Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
18/10 - IOA Parte II

 mensagem postada em 04/12/2007 - 07:12:50hs
 
 

Volteeeeeiiii!!!

Oi Pessu! Desculpe a sumida, mas essa época de fim de ano no trabalho está de matar e não tenho tido tempo. Ainda mais para mim, que gosto de contar tudo nos “mínimos detalhes”! Então você vai ter que voltar muitas páginas para ver meu último relato, do IOA para entender a continuação, falou? Procura aí vai!
Continuando o IOA, saindo do River Adventure já fomos para a Dueling Dragons. Olha gente, vocês podem até não concordar, é claro, mas pra mim é a melhor montanha russa dos parques, principalmente a azul, ICE, melhor que do fogo.Também fomos quatro vezes e a sensação para quem vai na fila da frente é incrível, isso porque tem uma hora que parece que você vai bater de frente com o muro de pedras e é sensacional! Não percam por nada, nada mesmo!
Aí bateu a fome e decidimos seguir o conselho de Claudia C. que havia indicado o restaurante The Oak Tavern, em frente à Dueling Dragons, como o melhor almoço dentro dos parques. Realmente a comida é boa, mas a quantidade é para um Ogro com fome! Quando você está na fila para pedir, o olho é maior que a barriga, aí já viu, né? Pedi dois pratos que tinha: costela de porco, uma sobrecoxa com asa de ema, ops, de frango, batata frita, broa de milho e uma espiga de milho. Pessu, é tudo isso num só prato, dá para acreditar?! Conclusão, a gente deu uma mordida em cada coisa e o resto foi para o lixo, infelizmente, mas não tínhamos o que fazer. Não é bom exemplo, mas agora já era, Inês é morta! Se você for comer lá e se não come muito, um prato só para um casal dá e chega.
Com a pança lotada de comida, achamos melhor dar uma descansada e entramos no Voyage of Simbad, um show muito simpático, para dizer a verdade, um dos melhores de lá. É ótimo para descansar e fazer digestão!
Indo em frente tem o Poseidon´s Fury e eu estava louca para ir nesta atração. O cenário é deslumbrante, o prédio enorme e fantástico, mas a fila... Peguei uma fila de pelo menos 40 minutos, ficou todo mundo lá sentadinho no chão, congelando no ar condicionado. Gente, pra você que vai com criança, leva uma blusinha, um cobertozinho, sei lá qualquer coisa, porque a criançadinha passa frio, e tem uns pais americanos que não ligam pros filhos, cara! Cheguei a ficar revoltada, porque via aquelas crianças de um mês, dois meses de idade, ou torrando no sol, ou congelando no ar condicionado, só de regata, macaquinho sem perna, uma judiação. Cuidado também com estes carrinho ultra baratos do Wal Mart, pois eles até podem servir para crianças de 3 ou 4 anos que ficam cansadas de andar, mas para bebês, por favor, não utilizem este carrinhos, que eles ficam numa posição péssima e não tem cobertura adequada para evitar o sol forte.
Para evitar o frio e não ter que carregar moletom ou jaqueta, levei uma canga e um desses lenços, tipo pashimina. Não ocupa espaço e se faz frio, você se embrulha nele e depois guarda na mochila. Quebra um galhão!
Voltando à atração, depois do serviço de utilidade pública, te digo que não gostei! Não sei se é porque fiquei atrás de todo mundo e como sou formada em pintura de rodapé, não consegui ver a atração em tudo que ela, talvez, poderia me oferecer. A melhor parte é do túnel de água. Mas você não vai deixar de ir, é claro!
Seguindo em frente, vem a área do gato no chapéu (Seuss Landing), que é para crianças, mas as filas são para gente grande! Caramba, não sei se era porque tava chovendo aquela hora, mas é muita gente pra brincar nos brinquedos. Aqui tem muita coisa legal para comprar e é onde tem as camisetas do Thing 1 e Thing 2, que várias pessoas compram. Tem doceria, e as lojas com os souvenirs do Cat in the Hat e do Grinch são lindas e super legais. Vai gastar dinheirinho aqui...rsrsrs
Após ficar no Seuss Landing, voltamos para o início do parque e fizemos novamente o Doctor´s Doom, Spider Man, River Adventure e Dueling Dragons. Aí fomos embora, para curtir o City Walk. Passadinha e fotos no Hard Rock, naturalmente, e naquele dia ia ter Halloween na Universal. Sinceramente, não sabia se a festa era dentro ou fora do parque. Ô povo feio! Ficamos sentados numa mureta, vendo o povo chegar na Universal e parecia um desfile de horror. Isso porque ninguém pode ir fantasiado ou maquiado nesta festa, para não se confundir com os atores!
Foi um show de horror e o mais engraçado é que uns vão de chinelo havaianas e outros vão de roupa de festa! Kákakákáká! Desculpa, mas foi uma atração à parte ver aquele mundaréu de gente indo para a festa (parecia um mar de gente mesmo).
Demos uma volta no City Walk e depois fomos jantar no Bubba Gump. Recomendo muitíssimo se você comer um delicioso linguini ao molho de limão com camarões. É espetacular, fora que o tamanho dos camarões não deixa a desejar, chega a enjoar e pasmem, até fica uns no prato! É porque aqui em Sampa, em alguns restaurantes, você paga o olho da cara por um prato com camarões e vem só os filhotes deles, tem comer com uma lupa para você conseguir achar um dentro do prato!
Então, vá no Bubba Gump, custa em torno de U$ 19,00 este prato e vale cada centavo!
Depois, fomos embora para o hotel que já estávamos cansados, né! Bjs.

 


 
 
O nome original em inglês do Castelo da Cinderela se escreve Cinderella Castle e não Cinderella's Castle.