Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Visto Aprovado.

 mensagem postada em 04/06/2007 - 15:06:54hs
 
 

Caros amigos,

Gostaria de agradecer imensamente pela ajuda da Renata Besagio Ruiz e Mirelle Vieira Scheydegger. Na última quarta-feira (30/05) foi o dia onde eu e minha noiva fomos a entrevista no consulado e como não podia ser diferente com nós dois, esse foi um dos dias mais frio do ano aqui em SP.

Vamos a entrevista, logo na chegada percebi que o agendamento serve apenas para dar um norte as pessoas, pois nesse dia, pessoas que tinham agendado entre 8 e 11 da manhã estavam entrando juntas, a fila para pagamento no citibank estava enorme consumindo mais de uma hora do total de 3 horas que fiquei para concluir todos os passos. Uma boa dica é pagar antes a taxa da entrevista. Lá dentro fui super bem atendido pelo moça da pré-entrevista e inclusive ela permitiu que eu e minha noiva fisessemos a entrevista juntos, mesmo sem sermos casados ainda (o que foi um alívio para nós), com ela somente deixamos os documentos e fomos para fila da segunda etapa que era a de deixar as impressões digitais e também fomos bem atendidos. Aí começou todo nosso problema, pois a fila estava enorme e o frio estava nos castigando, pois para estar-mos bem vestidos optamos por roupas leves (ela um terninho e eu terno), sem se quer uma blusa de lã, após um tempão fomos chamados para a entrevista e lá uma moça com sutaque americano nós atendeu, já com cara de poucos amigos começou a me perguntar um monte de coisas e a cada vez que eu não entendia (devido ao sutaque) ela ficava mais emburrada, olhando para mim como se eu fosse um -- palavra censurada -- , começou a me questionar porque no meu holerith o meu salário é dividido em dois itens (Salário Base e Comissão de cargo - coisa de bancário), visivelmente contrariada com aquilo queria saber o porque e eu dizia para ela que era norma dos bancários e que o meu salário era a soma dos dois, aí ela me pediu a documentação dos carros que tenho e algum comprovante que eu fosse realmente me casar em novembro, graças a uma dica de uma amiga, levei o convite de casamento e entreguei a ela, mesmo assim ela continuava com aquela cara de quem esta insatisfeita e me pediu o meu Imposto de Renda, foi quando percebi que ela ficará mais calma, pois acho que ela percebeu que eu não estava mentindo e que o meu salário era realmente a soma dos dois itens e que estava compatível com o Imposto de Renda.

Depois disso ela pediu para entrevistar a minha noiva e ela somente perguntou quando iria casar e a quanto tempo trabalhava na empresa, sem sequer pedir nenhuma prova e dispensou nós dois falando uma pequena frase "vocês foram aprovados, pegue a fila a sua direita.".

E foi só isso, após três meses de agonia, e 3 horas de muito nervoso, deu tudo certo e a partir de agora, vou pesquisar preços e ver a forma mais economica e divertida de curtir a Disney.

Obrigado a todos desse fórum por tantas dicas importantes e que ajudam efetivamente a muita gente.

 


 
 
Walt Disney queria ter certeza que os "negócios" do Parque nunca se intrometessem no "show". Então ele construiu aproximadamente 2,4 km (1,5 milha) de túneis de acesso "Utilidors" sob o parque Magic Kingdom.