Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Segundo Dia de Viagem: Epcot

 mensagem postada em 19/03/2007 - 10:03:45hs
 
 

Gente, sem dúvida este é o parque mais cansativo. Não pelo fato de ser ruim, muito pelo contrário, é lindo e tem ótimas atações.
Recomendo que comecem a viagem por este parque pelos seguintes motivos:
1 - Por ser o mais cansativo, deve-se ir logo pois as "baterias" do corpo ainda estão em pleno vapor;
2 - Já fui três vezes à Orlando e percebo que na primeira e na segunda vez que fui, este foi um dos últimos parques e a turma mais nova (crianças e adolescentes), por já terem ido a Universal e ao Magic Kingdom, a comparação fica inevitável, acarretando então que as pessoas ficam decpcionadas com o parque (esperavam brinquedos radicais, paradas às 15:00), enfim, ficam cansadas com o parque. Indo de primeira nele, não há comparação a se fazer e, como na última vez que fui, TODOS adoraram o parque. Espero que tenham entendido. O parque não é ruim, é excelente, mas, quando se comprara com os outros, as crianças e adolescentes, se decepcionam (em sua maioria). Isto eu constatei.

Bem, vamos ao roteiro do dia:
Chegamos quando o parque estava abrindo, aliás, recomendo que chegue cedo porque, como mencionado antes, este parque é bem grande e com muitas atrações.
Fomos direto ao Soarin, sem dúvida, uma das melhores atrações deste parque. Mas, antes de ir, fomos ao Test Track para pegarmos o Fast Pass que, como já descrito por vários aqui no site, é fundamental em algumas atações (Test Track é uma delas).
Saindo do Soarin (excelente), fomos ao Living Seas onde tem a atação do Nemo (também muito interessante por sinal), logo depois fomos ao Mission Space.
Aqui cabe uma observação, tem duas filas, primeiro fui na fila laranja (considerada a pior), e depois fui na fila verde (considerada a mais fraca). A diferença é no início e no final da atação onde o efeito digamos da (decolagem e do voo em marte é sentida). Gente, vi pessoas pasando mal, por isso, caso alguém queira ir na fila laranja e tem dúvida se vai "aguentar" ou não, vão nesta atração apenas no final porque se passar mal, não vai mais aproveitar o rsto do parque.
Logo depois fomos ao Test Track (com o fast pass); adorei a atração. Gente, estas três atrações (Soarin, Fast Track e Mission Space), em época de filas grandes (não foi o nosso caso) o fast pass é ESSENCIAL!!!
Logo depois fui na Spaceship Earth que é a famosa "bola de golfe" de Epcot.
Fomos depois do Innoventions (teve gente que não gostou), Honey, I Shrunk the Audience (excelente) e no Universe Of Energy (Ellen's Energy Adventure). Nesta atração, o problema é o início onde a apresentadora (cinema) faz um esplanação e pelo fato de ser em inglês, tem gente que fica nesta parte da atração "boiando". Mas no final ela é muito boa.
Gente, consegui fazer tudo isso de manhã, e fomos almoçar já na "fronteira" com a parte das Nações. Não teve jeito, tentei almoçar na Noruega, onde recomendo a todos pois é excelente. Entretanto, como já era duas horas da tarde, e a turma estava com fome. Paramos e comemos sanduiche.
Depois fomos em direção aos países:
Agora é muita "andança" e fotos, fotos, fotos...
A atração "El Rio..." do México estava fechada. Nesta parte de Epcot Center tem filme na China e no Canadá, tem atração nos EUA e na Noruega. Só consegui ir na atração da Noruega e tiramos tantas fotos que quando percebi, já estava anoitecendo. Estávamos com fome e fomos lanchar no pavilhão da França (Recomendo o folheado da França pois é excelente). Como estava de noite já, não consegui tirar boas fotos no Canadá (onde acho muito bonito). E nos dirigimos ao início do "World Showcase" para assistirmos a queima de fogos. Gente, já assiti de três lugares diferentes e o melhor lugar, sem dúvida, é no início do lago (de frente para os países).
Ainda tive tempo de ir ao Mission Space novamente. Nessa hora, percebi que as atrações já esvaziam porque a maioria do público já se desloca para assitir a queima de fogos (sem dúvida imperdível).
Sinceramente, preferia a queima de fogos antes da mudança que eles fizeram (mas ela continua sensacional).
Bem depois dos fogos, fomos embora e chegando no hotel, jantamos no hotel da disney (onde comemos massa - penny). Não é lá "grandes coisas", mas valeu.
Dica, depois da janta, tentem descançar porque quem dormiu pouco neste dia, não teve as baterias totalmente "recarregadas".
Gente, vou parando e amanhã falo do terceiro dia.
Qualquer dúvida, é só escrever
Abraços a todos
Marcelo Marinho

 


 
 
Os imagineiros da Disney utilizam com freqüência uma técnica de construção denominada "Forced Perspective" ("Perspectiva Forçada"). Todos os prédios de dois andares no Magic Kingdom foram construídos com a utilização desta técnica, em Main Street U.S.A., é possível notar que os prédios parecem ter 03 andares, quando na realidade tem apenas 02.