Compras - Geral

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Lojas de Brasileiros

 mensagem postada em 19/04/2007 - 22:04:44hs
 
 

Pessoal,

A minha experiência pessoal foi muito ruim, todos os preços estavam mais altos e fui tratado como um perfeito turista bobo nas lojas(não vou citar nomes). Não comprei nada, acho que os preços das grandes são muito melhores e com a garantia de troca em caso de problemas. Não tenham medo de ir às grandes lojas por causa do inglês, sempre tem alguém disposto a ajudar.

Para mim a única excessão é Ronaldo, muito atencioso e correto.

Luiz,

Assim como o Jose Antonio, sou a favor das regras, incluindo as suas possíveis restrições de palavras, o site foi desenvolvido por vc. e o sucesso é devido a sua responsabilidade e bom senso no tratamento das informações aqui depositadas.

Não me canso de dizer: Obrigado!

 


 
Imposto de Bens Não Declarados

 mensagem postada em 18/04/2007 - 15:04:12hs
 
 

Funciona assim: comprou US$ 750,00 e declarou vai pagar imposto de 50% sobre o excedente de US$ 250,00 que será igual a US$ 125,00. Não declarou vai pagar o imposto de US$ 125,00 e mais a multa de 50% sobre o execedente do limite de US$ 500,00 que será US$ 250,00, o que dará também US$ 125,00 e somando imposto + multa = US$ 250,00. Fórmula simples: não declarou pagará 100% sobre o excedente de US$ 500,00 (50% do imposto + 50% da multa).

 


 
Imposto de Bens Não Declarados

 mensagem postada em 18/04/2007 - 14:04:10hs
 
 

A Lei junto a Receita Federal, informa que o cálculo do imposto é sobre 50% do valor que ultrapassar, sem prejuízo do pagamento do imposto. Vejam este artigo da Lei:

Art.17. A apresentação de declaração falsa ou inexata sujeita o viajante à multa correspondente a cinqüenta por cento do valor excedente ao limite da isenção, sem prejuízo do pagamento do imposto devido, em conformidade com o disposto no art. 57, da Lei nº 9.532, de 10 de dezembro de 1997.

§1º Configura declaração falsa a opção do viajante pelo canal "NADA A DECLARAR", caso se enquadre em qualquer das hipóteses previstas no artigo anterior.

NO caso da compra de U$ 750,00, acho que além de pagar U$ 250,00, deverá ser pago mais U$ 125,00 de imposto.

Ou o cálculo do impostos é realizado sobre 50% da multa, como por exemplo U$ 750,00 geraria U$ 125,00 do imposto e mais U$ 62,50 de multa?

Alguém sabe dizer qual o imposto a ser pago quando não se declarar?

Abs

Mabriso

 


 
WALDETE / SEBASTIÃO / LEONARDO

 mensagem postada em 18/04/2007 - 13:04:46hs
 
 

E complementando, se trouxer um notebook, para ter garantia no Brasil (que é valido), é necessário além da nota fiscal, o DARF do pagamento dos impostos. O meu deu problema e foi atendido na garantia.


Espero ter contribuido

Abs

 


 
Waldete

 mensagem postada em 18/04/2007 - 12:04:16hs
 
 

Ai ai... é Waldete... vou infrentar a fila dos que irão declara... Na boa... Acho que com eletronicos vou gastar uns US$ 1.400,00 no máximo... ai ai. Mas com certeza, mesmo pagando o imposto, vai valer muito mais que comprar aqui no Brasil. Obrigado mais uma vez pelas suas dicas.

Obs.: Eu vou passar na Alfandega em MAO.

 


 
Olá Marcelo Souza!

 mensagem postada em 18/04/2007 - 10:04:49hs
 
 

Apenas complementando a mensagem da Cátia segue abaixo o endereço do Vittorio's:

5159 International Dr. Orlando, FL 32819 - website: www.vittoriosrestaurant.com.

Um forte abraço,
Luiz Carlos ºoº

 


 
Olá Pessoal!

 mensagem postada em 17/04/2007 - 22:04:10hs
 
 

Em atenção as mensagens postadas por Waldete, Roberta, Marcelo, dentre outros, informo que acabo de desbloquear algumas palavras proibidas no nosso "Fórum de Discussão", destacando apenas que cada usuário é responsável pela opinião manifestada em sua mensagem.

Um forte abraço a todos,
Luiz Carlos ºoº

 


 
Declaração de eletronicos..

 mensagem postada em 17/04/2007 - 21:04:07hs
 
 

Gente, quando vim de la agora em janeiro, trouxe um ps3... Fui na fila para declarar, que estava vazia... Só eu e mais uma pessoa, enquanto a fila de nada a declarar estava lotada!!!
Preenchi no papel que estava com o ps3 e falei com a moça que fica na esteira que estava com um ps3 que custou US$600,00. Ela passou minhas malas na esteira e quando eu pensei que iria pagar o excedente, quando vi, já estava na saida... Ela havia me liberado sem ter que pagar nada... Isso é normal??? Vim tão preocupada, mas no fim nao tive que pagar nada.;..

 


 
50% e 100%

 mensagem postada em 17/04/2007 - 19:04:31hs
 
 

Vou para Orlando no início de maio, mas tenho umas dúvidas sobre as taxas da alfândega...
Se eu declarar, é certo de eu ter que pagar os 50%, ou ainda tenho uma chance de não pagar nada?? Outra dúvida: esses 50% incidem sobre o total ou sobre apenas o que exceder os 500 dólares?? Ex.: se eu comprar um notebook de 600 dólares, pago um imposto de 300 dólares ou apenas um imposto de 50 dólares???
E se eu não declarar?? Pagarei 100% sobre o total???
Desde já, agradeço.

 


 
Leonardo

 mensagem postada em 17/04/2007 - 18:04:07hs
 
 

Existe um formulário da Receita Federal chamado DST – Declaração de Saída Temporária. Na alfândega de saída do país você preenche este formulário em duas vias com os dados (marca, modelo, número de série, etc.) de cada equipamento eletrônico. Uma via fica com você e a outra com os funcionários da RF. Quando você retorna ao país eles passam sua bagagem pelo raio X e tudo que é eletrônico que não estiver na DST é taxado em 100% do valor de cotação que ultrapassar os US$ 500,00. Exemplo: quando viajei declarei que estava saindo do país com 2 câmeras, 3 lentes, 1 flash e 1 filmadora. Quando voltei o funcionário da RF abriu minha mochila e conferiu item por item da DST. Declarei uma câmera que comprei em Orlando é paguei “somente” os 50% do que ultrapassou os US$ 500,00. Conselho: declare.

 


 
 
Em respeito as crenças dos muçulmanos o pavilhão marroquino (Epcot) é o único que não é iluminado durante a execução do espetáculo noturno IllumiNations.