Aeroporto - Duty Free

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Res: Res: Perfumes

 mensagem postada em 02/05/2013 - 08:05:19hs
 
 

Tenho essa dúvida também... eu queria comprar só um de 100ml, mas faço conexão em Atlanta, não tem problema como bagagem de mão??? (mensagem de Ana Carolina Cananéa)

Então.. minha conexão é em Bogotá, aí eu posso pegar eles e colocar na mala e despachar?
Ainda continuo com duvidas...

 


 
Rafaela

 mensagem postada em 02/05/2013 - 08:05:13hs
 
 

Precisa atentar-se onde comprou seus perfumes.... tem muitas lojas e quiosques de brasileiros que vendem perfumes falsos, que realmente não duram, tem apenas alcool e não fixam na pele.

Aconselho a comprar ou em lojas como Macy's, Sephora... ou até mesmo no Duty Free. A diferença de valores não paga o perfume durar horas e horas na sua pele.



Quanto a conexão, não há problemas com compras no Duty... desde que as embalagens permaneçam fechadas durante todos os trechos.




 


 
Res: Volta de MCO para GIG passando por GRU

 mensagem postada em 02/05/2013 - 08:05:55hs
 
 

Sempre voei pela Tam fazendo esse itinerário. Porém esse ano aconteceu uma coisa diferente. Eu sempre partia do Rio por um voo internacional, saia em guarulhos já no embarque internacional e pagava o voo para Orlando. Esse ano o voo do Rio para São Paulo foi doméstico. Não precisamos fazer novo check in, mas precisei mudar de setor dentro do aeroporto. Sair do desembarque doméstico para o embarque internacional.
Na volta, já vi que sera a mesma coisa pois os voos internacionais são JJ80... e o meu é JJ30... o que significa um voo doméstico. Portanto, imagino que pela primeira vez será preciso pegar as bagagens, fazer alfandega em SP e depois novo check in para o Rio. Isso, pois, no Rio desembarcaremos no setor doméstico não tendo PF para nos fiscalizar.
Tomara que eu esteja errada. (mensagem de Paula Baptista)


Você não precisará fazer novo check in em GRU, apenas despachar as bagagens novamente, em um balcão que fica logo ao lado do desembarque internacional. As bagagens deverão ser retiradas em São Paulo apenas por causa da alfândega. O limite de peso aplicado no vôo internacional ainda valerá para esta conexão. Isso tudo vale para o caso do seu bilhete ser MCO-GIG e não se você tiver dois bilhetes independentes, um para MCO-GRU e outro para GRU-GIG. Em GIG, você não passará pela alfândega.

 


 
Res: RafaelaRes: RafaelaRes: Rafaela

 mensagem postada em 02/05/2013 - 10:05:41hs
 
 

Larissa,

Uma outra loja de perfume que o nome dela termina com "land" seria considerada uma boa loja para compra de perfumes? Estava olhando os preços na internet através dela e como nunca fui a Orlando não sei se é uma loja confiavel.


Precisa atentar-se onde comprou seus perfumes.... tem muitas lojas e quiosques de brasileiros que vendem perfumes falsos, que realmente não duram, tem apenas alcool e não fixam na pele.

Aconselho a comprar ou em lojas como Macy\'s, Sephora... ou até mesmo no Duty Free. A diferença de valores não paga o perfume durar horas e horas na sua pele.



Quanto a conexão, não há problemas com compras no Duty... desde que as embalagens permaneçam fechadas durante todos os trechos.

 


 
Res: Débito no duty free?

 mensagem postada em 23/05/2013 - 13:05:56hs
 
 


Alguém sabe se no duty free de volta ao Brasil aceita cartão de débito?

Farei MC- GIG.

(mensagem de Danielle Trigueiros Macedo)


aceita sim, porém se for cobrada em real eles vão fazer a cotação pelo dolar turismo, o que sai bem caro.

sugiro se for o caso vc separar o dinheiro (cash) só para o free shop, ajuda e não tem problemas de cotação

 


 
Res: Horário Duty Free

 mensagem postada em 05/07/2013 - 22:07:41hs
 
 

Boa noite Flavia!

Completando a informação da Larissa, nos aeroportos de SP e Rio as lojas Duty Free ficam abertas 24 horas, assim que a Gol alterou o horário do vôo entrei em contato via chat com eles para saber o horário de funcionamento.

Abs

 


 
Res: Res: RafaelaRes: RafaelaRes: Rafaela

 mensagem postada em 24/07/2013 - 22:07:10hs
 
 

Larissa,

Uma outra loja de perfume que o nome dela termina com "land" seria considerada uma boa loja para compra de perfumes? Estava olhando os preços na internet através dela e como nunca fui a Orlando não sei se é uma loja confiavel.


Precisa atentar-se onde comprou seus perfumes.... tem muitas lojas e quiosques de brasileiros que vendem perfumes falsos, que realmente não duram, tem apenas alcool e não fixam na pele.

Aconselho a comprar ou em lojas como Macy\'s, Sephora... ou até mesmo no Duty Free. A diferença de valores não paga o perfume durar horas e horas na sua pele.



Quanto a conexão, não há problemas com compras no Duty... desde que as embalagens permaneçam fechadas durante todos os trechos.

(mensagem de Pernambucano)



Olá Pernambucano, essa loja que você citou é super confiável, só compro lá, sempre tem várias promoções, tipo compre 1 e o segundo sai com 50% de desconto. Aliás, lá costuma ser mais barato que no Duty Free!

 


 
Aumento de limite de compra Duty Free

 mensagem postada em 14/08/2013 - 16:08:31hs
 
 

Senado aprova aumento do limite de isenção em free shops para US$ 1,2 mil
O texto altera os dispositivos referentes ao regime especial de loja franca, aquelas situadas em aeroportos nas imediações do desembarque de voos internacionais

Publicação: 13/08/2013 21:43 Atualização: 13/08/2013 21:46
O texto que amplia o limite de vendas isentas de tributos em lojas francas (free shops) poderá ser ampliado de US$ 500 para US$ 1,2 mil foi aprovado na tarde desta terça-feira (13/8) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Anteriormente passou pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Agora o projeto do senador Cyro Miranda (PSDB-GO), aprovado por unanimidade segue para a Câmara. Com dois artigos, o texto altera os dispositivos referentes ao regime especial de loja franca, aquelas situadas em aeroportos nas imediações do desembarque de voos internacionais.

A emenda apresentada pelo relator na CAE, senador Armando Monteiro (PTB-PE) acaba com este limite das vendas nas lojas, feitas no momento da saída do país. O texto aprovado refere-se às vendas para passageiros chegando do exterior.

Miranda considera oportuno aumentar o limite de isenção por passageiro para compras nas chamadas lojas duty free. Em sua opinião, a medida é conveniente porque diminui a carga tributária brasileira e incentiva a vinda de turistas ao Brasil. O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) considerou importante a proposta pela sua capacidade de fomentar a atividade turística.

(Fonte: Correio Braziliense)

 


 
Res: Res: Res: RafaelaRes: RafaelaRes: RafaelaRes: Res: Res: RafaelaRes: RafaelaRes: RafaelaRes: Res

 mensagem postada em 14/08/2013 - 22:08:24hs
 
 

Voltei de Orlando na segunda (11/08) passei nesta loja de perfumes, que, inclusive, tem muitos brasileiros que trabalham por lá, por um momento pensei estar no Brasil!rs Enfim, tem perfumes em promoção sim, que valem muuuuito a pena, mas não são todos não. Uma dica: Fui ao Shopping e acabei vendo varias promoções de perfumes em estandes e lojas. Na "Land" fui informada que se você informar a loja que está apresentando valor menor que o deles, eles cobrem o valor. Como não tínhamos o nome da loja, choramos um desconto, e acabamos ganhando 10% de desconto na compra total. Boa viagem, aproveita porque é um sonho!!

 


 
Lojas perfumes de Brasileios ex "Land"

 mensagem postada em 13/11/2013 - 14:11:53hs
 
 

Estou a algum tempo em Orlando, conheci pessoas que trabalharam nesse lugar! e outras lojas parcidas! É 100% confiável o que vou dizer o que eles disseram! Os perfumes tem muitos falcificados no meio, as amostras são reais, existem diversos processos contra essas lojas de pessoas que levam muitos perfumes e ao chegar no Brasil descobrem ser falsos! Não existe mágica gente, esse papo de compre 1 mais barato e leve um 50% só papo de Brasileiro "esperto" que vende e "bobo" de quem compra! Quer perfume bom? pague o preço por ele em shoppings e ponto final!

 


 
 
Os áudio-animatrônicos são muito utilizados pela Disney e estão sempre sendo aperfeiçoados. O primeiro personagem humano foi Abraham Lincoln e foi apresentado na Feira Mundial de Nova Iorque de 1964. Inicialmente de poucos movimentos eram dotados, somente com a criação da figura de Benjamin Franklin - que está na atração "The American Adventure" do parque Epcot - que os Imagineiros pela primeira vez conseguiram criar um boneco áudio-animatrônico que também "caminhasse".