Orlando Tickets Online
 

Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
Bruno C
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/02/2013
 
 
Res: Relato da alfândega de Brasília
postado por: Bruno C

 mensagem postada em 04/12/2014 - 16:12:02hs
 

Não sei qual a minha sorte, mas foi a segunda viagem e a segunda vez que fui pego. Quem quiser viajar, pode ir comigo perto, pois é certeza de eu ser parado e multado e vocês, não.

Sobre os valores, sim, ainda foi mais barato do que aqui no Brasil, mas sempre fica a sensação de ser feito de -- palavra censurada -- , pois você se planeja o ano todo, junta dinheiro e, no final, ainda tem de deixar quase R$3.000 em impostos que nunca serão revertidos ao meu favor.

O fiscal não foi mal educado e prepotente igual ao no passado e foi bem tranquilo, acreditando em todos os valores que informávamos, pois ele percebeu que não estava tentando ludibriá-los nos valores.

Já outro amigo meu foi pego em Manaus e o fiscal deixou que ele passasse com a Sony Action Pro (rival da GoPro), pois disse que era câmera fotográfica.

Paciência.

Fala pessoal,
Pelo segundo ano consecutivo eu tive a "sorte" de ser parado pela Receita Federal em Brasília.
Eu e minha esposa formos parados e mandados para o raio-x e nos fora perguntado se estávamos com algum eletrônico, sendo que informados que sim.
Depois de toda a inspeção na mala, foi retirado para imposto:
- MacBook Air 11';
- iPad Air 2;
- GoPro Hero 3+;
- 2 Perfumes;
- 2 Relógios (um Casio e um Tommy);
- Itens gerais (pílulas de cálcio).

O valor total da brincadeira foi de R$2600, sendo que informei que a câmera era de uso pessoal e, por possuir a função filmadora e fotográfica, poderia ser enquadrada como fotográfica, mas o fiscal não aceitou e multou mesmo assim.
Muita gente foi parada, sendo mais de 15 e havia um senhor que provavelmente trabalha com vendas, que recebeu uma multa de R$10.000.
Alguém possui material jurídico que enquadre a GoPro como câmera isenta de tributação??
(mensagem de Bruno C)


Bruno,

A alfândega de Brasilia é uma das mais rigorosas, talvez por se localizar na cidade da sede da Receita e por ter um maior contingente de fiscais em inicio de carreira.
Realmente lá eles aplicam a tabela PNC para valer (como diz o Roberval)

Quanto a câmera GO PRO, já foi motivo de polêmica aqui mesmo no VPO, mas em Sites especializados existe um consenso de que ela é uma FILMADORA que também pode tirar fotos, ao contrario de outras cameras, mesmo Point and Shot, que são câmeras fotográficas e que podem eventualmente filmar.
Dessa forma, ela pode ser taxada por estar fora daqueles itens da Portaria, que dizem apenas 1 Celular, 1 Câmera fotográfica e um Relógio, mesmo que a câmera seja profissional e o relógio custe uma fortuna !

Mesmo considerando o valor do imposto, creio que vc ainda saiu no lucro, pois se fosse adquirir todos esses eletrônicos aqui, pagaria muito mais que isso !
Não esquece de guardar a GRU para futuras viagens, de forma a não ter que pagar de novo pela nacionalização dos eletrônicos, ok ?
Abraços.


(mensagem de Ayrton Horikawa)

Ayrton Horikawa
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 26/05/2013
 
 
Res: Relato da alfândega de Brasília
postado por: Ayrton Horikawa

 mensagem postada em 04/12/2014 - 14:12:55hs
 

Fala pessoal,
Pelo segundo ano consecutivo eu tive a "sorte" de ser parado pela Receita Federal em Brasília.
Eu e minha esposa formos parados e mandados para o raio-x e nos fora perguntado se estávamos com algum eletrônico, sendo que informados que sim.
Depois de toda a inspeção na mala, foi retirado para imposto:
- MacBook Air 11';
- iPad Air 2;
- GoPro Hero 3+;
- 2 Perfumes;
- 2 Relógios (um Casio e um Tommy);
- Itens gerais (pílulas de cálcio).

O valor total da brincadeira foi de R$2600, sendo que informei que a câmera era de uso pessoal e, por possuir a função filmadora e fotográfica, poderia ser enquadrada como fotográfica, mas o fiscal não aceitou e multou mesmo assim.
Muita gente foi parada, sendo mais de 15 e havia um senhor que provavelmente trabalha com vendas, que recebeu uma multa de R$10.000.
Alguém possui material jurídico que enquadre a GoPro como câmera isenta de tributação??
(mensagem de Bruno C)


Bruno,

A alfândega de Brasilia é uma das mais rigorosas, talvez por se localizar na cidade da sede da Receita e por ter um maior contingente de fiscais em inicio de carreira.
Realmente lá eles aplicam a tabela PNC para valer (como diz o Roberval)

Quanto a câmera GO PRO, já foi motivo de polêmica aqui mesmo no VPO, mas em Sites especializados existe um consenso de que ela é uma FILMADORA que também pode tirar fotos, ao contrario de outras cameras, mesmo Point and Shot, que são câmeras fotográficas e que podem eventualmente filmar.
Dessa forma, ela pode ser taxada por estar fora daqueles itens da Portaria, que dizem apenas 1 Celular, 1 Câmera fotográfica e um Relógio, mesmo que a câmera seja profissional e o relógio custe uma fortuna !

Mesmo considerando o valor do imposto, creio que vc ainda saiu no lucro, pois se fosse adquirir todos esses eletrônicos aqui, pagaria muito mais que isso !
Não esquece de guardar a GRU para futuras viagens, de forma a não ter que pagar de novo pela nacionalização dos eletrônicos, ok ?
Abraços.

Bruno C
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/02/2013
 
 
Relato da alfândega de Brasília
postado por: Bruno C

 mensagem postada em 04/12/2014 - 11:12:51hs
 

Fala pessoal,

Pelo segundo ano consecutivo eu tive a "sorte" de ser parado pela Receita Federal em Brasília.

Eu e minha esposa formos parados e mandados para o raio-x e nos fora perguntado se estávamos com algum eletrônico, sendo que informados que sim.

Depois de toda a inspeção na mala, foi retirado para imposto:

- MacBook Air 11';
- iPad Air 2;
- GoPro Hero 3+;
- 2 Perfumes;
- 2 Relógios (um Casio e um Tommy);
- Itens gerais (pílulas de cálcio).

O valor total da brincadeira foi de R$2600, sendo que informei que a câmera era de uso pessoal e, por possuir a função filmadora e fotográfica, poderia ser enquadrada como fotográfica, mas o fiscal não aceitou e multou mesmo assim.

Muita gente foi parada, sendo mais de 15 e havia um senhor que provavelmente trabalha com vendas, que recebeu uma multa de R$10.000.

Alguém possui material jurídico que enquadre a GoPro como câmera isenta de tributação??

Ayrton Horikawa
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 26/05/2013
 
 
Res: Raio x corporal ou detector de metais
postado por: Ayrton Horikawa

 mensagem postada em 03/12/2014 - 12:12:22hs
 

Alguém que tenha descido em Brasília recentemente sabe se enquanto vc passa as malas no raio x, você passa em algum tipo de raio x corporal ou eles passam detector de metais em você? Desde já obrigado
(mensagem de Thiasgo)


Sim.
Nas salas das alfândegas, tanto em SP como em Brasilia existem os aparelhos (Scanners) de raio X para as malas e também aquele aparelho tipo um portal, com detector de metais e raio X, para exame humano.
Nem todos são "convidados" a passar pelo portal mas é comum que quem esteja com 2 malas passe pelo Scanner de mercadorias.

E apenas lembrando, se o passageiro tentar ocultar algo nas roupas ou no corpo, para eximir-se de pagar o devido imposto, não terá mais a opção de pagar o imposto e ficar com a mercadoria ! Ela será confiscada imediatamente e o passageiro ainda poderá responder por crime de descaminho.
A ocultação de bens, qualquer que seja o processo utilizado, pode acarretar o seu perdimento em favor da Fazenda Nacional Brasileira, além de outras penalidades previstas na legislação brasileira.

Abraços,
Ayrton.

Thiasgo
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 03/12/2014
 
 
Raio x corporal ou detector de metais
postado por: Thiasgo

 mensagem postada em 03/12/2014 - 10:12:32hs
 

Alguém que tenha descido em Brasília recentemente sabe se enquanto vc passa as malas no raio x, você passa em algum tipo de raio x corporal ou eles passam detector de metais em você? Desde já obrigado

Thiasgo
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 03/12/2014
 
 
Res: Chegada em Brasília com enxoval de bebê
postado por: Thiasgo

 mensagem postada em 03/12/2014 - 10:12:15hs
 

Amigos, chegamos hoje no voo da TAM Miami/ BSB, às 7:30 da manhã. Vou relatar a nossa passagem pela alfândega. Fomos fazer o enxoval do nosso baby. Já dá para ter uma ideia da quantidade de malas e tamanhos. Como relatei em outro post, parte das nossas compras (1 mala com bebê conforto + roupinhas; 1 mala pequena com outros itens do baby, como a babá eletrônica e o nosso MAC BOOK PRO) foram enviados pelos nossos familiares que voltaram pelo RJ. Ninguém passou pelo raio-x e nem foi tributado.
Chegamos em BSB e optamos por pegar logo as nossas malas ( 1 mala tipo sacoleira com o carrinho de bebê apenas; 1 mala de 29 K; 2 malas de médias e 1 mala de mão) e partir para a fila do nada a declarar. Ao nos dirigir para o local já deu para perceber que nós éramos os que estavam com mais malas. Chamávamos mais a atenção, mas não quisemos ficar fazendo hora.
Chegando no fiscal ele nos perguntou de onde estávamos chegando; quanto tempo ficamos e se estávamos juntos. Respondemos que estávamos voltando de Miami; que ficamos 15 dias e que estávamos juntos. Daí ele nos mandou seguir pela linha amarela, enquanto todos os demais seguiam pela linha verde. Na hora comecei a ficar nervosa, pois éramos os primeiros a ser mandados para o raio-x. Além disso, só o nosso carrinho tinha custado bem mais de 500 dolláres. Enfim, chegando no raio-x o fiscal disse que ligaria a máquina e que era para o meu esposo colocar as malas e eu retirar do outro lado. Estou com 5 meses de gestação, mas a minha barriga não é muito aparente, então não retirei as malas alegando que estava grávida. Meu esposo veio e retirou. Ele nos perguntou o que tinha na mala de sacoleiro. Dissemos que era o carrinho. Daí ele nos questionou se trazíamos algum alimento. Foi nessa hora que o meu esposo lembrou que tinha uma maça e um saco de batatas na mala. O fiscal disse para nunca mais trazermos nenhum alimento dos EUA. Que ele estava quase nos mandando para a sala só por conta dos alimentos, acredita? Daí nos liberou.
Bem, o que eu tiro desta experiência (essa é a nossa terceira viagem para a terra da magia) é que a alfândega de Brasília não é esse bicho de sete cabeças. Ela é mais rígida se comparada às demais, porém o alvo deles é fiscalizar eletrônicos. Se vc for fazer o enxoval e voltar com muitas malas, não traga eletrônicos, pois com certeza vão chamar a atenção. Ah... e quanto ao enxoval, vale sim a pena. Basta se planejar e pesquisar antes de ir os preços. Economizamos muito fazendo o enxoval nos EUA, além do prazer da viagem. Espero ter ajudado!

(mensagem de TayaneRibei)



Você viu se em Brasília tem raio x corporal ou detector de metais enquanto as pessoas estão passando as malas no raio x?

Junior Casemiro
 
Membro
 
 
Ibitinga - Sp
 
Inscrição: 30/05/2012
 
 
Alfândega GRU 29/11 Terminal 3
postado por: Junior Casemiro

 mensagem postada em 02/12/2014 - 18:12:26hs
 

Olá a todos!
Como esse fórum me ajudou muito ano passado quando fui pra Orlando queria fazer uma contribuição sobre uma viagem que fiz agora em Novembro, pra Europa.
Cheguei em GRU no Terminal 3, às 4 da manhã, de um vôo sem escalas Londres > São Paulo pela TAM.
O terminal estava bem vazio, fora o meu vôo que tinha chegado, tinha um outro vôo (que não prestei atenção de onde vinha) que estava desembarcando ao mesmo tempo.
Eu não comprei nada de valor na viagem, porém estava com um notebook bem simples que comprei em Orlando ano passado (e não declarei porque estava dentro da minha cota), mas ainda estava com medo por presentes que havia trazido pra amigos e parentes.
Quando me dirigi pra fila do Nada a Declarar tinham dois fiscais barrando as pessoas e fazendo perguntas, quando chegou minha vez de passar uma fiscal nem me perguntou nada e já pediu pra que eu fosse pra fila do raio-x.
Tinha umas 3 mulheres com as malas sendo abertas e revistadas, fiquei com muito medo de ter as minhas revistadas também.
Passei minhas malas pelo raio x, minha mala de mão passou reto, mas a minha mochila onde estava meu notebook e minha mala (uma mala grande, de 32") ficaram uns 5 minutos dentro do raio x sendo inspecionadas, a fiscal analisou bastante o conteúdo da mala... aí logo em seguida ela pediu pra tirar as malas do raio-x e me dispensou.
Fica de aviso pro pessoal que vai pra Miami/Orlando/Nova York que são os destinos mais visados pela Receita Federal, o cerco tá apertando e a partir de 2015 vai ficar pior! Não tragam muita coisa fora da cota porque dificilmente vai passar batido!

Eduardo1984
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 01/09/2013
 
 
Res: medo / como fazer declaração? / e se não declarar?
postado por: Eduardo1984

 mensagem postada em 02/12/2014 - 14:12:43hs
 




De tempos em tempos começam a aparecer dúvidas de cota de alfândega neste tópico, sendo que existe um específico pra esse tema. Vamos manter o fórum atualizado?


(mensagem de Otavio Sergio da Costa)



Bem lembrado Otavio....

Otavio Sergio da Costa
 
Membro
 
 
Sao Paulo - Sp
 
Inscrição: 13/09/2012
 
 
Res: medo / como fazer declaração? / e se não declarar?
postado por: Otavio Sergio da Costa

 mensagem postada em 02/12/2014 - 11:12:21hs
 

Gente estava querendo comprar um mackbook pro lá, Iria declarar ele quanto sairia a DARF? corro risco de eles encresparem com mais coisas? não irei trazer mais nada. só roupas para uso pessoal.


CAso eu compre um iphone, Como funciona neste caso? Iphone pode ser taxado? se eu vier apenas com ele de telefone? Ou telefone não será taxado apenas se tiver o simbolo da anatel


(mensagem de José Ferreira Soares Neto)


De tempos em tempos começam a aparecer dúvidas de cota de alfândega neste tópico, sendo que existe um específico pra esse tema. Vamos manter o fórum atualizado?

José Ferreira Soares Neto
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 12/04/2012
 
 
Res: medo / como fazer declaração? / e se não declarar?
postado por: José Ferreira Soares Neto

 mensagem postada em 02/12/2014 - 10:12:46hs
 

José, a conta é essa mesmo.

Macbook = 1099.00
cota = - 500.00
valor tributável= 599.00
imposto(50%)= 299.00 dolares

Só uma dúvida, esse valor de 1099 não é do mac air? O pro é mais caro.

Mas não se preocupe, o app da receita já faz as contas, inclusive uma simulação.

Ah, ia esquecendo, o valor considerado para o calculo é o valor final, com impostos incluidos.

Abç
Denis
(mensagem de Denis Cordella)

Olá, obrigado pela resposta

o mackbook que estou vendo é este modelo:

MacBook Pro

13-inch: 2.5GHzSpecifications2.5GHz dual-core Intel Core i5Turbo Boost up to 3.1GHz4GB 1600MHz memory500GB 5400-rpm hard drive1Intel HD Graphics 4000Built-in battery (7 hours)2$1,099.00

O modelo que vem com hd e não memoria flash. E tem até drive de dvd.

e só uma pergunta, caso nao declare e seja pego a multa é cobrada pelo excedente ou pelo valor total?


 
Mais de 30 toneladas de frutas e vegetais são cultivadas no pavilhão - The Land (Future World - Epcot) e servem os restaurantes do Walt Disney World Resort.