Orlando Tickets Online
 

Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
Ernanimafra
 
Membro
 
 
 
Inscrição: 24/08/2013
 
 
Hollywood Studios. 4 de abril. Relato 1.
postado por: Ernanimafra

 mensagem postada em 27/05/2016 - 18:05:42hs
 

Olá galera!
Primeiramente, quero me desculpar por me atrasar nos meus relatos, porém tive alguns problemas, o que me atrasou, mas agora está tudo bem, e vamos começar.

Vou fazer esses relatos, por parque e atração, mais do que pela ordem dos dias.
Acho muito legal essa troca de experiência.
No dia 04 de abril estive no Hollywood Studios. Dessa vez, eu comprei os ingressos diretamente no site da Disney, e então levantamos cedo, tomamos café da manhã no quarto do hotel (fizemos compras na noite anterior no supermercado) e seguimos diretamente para o parque... Chegamos por volta das 9 horas, o parque estava abrindo naquele instante. As estradas todas em obras, tem que andar devagar mesmo. Então, eu fui retirar os ingressos no guinchê, as filas estavam enormes, porém eu estava 5 minutos na fila e uma cast member se aproximou de mim, que estava com o papel da internet impresso na mão, e já autenticou os ingressos e me entregou os ingressos... Perguntei pelas magic bands e ela me disse que poderia comprar em qualquer loja dentro dos parques, ou se quisesse continuar na fila para comprar as pulseiras... Claro que entrei logo no parque...
A viagem para Disney deve ser bem planejada, e eu passei algum tempo planejando, mas sempre devemos estar prontos para o improviso, com chuva, filas, tempo, dor de barriga, qualquer coisa.
Esse período de abril, eu achei cheio, não tão lotado como junho-julho-agosto, mas era a semana posterior ao fim do spring break, e ainda tinha bastante gente.
Assim que entrei no parque peguei um mapa do parque e segui para a primeira atração, que foi a montanha russa do Aerosmith... É muito bom! Muito legal! Minha esposa ficou com medo e ficou do lado de fora, e eu entrei no single rider. A atração tem dois momentos de fila: tem a primeira fila que você entra no prédio, como se estivesse entrando em uma casa de show, e entrão entra numa espécie de estúdio onde os caras do Aerosmith estão tocando e interagem com o público, convida todos a ir de limousine para um show (a limousine é a montanha-russa) e logo em seguida vem outra etapa da fila, á dentro do prédio, que é aguardando a sua vez para entrar na montanha-russa. No total, eu esperei mais de 40 minutos.
Achei legal que enquanto aguardava a minha vez, um casal de idosos, bem idosos mesmo, cerca de 80 anos, entraram na montanha-russa no front roll (fila da frente) e foram aplaudidos por todos lá... Tem uma saída com uma explosão de velocidade, tem looping, muita curva, muitas subidas e descidas, tudo muito veloz... muito legal... imperdível!
Saí de lá, com a adrenalina a mil, e a hora do meu fast pass para a torre do terror já estava chegando, então, para quem já foi sabe, e quem não foi fica sabendo, a Torre do Terror (do elevador) fica bem ao lado do Aerosmith, só separado por um muro, basicamente.
E a minha esposa ficou com medo também :P e então eu fui duas vezes no elevador, uma vez por um lado da fila e depois pelo outro lado da fila... Cada vez que vai no elevador a queda é diferente, mas é muito legal... Valeu muito a pena! Demorei para descobrir o motivo daqueles relógios e descobri que é como se o tempo tivesse parado dentro do hotel depois da fatídica noite que foi atingida por um raio... Muito legal... indescritível... spoiler: a minha esposa se arrependeu de não ter ido na montanha-russa do Aerosmith e na Torre do Terror, e depois que voltamos, e as filas de ambos passavam de 60 minutos e não deu mais... perdeu playboy! :P
Eu gostei de ter planejado essas duas atrações pela manhã, porque fiquei livre para as outras atrações pelo dia todo... Esse novo sistema de fast pass requer muito cuidado, porque se não souber marcar, ficar andando pelo parque o dia todo com risco de perder a hora do fast pass.
Em seguida, fui andar pela avenida principal, procurando a magic band, mas não tinha a das cores que queríamos.
Em seguida, fui no Grande Teatro Chinês, que é bem legal também... fofinho... vale a pena...
Enquanto estávamos na fila, ainda vimos um pouco do show do Stars War na praça principal. Não me empolgou.

 
O portal "torii" existente no pavilhão japonês (Epcot) foi baseado no Itsukushima Shinto Shrine e representa a passagem entre o mundo físico e o espiritual.