Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Relato 10 – 04/05/2015 – Epcot - Volta ao mundo em um dia

 mensagem postada em 21/09/2015 - 22:09:43hs
 
 

Depois da rotina da manhã, fomos para o Epcot.



Nesse parque resolvi “alugar” os fones de ouvido. Como tinham várias atrações em que podíamos usar os fones, resolvemos experimentar. A gente paga U$ 25,00 para cada fone e no final a gente devolve eles e recebe o dinheiro de volta.



Por causa do Festival Flowers and Gardens o parque está todo florido com esculturas de vários personagens o que deixava ele mais bonito e interessante.



Depois de pegar os fones fomos no SpaceShip Earth, que eu tinha FastPass. Mas nem precisava, estava tranquilo. Nesse não precisava dos fones, pois tem a tradução para o português.
Depois fomos no Mission: Space, primeiramente no mais fraco e é uma atração interessante, mas sem muito “uau”. Depois resolvemos ir no mais forte, quem sabe não seria melhor. E realmente é forte a sensação da subida. Minha irmã não passou muito bem depois disso, estava tonta Ficamos um pouco sentados esperando ela melhorar.
Fomos no Test Track, gostei muito desse. E então no Soarin, que tínhamos FastPass. Soarim realmente é um dos melhores desse parque. Nesse mesmo prédio fizemos o Circle of Life, com a ajuda dos fones. Almoçamos por aí mesmo. Acho que a Gabriela comeu fango com batatas e eu e a Beatriz comemos sandwich que levamos.
Fizemos mais algumas atrações nessa área. O Legal é que depois de algumas atrações, tem um espaço com jogos interativos, o que distrai as crianças e adultos.
Depois fomos para a área dos países. Como estávamos mais perto, resolvemos começar pelo Canadá. Lá um fotógrafo da Disney se encantou com a Gabi e começou a tirar fotos dela.



Particularmente não acho o World Showcase muito atrativo para as crianças. O que se vê nessa área são os restaurantes temáticos e as lojas. São poucas atrações e nem todas interessantes.
A Gabriela pegou um Perry e um Urso para pintar em cada pais e receber um carimbo. No Japão e na China, eles escrevem o nome da criança na escrita deles. Se não fosse por essa “brincadeira” essa seria uma parte dispensável quanto se está com criança(minha opinião). Outra coisa que a criança pode gostar é poder tirar fotos com algumas princesas e personagens. Tiramos fotos e pegamos o autógrafo do Ursinho Poh (Reino Unido) e da Princesa Jasmine (Marrocos).





E eu e a Beatriz também só olhamos cada país, tiramos fotos, entramos nas lojas e foi isso. Mas como começamos tarde e tem vários países para visitar, terminamos o México já no escuro e então ficamos esperando a hora do show.





Na loja da China, eu comprei 2 “quebra cabeça 3D” de metal, com réplica de espaçonaves do Star Trek. Fica muito bonito, mas é difícil, montei um e quebrei várias peças. E compramos um puzzle 3D de plástico de golfinho para a Gabriela. Esse é mais fácil e vem com luz. Fica bem bonito. Os de metal custou U$ 18,95 cada e o golfinho por U$ 12,95. Aproveitei e comprei um anel para a Gabriela dar para a mãe dela no dia das mães. Custou U$ 13,95.
Não ficamos em um excelente lugar para ver o show, mas conseguimos assistir. Mas a Gabriela estava tão cansada, que nem aproveitou o espetáculo.





Então, hotel, banho, janta e cama. Próximo dia: Universal Studios

 


 
 
Ao longo de toda a extensão do Magic Kingdom existem túneis denominados de "Utilidors" localizados abaixo do parque que servem para que os funcionários - "membros do elenco" - da Disney se locomovam rapidamente sem serem notados pelo público. Na realidade tais túneis não foram construídos debaixo da terra, mas sim na superfície. Contudo, pelo fato do Magic Kingdom ter sido edificado sobre eles se tem a nítida impressão de que são subterrâneos.