Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Res: Fui parado na Alfândega e tive que pagar multa

 mensagem postada em 20/07/2015 - 09:07:36hs
 
 


Olá bom dia a todos!

Respondendo a pergunta do Juan, se tiver nota fiscal do Brasil não pode multar de jeito nenhum e nem se for computador da empresa.

Eu sempre viajo com a nota fiscal dos aparelhos eletrônicos nintendo DS das crianças e um tablet que eu levei e até dos celulares.

Já relatei a minha passagem pela alfândega que foi sem problemas pois voltamos pela GOL no terminal 2 e algumas malas demoraram muito para chegar, Fomos os últimos quase a passar junto com vários outros vôos que estavam chegando então não tivemos problemas.

Porém quem chega pelo terminal 3 em Guarulhos e principalmente nos finais de semana acredito que não esteja fácil!

O meu marido sempre viaja com o notebook d empresa que tem uma placa de metal colada co patrimônio e apesar de uma vez ter sido parado por causa do RX assim que o fiscal viu deixou passar sem problemas.

Ele agora está trabalhando no México e voltou com 2 blackberrys da empresa e também não teve problemas.

Abçs,

Alessandra


 


 
Res: Fui parado na Alfândega e tive que pagar multa

 mensagem postada em 08/07/2015 - 23:07:28hs
 
 

Ele está certo pelos seguintes motivos:

1- 1.200 em notas significa que passou 700 da cota. Logo, o imposto devido seria de USD 350.
Mas como não declarou e foi pego, dobra o valor, seriam 700 de imposto. Foi cobrado somente 250. O fiscal foi gente boa!

 


 
Res: Fui parado na Alfândega e tive que pagar multa

 mensagem postada em 08/07/2015 - 17:07:31hs
 
 

Voltei pela GOL no dia 27/06. As malas demoraram em torno de 50 minutos para sair pela esteira, muita gente teve itens furtados.

A minha mala foi verificada nos EUA, e eu até sei o motivo pelo qual o cadeado foi arrebentado: estava trazendo um martelo do Thor, de brinquedo, que foi comprado e enviado para o hotel.

Resumindo: Estava sozinho, com uma mala média e uma mala de mão + mochila.

Fui encaminhado para o Raio-X, em seguida para a abertura de mala. Só tinha esse martelo e roupas novas (U$1400 dólares).

O fiscal foi muito educado, me pediu as notas e eu fui entregando. No momento deixei algumas de maior valor (U$600, duas notas da Tommy Hilfiger) guardadas.
Depois ele abriu minha mochila e tirou as mesmas. Fez uma conta por cima e chegou a conclusão que eu tinha comprado U$1200.

NADA tinha etiqueta e não era nada exagerado - só suéteres e blusas. Além disso eu tinha um IPAD comprado no Brasil e um computador também com selo da Anatal, comprado no Brasil. Me multou em U$250 dólares.

Foi a terceira vez que passei pelo raio-x e a segunda que abriram minha mala (a primeira tinha sido em Curitiba no vôo da AA).

Fique chateado, apesar de saber que ele estava correto.
(mensagem de Giancarlo Biagini)


É complicado. Mas pq ele está "certo"? O iPad e notbook não tinham o selo da Anatel, comprados no BR? Pq uma multa de $250? Isso é ridiculo.

Minha prox viagem pretendo legar apenas o iPhone que comprei lá ano passado pois vou usar 4G, e um notebook que comprei no BR faz alguns anos, vou levar a nota fiscal do notebook para evitar qualquer problema, seria ridículo alguém querer taxar o notebook dessa forma.

MAS, como estamos nessa incrível país, é sempre bom se precaver, alguém sabe que ação eu deveria tomar se algum fiscal imbe### quisesse taxar um notebook BR com nota fiscal BR?

 


 
 
Walt Disney queria ter certeza que os "negócios" do Parque nunca se intrometessem no "show". Então ele construiu aproximadamente 2,4 km (1,5 milha) de túneis de acesso "Utilidors" sob o parque Magic Kingdom.