Bagagem - Cadeados e Lacres

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Mala arrombada

 mensagem postada em 09/05/2014 - 17:05:25hs
 
 

Pessoal, vou relatar o que aconteceu comigo, pois pode ajudar vcs a não passarem pela tristeza de ser roubado. Voltei ontem da Cidade do Mexico e deixei as malas aos cuidados do hotel, após o check out, devidamente lacradas, até o horário de sair para o aeroporto. Qdo voltei, peguei um taxi, credenciado pelo hotel e como tinha bastante tempo, pedi ao motorista que parasse na Basílica de Guadalupe, igreja muito linda, que não queria deixar de visitar. Deixei as malas no taxi ( péssima ideia...) e fiz uma rápida visita. Tinha apenas objetos pessoais, mas esqueci q meu IPad estava na mala, pois sempre o carrego na mão. Ocorre que ontem teve um forte terremoto na cidade e eu fiquei muito abalada por passar pela aquela experiência. Estava no 10º andar do hotel e parecia que o prédio ia cair... Acho que isso me fez cometer 2 erros - deixar as malas no taxi e ainda deixar o tablet dentro. Só fui dar falta do tablet, no aeroporto...Fiquei intrigada, porque os lacres estavam intactos ( e eram lacres coloridos, diferentes do comum). O que deve ter acontecido, é que alguém no hotel ou o motorista do taxi (isso nunca saberei) deve ter rompido o ziper da mala, tirado o objeto e fechado novamente, deslizando o fecho do ziper que estava com o lacre - vi uma reportagem sobre isso algum tempo atras, mas nem lembrava mais. O ladrão insere uma tampinha de caneta Bic ou outro objeto pontiagudo nas ranhuras do ziper e consegue abri-lo. Nas nossas viagem aos EUA costumo costumo comprar bastante e deixar as compras nas malas no hotel, achando que lacrá-las já seria uma proteção. Descobri agora que não é. talvez a solução seja colocar aquelas faixas com cadeados, por fora da mala. Parece que só cadeado não resolve, porque que eles conseguem desconectar o ziper e depois fechar novamente. No meu caso, não sei se o roubo foi no hotel ou no taxi. Aprendi mais uma lição e repasso a vcs, porque não quero que ninguém passe por isso. No aeroporto, embalar as malas já é uma prática, mas antes de chegar lá achava que com lacres e cadeados bons as malas estariam protegidas.

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.