Orlando Tickets Online
 

Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
13/05/2014 – Busch Gardens
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 10:12:03hs
 

Dia de ir a Tampa, durante o planejamento da viagem tivemos duvidas com relação a esse parque. Ir ou não ir?
Visto que gostamos de montanhas russas resolvemos arriscar.

Na chegada já compramos o Seringueti Safari, queríamos muito interagir com as girafas.
Essa interação com as girafas é uma experiência maravilhosa, como elas são simpáticas e dóceis, amamos. O único porem, é que achei que o caminhão em que fomos estava muito cheio, era muita gente no mesmo metro quadrado, e a todo momento as pessoas precisavam se espremer pra que as outras pessoas pudessem chegar perto da girafa, e tirar fotos. No fim de nosso safari, cruzamos com um outro caminhão que ia saindo e estava muito mais vazio, talvez eles pudessem programar melhor, visto que os horários são agendados, poderiam distribuir melhor as pessoas pra que todos pudessem aproveitar melhor o passeio.






Sobre as rides fomos no Cheeta Hunt, Montu, kumba, Sheikra, num bate-bate, num showzinho do madagascar.
Esse parque também tem muitos animais pra observação e ficamos boa parte do dia ocupados com isso.


Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
13/05/2014 – Busch Gardens 2
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 10:12:16hs
 

Estava muito empolgada com a inauguração da Falcons Fury que estava agendada pra 01/05 e que por fim acabou sendo adiada, e se não me engano só abriu em Agosto. Fiquei decepcionada, queria muito mesmo ir nessa atração.




Esse parque estava cheio, haviam muitas excursões de escolas naquele dia.
Resumindo, esse não foi nosso parque favorito, achamos meio mal cuidado, mal organizado, não sei se há poucos funcionários, se eles não são satisfeitos com o trabalho deles ou se é padrão do parque, mas o tratamento aos visitantes fica muito aquém dos parques de Orlando. (E isso achei mais estranho, já havíamos ido no Sea World e no Discovery Cove que são do mesmo grupo e achamos excelentes parques, se são do mesmo grupo, na minha concepção o padrão deveria ser o mesmo) As montanhas russas são de fato, sensacionais, a Sheikra e a Cheeta Hunt, trazem sensações que nenhuma outra montanha russa traz, adrenalina pura, isso é inegável. Mas o parque como um todo não nos agradou. Se voltaríamos numa próxima viagem? Acho difícil, recomendar pra alguém? Só recomendaria pra quem é louco por montanhas russas, ou por animais (e pra essa segunda opção, só se for pra fazer as interações diferentes que o parque tem, e que são todas pagas a parte, porque pra observação apenas, EU acho que não vale a pena).
Sei que essa opinião minha pode gerar controvérsias aqui, mas gosto realmente é algo que não dá pra se discutir.
Saímos do parque e fomos abastecer o carro, e num Walmart ali perto, pra procurar o tal do Furby pra minha cunhada, esse Walmart foi uma experiência bem diferente dos Walmarts de Orlando, ali não havia turistas, apenas a população local, então foi mais fácil encontrar alguns produtos que em Orlando são muito disputados pelos turistas, e pudemos perceber que ali em Tampa, pelo menos na região daquele Walmart a população aparentava ser mais pobre, (pobre pra os padrões americanos). Foi interessante ver como um lugar tão próximo de Orlando é tão diferente.

O que aprendi nesse dia:

- Girafas não tem apenas a cara de simpática, elas são de fato muito agradáveis (será que os avestruzes tbm são tão agradáveis quanto a cara que tem?)
- Por mais que haja planejamento, e estudo dos Crowds Calendars, sempre se corre o risco de pegar um parque cheio. (Pelo visto excursões escolares são imprevisíveis)
- Não crie grandes expectativas para uma atração, principalmente se ela ainda vai estrear, se ela estiver fechada a frustração vai ser grande.
- Quanto mais longe de Orlando o Walmart for, melhor vai ser pra encontrar os produtos desejados.

Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
14/05/2014- Magic Kingdom Again
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:55hs
 

Como já havíamos visto o show de abertura, nesse dia não tínhamos pressa, e por isso fomos de ferry boat até o parque, é realmente muito lindo ver o parque se aproximando lentamente.
Nesse dia fiquei pensando na quantidade de moedas que o pessoal joga nas fontes, nos lagos, rios e etc, é muita moeda, tem uma aguinha tem moedinhas, principalmente nesse rio (lago? não sei) e no Its small world, pela quantidade de moedas acho que dava pra pagar uma nova viagem pra Disney, o que será que eles fazem com essas moedas? Pq uma hora ou outra acredito eu que precise tirar do fundo né? Enfim... (li essa semana aqui no VPO o que fazem com as moedas, na próxima vez que observa-las já sei o destino delas)




O incrível desse parque é que mesmo já tendo ido nele, a emoção é a mesma (será que todas as vezes é assim? Quem já foi mais vezes pode me dizer, por favor?) Andar pela Main Street é tão delicioso. Fomos cumprir o segundo objetivo da viagem que era tirar uma foto com a Margarida, que é uma fofa, e fizemos o lado da New Fantasyland, que nem havíamos passado no primeiro dia. Paramos na Taverna do Gaston, que coisa mais linda, tão real ao filme, entramos numa lojinha ali perto que só vendia coisas da Bela e a Fera, e claro que eu pirei, o que é aquilo gente, eu queria tudo, acabei ganhando uma camiseta linda da Bela do meu marido, e como boa criança que sou, já fui no banheiro e troquei a camiseta que eu estava por ela, e desfilei o resto do dia toda orgulhosa minha camiseta da Bela.








Sobre a Seven Dwarfs nesse dia a crueldade foi maior, ela funcionava, mas só podiam andar nela funcionários da Disney, que tinham um cartãozinho e entregavam esse na entrada do brinquedo, as vezes ia cheia, as vezes ia só com duas pessoas, as vezes quatro, fomos perguntar sobre soft opening e nada programado, pois é gente voltaríamos pro Brasil sem experimentar essa atração, o mais triste era ver ela funcionando e não poder ir. E por ironia, ela abriu dois dias depois de chegarmos em casa.



Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Universal Studios (05/11 - Quarta) PARTE1
postado por: Malena

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:58hs
 

3º dia da viagem.

Hoje era dia de Universal Studios, eu sabia que não teria a magia Disney que tanto me encanta, mas tinha Harry Potter, sou fã dos filmes. Tanto que antes da viagem assistimos todos os filmes do HP novamente eu assisti todos no cinema mas queria ver novamente pra lembrar dos detalhes. Marido só havia assistido os últimos e por causa de mim, e não é que assistindo todos na sequencia ele falou que achou bem mais legal!?

Chegamos na hora de abertura do parque e no estacionamento já sentimos a diferença da Disney, embora tinha o pessoal auxiliando para estacionar estava meio bagunçado, cada carro indo para um lado e não estava tão cheio o parque mas pegamos uma fila pra entrar devido a essa pequena desorganização. Se bem que pra ser sincera acho q esse foi o único momento que comparei o parque com os da Disney porque no demais amamos tanto as atrações que por alguns momentos esquecemos a magia Disney.



Logo que entramos vimos o Pica-pau pra tirar foto com zero fila, corri pra lá, logo mais a frente estava a Marge e o Homer também sem fila.
Eu queria ir na atração dos Minnions, mas a fila estava enorme, acho que era o único brinquedo que ficou o dia todo com mais de 40 min., resolvemos deixar para mais tarde e entramos na atração do Shrek. Ah adorei a atração, Shrek é meu desenho favorito junto com o Meu malvado favorito então era quase certeza que iria gostar, é um cinema 4D e a cadeira se mexe as vezes. E quando a cadeira da aquele solavanco pra frente eu sempre me assustava, muito divertido.
Mais a frente vimos o Scooby doo e o Salsicha pausa pra mais uma foto com personagem (acho que não falei isso mas eu sou a “louca dos personagens”, queria tirar foto com todos que via. rs) Nesse tivemos sorte porque logo que tiramos a foto os dois entraram no furgão e foram embora. Na Universal funciona assim os personagens aparecem tiram fotos e depois vão embora, muitas vezes aparecem em outro lugar, acho que é até meio difícil encontrar, tivemos sorte porque acho que de manhã a maioria esta lá.







Depois desse pra variar não lembro a ordem exata mas fomos no Transformers, simulador incrível, marido amou, se tornou o brinquedo favorito dele junto com o simulador do Simpsons, é bem real as cenas, eu também gostei muito. Também tiramos foto com o Bumblebee, a cada hora a porta da garagem abre e sai um robô personagem do filme, eles falam, se mexem, perfeitos.
Fomos na Múmia que eu amei, eu não fazia idéia de como era essa atração e acho que o fator surpresa fez eu gostar mais ainda, são varias as sensações lá dentro, mistura de montanha russa com simulador e casa do terror... sai suada (na verdade é aquele efeito de fogo e depois gotas de água), ofegante e rindo muito, coisa de louco. Ah nessa atração não deixam entrar com nada então tem que guardar as coisas no locker do lado da atração, mas o locker é gratuito acho que por 1 ou 2 horas.



Eu havia lido que a atração do Exterminador não era tão legal, mas o marido como fã dos filmes quando viu a plaquinha escrito: Terminator já correu pra lá. Tá que a atração não é lá aquelas coisas, mas também não achei tão chata assim, acho que pra quem gosta do filme vale a pena ir pra conhecer, tem uns efeitos legais, gostei dos robôs.

CONTINUA...

Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
14/05/2014- Magic Kingdom Again 2
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:37hs
 

Fomos no Philarmagic e a partir daí, começou um chove e para sem fim.



Tínhamos Fast Pass para a Splash Mountain, chegamos na porta e o mundo despencou, nós e todo o mundo que estava nessa área nos abrigamos numa lojinha ali perto. Aí parou de chover, mas por causa dos raios não se sabia a hora que a atração ia voltar a operar, o cast member avisou que se quiséssemos ir em outra atração poderíamos ir, e voltar ali quando parassem os raios, mas que não poderíamos usar o fast pass agendado para o segundo horário primeiro, para não anular esse fast pass.
Fomos então andando e achamos o Bear Jambore, que é um showzinho de uns ursos cantores, como disse meu marido, estão aceitando pessoas lá dentro, vamos ali mesmo, afinal o importante era aproveitar sem se molhar muito, e as atrações abertas estavam todas fechadas, e fomos, ali e no Hall dos presidentes, até que a chuva parasse.



Voltamos pro nosso Fast Pass da Splash Mountain, entramos sem problemas, mesmo tempo passado o horário do nosso Fast Pass (como tudo funciona perfeitamente na Disney!) e ai pra não cair no esquecimento a atração quebrou, começou bem, depois passou a dar uns trancos e quase no fim parou tudo, fez uma fila de barquinhos, o nosso era quase o primeiro da fila parada, estávamos pra sair da atração, numa parte que é a céu aberto, e demorou hein gente, até os funcionários conseguirem resgatar todo mundo foi mais de meia hora, e como eles começaram do ultimo da fila, nós fomos os penúltimos a ser resgatados, vimos a parada passar dali, vimos o tempo fechar, vimos começar a pingar e no auge do desespero a relampear, foi sermos resgatados pra cair o céu em chuva.

Olha ai o congestionamento que formou....
Por conta disso, ganhamos um Fast Pass, que eu toda feliz falei pro meu marido, vou usar pra tirar foto com a Anna e a Elsa, mas como alegria de pobre dura pouco descobrimos que só servia pra atrações e não pra foto com os personagens.

Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Universal Studios (05/11 - Quarta) PARTE2
postado por: Malena

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:17hs
 

Íamos parar para comer, mas como o marido disse que queria ir na Rock it achei melhor irmos nela antes de comer, porque com barriga cheia naquele troço é pedir pra passar mal né?!
Gente essa foi minha primeira montanha russa grande e com loop na vida. Pra vocês terem idéia a unica montanha russa grande que eu já havia ido era na do Hopi Hare que pra quem não conhece é parecida com a Gwazi do BG, de madeira, cuja as subidas e descidas não são tão íngremes e que não tem nenhum loop. Não sou do tipo super radical, sempre fico com medo quando olho para os brinquedos radicais, mas eu VOU EM TUDO, afinal paguei cara pra estar ali e era melhor ir do que voltar arrependida de não ter ido.
Bem, não sei se foi o fato de ser a primeira montanha radical da minha vida mas eu quase morri naquele troço. Na subida deu um medinho mas tava de boa, agora na hora que começou a descer, OMG, eu fechei o olho e não conseguia mais abrir, só lembrei de gritar muito. Falei que nunca mais entrava naquela geringonça (mas aguardem cenas dos próximos capítulos que isso não foi seguido a risca. rsrs). Ah dica para as meninas e também para os meninos que tiverem cabelo grande: Prendam o cabelo, caso vocês não queiram sair dali parecendo a Bellatrix Lestrange depois de um susto.



Após me recuperar do ocorrido Rock it, paramos para comer, levamos pão de forma com peito de peru e compramos apenas a bebida no parque (uma grande economia diga-se de passagem, pois preferia muito mais gastar meus dólares com cosméticos do que com comida. rsrs)
Após comermos, afinal saco vazio não para em pé, fomos conhecer a área do Simpsons. Achei essa área é linda, muito colorida, bem parecido com o desenho, detalhes incríveis e o simulador do Simpson? Simplesmente sensacional, nisso eu e o marido concordamos totalmente: melhor simulador ever.
Ainda lembro do cheirinho de talco de bebe que vc senti em uma cena do simulador que a Maggie tenta te engolir.









Ainda fomos na atração do MIB, onde vc entra em um carrinho que vai andando e vc tem que atirar nos alienígenas que aparecem. Achei bem sem graça, pois o lazer não aparece bem e vc não tem certeza de onde está atirando. Não fui a melhor do carrinho, mas também não fui a pior. rsrs
Dali fomos em direção a área do Harry Potter, o cenário é perfeito, muito fiel ao filme, a área estava bem cheia infelizmente o que não me deu muita paciência de ficar olhando tudo, depois que li o relato da Elena senti que realmente não explorei bem essa área. Logo na entrada muitas pessoas ficam parada pra tirar a foto do dragão soltando fogo, qualquer barulhinho todos levantam a câmera, mas nada. Mas lógico que fiquei lá também esperando e garanti minha foto do dragão soltando fogo.

Gente não sei se foi a expectativa demais e por ter visto vários vídeos na internet me decepcionei um pouco com o simulador dos Gringotts. Outro fato ruim também é que como estava cheio fomos de single rider (arrependimento pq não passei pelos detalhes do banco) e acabamos ficando na parte de trás do carrinho e com várias cabeças na minha frente não dava pra enxergar bem a tela. Na verdade saí da área com a sensação de que não era tudo aquilo que eu esperava. Por isso como a Bruna disse não veja vídeos das atrações antes de ir, acho válido dar uma lida pra saber do que se trata atração se vale a pena ir, mas não assista vídeo isso tira o efeito surpresa e faz com que algumas se torne decepcionante quando você de fato está nela.









CONTINUA...

Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
14/05/2014- Magic Kingdom Again 3
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:40hs
 


Fomos na Haunted Mansion e na Big Thunder, usamos o Fast Pass ganhado no Piratas do Caribe e partimos pra nossa reserva no Be our Guest. (Reserva essa que suei pra conseguir, ooo restaurante disputado, mas não podia deixar de ir nele, se não conseguisse a reserva íamos entrar na fila na hora do almoço, mas um belo dia acho que por sorte alguém desistiu e eu consegui a reserva) Eu era só empolgação esperando a nossa vez, que quando entramos no castelo virou emoção, uma cast member nos levou pra conhecer todas as alas do restaurante e eu me segurando, mas quando sentei não teve jeito, chorei e não conseguia nem falar com meu marido, de tanto que chorava, só conseguia agradecer a ele por ele ter me proporcionado essa viagem, essa realização de um sonho, eu olhava pra tudo aquilo (porque sim, é tudo aquilo, é o que vc viu nas fotos com um pouco mais, é justificável não ter horário pra reserva com seis meses de antecedência, é maravilhoso) e pensava em toda uma vida sonhando em ir pra Disney, pensava no sacrifício que é pra conseguir estar lá, pensava que queria que todo mundo tivesse uma chance de ver aquilo e queria parar de chorar estava até com vergonha, mas não conseguia. Depois de me recompor, pedimos a comida, que era muito boa, e depois de pagarmos a conta parti pra tirar fotos, tirei fotos de tudo e mais um pouco, fomos tirar a nossa foto com a Fera e saímos.




5a9bc7fa62a7f399ef0eb9594&oe=54FF2632">






Arrumamos um canto pra ver o Wishes, e sentamos pra esperar. Nesse dia a Sininho não desceu, acho que por conta da chuva do dia, mas o Wishes teve e foi lindo como da primeira vez.
De volta pro hotel, e dormir, no dia que pra mim, foi o mais lindo de todos.

O que aprendi hoje:

- Não fique com vontade de comida, fazia dias que via aquelas maças cobertas com chocolate do Mickey nesse parque tem uma doceria linda, passei pela maça e só olhei, resumindo a historia, estou até hoje pensando na tal maça. (li um relato aqui esses dias que a pessoa disse que pra comida a gente não deve converter o dinheiro, e concordo em gênero, numero e grau).
- Compre uma capa de chuva no Walmart e leve ela nos parques com vc, nos parques é caro, e nesse dia de manha não parecia que ia chover, o tempo mudou muito rápido, tínhamos comprado a capa nos primeiros dias de viagem (aqueles que só chovia) e achamos que não íamos usar ela nos parques, pois nesse dia usamos muito.
- Se vc cismou que precisa fazer uma coisa (ir num restaurante, por exemplo) faça. É melhor se arrepender de fazer, do que de não ter feito, (não que me arrependi, muito pelo contrario, se não tivesse ido ao Be Our Guest, ia ter me arrependido muito).

Malena
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/10/2013
 
 
Um sonho possível – Universal Studios (05/11 - Quarta) PARTE3
postado por: Malena

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:59hs
 

Saindo da área do HP voltamos para o começo do parque para ir na atração dos Minnions que não tínhamos ido ainda, porém no caminho passamos na frente do Disater e o marido quis entrar, e eu só lembrei que li que essa atração era chata depois que já estávamos lá dentro. Bem, não deu outra, o começo é muitooo chato, principalmente pra quem não entende muito bem o inglês como nós, até rolou um stress porque eu queria sair da atração pela porta de emergência e o marido falando que tínhamos entrado então ficaríamos até o fim. A parte final que é de fato a simulação do Desastre até que não é chato, mas você perde muito tempo antes, não gostei, não recomendo.

Saímos e até que enfim fomos no Minnions, a fila continuava grande porém ão demorou muito, acho que coisa de uns 25 min. Ah adorei o simulador, muito fofo, não deixem de ir, mesmo que a fila esteja grande vale a pena, principalmente pra quem adora os Minnions como eu. A unica decepção foi que os Minnions não estava lá pra tirar foto. =(
Não sei se era porque estava muito tarde, mas mesmo no nosso repeteco na Universal em outro dia fomos nessa atração também perto da hora de fechar e também não estavam lá. Então uma dica: Se quer tirar foto com o Minnion vá nessa atração um pouco mais cedo.

Dali partimos pegar o trem do Harry Potter que nos leva até Hogwarts, quer dizer, ao Island of Adventure. Ouvi muita gente falar que não gostou do trem, mas eu ao contrário gostei. rs
Tah que não é nenhuma super produção, mas tentaram fazer algo parecido com o filme e dentro das possibilidades acho que ficou bem legal sim.
Ficou sendo um passeio de trem até o outro parque, mas com efeitos Harry Potter pra te entreter. Chegando no Island ainda deu tempo de ir no Hipogrifo que estava sem fila nenhuma, já era noite, estava meio escuro o parque então estava meio difícil ver bem a área mas mesmo assim já tinha gostado mais que a do outro parque, mas isso é história pra outro relato.











Compramos um churros na saída do parque, churros enorme só que: SEM DOCE DE LEITE. Falei que precisamos apresentar o nosso recheio de churros para os americanos, embora a massa era gostosa com o doce ficaria mil vezes melhor. rsrs Nesse dia nossa janta foi pizza congelada no hotel mesmo.

Próximo relato: Epcot, o parque que me surpreendeu!

Mariana Kelm Canut
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 05/09/2013
 
 
Res: 14/05/2014- Magic Kingdom Again
postado por: Mariana Kelm Canut

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:18hs
 

Bruna, adoro seus relatos!!!
Estou indo para Orlando pela quinta vez em abril e todas as vezes que entro no Magic Kingdom a emoção é maior.
É sem dúvida meu parque favorito!!!
Continue seu relatos

Bruna Cisotto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 09/12/2012
 
 
15/05/2014 – Hollywood Studios
postado por: Bruna Cisotto

 mensagem postada em 30/12/2014 - 11:12:16hs
 

Acho que agora os relatos vão ficar menores pq os parque começam a se repetir e estávamos mais cansados, então não ficávamos o dia todo no parque e gastávamos um pouco mais de tempo dormindo kkkkkk.
Como no primeiro dia desse parque havíamos conseguido fazer todas as atrações que queríamos esse dia foi pra relaxar, fazer as poucas que ficaram faltando e repetir as favoritas.
Fizemos Tower of Terror, Aerosmith, A bela e a Fera, Toy Story (2X), American Idol, Indiana Jones e legend capitain jack sparrow.
Nesse dia conheci pessoalmente a Taty, que conheci aqui pelo VPO e conversávamos pelo Whats sempre. Bj Taty
E como no dia anterior, no mesmo horário começou a chover, chuva forte de verdade, tão forte que o show do indiana Jones foi cortado pela metade, meu marido ficou muito feliz de ter visto esse show na primeira vez que fomos no parque, porque nesse dia não rolou o carro explodindo e nem o avião funcionando.
Sobre o Toy Story tínhamos fast pass, mas queríamos ver a fila tematizada da atração, e o Sr. Cabeça de Batata, por isso pegamos a fila de 40 minutos que não diminui por nada nesse mundo, valeu a pena, é muito bem feita, e o Sr. Cabeça de batata cantando e conversando com o pessoal é muito legal, é tão bacana que a gente nem viu o tempo passar, rapidinho chegou a nossa vez.








Íamos esperar pelo Fantasmic, mas a chuva não parava, ficamos com medo de ser cancelado e como já havíamos visto resolvemos ir embora.
Afinal, nossa viagem estava chegando ao fim, e ainda não tínhamos comido no Five Guys, “precisávamos” comer no Five Guys de qualquer jeito, além disso ainda não havíamos ido a nenhum dos Premium outlets. Então fomos parar no Premium Outlet agora não lembro qual deles, desculpem, sobre o lanche, fala sério comida boa é comida gordurosa, e aquele lanche é um gorduroso de respeito, que delicia, um verdadeiro entupidor de artérias, as batatas então são divinas. Amamos.
Sobre o Outlet, como havíamos feito nossas compras na Ross, TJ Max, Marshalls e cia, achamos as coisas nas lojas das marcas meio caras, claro que se tivéssemos ido primeiro no Outlet íamos achar muito barato, mas a referencia mudou a partir do momento que fomos nessas lojas que citei. A diferença é que nos Outlets existem mais opções de cores e tamanhos, já nessas outras lojas é pura questão de sorte e paciência.
Então foi assim que mais um dia em Orlando se foi. Como os dias lá passam rápido, voam, em pensar que quando estamos planejando demora tanto pra chegar.
O que aprendi nesse dia:
- Quer economizar vá na Ross, TJ Maxx, Burlington e Marshalls, mas vá com paciência e disposição, vc vai achar coisas de boas marcas, muito mais baratas que no Outlet.
- Existe loja da Disney no Outlet, se eu soubesse teria ido lá antes de gastar tanto nas lojinhas dos parques e em Downtown.
- Por fim, até que foi bom ter 2 dias pra cada parque, imagine a decepção que seria pro meu marido se o show do Indiana Jones ficasse pela metade e só tivéssemos um dia pra ver, ou se o Fantasmic fosse cancelado? Se vc for pela primeira vez, acho bom ter um dia disponível pra repetir algum parque que não deu pra ver tudo, ou aconteceu algum imprevisto.


 
Em Tomorrowland no Magic Kingdom entre o Mickey's Star Traders e o Cosmic Ray's Starlight Café é possível encontrar uma lata de lixo motorizada que foi batizada como PUSH.