Orlando Tickets Online
 

Embarque - Declaração de Bens

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
Roberval Taylor
 
Membro destaque
 
 
 
Inscrição: 13/01/2012
 
 
Gabriella Bernardi e Vivianne Stravati
postado por: Roberval Taylor

 mensagem postada em 25/07/2012 - 15:07:52hs
 

Olá!!
Hoje não existe mais aquela Declaração de Saída Transitória (DST) de bens acompanhados na Receita Federal. Embora seja permitido trazer (para uso pessoal) uma unidade desses produtos: Relógio, Maquina Fotográfica e Telefone Celular; caso o viajante esteja deixando o país, principalmente com eletronicos comprados no Brasil, convém levar a nota fiscal dos mesmos, principalmente se tratarem-se de produtos importados.
Se o computador, tablet ou GPS forem fabricados no Brasil ou tiverem o selo da anatel, não há necessidade de Nota Fiscal, para evitar recolhimento de imposto na Receita Federal.
SDS.

Henrique Araujo Kalbermatter
 
Membro
 
 
Campinas - Sp
 
Inscrição: 24/07/2006
 
 
Clara Gisele e Letícia
postado por: Henrique Araujo Kalbermatter

 mensagem postada em 22/08/2012 - 12:08:07hs
 

Produtos com selo da anatel ou escrito made in brazil não sao taxados, pois já foram nacionalizados, se um produto nao nacional foi comprado em outra viajem mas não foi declarado esta sujeito a taxação e se vc alegar isso (compra em outra viajem) no caso de produtos que por si só já estoram a cota como um Mac book por ex, além de te taxar o fiscal pode ainda aplicar multa.
Em outras palavras se o fiscal encrencar a foto do produto no embarque, declaracao em cartório, fotos antigas ou dados dentro do produto não quer dizer nada o que vale mesmo é produto que de alguma forma tenha sido nacionalizado legalmente, selo anatel marca de made in brazil, nota fiscal de estabelecimento brasileiro ou a declaracao de entrada em viajem anterior. Produtos adquiridos fora com valor abaixo de 500 dólares dependendo da boa vontade do fiscal e da sua lábia pra explicar que ele foi adquirido em outra viajem pode ser que passe
Ou seja se te pegarem pra Cristo o negocio é colocar um nariz de palhaço, já pagamos imposto de renda de até 27,5%, depois pagamos IOF pra comprar dólar pra fazer as nossa comprinhas fora pois os preços aqui sao abusivos e proibitivos e a qualidade ridícula, se pagar no cartão então o IOF é maior, e ainda por cima temos depois de tudo isso ficar com medo de entrar com produto no pais e pagar entre 50 e 100 % o valor do produto pra sustentar político que não faz nada.....

Sou brasileiro e já desisti

Luciene Machado
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 25/07/2008
 
 
Me ajudem!!!!!!
postado por: Luciene Machado

 mensagem postada em 27/10/2012 - 14:10:42hs
 

Viajei em 2009 e trouxe um filmadora , que gostaria de levá-la na nossa próxima viagem agora em janeiro.Fui procurar a nota fiscal e encontrei , só que bem apagada, não dando nem para tirar xerox...Que faço, será que dá para pedir segunda via lá na loja em Miami ou lá não existe isso????Obrigado!!!!!

Geni Ramos Veras
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 24/05/2010
 
 
Como nacionalizar o iphone?
postado por: Geni Ramos Veras

 mensagem postada em 28/10/2012 - 00:10:59hs
 

Fiquei com uma duvida: se eu comprar um iphone la e vier usando ele entra como produto que eu tenho direito. E o que eu tenho que fazer com ele para que possa retornar com ele algum dia sem problema e sem mexer na cota de novo?

Graziela Pinheiro
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 29/03/2013
 
 
Nacionalizar iPad
postado por: Graziela Pinheiro

 mensagem postada em 29/03/2013 - 16:03:41hs
 

Olá!
Ano passado comprei um iPad, mas como nao ultrapassava os us$ 500 nao declarei na entrada, em guarulhos.
Este ano, voltando dos EUA a policia federal me pediu a declaração de nacionalização, mas eu só tinha a nota fiscal da loja da Apple dos EUA. O funcionário da receita de Manaus me disse para nao levar mais o equipamento quando fosse ao exterior. Alguém sabe se posso declarar o equipamento quando estiver voltando de uma outra viagem agora, e assim conseguir a guia de nacionalização?
Obrigada!

Bruna Suzigan Veronez
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 01/05/2009
 
 
Res: Nacionalizar iPad
postado por: Bruna Suzigan Veronez

 mensagem postada em 25/06/2013 - 09:06:20hs
 

Olá!
Ano passado comprei um iPad, mas como nao ultrapassava os us$ 500 nao declarei na entrada, em guarulhos.
Este ano, voltando dos EUA a policia federal me pediu a declaração de nacionalização, mas eu só tinha a nota fiscal da loja da Apple dos EUA. O funcionário da receita de Manaus me disse para nao levar mais o equipamento quando fosse ao exterior. Alguém sabe se posso declarar o equipamento quando estiver voltando de uma outra viagem agora, e assim conseguir a guia de nacionalização?
Obrigada! (mensagem de graziela pinheiro)



Também tenho essa dúvida...

Mario Martins
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/09/2012
 
 
Res: Res: Nacionalizar iPad
postado por: Mario Martins

 mensagem postada em 25/06/2013 - 09:06:07hs
 

Olá!
Ano passado comprei um iPad, mas como nao ultrapassava os us$ 500 nao declarei na entrada, em guarulhos.
Este ano, voltando dos EUA a policia federal me pediu a declaração de nacionalização, mas eu só tinha a nota fiscal da loja da Apple dos EUA. O funcionário da receita de Manaus me disse para nao levar mais o equipamento quando fosse ao exterior. Alguém sabe se posso declarar o equipamento quando estiver voltando de uma outra viagem agora, e assim conseguir a guia de nacionalização?
Obrigada! (mensagem de graziela pinheiro)



Também tenho essa dúvida... (mensagem de Bruna Suzigan Veronez)


Voce terá que pagar o imposto devido na próxima vez que voltar ao Brasil. É a única forma de obter a regularização do tablet.

Mario Martins
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 17/09/2012
 
 
Res: Como nacionalizar o iphone?
postado por: Mario Martins

 mensagem postada em 25/06/2013 - 09:06:42hs
 

Fiquei com uma duvida: se eu comprar um iphone la e vier usando ele entra como produto que eu tenho direito. E o que eu tenho que fazer com ele para que possa retornar com ele algum dia sem problema e sem mexer na cota de novo? (mensagem de Geni Ramos Veras)

Celular é íten pessoal e não entra na cota desde que porte um único aparelho e funcionando no Brasil.

Rodolfo C. Weigand Neto
 
Membro
 
 
Sao Paulo - Sp
 
Inscrição: 04/02/2013
 
 
Declaração de bens será eletrônica
postado por: Rodolfo C. Weigand Neto

 mensagem postada em 09/08/2013 - 11:08:42hs
 

Não sei se está no tópico certo, mas vamos lá:


Viajante com bens a declarar poderá prestar contas ao Fisco pela internet

A Receita Federal vai lançar mais um serviço para facilitar a vida dos viajantes internacionais. Uma instrução normativa (IN), que será publicada nos próximos dias, vai permitir que as pessoas que ingressarem no Brasil com bens a declarar em sua bagagem prestem contas ao Fisco pela internet, utilizando inclusive tablets e celulares.

A Receita colocará em sua página na internet (www.receita.fazenda.gov.br) o programa Declaração Eletrônica de Bens de Viajante (e-DBV). Nele, o passageiro vai poder informar o conteúdo de sua bagagem e pagar o imposto devido antes mesmo de desembarcar no país, o que tornará o despacho aduaneiro mais rápido. Quem deixar para preencher o documento no aeroporto também terá a opção de declarar por meio de terminais de autoatendimento que serão instalados pela própria Receita nesses locais.

A Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA), que hoje é usada para prestar contas ao Fisco, continuará sendo aceita, mas tem prazo para acabar. Ela valerá até 30 de novembro de 2013 para os viajantes que ingressarem no Brasil por avião ou barco. Por meio terrestre, o documento será válido até 31 de março de 2014. Os viajantes precisam declarar à Receita, por exemplo, compras superiores a US$ 500 realizadas no exterior.


Fonte: http://www.aasp.org.br/aasp/imprensa/clipping/cli_noticia.asp?idnot=14920

Abs,

Rodolfo

Willian Cheng
 
Membro
 
 
Sao Paulo - Sp
 
Inscrição: 20/06/2007
 
 
Res: Declaração de bens será eletrônica
postado por: Willian Cheng

 mensagem postada em 16/08/2013 - 13:08:24hs
 

Não sei se está no tópico certo, mas vamos lá:


Viajante com bens a declarar poderá prestar contas ao Fisco pela internet

...


Fonte: http://www.aasp.org.br/aasp/imprensa/clipping/cli_noticia.asp?idnot=14920

Abs,

Rodolfo
(mensagem de Rodolfo C. Weigand Neto)


Na verdade o procedimento é para o desembarque e não para o embarque. Por não saber qual tópico seria o mais adequado, acabei postando em Notícias, novidades e boatos!.

>>> Alfândega: mundanças no canal "bens a declarar"

A legislação foi publicada como Instrução Normativa RFB nº 1.385 no dia de hoje no Diário Oficial da União.

 
Todas as vitrines das lojas existentes em Main Street U.S.A. foram construídas - mais baixo que o normal - pois Walt queria que as crianças também pudessem vê-las facilmente.