Compras - Geral

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Declarar ou não Declarar

 mensagem postada em 22/05/2007 - 19:05:36hs
 
 

Amigos, estou gostando dos comentários

Como diz o José Antônio, "cada cabeça uma sentença", portanto cada um deve avaliar se deve ou não declarar e pagar o imposto.

Bom por experiência própria, já trouxe declarando e não declarando (nos dois casos, ainda vale a pena trazer mesmo pagando o imposto). Trouxe da marca Toshiba e por incrível que pareça deu defeito em 6 meses (apenas a bateria), mas paguei o imposto e mostrando a nota fiscal e a DARF, atendendram aqui no Brasil, dentro da garantia.

Quanto a passagem em Guarulhos, nesta última vez voltei eu, minha esposa e meus sogros e eu fui o escolhido pela Receita (mas desta vez não trazia nada além do limite). Isto é aleatório e já ví muita gente ser pega.

A Receita não está atrás de pequenas coisas de uso pessoal (por exemplo, um mouse junto com o computador, um óculos, um barbeador elétrico, um depilador feminino, etc) e tais bens não serão taxados a princípio (acredito somente se vc trouxer quatro bolsas iguais, por exemplo, caracterizando que vai trazer para revender). Agora bens pessoais e compatíveis com a viagem, nao tem problema.

Dicas quanto a compra de notebooks (para mim): a BestBuy é a única onde "todas" as mercadorias funcionam com o desconto imediato (e nao o tal do "rebate"), mas é sempre bom verificar nas lojas. Sempre vejo as ofertas da semana em cada loja (nos sites das tres lojas é possivel ver o catálogo da semana com as ofertas) e uma dica preciosa é que Domingo tem ofertas especiais na BestBuy (se comprar antes e o produto baixar o preço, o vendedor informou que eles devolvem em "cash" o dinheiro pago a mais").

Compusa e Circuit city tem excelentes ofertas relâmpagos e por isso fiquem atentos. Nao se esqueçam também dos grandes supermercados e façam pesquisas (uma dica é o site www.pricescan.com)

Façam o circuito das três lojas em Orlando, pois estão muito próximas e na Compusa (no começo deste mês de maio) tinha até um vendedor brasileiro (mineiro) que pode ajudar bastante nestas horas.

Abs a todos

Mabriso

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.