Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Bebendo ao redor do mundo (ou o dia que a gente não sabe como saiu do Epcot) - Final

 mensagem postada em 02/09/2015 - 14:09:31hs
 
 

Sinceramente , acho muito triste o tom desses relatos . A Disney não é um lugar para se beber , agora se a pessoa quer fazer isso e expressões como " o dia em que quase não saí do Epcot " , não tem absolutamente nada a ver com os parques da Disney . Imagine se todo mundo começar a fazer isso . Agora se a pessoa quer fazer isso sugiro ir a Festa do Peão de Barretos ou ao Octoberfest.

P.S. Nada contra as bebidas apenas contra os exageros !!!!
(mensagem de Patrícia Carla)


Também sou contra exageros e especialmente na Disney, por isso nos alimentamos bem durante o dia e ninguém sequer chegou perto de ficar bêbado. Existe uma diferença entre rir mais que o normal e ficar bêbado. Não ia gostar nada tb se visse gente tropeçando pelos parques.

 


 
Res: Bebendo ao redor do mundo (ou o dia que a gente não sabe como saiu do Epcot) - Final

 mensagem postada em 02/09/2015 - 12:09:06hs
 
 

Sinceramente , acho muito triste o tom desses relatos . A Disney não é um lugar para se beber , agora se a pessoa quer fazer isso e expressões como " o dia em que quase não saí do Epcot " , não tem absolutamente nada a ver com os parques da Disney . Imagine se todo mundo começar a fazer isso . Agora se a pessoa quer fazer isso sugiro ir a Festa do Peão de Barretos ou ao Octoberfest.

P.S. Nada contra as bebidas apenas contra os exageros !!!!

 


 
 
Num único dia aproximadamente 210 pares de óculos são perdidos em Walt Disney World. Estima-se que desde a sua inauguração em 1971 mais de 1.65 milhões de pares de óculos já foram enviados para o departamento de achados e perdidos ("Walt Disney World Lost and Found "). Outros itens que os convidados costumam perder são os seguintes: telefones celulares (+ 6.000/ano), câmeras digitais (+ 3.500/ano), bonés (+ 18.000/ano) e caderninhos de autógrafos (+ 7.500/ano).