava se sentindo muito bem - levantou da cama meio doente no último dia da viagem. Apesar disso, ele não quis que isso atrapalhasse o dia, então continuamos passeando.

Depois, fomos na Best Buy, para a alegria do namorado, que comprou jogos e controles. E, por fim, na Toys R Us, uma loja de brinquedos grande onde eu fui ver encomendas para o irmão.

Depois de tanta andança e tantas compras pelos arredores, chegamos no Florida Mall meio cansados... Acabamos não aproveitando tanto o shopping, pelo menos não tanto como aproveitamos as lojas de departamento do lado de fora.

Fomos inicialmente na Hot Topic, minha loja preferida! Ela é uma loja bem nerd, onde vende várias coisas temáticas de seriados e filmes, incluindo roupas, bolsas, bjuterias, camisetas... Mas a verdade é que eu já tinha comprado tantas coisas dessa loja pela internet e mandado entregar no hotel que saí de lá com apenas um vestido.

Passamos na Disney Store, que eu achei com pouca variedade (as lojas dos parques são melhores!), mas, ainda assim, foi bom uma visitinha para nos despedirmos da Disney... E também fomos na The Body Shop, acho que a única loja que eu não tinha programado para visitar onde eu comprei algumas coisinhas - um kit de cremes e óleos para o corpo. As atendentes dessa loja chegam a ser fofas de tão simpáticas (e eu adorei os hidratantes!)

Saímos do Mall no fim da tarde, cheios de sacolas, e pegamos um táxi para o hotel.
Como o nosso voo saía só no dia seguinte, 4h da manhã, a gente tinha ainda bastante tempo para arrumar as malas e descansar. Enquanto o Romulo, meio doentinho, foi dormir um pouco, eu resolvi encarar as malas.

E foi aí que começou meu desespero.

Explicando: na saída do Brasil, eu usei aquele esquema de levar uma mala dentro da outra. A consequência disso é que umas das malas que eu havia levado era bem pequena, o que eu não achava que ia ser um problema, afinal, a outra mala era bem grande e eu não achava que ia comprar tantas coisas assim...

Ledo engano.

É claro que, assim que eu comecei a arrumar minhas coisas, percebi que não ia caber tudo nas minhas 2 malas e eu precisava de outra maior.

Acordei o Romulo, que riu da minha cara, mandei uma mensagem de texto para a minha mãe no Brasil explicando, que soltou um "bem que eu te avisei". Fomos na recepção do hotel pedir um táxi e lá fomos nós para o WalMart comprar outra mala!

Bem, a vantagem disso tudo foi nos dar uma desculpa para ir uma segunda vez passear no WalMart. Comprei a mala (a pequena teve que ser deixada no hotel, pois meu namorado também ia voltar com duas malas) e, ainda assim, quase que as minhas compras não cabem nas duas malas grandes!

Lição do dia? Melhor sobrar espaço na mala do que faltar! Nunca viajem com esse pensamento "ah, vou comprar pouca coisa, vou levar malas pequenas..." É cilada! :P

Acabamos combinando com o taxista que nos levou lá para nos levar ao aeroporto também. Voltamos ao hotel, dormimos um pouco e... De madrugada, aeroporto. Voltamos para casa com o coração aquecido e já com saudades. E eu, super feliz porque meu namorado, que até então desconhecia a magia Disney, havia gostado tanto de lá quanto eu.

Próximo relato: O fim...

Leandro G. Gomes
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 03/09/2013
 
 
Res: Um sonho possível – Epcot (06/11 - Quinta) PARTE 2
postado por: Leandro G. Gomes

 mensagem postada em 07/01/2015 - 09:01:22hs
 

Passamos na lojinha da coca-cola para provar as bebidas dos países a a maioria era horrível, gosto de remédio, só gostei da Grécia (Fanta de abacaxi) muito gostosa e o nosso Kuat.
Já deu a hora do nosso ultimo fastpass Character Spot, ou melhor, fotos com Mickey, Minnie e Pateta. O cenário é incrível o que rende fotos lindas, adorei o pateta muito divertido... A Minnie fofa demais... E o Mickey... não preciso nem dizer nada sobre meu ratinho tão amado né?!
Acho que aqui a magia Disney já começou a contagiar meu marido também, pois ele quase não queria tirar foto com os personagens, alguns ele tirou mas porque foi eu que chamei, porém quando ele viu o pateta todo brincalhão, deu a câmera para a cast member e correu pra foto fazendo pose e tudo, foi o único que ele foi por conta própria para a foto. rsrs






Amigaaaa.. quanto tempo! rsrs









Fomos andando até a Spaceship Earth apreciando a paisagem e tirando mais milhões de fotos. Encontrei mais uma amiga do grupo que formamos no whats a fofa da Michele que me viu e me reconheceu. Gostei da atração que tem dentro Spaceship Earth, parece antiga porém muito bem feita e muito legal o videozinho que você faz do seu futuro.









Entramos naquela loja que vende obras de arte da Disney, não lembro o nome. Gente nesse momento eu queria ter bastante dinheiro pra poder comprar todas aquelas belezuras. Cada coisa linda, você se encanta.











Dali entramos no Innovetions onde tem vários brinquedos eletrônicos mas fomos apenas no Sum of all Thrills, onde você primeiro desenha uma montanha-russa, coloca a altura das descidas e subidas, cria os loops e etc, e depois vai em um braço mecânico simulador que faz todos os movimentos que você desenhou, muito legal e achei super criativo essa idéia.

CONTINUA...
(mensagem de Malena)


Malena, o nome da loja é Art of Disney! Eu e minha esposa passamos quase 1 hora nessa loja em 2013 e no final só compramos uma estatua que tinha todos os personagens do filme da bela e a fera como se fosse entalhado em madeira! Essa loja deixa qualquer um diodo, pena que e malas de 32 Kg pra cada e meu pequeno salario não são suficiente pra ela! rsrsrs....

Pra ter ideia agora essa loja entra no meu roteiro de todas as viagens quando estamos fazendo o planejamento! kkkk

Leandro G. Gomes
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 03/09/2013
 
 
Res: Dia 12 - Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala
postado por: Leandro G. Gomes

 mensagem postada em 07/01/2015 - 10:01:16hs
 

Elena, sobre as malas aconteceu algo bem pior comigo e com minha esposa em outubro de 2013!

Nunca tinha levado dinheiro considerável pras compras quando viajei solteiro com meus pais nas viagens anteriores e minha esposa era a primeira vez e eu sempre voltava com 1 mala da maior, 1 media, as 2 com menos de 32Kg e uma pequena de mão com câmeras, Video Game e coisas que não despachamos na volta de Orlando..

Com isso e juntando o fato que no Brasil nunca usamos aquelas malas gigantes porque ficam vazias com 23Kg e acabam estragando, e agora moramos num apartamento pequeno, que que o esperto pensou?!?! Vamos usar a grande que já temos e comprar as outras novas todas medias e pequenas! Fomos nos la, compramos as malas e ficaram 1 grande, 2 medias e 3 pequenas..

No dia anterior a volta fomos pra universal e saímos de la 1 da manhã e ainda fomos comer num burguer king da vida se não me engano.. Chegamos no hotel tranquilos, vamos arrumar as malas, dormimos tarde mas amanhã só temos que sair do hotel as 11 e estar no aeroporto 12:30, podemos dormir até mais tarde tb!

Deu 4 horas da manhã e veio a conclusão, as coisas não cabem nas malas!! kkkk...

No outro dia as lojas só abriam as 10, pq queria mala de marca já que era extra e ia usar só pra voltar e vender aqui no Brasil, ai o esperto de novo, vamos comprar outra media, agente coloca uma pequena dentro e completa os espaços vazios com o que sobrou...

Resumo, claro que não ia dar!

No final terminamos de arrumar a mala no corredor do hotel quase meio dia, com ajuda das meus pais, meu irmão e cunhada! Ficaram cheias a mala grande, as 3 grandes, as 2 pequenas, enchemos as mochilas e bolsa da minha esposa de roupas e ainda levamos cada um uma sacola imensa com os ursinhos de pelúcia da minha esposa! Sorte que eram 16 pessoas voltando juntos e conseguimos passar a mala extra pra outra pessoa e não pagamos excessos! Saímos que nem doidos pro aeroporto, ainda tive que abastecer o carro que todo mundo tinha abastecido na hora que eu estava comprando outra mala! Chegamos no aeroporto 15 minutos atrasados pra devolver o carro e por sorte a pessoa quebrou o galho e não cobrou a diária extra pelo atraso!

Conclusão: Sempre mala gigante agora e tirar os bonecos da Hot Toys das caixas já que cada 1 ocupou uma mala pequena inteira sozinho e trouxemos 3!! kkkkk

Sandra Regina Maia
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 23/09/2014
 
 
Res: Dia 12 - Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala/ Duvida
postado por: Sandra Regina Maia

 mensagem postada em 07/01/2015 - 13:01:42hs
 


Oi Elena,

Vi q vc foi ao Florida Mall utilizando o transporte publico. Vc estava na international drive? Que onibus vc pegou para ir ao Florida Mall? Irei agora em fevereiro, ficarei na ID e quero economizar usando onibus, deixando taxi apenas pra quando nao tiver jeito.


Grata,
Sandra




Apesar da necessidade de pegar 2 ônibus Lynx até o Florida Mall, não foi difícil nem demorado chegar lá. Eu, para prevenir, tinha me acostumado a me locomover por Orlando olhando a rota dos ônibus pelo celular, para não me perder. E também importunava o motorista com perguntas!

Ainda assim, descemos uma ou duas paradas antes da correta. Mas tudo bem.

O meu plano de compras para o dia era explorar os arredores do shopping - há muitas lojas boas por ali, algumas inclusive que eu estava mais ansiosa para visitar que o shopping propriamente dito. Uma delas é a Ulta: a melhor, mais magnífica, mais maravilhosa loja de cosméticos! Parece que essa belezinha junta tudo quanto é marca que vende em farmácias ou salões. E é claro que eu fiz a festa lá - e felizmente, levei uma mochila, onde pude tacar meus produtos para cabelos cacheados recém-adquiridos e assim não precisar andar de sacola pelo meio da rua.

Em seguida, fomos na Burlington: outra loja MARAVILHOSA e imperdível para mulheres. Ela é imensa e vende várias roupas, mas o que me interessa mesmo naquela loja são as bolsas - eu fiquei naquela loja em 10 minutos e escolhi três modelos lindos e baratos.

O motivo da pressa nessa loja foi que o Romulo não estava se sentindo muito bem - levantou da cama meio doente no último dia da viagem. Apesar disso, ele não quis que isso atrapalhasse o dia, então continuamos passeando.

Depois, fomos na Best Buy, para a alegria do namorado, que comprou jogos e controles. E, por fim, na Toys R Us, uma loja de brinquedos grande onde eu fui ver encomendas para o irmão.

Depois de tanta andança e tantas compras pelos arredores, chegamos no Florida Mall meio cansados... Acabamos não aproveitando tanto o shopping, pelo menos não tanto como aproveitamos as lojas de departamento do lado de fora.

Fomos inicialmente na Hot Topic, minha loja preferida! Ela é uma loja bem nerd, onde vende várias coisas temáticas de seriados e filmes, incluindo roupas, bolsas, bjuterias, camisetas... Mas a verdade é que eu já tinha comprado tantas coisas dessa loja pela internet e mandado entregar no hotel que saí de lá com apenas um vestido.

Passamos na Disney Store, que eu achei com pouca variedade (as lojas dos parques são melhores!), mas, ainda assim, foi bom uma visitinha para nos despedirmos da Disney... E também fomos na The Body Shop, acho que a única loja que eu não tinha programado para visitar onde eu comprei algumas coisinhas - um kit de cremes e óleos para o corpo. As atendentes dessa loja chegam a ser fofas de tão simpáticas (e eu adorei os hidratantes!)

Saímos do Mall no fim da tarde, cheios de sacolas, e pegamos um táxi para o hotel.
Como o nosso voo saía só no dia seguinte, 4h da manhã, a gente tinha ainda bastante tempo para arrumar as malas e descansar. Enquanto o Romulo, meio doentinho, foi dormir um pouco, eu resolvi encarar as malas.

E foi aí que começou meu desespero.

Explicando: na saída do Brasil, eu usei aquele esquema de levar uma mala dentro da outra. A consequência disso é que umas das malas que eu havia levado era bem pequena, o que eu não achava que ia ser um problema, afinal, a outra mala era bem grande e eu não achava que ia comprar tantas coisas assim...

Ledo engano.

É claro que, assim que eu comecei a arrumar minhas coisas, percebi que não ia caber tudo nas minhas 2 malas e eu precisava de outra maior.

Acordei o Romulo, que riu da minha cara, mandei uma mensagem de texto para a minha mãe no Brasil explicando, que soltou um "bem que eu te avisei". Fomos na recepção do hotel pedir um táxi e lá fomos nós para o WalMart comprar outra mala!

Bem, a vantagem disso tudo foi nos dar uma desculpa para ir uma segunda vez passear no WalMart. Comprei a mala (a pequena teve que ser deixada no hotel, pois meu namorado também ia voltar com duas malas) e, ainda assim, quase que as minhas compras não cabem nas duas malas grandes!

Lição do dia? Melhor sobrar espaço na mala do que faltar! Nunca viajem com esse pensamento "ah, vou comprar pouca coisa, vou levar malas pequenas..." É cilada! :P

Acabamos combinando com o taxista que nos levou lá para nos levar ao aeroporto também. Voltamos ao hotel, dormimos um pouco e... De madrugada, aeroporto. Voltamos para casa com o coração aquecido e já com saudades. E eu, super feliz porque meu namorado, que até então desconhecia a magia Disney, havia gostado tanto de lá quanto eu.

Próximo relato: O fim...

(mensagem de Elena Bessa)


Elena Bessa
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 02/10/2011
 
 
Res: Dia 12 - Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala/ Duvida
postado por: Elena Bessa

 mensagem postada em 07/01/2015 - 14:01:51hs
 

Oi, Sandra!

Pro Florida Mall do hotel na ID onde eu estava tinham 2 jeitos de pegar: o ônibus 42, que vai direto; ou pegar o 8 até a loja Famous Footwear e de lá pegar o 37 até o Mall. É perfeitamente possível andar de ônibus por Orlando, só é necessária bastante pesquisa. Os ônibus possuem hora certa para passar nas paradas, então o bom é que dá para programar; o ruim é que às vezes eles passam com pouca frequência, como de hora em hora ou de meia em meia hora. Tem tudo no site oficial (golynx.com)
Qualquer dúvida só perguntar!

Sandra Regina Maia
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 23/09/2014
 
 
Res: Dia 12 - Florida Mall, arredores e o Perrengue da Mala/ Duvida
postado por: Sandra Regina Maia

 mensagem postada em 07/01/2015 - 15:01:30hs
 

Oi Elena,

Muito obrigada pela dica. Em 2014 usei o itrolley q roda pela ID e deu tudo certo. Bom saber que tambem existem opcoes para destinos fora da ID.

Sds
Sandra


Oi, Sandra!

Pro Florida Mall do hotel na ID onde eu estava tinham 2 jeitos de pegar: o ônibus 42, que vai direto; ou pegar o 8 até a loja Famous Footwear e de lá pegar o 37 até o Mall. É perfeitamente possível andar de ônibus por Orlando, só é necessária bastante pesquisa. Os ônibus possuem hora certa para passar nas paradas, então o bom é que dá para programar; o ruim é que às vezes eles passam com pouca frequência, como de hora em hora ou de meia em meia hora. Tem tudo no site oficial (golynx.com)
Qualquer dúvida só perguntar!
(mensagem de Elena Bessa)


 
Na atração Living with the Land, durante o passeio de barco você verá na cena da fazenda o número da casa - 82- na caixa de correio, uma referência ao ano que o Epcot foi inaugurado.