Segurança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Rafael - Segurança

 mensagem postada em 25/02/2013 - 12:02:44hs
 
 

Rafael,

gostaria de fazer algumas ponderações sobre as dicas de segurança e, se me permite, discordar de alguns pontos.
Em primeiro lugar, quanto aos cofres de hotel: não são 100%, mas são RELATIVAMENTE seguros; os digitais mais que os com chave; os do lobby mais que os do quarto. Contudo, todos eles podem ser abertos sem deixar vestígios, como acontece quando você perde a chave (vem o chaveiro) ou esquece a senha (com um aparelho eles abrem). Assim, acho que quanto a dinheiro vale à pena dividir e deixar um pouco no cofre, outro tanto na mala e levar outra parte. Andar com tudo não seria a melhor opção, a meu ver.
Quanto ao passaporte, eu mesmo não sei se ando com ele e deixo cópia ou vice-versa. Vou decidir na hora.
Quanto à questão da prova do que estava no cofre (ou no quarto), realmente é difícil, mas há meios (fotos, notas fiscais etc). Contudo, seria um procedimento investigativo demorado e que provavelmente não terminaria antes do dia de partida: ou seja, caro para se adiar a estada ou lento para se recuperar enquanto estiver na cidade.

Comprar tudo nos últimos dias também acho inviável. Normalmente as pessoas compram roupas diversas (tendo que provar), eletrônicos, presentes, perfumes etc, e deixar para o final significaria correria e risco de faltar algo (ou de ter acabado), perigo de não ter tempo para eventuais trocas de produtos defeituosos e, ainda, aumento considerável da angústia por todos esses fatores. Também há um dilema: ou compra tudo no mesmo lugar, vai para o hotel direto e não sai mais de lá (inviável) ou terá que comprar em vários locais, deixando as compras previamente feitas no hotel ou no carro, sujeitas aos perigos que se queria evitar desde o início. Creio que ir comprando aos poucos, sem pressa, conferindo com calma, guardando nas malas e jogando as embalagens fora seja mais tranquilo e adequado para uma viagem de lazer.
Ainda, nos hotéis em que há maior incidência de furtos, eles ocorrem no último dia ou na véspera da viagem para não dar tempo de investigar/recuperar.
Concordo com você em deixar tudo nas malas, com cadeado e lacre. Em ser discreto também. Já tinha ouvido falar de "tocaias" na Best Buy e realmente existem, seguindo o pessoal até o Florida Mall.
Segundo ouvi de pessoas furtadas em hotéis, a polícia não dá a mínima para as ocorrências, as investigações não andam e o desfecho quase sempre é desfavorável à vítima.
Por fim, gostaria de ponderar que não é razoável viajar com este espírito de medo e paranoia. Acho que o "custo psicológico" da preocupação não compensa, pois se acontecer a preocupação não adiantou nada; se não acontecer, se preocupou e se estressou à toa. Vamos todos atentos mas tranquilos. E que Deus nos proteja.

 


 
 
Observe enquanto você assiste o vídeo que antecede a atração Soarin (Epcot) o número do vôo 5505. Trata-se de uma homenagem a data da sua inauguração oficial que ocorreu em 05 de maio de 2005.