Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
17/11 - UNIVERSAL E CIRQUE

 mensagem postada em 11/12/2007 - 10:12:37hs
 
 

Acordei as 07:15 e fiquei feliz com a manchete do weather channel que dizia que não faria tanto frio. O waffle do café da manhã ainda estava bom. Por volta das 09:30 estávamos na Universal Studios. Pouca gente. Entramos e fomos direto ao Shrek , Twister e na Múmia (muito boa essa montanha russa, com uns efeitos bem legais). Para entrar em alguns brinquedos tinha que deixar as mochilas nuns lockers. Até 45 minutos (se não me engano) é gratuito. Não tem mistério não, é bem tranqüilo. Após fomos assistir o Fear Factor: tirando a parte nojenta da comida é uma competição legalzinha de ser ver. Na saída fomos direto ver os Irmãos Cara de Pau e o Bettlejuice. São bons shows. Bem produzidos. Como tinha visto os horários, saíamos de um e íamos para outro, sem espera nenhuma.
Depois fomos ao tubarão (uma fila de uns 30 minutos), sei lá, nada demais, apenas para dizer que fui. O MIB é muito legal, e a fila era pequena, acho que nem 20 minutos.
Demos uma passeada, algumas fotos com uns personagens (leão do Madagascar - gosto muito desse desenho), sentamos para o lanche, ET (sem grandes emoções) e Exterminador do Futuro (uma das melhores atrações de Orlando). Eu queria assistir o Universal Horror Make up Show, mas era no mesmo horário do Exterminador, assim, tive que esperar um pouco para ver a ultima sessão. Eu gostei muito, dei muita risada. Os apresentadores não pouparam uma senhora da Rússia e algumas crianças (como bem disse um: “aqui não é Walt Disney onde temos que agradar as crianças”).
Já era 17:00 e eu ainda tinha que passar no Prime, pois as poucas peças de roupa que eu tinha trazido estavam sujas e não tinha uma roupa para ir ao Cirque de Soleil. O Ronaldo tinha avisado que nesse final de semana a cidade ia encher pois tinha um jogo de futebol americano universitário. Não deu outra, a ID estava um inferno, o estacionamento do Prime (que estava em obras) lotado. Só deu tempo de uma parada rápida na Tommy para comprar uma camisa e uma jaqueta.
Fomos para o Cirque du Soleil, o transito no sábado a noite da I-4 estava complicado, em vários momentos ficávamos parado no meio da rodovia. O Cirque é muito bom. Vale a pena cada centavo. Além do espetáculo, a música é ao vivo; eu recomendo. Os lugares vendidos pelo Ronaldo são bem localizados (ao nosso lado sentou uma moça de Foz do Iguaçu que também tinha comprado o ingresso com ele).
Downtonw Disney é bem legal, tem o House of Blues, Virgin além de várias lojas interessantes. Fomos jantar no Planet Hollywood, curtimos, tiramos aquelas tradicionais fotos de turista e voltamos para o hotel. O trecho entre a saída da I-4, ID e Universal Blvd estava impossível, nunca vi tanto policial junto em Orlando. A ID estava fechada e a polícia mandando todo mundo seguir em frente.
Era só carrão, “tunado”, rodas muito bonitas, estilo aquele filmes americanos, muitos negros com dentes e correntes enormes de ouro, com o som bombando. Coidiloco mesmo. Para variar, chegamos no hotel e capotamos.

Vinicius e Pricila: não tinha parado para pensar nessa possibilidade do uso do GPS. Como não era meu objetivo fazer as atividades que vocês comentaram, nem pensei sobre isso.
Mesmo assim, acho que a internet tem sites (tipo o google maps e mapquest) que podem fazer esse serviço que o GPS faz. Ai fica ao gosto do cliente.

 


 
 
Observe enquanto você assiste o vídeo que antecede a atração Soarin (Epcot) o número do vôo 5505. Trata-se de uma homenagem a data da sua inauguração oficial que ocorreu em 05 de maio de 2005.