Cruzeiros

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Peço encarecidamente que não se utilizem do presente tópico para a troca de informações relacionadas a cotações de cruzeiros. O Viajando para Orlando é patrocinado pela empresa Orlando Tickets Online no referido segmento - link.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Fábio Liporace

 mensagem postada em 10/04/2014 - 11:04:17hs
 
 

Vc pode cotar no site da Disney Cruise Line.

Sds (mensagem de FabioLiporace)


Eu já tentei, mas não consigo !
Não sei o que está acontecendo.
Até aqui, no VPO, preenchi o formulário, pedi a cotação e nada !


Mônica Santoro

 


 
Res: Majesty - 4º Dia - Key West e Desembarque

 mensagem postada em 10/04/2014 - 10:04:42hs
 
 

Nossa Débora, adorei ler o seu relato!

Voltei no tempo, pois fiz este mesmo Cruzeiro em 2008 e pelo o que você escreveu, continua do mesmo jeito.

Amei Cococay, um lugar lindo demais...explorei esta ilha de cabo a rabo...rsrsr...e ainda aluguei snorkel, que recomendo muito a quem for para lá.

Eu não sei se ainda é assim, mas quando fui, no Johnny Rockets, pagava-se U$3,99 + taxas e podia comer o quisesse, incluindo a sobremesa e mais de uma vez. Estávamos em um grupo grande e nos divertimos demais com a dança dos graçons.

Este foi o melhor Cruzeiro que já fiz...ainda não fiz o da Disney...rsrsr

Abraços Xará!

 


 
Res: Res: AMIGOS - DICAS - DISNEY DREAM - LÚCIA DFERREIRA

 mensagem postada em 10/04/2014 - 09:04:02hs
 
 

Poxa, eu também tenho dúvidas sobre o Cruzeiro da Disney. Ninguém me passa cotação, enfim tá dificil....
Vocês podem me dar essas dicas?

Obrigada

Oi Monica, tudo bem? Já conseguiu tirar suas dúvidas a respeito do Disney Dream? Caso tenha alguma talvez possa ajudar, eu fui e amei. É maravilhoso. Abraços (mensagem de lucia dferreira)

Na realidade, tenho milhões de dúvidas ....
Você colocou algum relato ? Onde a gente contrata ? Já pedi vários orçamentos, mas não tive nenhuma resposta ! Ainda não tive tempo de ir pessoalmente a uma agência verificar, então ...
Se puder me dar algumas dicas, agradeço muito !
Obrigada,

Mônica Santoro
(mensagem de Marcello Cardoso de Sousa)

 


 
Utilização do pacote de bebidas

 mensagem postada em 09/04/2014 - 11:04:33hs
 
 

Como já postei anteriormente vou para o Caribe oeste dia 20/04 no Independence of the Seas e comprei um pacote de bebidas Premium e ainda estou com algumas dúvidas:

1) Posso tomar as bebidas do meu pacote em qualquer bar ou restaurante do navio?
2) Ao fazer refeições no restaurante principal preciso levar o copo para tomar os refrigerantes ou só com a apresentação do cartão com o selo do pacote os garçons trazem? E quanto às bebidas, se pedir uma cerveja ou uma taça de vinho é só mostrar o cartão? E no Windjammer, é do mesmo jeito?
3) Ao descer nas ilhas posso pegar uma garrafa de água mineral (o meu pacote inclui água mineral) e sair com ela do navio?
4) Posso encher meu copo de coca-cola e logo depois pegar uma cerveja no bar?

Desculpem por tantas perguntas, mas é meu primeiro cruzeiro.

 


 
Res: AMIGOS - DICAS - DISNEY DREAM - LÚCIA DFERREIRA

 mensagem postada em 08/04/2014 - 16:04:10hs
 
 

Oi Monica, tudo bem? Já conseguiu tirar suas dúvidas a respeito do Disney Dream? Caso tenha alguma talvez possa ajudar, eu fui e amei. É maravilhoso. Abraços (mensagem de lucia dferreira)

Na realidade, tenho milhões de dúvidas ....
Você colocou algum relato ? Onde a gente contrata ? Já pedi vários orçamentos, mas não tive nenhuma resposta ! Ainda não tive tempo de ir pessoalmente a uma agência verificar, então ...
Se puder me dar algumas dicas, agradeço muito !
Obrigada,

Mônica Santoro

 


 
Res: Res: Majesty - 3º Dia - Cococay

 mensagem postada em 07/04/2014 - 16:04:13hs
 
 

Oi Juli,
Não sabia dessa opção do café no quarto, achei que era pago.
Ano que vem vamos fazer o Independence de 7 noites que sai de Fort Lauderdale, deve ser o mesmo esquema né? Mas acho que esse navio é bem maior, devem ter muitas opções, quero ver se conheço todas rs


Oi Débora, seu relato foi muito bom mesmo, fiz esse cruzeiro em setembro de 2012 e gostei tanto que repeti em setembro também de 2013, e agora esse ano irei no de 7 dias que sai de Cabo Canaveral. Agora sobre o café da manhã você tem mais uma opção bem legal, e pedir o café no quarto. Tem um folheto para você escolher os itens que você quer no café, tem de tudo..., e aí você coloca na porta do lado de fora, de manhã no horário escolhido eles levam seu café no quarto, e tudo isso também é gratuito. (mensagem de Juli de pinho)

 


 
Res: Majesty - 3º Dia - Cococay

 mensagem postada em 06/04/2014 - 02:04:28hs
 
 

Oi Débora, seu relato foi muito bom mesmo, fiz esse cruzeiro em setembro de 2012 e gostei tanto que repeti em setembro também de 2013, e agora esse ano irei no de 7 dias que sai de Cabo Canaveral. Agora sobre o café da manhã você tem mais uma opção bem legal, e pedir o café no quarto. Tem um folheto para você escolher os itens que você quer no café, tem de tudo..., e aí você coloca na porta do lado de fora, de manhã no horário escolhido eles levam seu café no quarto, e tudo isso também é gratuito.

 


 
Res: Majesty - Chegada em Miami e 1º Dia

 mensagem postada em 31/03/2014 - 15:03:30hs
 
 

Bom, eu estava devendo esse relato, era nossa primeira vez nos EUA e em cruzeiros e peguei muitas dicas aqui e quando voltei acabei esquecendo de postar. Então como eu sou ansiosa e gosto de ver muitas fotos dos lugares vou tentar fazer os relatos o mais detalhado possível, tudo que eu conseguir lembrar posto e claro, muitas fotos.
Eu e meu marido (noivo na época) fizemos esse cruzeiro em Maio de 2012, tem quase 2 anos mas acredito que as coisas não tenham mudado muito.
(mensagem de Debora Zagotto)


Debora,

MUITO BOM esse seu relato! Esse é exatamente o mesmo cruzeiro que irei fazer com a minha esposa e nosso filho em setembro deste ano.

 


 
Majesty - 4º Dia - Key West e Desembarque

 mensagem postada em 30/03/2014 - 21:03:09hs
 
 

Último dia do nosso cruzeiro. Última parada: Key West. Assim como em Cococay, decidimos não fechar nenhuma excursão com o navio. Primeiro pensamos em fazer o city tour no trenzinho, depois pensamos em alugar uma bicicleta pra dar umas voltas pela cidade e por fim decidimos só andar mesmo sem rumo. Fomos até o Southernmost Point (a "boia" que marca um dos pontos extremos dos EUA, a apenas 90 milhas de Cuba), tiramos umas fotos, depois procuramos uma praia que pudéssemos dar um mergulho, ficamos ali por um tempo e voltamos andando. No caminho de volta paramos no Kermit's Key Lime Pie Shoppe, comer a tão famosa torta de limão que eu tanto li por aqui... e sinceramente foi uma decepção, que torta sem graça, sem doce, prefiro as nossas aqui.
Voltamos para o navio e ficamos pela piscina onde estava tendo o concurso do homem mais forte do mundo, muito engraçado também. Queríamos assistir o famoso pôr do sol de Key West, mas todos deviam estar a bordo às 17:30 e não daria tempo, assistimos do navio mesmo. Quando voltamos pra cabine, estavam lá os envelopes para depositarmos as gorjetas da tripulação (um para cada tripulante), um jornalzinho com explicações sobre os procedimentos para a saída e os horários do café da manhã e eu não lembro se foi nesse dia à noite ou no dia da saída de manhã que tínhamos que levar nossa documentação para uma pessoa, como se fosse uma imigração, e respondíamos algumas perguntas, mas era bem rápido. Decidimos não deixar as malas do lado de fora e sair por conta própria. Depois do jantar, finalmente encontramos uma festa pra ir no navio. Os mais jovens do cruzeiro estavam numa festinha na boate, festa de encerramento. Foi bem legal, mas fomos dormir logo para acordar cedo no dia seguinte, que era dia de ir embora.
Quando acordamos fomos tomar um café bem rápido no Windjammer mesmo para não atrasar a saída, pegamos a mala e passamos pela alfândega do lado de fora do navio, tinha uma filinha, então a sugestão é que saiam realmente cedo para pegar menos fila. Fomos pro ponto esperar o ônibus da Alamo que nos levaria ao aeroporto para pegar o carro rumo a Orlando. Os brasileiros que conhecemos no navio decidiram ir de taxi pro aeroporto, nós decidimos esperar o ônibus, quando chegamos no aeroporto a fila da Alamo estava gigante! Tentamos usar o terminal de auto atendimento, mas ele dizia que aquela reserva não poderia ser concluída pelo terminal, eu tinha que ir ao guichê mesmo. Fomos lá e esse momento foi bem chato, quando pegamos o carro pela hertz não pegamos fila nenhuma e o procedimento foi super rápido. Quando a gente contrata o carro através do Ronaldo da OTO, eu sei que todos os seguros obrigatórios já estão inclusos no preço e que eu não sou obrigada a aceitar mais nada que a locadora ofereça, mas esse atendente foi bem chato. Meu marido não entende muito de inglês e eu não dirijo, então o cara ficava oferecendo as coisas e eu respondendo que não, e ele começou a se irritar e ser grosseiro com a gente, falou que eu não poderia mais responder a nada que ele perguntasse porque eu não dirigiria o carro, então instruí ao meu marido de como responder para dizer que não queria NADA do que ele estava oferecendo. Ele ficou bem irritado de verdade e conseguiu nos irritar também. Da vez que fui direto para Orlando com uma amiga, pegamos o carro através do auto atendimento e não tivemos problema nenhum.





























 


 
Majesty - 3º Dia - Cococay

 mensagem postada em 30/03/2014 - 19:03:31hs
 
 

Antes de viajar não encontramos muitas informações sobre Cococay, apenas sabíamos que era a ilha da Royal e que teria alimentação incluída.
Decidimos não fechar nenhum passeio com o navio por causa dos preços altos, e pelo que lembro também não tinham muitos passeios interessantes, apenas Jet Ski, Snorkel, passeios do tipo que não queríamos pagar caro para fazer.

Como falei antes, descobrimos nesse dia que poderíamos tomar café no restaurante onde tem o jantar formal, nossa que alívio, e era gratuito. Lá poderíamos escolher sabores de omeletes que eram preparadas na hora, café com leite, torrada, pão, manteiga, chocolate com leite, comemos coisas que se assemelhassem mais ao nosso café brasileiro. O chato é que nos colocaram numa mesa com um americano que estava comendo \"porcarias\", mesmo o restaurante estando bem vazio rsrsrs.

Descemos na ilha e já de cara a paisagem é surpreendente. Decidimos andar na ilha para ver o que encontraríamos por lá e então demos a volta na ilha a pé, acredito que muitas pessoas não conheçam a parte de trás da ilha, pois não vimos ninguém do navio fazendo esse percurso, só ficaram na praia principal logo na entrada da ilha, não vou nem escrever muito nesse relato, porque acredito que as fotos explicam muito melhor o que é aquele lugar. Depois de tirar muitas fotos voltamos para a praia principal onde estava sendo servido o almoço. Cuidado com os pássaros, uma menina que sentou ao nosso lado teve sua carne \"roubada\" por um deles. Depois ficamos \"lagarteando\" no mar que mais parecia uma piscina.
Resumindo Cococay é um lugar basicamente para relaxar mesmo.

Voltando pro navio estava tendo o concurso de barrigadas na piscina, todo dia tem uma brincadeira na piscina, fica tudo escrito no jornalzinho. Fizemos a parede de escalada, usamos um pouco a academia só para não dizer que não fomos e à noite teve a noite do comandante no teatro. A maioria das pessoas estavam vestidas normalmente, nada muito luxuoso. Eu fui com um vestido simples e meu marido de calça e camisa Polo e a maioria estava da mesma forma. Não nos sentimos mal por terem pessoas mais arrumadas e outras menos, estávamos do jeito que nos deixasse à vontade. Lá foi servido uma taça de espumante gratuita para cada um e o comandante apresentou a tripulação, poderíamos não ter perdido esse tempo, no próximo não sei se iremos.
Depois fomos jantar no restaurante formal, demos uma voltinha pelo navio que novamente já estava bem vazio, todos já tinham ido dormir.

































 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.