Planejamento - Dinheiro - Limite - e-DPV

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Este tópico se presta para que possamos trocar informações relacionadas ao limite de numerário que podemos levar na viagem sem a necessidade de fazer competente declaração. A Declaração Eletrônica de Porte de Valores (e-DPV) deverá ser apresentada pelo viajante, por meio da internet, no endereço eletrônico - link. Não para a troca de informações relacionadas a cotação do dólar, nem para declinar o nome de empresas.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Carga tributária de 2013 foi a maior da década, diz Receita Federal

 mensagem postada em 19/12/2014 - 17:12:38hs
 
 

Os brasileiros arcaram, em 2013, com a maior carga tributária da última década. A Receita Federal divulgou que a carga tributária bruta no ano passado foi de 35,95% – 0,09 pontos percentuais a mais do que em 2012. Ante 2004, o avanço é de 3,27 pontos percentuais. Com isso, o Brasil segue como segundo país da América Latina onde há mais tributos, atrás apenas da Argentina. Na comparação com outros 26 países membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE – que abrange, majoritariamente, nações ricas) o país ocupa o 13º lugar.

O avanço foi puxado pelo crescimento da arrecadação nos estados e municípios. Em razão das desonerações, a União teve redução de 0,14 ponto percentual na participação total. “As desonerações de tributos federais fez com que houvesse essa diminuição. Como a arrecadação dos estados é fortemente impactada pelo crescimento do consumo, e como nós tivemos uma forte elevação dessa rubrica em 2013, pudemos observar esse aumento”, afirmou o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias.

Os tributos que puxaram o aumento da carga tributária foram o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), a Cofins, a contribuição para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICSM), estadual.

A principal parcela dos impostos é cobrada sobre bens e serviços, o equivalente a 18,43% do Produto Interno Bruto (PIB), seguido pela tributação sobre a folha de salários, de 8,98%, e sobre a renda, 6,51%.

Impostos consomem 35,95% da renda, segundo os dados. Em incidência de tributos, o Brasil só perde para a Argentina, entre latino-americanos.

 


 
 
A atração Expedition Everest do parque Disney’s Animal Kingdom (61 metros de altura) é a mais alta do Walt Disney World Resort, seguida pelo The Twilight Zone Tower of Terror do Disney’s Hollywood Studios (60 metros de altura), Cinderella Castle do Magic Kingdom (57 metros de altura), Spaceship Earth do Epcot (55 metros), Space Mountain do Magic Kingdom (54 metros de altura) e The Tree of Life do Disney’s Animal Kingdom (44 metros de altura).