Planejamento - Viajando com Criança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Claudia Roça

 mensagem postada em 30/06/2009 - 12:06:40hs
 
 

Ola Claudia,

Viajar com um bebê foi (Graças a Deus), bem mais tranquilo do que eu esperava. No avião, na ida, voo diurno da Tam, solicitamos o bercinho, mas minha filha dormiu apenas cerca de duas horas. As outras seis horas e meia ela ficou acordada nos meus braços ou de minha esposa, não houve nenhum problema. Na volta, voo noturno, demos o dramin, conforme recomendado pela pediatra, uma gota por quilo. Ela dormiu o voo inteiro no bercinho, só acordou depois de duas horas que chegamos em São Paulo. Chegamos a ficar preocupados, pois ela estava demorando a acordar.
Como era um voo direto para Orlando havia muitas crianças no avião, mas apenas minha filha e um outro bebê usaram os bercinhos. Fiquei sabendo que são apenas dois ou tres berços por avião. Por causa dele nós fomos colocados na fileira 16, sendo que o berço é fixado naquela divisoria que separa as classes economica e executiva. A fileira 16 é a primeira da classe economica.
Assim que puder escreverei mais sobres as dores e delícias de se viajar com um bebê.

Um abraço,

Marcelo

 


 
 
Os imagineiros da Disney utilizam com freqüência uma técnica de construção denominada "Forced Perspective" ("Perspectiva Forçada"). Todos os prédios de dois andares no Magic Kingdom foram construídos com a utilização desta técnica, em Main Street U.S.A., é possível notar que os prédios parecem ter 03 andares, quando na realidade tem apenas 02.