Planejamento - Viajando com Criança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Carolina e Maria: Levar feijão e leite ninho daqui do Brasil

 mensagem postada em 14/10/2014 - 13:10:03hs
 
 

Só um adendo:
Se for comida processada (industrializada e lacrada, a vácuo) pode levar sim.
O que não pode é levar o produto vegetal "in natura" como eu disse em outro Post, pelo risco de ingresso de pragas em outro País.
Isto vale tanto na ida como na volta.
Mas se quiser levar o leite em pó, dentro da lata, lacrado, e essas sopinhas de bebê que a Carolina se referiu, aí não tem impedimento OK ?
Boa viagem para vocês.
SDS,
Roberval.


Oi Maria, não sei se na sua cidade é o mesmo nome, aqui eu compro da marca Vapza (desculpe Pantoja, não sei se podia dizer o nome). Tem mandioquinha (ou batata baroa, como preferir), batatas, frango desfiado, canjica, grão de bico, feijão, muitos produtos dessa marca, todos cozidos e embalados à vácuo. Tenho uma sobrinha alérgica, no ano passado a mãe levou todos esses produtos e passou tranquilamente. Quanto ao leite, a pediatra da minha filha é contra administrar leite de outro país de forma repentina, porque pode ter bactérias diferentes das do nosso leite e causar algum desconforto. Eu sempre levo o ninho de 1kg de pacote, coloco dentro de um pacote zip, escrevo um bilhetinho (caso seja extraviado, informando que minha filha não pode tomar leite de outro lugar). Nunca tive problemas, ja viajei pra Europa, Estados Unidos, América do Sul. Inclusive no embarque (vou deixar um relato meio extenso), sempre levo uns 2 suquinhos de caixinha e uns dois todynhos. Claro, que eles abrem minha mala, verificam do que se trata, e sempre permitem que eu leve na bagagem de mão. Sempre explico que quando minha filha acorda tenho que dar leite, e na imigração já cheguei a demorar 1 hora, com ela reclamando de fome. Acho que o pessoal aqui no Brasil respeita muito o direito da criança se alimentar como gosta. A e com relação a alimentação, também tem o mercadinho brasileiro, que fica junto ao Camillas, no mesmo Plaza. Não tem preços ótimos, mas quebra o galho com os produtos que estamos acostumados no dia-a-dia. A Padaria que fica no mesmo local, é ótima, tem pão de queijo e guaraná... rsss... Minha filha ama passar lá porque entende tudo o que as pessoas falam, e a gente dá risada. O pão é uma delícia! Espero ter ajudado! Atenciosamente, Carol.

Renata Duarte e os demais amigos que puderem me ajudar, o que eu posso levar de comida daqui do Brasil? Como é esse feijão a vácuo que a Renata falou? Gostaria de algumas dicas de quem já foi com criança de 1 ano.Muito obrigada.
(mensagem de Maria Linda)

(mensagem de Carolina R. Santos)

 


 
Res: Levar feijão e leite ninho daqui do Brasil

 mensagem postada em 14/10/2014 - 10:10:45hs
 
 

Oi Maria, não sei se na sua cidade é o mesmo nome, aqui eu compro da marca Vapza (desculpe Pantoja, não sei se podia dizer o nome). Tem mandioquinha (ou batata baroa, como preferir), batatas, frango desfiado, canjica, grão de bico, feijão, muitos produtos dessa marca, todos cozidos e embalados à vácuo. Tenho uma sobrinha alérgica, no ano passado a mãe levou todos esses produtos e passou tranquilamente. Quanto ao leite, a pediatra da minha filha é contra administrar leite de outro país de forma repentina, porque pode ter bactérias diferentes das do nosso leite e causar algum desconforto. Eu sempre levo o ninho de 1kg de pacote, coloco dentro de um pacote zip, escrevo um bilhetinho (caso seja extraviado, informando que minha filha não pode tomar leite de outro lugar). Nunca tive problemas, ja viajei pra Europa, Estados Unidos, América do Sul. Inclusive no embarque (vou deixar um relato meio extenso), sempre levo uns 2 suquinhos de caixinha e uns dois todynhos. Claro, que eles abrem minha mala, verificam do que se trata, e sempre permitem que eu leve na bagagem de mão. Sempre explico que quando minha filha acorda tenho que dar leite, e na imigração já cheguei a demorar 1 hora, com ela reclamando de fome. Acho que o pessoal aqui no Brasil respeita muito o direito da criança se alimentar como gosta. A e com relação a alimentação, também tem o mercadinho brasileiro, que fica junto ao Camillas, no mesmo Plaza. Não tem preços ótimos, mas quebra o galho com os produtos que estamos acostumados no dia-a-dia. A Padaria que fica no mesmo local, é ótima, tem pão de queijo e guaraná... rsss... Minha filha ama passar lá porque entende tudo o que as pessoas falam, e a gente dá risada. O pão é uma delícia! Espero ter ajudado! Atenciosamente, Carol.

Renata Duarte e os demais amigos que puderem me ajudar, o que eu posso levar de comida daqui do Brasil? Como é esse feijão a vácuo que a Renata falou? Gostaria de algumas dicas de quem já foi com criança de 1 ano.Muito obrigada.
(mensagem de Maria Linda)


 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.