Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Estamos de volta

 mensagem postada em 06/12/2009 - 17:12:29hs
 
 

Oi gente,

Chegamos ontem (05/12) e ainda estamos desfazendo as malas.....coisa pouca.....10 malas.
A viagem dessa vez foi um pouco diferente.....fomos só em 2 parques e o resto de compras.
Eu e Dani já tinhamos ido em Maio e agora em Novembro meus pais foram tambem.

Perguntaram a quantia que cada um estava levando.....respondemos somente a quantia em cash(dinheiro) e não falamos nada de VTM e Cartão crédito e tb perguntaram o motivo da viagem......respodemos que era para comemorar o aniversario da Dani (27/11)......e na hora de entregar aquele papel da imigracao o carinha perguntou de novo se estavamos levando mais de 10 mil.....respondemos NAAAAOOOO e fomos embora.

Volto mais tarde e conto tudo.

Flávia Fazza

 


 
P/ Marcelo

 mensagem postada em 06/12/2009 - 11:12:05hs
 
 

Olá Marcelo!
ADOREI os seus relatos, em especial o último...
É incrível como ao lê-lo a gente se anima ainda mais, se emociona e o coração já começa a bater mais rápido só de pensar que em 208 dias estarei lá!!
Beijo!

P.S. gostei muito da sua idéia de "contar" as vezes que andaram nas montanhas russas, vou copiá-la hehehehe

 


 
Parte 04 - Geral dos parques

 mensagem postada em 06/12/2009 - 02:12:41hs
 
 

De uma formal geral, todos os parques são magníficos e nenhum deixou de me surpreender.

Eu e minha esposa gostamos muito de adrenalina e fizemos, simplesmente, 26 passeios de montanha-russa (só na Hulk, fomos 4 vezes). Porém, na minha opinião e da minha esposa, nenhum parque chega perto da magia e encanto que o Magic Kingdom oferece para os seus felizardos clientes. Não dá para descrever, tem que sentir mesmo. sabe quando você dorme, tem um sonho maravilhoso e acorda leve, feliz e revitalizado? Bom , imagine você nesse sonho, mas vivenciando-o acordado, podendo tocar, ouvir, falar...Rapaz, é algo único!!!

Eu batizei o MK de "fonte da juventude", pois, ao entrar nele, eu virei criança novamente, rejuvenesci 30 anos (êpa, entreguei a minha idade!! Tudo bem, já virei o cabo da boa esperança mesmo...). Sério, você vira criança mesmo. Cada vez que entrávamos em uma fila para tirar foto com algum personagem, acho que eu queria tirar mais a foto do que o meu filhinho de 4 anos.

Abaixo eu listo o meu ranking dos parques (óbvio, é minha opinião, então desculpa se alguém não concorda, ok?):

Primeiro lugar (com folga) - Magic Kingdom
Segundo lugar - Island of adventure
Terceiro lugar - Disney Hollywood Studios
Quarto lugar - Universal Studios
Quinto lugar - Sea World
Sexto lugar - Epcot
Sétimo lugar - Animal Kingdom
Oitavo lugar - Busch Gardens

Os parques DHS, Universal Studios e Sea World tiveram um empate técnico, mas o DHS ganhou por causa do Fantasmic, pois, no bom baianês: "Oxente, rapaz, que show é esse, meu irmão? Aooonnnndddeee???!!!"

Sério, que me perdoem os adoradores do spectromagic e o wishes, mas o Fantasmic é uma obra de arte. Nunca vi e dificilmente verei um show tão magnífico como aquele.

Busch Gardens ficou na lanterna apesar de gostarmos de adrenalina, pois achei o parque um pouco acabadinho, feinho mesmo. Não tem, nem de perto, o encanto e a estrutura dos demais.

Outra coisa que fiquei espantado: O padrão Disney de qualidade. Chegou um momento que eu pensei que os guest members dos parques fossem também objetos animatrônicos, pois, do ínicio da manhã até o último segundo antes do fechamento, eles não tiravam aquele sorriso entusiasmado do rosto, sempre te tratando como rei e rainha. Parabéns para a Disney.

O fastpass também é uma amostra da preocupação da disney com o bem-estar. A Universal também tem um, mas é pago, o que eu acho desnecessário, pois, de certa forma, ele está beneficiando as pessoas mais favorecidas financeiramente (claro que isso é uma observação lógica, porém mais teórica do que prática, ok?), ou seja, quem tem mais condições, fica menos tempo na fila. Acho que isso faz perder um pouco a magia do parque. Além disso, os guest members da Universal não chegam nem a ter 50% da simpatia dos guest members da Disney. Isso é fato, me perdoem os profissionais da Universal.

Abaixo eu listo o meu top 10 de atrações nos parques. São atrações que eu considero imperdíveis. (Não estou levando em consideração os shows e desfiles):

1) Simpsons ride (Universal Studios)
2) Montanha-russa do Hulk (Island of Adventure)
3) Soarin (Epcot)
4) Manta (Sea World)
5) Simulador 4D do Homen-aranha (Island of adventure)
6) Mickey´s philharmagic (Magic Kingdom)
7) Shreika (Busch Gardens)
8) Hollywood ripe, ride, rockit (Universal Studios)
9) Monte Everest (Animal Kingdom)
10) Toy Story Mania (Universal Studios)

Já falei disso no primeiro relato, mas acho importante repetir: Levem seus filhos, mesmos os pequenininhos, pois eles irão se divertir e muito!!! Se vocês deixarem eles crescerem muito para levá-los, sabe o que vai acontecer? Eles não vão acreditar que aquele carinha suado que está fantasiado de mickey mouse é realmente o mickey mouse, mas apenas um coitado que está ganhando por hora para ficar debaixo de uma fantasia pesada e suando como um cuscuz!! Uma criança de 6 anos, no nosso mundo de hoje, onde a precocidade e o imediatismo predominam mais do que tudo, já são espertos o suficiente para diferenciarem verdade de ficção (o pobre do papai noel que o diga!). Meu filho de 4 anos não pôde ir para as montanhas-russas, mas tirou foto com mais de 20 personagens, vivendo sua fantasia e se deliciando com os seus heróis de infância, como se realmente eles existissem de fato!!! Isso, galera, não tem preço...

No final, levando o seu filho em dois momentos diferentes, você fará com que ele aproveite de duas formas completamente diferentes: Um momento mais lúdico e mágico e outro momento mais, digamos assim, aventureiro e com doses de adrenalina na veia.

Por isso, eu e minha esposa já resolvemos só voltar para Orlando daqui a 3 anos, quando o nosso filhinho já estiver com 7 anos e puder ir em todos os brinquedos dos parques.

Desculpem se estou dando muita opinião, mas é apenas a minha opinião. Não sou e nunca serei o dono da verdade.

Bom, no próximo relato estarei falando em particular um pouquinho de cada parque, ok?

Até lá.


 


 
Parte 03 - Geral de Orlando (Parques e compras)

 mensagem postada em 05/12/2009 - 19:12:24hs
 
 

Antes de continuar os relatos, gostaria de agradecer aos elogios dos meus colegas do VPO.

Faço esses relatos com prazer, pois foi através de relatos como os meus que eu também consegui programar a minha viagem. Então, o mínimo que posso fazer é compartilhar as informações com vocês.

Bom, vamos lá.

Após finalizarmos a nossa maravilhosa viagem pela costa de Miami, finalmente chegamos no dia 12/11 na terra do rato.

Fizemos todos os parques, sendo que no Magic Kingdom nos fomos duas vezes. Planejamos ir duas vezes também no Epcot, mas chegou um momento que estávamos saturados de parque e resolvemos dar um tempo e descansar um pouco no hotel.

Eu planejei a ida aos parques com base nos dias menos concorridos de cada um. Além disso, para os parques que possuem shows e desfiles, eu me preocupei em selecionar o dias em que os shows e desfiles iriam acontecer.

Posso afirmar que foi a melhor coisa que fiz. Parques totalmente vazios, com exceção do último dia do MK, que foi na terça-feira da semana do thanksgiving. O MK estava simplesmente lotado. Nesse dia, fizemos alguns brinquedos que não tínhamos feito no primeiro dia e depois fomos embora, pois estava realmente insuportável. Para vocês terem uma idéia, peguei fastpass para ir ao banheiro (brincadeira...).

Com exceção desse fatídico dia, não pegamos mais do que 15 minutos de fila em todos os brinquedos. Ah, sim, teve uma exceção. Para irmos na fantástica montanha-russa da Universal Hollywood Ripe, Ride, Rock it, pegamos uma "filinha" de apenas 75 minutos. Posso dizer que valeu a pena, pois a montanha-russa é selvagem!!! Pena que não deu para ir de novo.

Abaixo eu listo os dias da semana que fui em cada parque. Se puderem, utilizem o mesmo esquema, pois deu muito certo:

Animal Kingdom - 14/11 (sábado)
Epcot - 15/11 (domingo)
Disney Hollywood Studios - 16/11 (segunda-feira)
Sea World - 17/11 (terça-feira)
Magic Kingdom - 18/11 (quarta-feira)
Island of Adventure - 20/11 (sexta-feira)
Universal Studios - 22/11 (domingo)
Busch Gardens - 23/11 (segunda-feira)

Com relação às compras, fomos nos outlets Premium e Prime, no Florida Mall, na Toys "R" Us, Best Buy, CompUSA e, não podia deixar de faltar, Walmart (várias vezes).

Comparando o Premium com o Prime, posso concluir o seguinte: Os dois são muito, mas muito mesmo parecidos. O Prime é maior que o Premium, porém as lojas são quase as mesmas. Enquanto o Premium possui a Lacoste e a PUMA, o Prime possui a Victoria Secrets e a New Balance. Porém, as diferenças são mínimas. Com relação às promoções e descontos, achei melhor o Premium. Os descontos estavam arrasadores. Quando eu e minha esposa estávamos na Guess, de repente uma funcionária anunciou que, durante 45 minutos, tudo da loja (eu disse tudo) tinha 40% de desconto!!! Tive que segurar a minha esposa para ela não ter uma síncope (não queria ficar viúvo).

Uma coisa que eu aconselho a todos que vão nesse mesmo período: Vale muito a pena esperar para comprar roupas no Black Friday, pois é barato além da conta. Os únicos itens, na minha opinião, que não valem a pena comprar na Black Friday são os eletrônicos (a não ser que você durma na fila no dia anterior, coisa que eu não farei nunca) e itens específicos que você pode não achar no seu número, pois esgotam rapidamente.

Com relação às lojas, na minha humilde opinião, as que são indispensáveis de ir: Tommy Hilfiger, Polo Ralph Lauren e Nike. São fenomenais. Também gostei muito da PUMA. Me decepcionei um pouco com a Adidas. Esperava mais da minha marca predileta. A News Balance me surpreendeu. Comprei o tênis 1063 por 26,00 dólares (não foi erro de digitação, foi 26 dólares mesmo...mais um "high five" foi devidamente realizado). Só tomem cuidado ao comprar tênis na news balance, pois os tênis deles tem tamanho para comprimento e largura também. Por exemplo, o meu tamanho foi 12,5 para comprimento e D para largura. Os da nike e puma não têm essa particularidade.

O Florida Mall é bem legal, mas os preços não são tão convidativos (porém, ainda assim, muito mais baratos que no Brasil). Comprei um Asics Nimbus 11 por 125 dólares na Foot Locker. Esse tênis aqui em Salvador custa 560 reais. Brincadeira, né?

Aviso aos corredores de plantão que tênis das marcas Mizuno e Asics vocês não acham nos Outlets, mas apenas nos Malls, nas lojas Finish Line ou Foot Locker. Para as mulheres e crianças, existe a loja Ladys foot locker e Kids Foot Locker, no mesmo Mall.

A tão famosa "camisa do cavalo grande" da Polo, vocês só acharão na Macys. Essa exclusividade custa caro. Cada camisa custa 98 dólares. Achei muito caro e não comprei, pois, inclusive não achei a camisa tão bonita assim (estou sendo educado).

Nos próximos relatos estarei detalhando os parques e as compras.

Até lá.




 


 

 mensagem postada em 04/12/2009 - 18:12:41hs
 
 

Acho um absurdo eles implicarem com isso, ainda mais que hoje em dia todo mundo só usa cartão de crédito.
Mas enfim... Acho que acabarei levando mil em cash mesmo. Estou sonhando com essa viagem há meio ano que nada poderá estragá-la.
Mas repito, meu VTM tem crédito para dar e sobrar, se eles implicarem me oferecerei para entrar no site do VTM e mostrar o meu saldo...

 


 
Marcelo Guedes

 mensagem postada em 04/12/2009 - 09:12:14hs
 
 

Se você não é jornalista, está perdendo tempo hahahh!
Você escreve muito bem! Estou adorando seus relatos.
E 21 dias é nosso sonho. Mas quando os filhos crescem,
vai ficando muito difícil fugir do período de férias e perder tantos dias de aula.
Mas por favor, conte mais, estou aguardando suas aventuras.
Um abraço

 


 
Natasha -

 mensagem postada em 03/12/2009 - 17:12:43hs
 
 

Eu nunca fui a europa, mas acho que eles estão adotando os mesmo procedimentos. Na Ingraterra, meu irmão levou uma dura de mais de 6hs, pois não tinha feito plano de saude, foi com a cobertura so´do cartão de crédito. Lá na europa você tem que provar tudo. Acho que num futuro proximo eles podem vir a criar problemas tambem com o seguro-saude.
Sobre o Vtm, pelo menos aonde eu comprei, a diferença do papel moeda era bem pequena, porque você não aumenta um pouco esse valor.

 


 
IMIGRAÇÃO

 mensagem postada em 03/12/2009 - 16:12:09hs
 
 

Lendo seu relato Marcelo, a imigração americana está um saco.
Em fev/2008, fiz só aquela 1a triagem das cabines, super rapida. Cheguei de lá nesse sabado, alem das cabines, tem um fila, com 2 fiscais que vão fazendo uma triagem. Se você der sorte de sair na sala 1, tudo bem, se não vai para quela revista chata, eles me perguntaram nessa triagem quanto estava levando de dinheiro. Não deixem de levar algum dinheiro, mais de Usd 1000,00.
Tenho um amigo que vai a negocios todo mês, estava me dizendo que isso tem muito a ver com economia, economia boa, eles apertam o cerco, economia ruim, eles abrem, como eles tem dado uma melhorada acredito que seja isso mesmo. Inclusive ele já viu pessoas voltando, pois estavam só com Usd 500,00 e gastariam o resto no cartão. Contem sempre a verdade.

 


 
PARTE 02 - Imigração, carro, Miami

 mensagem postada em 03/12/2009 - 14:12:22hs
 
 

IMIGRAÇÃO

Chegamos no dia 09/11 em Miami e, ao chegar no aeroporto internacional de Miami, nos dirigimos à imigração. Foi tudo muito tranquilo, eu doido para exercitar o meu inglês e o danado do oficial mal encarado não me fez pergunta alguma. Apenas pediu os formulários que você preenche durante o vôo e mandou eu seguir em frente. Que decepção!!

Porém, o meu sogro, sogra e cunhado foram "convidados" a irem para uma sala e tiveram todas as malas revistadas. Quando eu falo revistadas, quero dizer que apalparam até as meias que estavam na mala do meu sogro. Perguntaram para eles quanto eles estavam levando em dinheiro e já adiantaram que se pegassem eles em alguma mentira, dali eles voltaria direto para o próximo vôo ao Brasil. Portanto, conselho a todos: Falem sempre a verdade para esses caras e fiquem tranquilos. Se vocês não estão fazendo nada de errado, não existe motivo para se preocuparem.

Durante o período da revista, eu, minha esposa e meu filho estávamos na saída do aeroporto extremamente preocupados. 10, 20, 30 minutos e eles não chegavam. Aproveitei para treinar o meu inglês que não tinha treinado na entrada da imigração. Conversei com o oficial e ele não soube me dizer onde eles estavam. Dei uma olhada geral no salão e nada deles!! Comecei a achar que eles foram "convidados" a pegarem o vôo de volta para o Brasil. E aí? O que faço? Voltei para dar a "boa" notícia para a minha esposa e, 5 minutos depois, para o nosso alívio e alegria, nossos familiares chegaram, com olhares assustados e aliviados ao mesmo tempo. Demos um "high five" e seguimos em frente para a Álamo, para pegar o carro.

ÁLAMO

Pegamos o shuttle da Álamo no aeroporto e nos dirigimos para a Álamo. Demos uma gorjetinha para o brother que dirigiu o shuttle, pois ele foi muito simpático e carregou nossas malas todas. No final, não pediu nenhuma gorjeta, mas me achei na obrigação de dar, pelo atendimento prestado. Demos 5 dólares a ele.

Chegando na Álamo, nenhuma novidade. Tentaram empurrar upgrade de carro, sun pass, entrega de carro sem tanque cheio. Eu disse um grande "NÃO" para tudo. Ele tentou insistir e, usando o meu inglês tupiniquim, deixei bem claro para ele que ele estava perdendo o tempo dele e o meu nessa insistência. Ele não insistiu mais. Brazilians 1 X 0 Americans.

Depois disso, ele entregou o GPS e nos orientou a ir ao pátio e pegar qualquer carro na categoria que alugamos (Van 7pax).

Pegamos um Toyota sienna. Excelente carro. Muito confortável, espaçoso, completo. Quando voltar, pegarei o mesmo carro novamente.

Como apelidos, adotamos Horácio para o carro e Zefa para o GPS. Zefinha foi muito legal para a gente. Tô com saudades dela.

Assim que pegamos o carro, nos dirigimos ao hotel Best Western, passando por dois pedágios (75 cents e 1 dólar). Chegamos no hotel às 09:00 horas e, para a nosa alegria, deixaram a gente fazer o check-in logo (o check-in estava previsto para às 16:00). Demos outro "high five".

MIAMI

Miami é uma cidade muito bonita, porém achei o trânsito um pouco caótico. Ela está cheia de obras, o que dificulta ainda mais o trânsito. Uma coisa que eu detestei em Miami: Estacionar carro. No nosso hotel existem ruas paralelas com os famosos parquímetros, porém estavam sempre lotadas. Quando achávamos uma vaga, tinhámos a agradável supresa de constatar que o parquímetro estava quebrado. Conversei com a recepcionista do hotel e ela me orientou a nunca estacionar o carro em um parquímetro quebrado, pois, quando o agente vai nesse parquímetro e o conserta, em seguida ele aplica a multa ao carro que está estacionado no mesmo, sem pestanejar.

Outra coisa que complica é que no período de 18:00 às 08:00, não é cobrado o estacionamento. Nos dias que chegamos mais tarde ao hotel (por volta de 22:00), eu tive que estacionar o carro um pouco longe do hotel, pois o estacionamento é concorrido nesse horário (de graça, até injeção na sobrancelha). O pior é que no outro dia eu tinha que estar antes das 08:00 na vaga para colocar moedas no parquímetro, senão é multa na certa.

Fomos para ocean drive, para o bayside marketplace, para o Aventura Mall e para a Lincoln road. Fizemos o famoso passeios de barco para ver as casas dos famosos. É legal, mas não é algo que irei repetir, pois não tem nada de imperdível.

A ocean drive é maravilhosa, repleto de figuras engraçadas, vestidas de forma extravagante. Comemos no News cafe e recomendo, mas não é nenhum supra-sumo. Dizem que o café da manhã é bem legal, mas eu só almoçei lá.

No aventura mall comemos em um restaurante italiano ao lado do Chesscake factory. Gostei muito do restaurante italiano. Infelizmente não conseguimos ir no chesscake, pois estava muito lotado.

Ainda em Miami já começei a torturar Adamastor e Jubileu (apelidos dos meus cartões de crédito Master e Visa - Eu adoro colocar apelidos nas coisas). No bayside comprei tênis da Puma, nike e perfumes. Comprei vários presentinhos na loja da Disney, por sinal, que loja, hein!!! Nos arrependemos depois de não termos comprados mais coisas lá. Recomendo a todos!!

No aventura mall, compramos dois ipods nano, um para mim e outro para a minha esposa. Comprei uma calça jeans da calvin klein por 36 dólares na Macy´s. Por sinal, outra loja fenomenal. É o único lugar onde vocês irão encontrar a tão famosa camisa da Polo com a logomarca grande. Porém, a camisa é carinha (98,00). Por isso, não comprei (achei muito caro para ter uma camisa com um cavalo contendo uns cascos maiores.. Colé!!!)

Ainda no aventura mall, a minha esposa e sogra fizeram a festa na Victoria´s Secrets. Acho que 8 hidrantes por 20,00 dólares. Barato é a feira. Até eu senti vontade de usar hidrantante (brincadeira, eu sou espada, ok ?)

Dei uma olhada na loja da abercrombie, que é a moda atual entre os adolescentes norte-americanos. Achei muito caro e não comprei nada lá.

Fomos também na Supertarget, no Midtown mall, e compramos alguns alimentos e outras lembranças. Achei muito legal o supertarget.

Nesse mesmo mall, fomos para a Ross Dress for Less e aqui a minha primeira decepção. Achei o local muito, mas muito mesmo bagunçado, roupas totalmente misturadas umas com as outras e achei roupas com aspecto de usadas. Deixo aqui meus elogios aos amigos desbravadores que possuem a coragem de garimpar naquelas araras (acho que o nome mais propício seria pterodáctilos, pelo tamanho) em busca daquela calça jeans da diesel por 40 dólares (será que existe mesmo?). Aquilo não é para mim, não, tô fora. A única coisa que comprei foi jogo de lençóis de 500 fios egípcios (haja múmia...) por 30 dólares. Muito bom!!


MIAMI PARA ORLANDO


Decidimos ir para Orlando pela estrada A1A (ao invés da manjada Turnpike) e foi uma decisão acertada. Contornamos uma boa parte da costa de Miami (Hollywood, Fort Lauderdale, Bocan Raton e West Palm Beach) e o que vimos não tem preço. Paisagens lindas, casas maravilhosas, pontes fantásticas, orlas arrasadoras. Fizemos a viagem em 6 horas, mas o tempo extra valeu muito a pena mesmo. É algo que eu repetiria com certeza e recomendo fortemente a todos.


No próximo relato, começarei a falar sobre Orlando.

Até lá.

 


 
PARTE 01 - Geral sobre a viagem

 mensagem postada em 03/12/2009 - 13:12:03hs
 
 

Viajamos no dia 08/11 e retornamos no dia 29/11, totalizando 21 dias de viagem. 3 dias passamos em Miami e 18 dias em Orlando.

Viajamos pela TAM, de Salvador a Miami (conexão em Guarulhos) e de Orlando para Salvador (também com conexão em Guarulhos).

As duas viagems foram ótimas, o padrão TAM é excelente. O único problema foi a volta, pois perdemos o vôo de conexão para salvador e tivemos que ficar mais 3 horas no aeroporto de Guarulhos.

Tudo bem, faz parte.

Viajamos em 6 pessoas: Eu, minha esposa, meu filho Pietro (4 anos), meu sogro, minha sogra e meu cunhado. Adianto logo para aqueles que tem filhos pequenos e que ainda têm dúvidas se eles vão aproveitar ou não a viagem: Com certeza vão!!!

Fomos em todos os parques (inclusive o busch gardens) e meu filho foi na grande maioria dos brinquedos. Só não foi nas montanhas-russas radicais. Até no 4D dos simpsons ele foi e adorou. A cada personagem que ele encontrava no parque, os seus olhos brilhavam de felicidade. Isso não se paga!! Voltamos com mais de 20 autógrafos de personagens e dezenas de fotos dele com os mesmos.

Ficamos em Miami no hotel Best Western Atlantic Beach e em Orlando, no Floridays Orlando Resorts. Recomendo fortemente os dois, principalmente o de Orlando (para quem viaja em família). É um complexo de apartamentos de 2 ou 3 quartos com toda a estrutura necessária para você se sentir em casa (cozinha completa, máquina de lavar, de secar, sala com TV de lcd e dvd player, banheira de hidromassagem, etc.). Localização excelente (International Drive). Ou seja, muito bom !!!

A seguir estarei dando uma geral sobre Miami e Orlando. Depois escreverei sobre tópicos específicos (parques, compras, aluguel de carro, decepções, supresas agradáveis, etc.)

Uma coisa eu adianto: com certeza voltarei em Orlando na mesma época (novembro). Clima agradável, parques vazios, Black Friday para fazer compras absurdas de baratas. Sensacional!!!

Até o próximo relato.

 


 
 
A atração Spaceship Earth está para o Epcot, assim como o Cinderella Castle para o Magic Kingdom. A famosa esfera geodésica tem peso superior a três vezes o de uma espaçonave totalmente carregada de combustível para lançamento. Ela é composta por 11.324 peças - triângulos compostos de alumínio e plástico - sendo que a água das chuvas é canalizada ao longo da sua estrutura e conduzida até a World Showcase Lagoon.