Enquete - Qual seu maior mico?

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Mulher abastecendo o carro sozinha..ai ai ai

 mensagem postada em 20/05/2008 - 16:05:22hs
 
 

Ano passado fomos eu e meu marido para Orlando comemorar 1 ano de casamento, surgiu um imprevisto e meu marido teve que ir embora um dia antes e eu fiquei em Orlando sozinha com o carro que alugamos e teria que devolvê-lo devidamente abastecido na Alamo do aeroporto. No dia do embarque estava sem nada de gasolina, sozinha, e... socorro!! ... tinha dúvidas até se o carro chegaria até o bendito aeroporto. Resolvi então parar para abastecer, não conseguia abrir a tampa do local onde se coloca a gasolina "self service" e tampouco concluir todas as "etapas" para o abastecimento. Começaram a chegar vários carros, uns buzinavam, outros faziam cara feia e eu ali tentando fazer uma coisa que para eles é básica, mas para mim não!! ! Não tenho culpa se no Brasil existe frentista oras bolas...Fui para dentro da loja de conveniências e o caixa da loja explicou que não podia sair dali para abastecer para mim. Eu disse: pelo amor de Deus, eu pago uma gorjeta extra! (em inglês, óbvio) Ele ficou com pena, mas disse que não podia deixar o caixa sozinho...Enfim, depois de um bom tempo, apareceu um cliente que me ajudou...O apuro terminou, mas fiquei pensando no mico durante o voo..

 


 
Para Débora

 mensagem postada em 20/05/2008 - 17:05:17hs
 
 

Débora, o teu mico é o melhor de todos que já vi!! Te juro que nem sabia da existência da tal teclinha de emergência...Foi um mico engraçado mesmo e serve como alerta para todos, alerta para não passar mico e alerta para saber que em caso de real emergência existe esta alternativa! Primeiro mundo é primeiro mundo...
Beijão
Lu

 


 
Luciana

 mensagem postada em 20/05/2008 - 23:05:40hs
 
 

Marinheiro de primeira viagem acaba aprendendo assim mesmo né?! Foi muito engraçado, pois eu respondi paro ar, nem tinha certeza se a voz do além me ouvia, fiquei apavorada na hora, depois ri muito. E Você também, com certeza aprendeu a abastecer né?! bjos!
Débora

 


 

 mensagem postada em 21/10/2008 - 16:10:18hs
 
 

O mico nem é meu, embora eu tenha vários... hehe
Meu irmão e a namorada dele estavam no supermercado fazendo ums comprinhas, quando estavam passando as compras no caixa meu irmão se afastou pra fazer alguma coisa e deixou a namorada para ensacar as compras e pagar. A atendente perguntou a ela "Paper or Plastic" ela respondeu: "Paper", dando o dinheiro para pagar as compras. Havia umas sacolas de plástico do cliente anterior e ela começou a usar. Obviamente a caixa não entendeu nada e perguntou pra ela novamente se ela ia utilizar sacolas de papel. Uma não entendia a outra até que meu irmão chegou lá pra explicar à namorada que "paper ou plastic" se referia às sacolas e não à forma de pagamento (dinheiro - paper ou cartão - plastic)
Não sei se alguém mais aqui usa esse tipo de brincadeira: quando vai pagar alguma coisa com cartão de crédito diz que vai pagar com dinheiro de plástico, mas como sempre brincamos com isso ela fez a confusão.

 


 
Sequência de micos....

 mensagem postada em 21/10/2008 - 17:10:53hs
 
 

Em nossa primeira vez em Orlando, em 2006, fomos brindados com uma sequência de micos assim que chegamos.
Mico 1) Já no estacionamento da Alamo pra pegar o carro alugado foi o primeiro mico....Como até então não tinha o hábito de dirigir carro automático tasquei o pé no freio pensando que era embreagem. imagina o barulhão que fez, ainda mais naquele estacionamento fechado.
Mico 2) No caminho para o hotel eis que chegamos ao pedágio....e agora....qual das cancelas devo escolher ? é lógico que acabei escolhendo errado e entrei na de quem tem o troco correto e claro que não tinha nenhuma moeda no bolso, afinal tinha acabado de chegar, tentei dar ré mas já tinha um carro atrás. O jeito foi começar a gritar "HELP!!" balançando uma nota de USD 100 pra dizer que não tinha troco....Daí um rapaz percebeu e acabou liberando a cancela e acabei nem pagando esse primeiro pedágio.
Mico 3) Já no pedágio seguinte tomei mais cuidado e entrei na cancela correta. Mas imagina pagar USD 0,75 com uma nota de USD 100 !!! A mulher do pedágio fez uma cara feia que só !!! rs.....

 


 
mico

 mensagem postada em 21/10/2008 - 18:10:12hs
 
 

Marcio quando fui pela primeira vez, paguei o mesmo mico que vc.
Saindo do aeroporto de Miami peguei a estrada no sentido contrário e de repente um pedágio, tbém entrei na cabine errada e causei o maior tumulto, minha amiga que dirigia chegou a ser altuada, mas a multa nunca chegou aqui.

Na primeira saída da estrada paramos em uma loja e trocamos notas por um monte de moeda precisava de um saco para carregá-las, retornamos e passamos de novo pelo pedágio, sem o mico.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE a marinheiros de primeira viagem

Assim que chegarem no aeroporto procure por maquininhas que trocam notas por moedas, é muito comum por lá. Certamente irão precisar delas, lembrem-se os americanos valorizam cada cent.

E livrem-se do mico.

 


 
MICO MOLHADO

 mensagem postada em 21/10/2008 - 21:10:06hs
 
 

Numa das primeiras vezes que estive em Orlando,
devia ser junho pois me lembro de um calor infernal
e de estar com muita sede, paramos o carro num
mercado Publix e eu desci pra encontrar logo um
bebedouro e matar a sede. A caminho da porta de
entrada passo pelo "festival" de maquinas de venda
de refrigerantes, sucos, chas, e... , saindo do
mais lindo dos meus sonhos, uma maquina toda branca
com Water escrito em azul. Tratei de colocar logo
as moedas requeridas e acionei o botão para liberar
o produto comprado.
Juro que estava tomado de tanta alegria pela agua
que iria beber em seguida que nem notei que era
grande demais o compartimento onde a minha,
pretendida, garrafa de agua gelada iria surgir. A
maquina deu alguns estalos e, em vez de me
presentear com a tão querida garrafinha plastica,
desandou deixar jorrar um rio de agua, que ensopou
meus pes e alagou todo o corredor do mercado. Tive
de esperar passar a vergonha pelo vexame para então
ler que aquela maquina se destinava a encher
garrafões de aproximadamente 20 litros - como os
dos nossos bebedouros - que devem ser colocados
embaixo da bica. A sede ate passou mesmo não tendo
bebido nada, milagrosamente.


 


 
Mais micos

 mensagem postada em 22/10/2008 - 09:10:15hs
 
 

O que seria da Flórida sem os micos impagáveis dos Brasileiros????

Pois que meu marido e eu fomos ao Planet Hollywood para jantar depois de uma maravilhosa apresentação do Cirque de Soleil. Quando a super-simpática garçonete nos perguntou o que queríamos para beber e respondemos que era Chopp, ela ofereceu a opção de comprar o copo (lindo e maravilhoso). Aceitamos. Ao final do chopp, a anta que vos escreve, emborca os copos no guardanapo para secar, afinal não dá pra levar copo molhado, né? Eis que surge a garçonete com a sacolinha e duas caixas, com nossos dois copos novos dentro. Ela deve ter pensado que era alguma simpatia minha, beber e virar o copo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

 


 
Mico nos banheiros

 mensagem postada em 22/10/2008 - 13:10:22hs
 
 

Olá,

Fui para a Disney em 1992, com a minha familia, todos pela primeira vez. Já no Aeroporto de Orlando, eu e minha mae fomos ao toilete, e, percebi que ela estava demorando além do normal, aí perguntei se algo havia acontecido, ela respondeu em alto e bom som: "Nao acho o botao da descarga!!!!" Aí eu disse: "Levanto o seu traseiro, pois tem um sensor na parede, e quando vc se levantar, a descarga automaticamente acontece"... Saimos rindo... Depois na Disney aconteceu o mesmo, só que a descarga era uma manivela que vc apertava com o pé. Mais uma vez ela gritou lá do banheiro dela...E agora???? Eu respondi....
Fiquei imaginando se tivesse algum brasileiro "a paisana" ouvindo os nossos micos.
Até então para mim, descarga era tudo padronizado.

abraços,

Flávia

 


 
Mico no hotel

 mensagem postada em 22/10/2008 - 21:10:16hs
 
 

Há uns dias atrás no Quality Inn, recebi um recado telefônico de amigos que tinham chegado a Orlando, só que eles não informaram o apartamento que ficariam, tentei na recepção e não consegui pelos nomes, como o Quality é formado em 06 blocos diariamente percorríamos todos para ver se achávamos esses amigos, eis que um dia a noite quando estávamos estacionando vi um grupo parecido com eles e comecei a gritar o nome de um deles, o grupo parou e me aproximei e vi que não eram eles e comecei a falar I'm sorry! Morri de vergonha...

 


 
 
A ilumininação do interior do pavilhão do México é propositalmente baixa para simular o anoitecer. Pois, segundo a cultura mexicana, é neste período do dia, que amigos e familiares se reunem na plaza para se divertirem.