Orlando Tickets Online
 

Aluguel de Carro

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Peço encarecidamente que não se utilizem do presente tópico para a troca de informações relacionadas a cotações de aluguel de carro (regra "3.1"), nem para a divulgação do nome de empresas que atuem com reserva de aluguel de carro, operadoras, agências de turismo, etc. O Viajando para Orlando é patrocinado pela empresa Orlando Tickets Online no referido segmento - link.
É permitido - todavia - em esclarecimento a aplicação da regra em comento - trocar informações relacionadas a modelos de carros, sobre a qualidade das locadoras como: Alamo, Hertz, Dollar, Thrifty, Avis, Sixt, Budget, etc.
A idade mínima exigida é de 21 anos para locação sendo que de 21 a 25 anos é comum as locadoras cobrarem uma taxa adicional.
Tipos de seguros: CDW/LDW: trata-se do seguro básico que oferece cobertura que isenta o locatário de toda responsabilidade financeira por roubo, perdas ou danos causados ao veículo alugado, desde que não seja infringida nenhuma cláusula contratual, LP/EP/ALI/SLI (LIS): Proporciona ao locatário e aos motoristas adicionais previamente autorizados uma cobertura (em geral até US$1.000.000) em caso de danos pessoais e/ou materiais ocorridos contra terceiros, incluindo invalidez permanente ou morte, PAI: proporciona ao locatário e passageiros cobertura relacionada a despesas médicas e PEC: proporciona ao locatório cobertura por perdas decorrentes de roubo dos bens deixados no interior do veículo durante o período da locação.

leia essas informações
 
Índice  
Marcelo de Souza
 
Membro
 
 
Brasilia - Df
 
Inscrição: 07/01/2014
 
 
Devolução de veículo diferente do local contratado
postado por: Marcelo de Souza

 mensagem postada em 16/02/2016 - 13:02:54hs
 

Só pra confirmar pessoal: isso é possível, certo? Sem pagar taxa (no caso da Alamo). Acho que li isso em algum lugar, só queria confirmar.
Originalmente contratado para devolver em Miami, mas provavelmente acabarei devolvendo em Fort Lauderdale...

Carlos Sato
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/06/2007
 
 
Res: Entrevista com Ronaldo - Tira-Dúvidas - Aluguel de Carro
postado por: Carlos Sato

 mensagem postada em 15/02/2016 - 11:02:44hs
 

Luiz Carlos,

Excelente a matéria da entrevista com o Ronaldo, achei muito pertinente a questão dos documentos que tem que andar sempre com os originais e com o contrato da locadora sempre em mãos. ..
Novamente esclarecendo as dúvidas dos estepes e do sistema de pedagios ...

E ele deu aquela comentada no seguro de serviço de bateria e chaves extras ... opcional, parece simples de se resolver, mas envolve a perda de um tempo precioso da nossa viagem, infelizmente !!

Parabéns pela contribuição !!

Abs

Luiz Claudio Guimaraes Rocha
 
Membro
 
 
Rio de Janeiro - Rj
 
Inscrição: 13/02/2016
 
 
Locação de carro com caução em especie - Para quem não dispoe de cartão de credito internacional
postado por: Luiz Claudio Guimaraes Rocha

 mensagem postada em 13/02/2016 - 18:02:53hs
 

Prazados

Antes a Alamo aceitava locação com caução em especie apenas nos aeroportos de Miami e Orlando sem a necessidade de cartão de credito internacional. De Agosto de 2015 para cá, não mais.

Alguém conhece alguma locadora em Orlando que o faça?

Claudio

Fabio Motta
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 18/10/2010
 
 
Alamo Disney Car Care - Relato
postado por: Fabio Motta

 mensagem postada em 12/02/2016 - 12:02:17hs
 

Aluguei um midsize (Toyota Corolla ou similar) com a Alamo, via agência de viagens aqui no Brasil, no período de 21/01 a 05/02, para retirada no Disney Car Care. Mesmo já tendo feito o check in online, tive de me dirigir a uma fila (pequena) no guichê. A atendente não tentou me "empurrar" nada, mas perguntou se eu não queria um carro maior para acomodar as malas. Expliquei que iria utilizar o transporte da Disney (estava no Art of Animation) e ela não fez mais perguntas.

A retirada é diferente do aeroporto: no DCC eles indicam a vaga onde o carro está, e ao chegar na vaga indicada, tomei um susto, porque o carro era um Chrysler Town & Contry. Revi o contrato e voltei ao balcão, onde me foi mostrado eu tinha recebido um upgrade sem custo, porque eles não tinham o midsize alugado. O carro estava em bom estado, mas a limpeza deixou um pouco a desejar. Na devolução, só deixei o carro, o funcionário olhou o combustível e me deu o recibo de entrega. E ainda solicitei transporte para o Animal Kingdom, que me deixou na porta do parque.

Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Res: Relato de um ``causo``com o carro na viagem - Parte 2
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 12/02/2016 - 09:02:31hs
 

Prezados amigos do VPO,

Realmente a decisão sobre "optar" ou não por seguros adicionais na hora da locação de veículos é uma questão muito pessoal e envolve uma reflexão.
Como já disse em outro Post, nas mais de 20 vezes que estive em Orlando, alugando um carro, NUNCA tive sequer um pneu furado, nem pane de bateria !
No entanto alguns cuidados devem ser observados na hora de escolher o carro na garagem.
Opte pelo carro mais novo, veja a Kilometragem (milhagem) no painel de controle, veja o estado dos Pneus, evite optar por carros muito usados ou com pneus gastos, teste tudo (farol, buzina, abertura de portas, luzes) antes de retirar o carro da garagem.
Isso, claro, em locadoras que oferecem diversidade de carros em cada categoria para escolha, como por exemplo a Alamo e a Hertz.
Algumas já te dão um carro específico, onde vc pega a chave no balcão !
Com essa novidade de agora os carros virem SEM o pneu step, vale a pena refletir sobre a adesão ou não ao seguro Road Side Plus (ou similar).
Principalmente se for viajar muito com o carro (mesmo o trecho entre Miami e Orlando, pela Turnpike), pois se tiver um pneu furado ou pane elétrica no meio do caminho, imagino o valor da conta do guincho !!

O importante é não entrar em pânico no caso de algum problema.

Vejam por exemplo o relato do Carlos. Inicialmente, uma simples "chupeta" de bateria foi feita por um brasileiro que trabalha em uma das lojas do pequeno Shopping ao lado do Outlet Premium da ID. !!
Outra coisa: Os carros da Chrysler costumam ter aquecedores de banco, que gastam bastante a bateria.
É um acessório muito útil em caso de temperaturas frias, mas é preciso desligar o acessório antes de sair do carro. Mesmo aquele aquecedor do vidro traseiro, tem que ser desligado antes, pois exatamente pelo frio, o Timmer da chave demora muito de desligar todo o sistema elétrico e a bateria vai embora !!

É muito dificil que um carro novo já venha com bateria com defeito, principalmente nos EUA onde os carros passam por um rigoroso teste de qualidade antes de serem entregues aos proprietários !
Mas as vezes acontecem imprevistos, e devem ser levados com bom humor pelos passageiros, pois podem acontecer com qualquer um, em qualquer lugar.

Então amigos, aqueles que não tiverem condições de resolver problemas como carga de baterias, troca de pneus, chamar chaveiros para abrir um carro onde eventualmente ficou trancada a chave dentro,dificuldades com o idioma, etc,. realmente é melhor aderir ao tal "seguro", pois por um custo de US$ 8 por dia, estarão comprando tranquilidade !!
Um forte abraço a todos,
Roberval.


Lian
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 29/10/2015
 
 
Res: Relato de um ``causo``com o carro na viagem - Parte 2
postado por: Lian

 mensagem postada em 12/02/2016 - 08:02:19hs
 

Olá Carlos,

Acho que estivemos em Orlando na mesma época, lembro de ter lido um relato seu sobre lotação da US/IOA quando estava nesses parques.
Nossa que sufoco.
Já estava preocupada quando vi as informações sobre a possibilidade de não haver estepe no carro...
Realmente, foi muito bom ter contado a experiência, acho que vou pensar melhor sobre esse seguro de chaves/bateria/troca de pneu numa próxima viagem.
A locação de carro é a parte mais estressante da viagem, na minha opinião. Na primeira viagem, justamente por ser a primeira, foi um stress usar o GPS, pois, naõ temos o costume. Quando "ela" falou para virar, não viramos e as placas indicavam MIAMI, meu filhinho desesperado "ai, nós vamos para MIAMI...", mas depois acertamos e ficou tudo bem.
Nesta viagem, o GPS não funcionou. Saímos do aeroporto e nada. Comecei a entrar em pânico, porque nem existe acostamento... Pedi para o meu marido voltar para o aeroporto...conseguimos voltar e ai, até explicar que não estava devolvendo o carro...
A única que fala um pouco de inglês sou eu, meu marido e meu filho ficaram no carro num lugar que não era para parar e eu fui até uma cabine da Alamo tentar resolver. O rapaz foi gentil, trocou o GPS e colocou até o endereço do hotel para mim. Enquanto isso meu marido estava super preocupado porque se alguém mandasse ele tirar o carro ele não ia conseguir se comunicar e iríamos nos perder porque não habilitamos o celular para ligações internacionais. Aff... mas deu tudo certo no final.
Já estou pensando em ficar num hotel da Disney e ir de onibus para lá, rsss.
Valeu pelo relato.

Lílian

Luiz Carlos Pantoja Filho
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/12/2004
 
 
Entrevista com Ronaldo - Tira-Dúvidas - Aluguel de Carro
postado por: Luiz Carlos Pantoja Filho

 mensagem postada em 11/02/2016 - 18:02:26hs
 



Olá amigos,

Eu aproveitei algumas questões que surgiram no presente tópico e também outras mais tradicionais e entrevistei o amigo Ronaldo Esteves da empresa Orlando Tickets Online conforme vocês podem atestar do vídeo acima.

Um forte abraço a todos,
Luiz Carlos ºoº

Carlos Sato
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/06/2007
 
 
Res: Relato de um ``causo``com o carro na viagem - Parte 2
postado por: Carlos Sato

 mensagem postada em 02/02/2016 - 16:02:32hs
 

Luiz Carlos,

Agradeço pela sua sempre calorosa receptividade nas minhas participações ...

Com relação ao seguro que não contratei foi exatamente este que citou e transcreveu completando as informações ...

Como podem ver, não é exatamente um fato que ocorra com freqüência, mas seguros são feitos justamente pra estas situações ...

Na minha ligação inicial pra Alamo, eu realmente não estava com o contrato em mãos, tinha deixado no cofre do hotel , portanto não tinha como questionar muito e tal ... mas depois, na segunda vez, eu fui ler o contrato novamente, e tem uma taxa referente a bateria, mas é apenas uma ‘’fee’’ , não é seguro , eles cobram uma taxa de uso da bateria por dia, mas ela me esclareceu que esta taxa não cobre este serviço que precisava ...

Então fica a dica, nem sempre vale a pena recusar todos os seguros gente, principalmente se vc vai usar o carro fora da cidade, como no meu caso, que geralmente desço em Miami, faço passeios por ali, e depois acabo indo à Orlando e ou outras cidades ...

Dentro das cidades em geral, acho que podemos até dispensar este seguro, pois se ocorrer o sinistro, vc aciona e paga a tarifa ... mas e na estrada ? quem imaginaria ficar sem bateria numa parada de estrada ? ou depois do parque ? à noite ? cansado ? O mesmo vale pros pneus ? e se ficar sem as chaves ? eu geralmente acabo deixando a chave extra no porta-luvas, e se sumir a original a reserva tá dentro do carro, trancada junto ...

Fica a dica: - Seguro morreu de velho !!

Eu com certeza vou incluir esta tarifa na minha próxima locação !!

Luiz Carlos Pantoja Filho
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 16/12/2004
 
 
Res: Relato de um ``causo``com o carro na viagem - Parte 2
postado por: Luiz Carlos Pantoja Filho

 mensagem postada em 02/02/2016 - 15:02:22hs
 

Olá Carlos,

Muitíssimo obrigado por você compartilhar conosco a sua experiência.

Inicialmente devo dizer que sinto muito pelo ocorrido, por todo esse tempo perdido para resolver o problema do veículo que por certo deve ter atrapalhado a sua viagem.

De toda forma, eu gostaria de lhe indigar se após o acontecido você chegou a questionar a Alamo a respeito de qual seguro adicional que você deveria ter contratado para evitar essa taxa atinente a bateria.

Se eu não me engano, no caso, foi realmente o Roadside Plus (RSP) que faltou, pois no site da Alamo esse seguro adicional está assim discriminado:

"Se selecionado e pago no momento do aluguel, o proprietário oferece Roadside Plus, que proporciona o serviço de auxílio na estrada 24x7 sem cobrança adicional. O RSP inclui substituição de chaves perdidas (incluindo dispositivos de entrada remota), reboque (não relacionado a um acidente), instalação de pneu sobressalente (se não houver pneu sobressalente, o Veículo será rebocado), serviço de bloqueio (se as chaves ficarem trancadas no Veículo), partida do motor com auxílio de bateria externa e serviço de entrega de combustível de até 3 galões (ou o equivalente em litros) de combustível. Os serviços RSP estão disponíveis somente nos 50 Estados Unidos e Canadá. O RSP SERÁ NULO E SEM VALIDADE OU EFEITO SE NO MOMENTO DO INCIDENTE O LOCATÁRIO (OU QUALQUER AAD) ESTIVER UTILIZANDO O VEÍCULO EM VIOLAÇÃO AOS TERMOS E ÀS CONDIÇÕES DESTE CONTRATO OU A QUAISQUER DAS AÇÕES QUE INVALIDEM A ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE POR PERDAS E DANOS. Nesses casos, o serviço de auxílio na estrada estará disponível, mas haverá incidência de tarifas padrão. O ROADSIDE PLUS não se aplica ao México. Para serviço de auxílio na estrada, ligue para 1-800-803-4444. Quando os aluguéis têm origem na Califórnia, Kansas, Nevada e Nova York, o Roadside Plus não inclui a substituição das chaves perdidas ou de dispositivos de entrada remota."

Fonte: Alamo.

Você teve oportunidade de questioná-los a esse respeito?

Mais uma vez, muitíssimo obrigado pelo relato.

Um forte abraço!
Luiz Carlos ºoº

Carlos Sato
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/06/2007
 
 
Relato de um ``causo``com o carro na viagem - Parte 2
postado por: Carlos Sato

 mensagem postada em 02/02/2016 - 14:02:02hs
 

Galera, desculpe ter dividido o meu relato, não coube tudo no primeiro e a regra não permite escrever demais ....

Resumindo um pouco os acontecimentos:

Quando minha esposa foi perguntar o endereço do local, isto foi numa loja de produtos energéticos , o cara era brazuca ... peraí ... brazuca sempre tem um jeitinho pra tudo !!! Ele perguntou p ela o que tinha acontecido, pois ela, a mãe e meu caçula ficaram por ali esperando ...ele disse que ia fazer a tal chupetinha na bateria !!! O cara tinha um cabo de bateria !!!

Minha esposa me ligou falando isto e me pediu pra voltar correndo , pois eu estava com as chaves e o carro não abria p ele tentar a tal chupeta de bateria !!!

Mas enfim, deu tudo certo, a bateria deu vida de novo !!! Ufa !!! Cancelei o atendimento da Alamo .... fomos p hotel ... jantamos por ali perto ... tava bem cansado porque caminhei um bocado no shopping, depois p ir e voltar da lojnha da Alamo ...

Manhã seguinte: tomamos café , nosso roteiro era um passeio em St Petersburgo ...., mas a bateria de novo !!!

Santa misericórdia !!! De novo ?!? Novamente liguei na Alamo, aquela mesma história : O Sr não contratou o seguro da bateria ... se quiser terá que levar o carro na loja mais próxima ou então solicitar serviço extra e o custo é de 50 dóls .... Manda bala !! Pago os 50 dólares, mas me mande uma bateria nova, por favor !!!

1 Hora depois, chega uma senhora com uma camionetona, nada escrito da Alamo ... perguntou onde estava o carro, foi fazer a mesma chupetinha de bateria !!! Bom , contei tudo sobre o dia anterior e tal, e então disse q. queria mesmo era trocar a bateria, pois eu ainda ia ficar com o carro mais de uma semana e não queria passar por tudo isto novamente ...

A nossa sorte : a tal chupetinha não dava certo .... o carro simplesmente apagou de vez !!!
A mulher colocou 2 baterias extras na chupetinha , e nada !!!
- Bom, disse ela, - o jeito vai ser trocar de carro !!!
e disse: - O senhor vai ter que ir até a loja mais próxima trocar de carro !!! e eu : ah ?!? como assim ?!?
Bom, ela pelo menos acionou a Alamo e solicitou a remoção do carro com guincho até a loja do aeroporto ...

Mais uma hora pro guincho chegar .... mas veio !!
Não foi preciso pagar as 50 dol porque o atendimento não foi concluído !!! Mas a boa educação manda e então morri com 20 obamas como tips pra senhora da bateria ... e mais 20 obamas pro carinha do guincho !!!

Fomos eu e minha esposa dentro do caminhão pra seguir até a Alamo do aeroporto !!! Levei ela junto, pois imaginava q ia gastar mais uns tantos do meu inglês de Lord negociando a troca do carro e tal ...

Fizemos um monte de fotos desta ''saga'' da bateria .... numa outra oportunidade eu posto aqui ...

Mas então, trocamos o carro na maior facilidade, eu expliquei o acontecido e tal , refizeram o contrato q era de Miami, e então escolhemos outro carro, só q na hora não tinha nenhuma town & country daquela e tive q pegar uma Journney ... mas tá beleza, o importante é q foi tranquilo ...

Mas a minha vontade era de pedir uma indenização pelas horas perdidas da viagem com tudo isto !!!

Mas enfim, o que eu aprendi desta vez :

. será que vale a pena recusar este seguro extra ? custa menos de 7 dólares por dia ... 15 dias = 98 obamas, eu morri com 40 , mas se a bateria tivesse funcionado com a senhora, iria morrer com uns 90 obamas ... e se isto tivesse me acontecido na estrada ? tipo no caminho entre Miami – Orlando ou outras cidades que fui ? quanto eu ia ter que pagar por este atendimento ?

. nunca saia do hotel sem os papéis da locação do carro , o segurança disse que se o policial te parar é encrenca na certa ...

Espero que isto sirva pra galera refletir um pouco sobre seguros ... eu sou um cara medroso, sempre faço seguro pra tudo, seguro saúde inclusive ... mas o do carro eu SEMPRE seguia a galera, ou seja : RECUSAVA todos os extras !!!

Bom, se alguém quiser complementar este relato, por favor ... fiquem a vontade !!!

Até a próxima !!! Tenho muitos micos que paguei com os carros !!!

 
Os áudio-animatrônicos são muito utilizados pela Disney e estão sempre sendo aperfeiçoados. O primeiro personagem humano foi Abraham Lincoln e foi apresentado na Feira Mundial de Nova Iorque de 1964. Inicialmente de poucos movimentos eram dotados, somente com a criação da figura de Benjamin Franklin - que está na atração "The American Adventure" do parque Epcot - que os Imagineiros pela primeira vez conseguiram criar um boneco áudio-animatrônico que também "caminhasse".