Animais de Estimação

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Madameedai

 mensagem postada em 13/03/2013 - 16:03:03hs
 
 

Eu nunca levei os meus, mas ano passado fiquei no hotel da universal e vi muita gente com os seus cachorros.
Vários de porte grande, um casal estava com dois pastores.
Eu sei que lá eles tem tipo uma creche para os animais ficarem enquanto os seus donos vão aos parques.
Eu não fui conhecer, mas pela quantidade de pessoas com animais, acredito que eles devem tratá-los muito bem.
Eu acho que no site do hotel eles explicam melhor, eu fiquei no Loews Royal Pacific.
Espero que tenha ajudado.

 


 
Madameedai - gatinho persa (retorno tópico hoteis...)

 mensagem postada em 12/03/2013 - 22:03:16hs
 
 

Não sei te responder sobre os hotéis em Orlando que aceitam animais, entretanto, podemos trocar uma ideia, afinal, também temos um gato persa e ele também é muito apegado. Já fomos duas vezes à Orlando, e tivemos que deixa-lo em casa... da primeira vez, em 2009, minha mãe vinha duas vezes por dia na nossa casa, e ainda deixamos o zelador fazendo alguns reparos no apartamento (ele fazia à noite) e mais a faxineira, que vinha 3 vezes na semana e revezava com minha mãe... foram só 10 dias... mas, ele quase não comeu, minha mãe insistia bastante e tentava brincar com ele, mas ele ficou muito abatido, mas sobreviveu. Em 2011 fizemos a mesma coisa... a diferença foi que desta vez ficamos 17 dias... ele emagreceu, mas não ficou doente... ficou apenas triste... depois passou... infelizmente 2 meses depois ele ficou muito doente, e descobrimos que ele tem a doença do rim policístico (genético, bem comum à raça)... ele quase morreu, foi internado 3 vezes para fazer fluidoterapia (soro na veia)... acreditamos que o stress da nossa ausência pode ter ocasionado a baixa imunidade, e a doença veia a tona (a veterinária disse que um dia viria, e normalmente ocorre aos 7 anos - idade que ele tinha). Enfim, agora ele está ótimo, cuidamos muito bem dele (aplicamos 100ml de soro subcutâneo toda a noite) e mais dois remédios... mas, não sabemos até quando, afinal ele tem uma doença grave e terá uma vida mais curta... o que eu queria te dizer é que eles realmente sofrem sim com a nossa ausência... independentemente, de ficar na própria casa, ou na casa dos outros, ou em um hotel... ele irá sentir a falta de vcs, com certeza... com a doença do meu gato, não sei se iremos esse ano... eu digo não sei, pois só iremos se ele nos deixar, caso contrário não tem como... seria o fim, e amamos ele muito. E, por outro lado acaba sendo um conforto saber que se ele nos deixar iremos para a Disney... isso conforta.

Enfim, quando nós formos novamente, teremos outros gatos, e pensamos que o melhor pra eles é deixar em um hotel... mas, hotel-clínica, onde eles não ficam só em gaiolas... é mais caro, mas vale a pena, além disso são monitorados por veterinários... se não comerem, o veterinário dá estimulante de apetite... tomam sol e brincam muito... aqui em porto alegre a clínica do gato tem essa proposta... verifique na sua cidade as alternativas.

Se puder levar sua gatinha, verifique como é o transporte, só aceite se forem na cabine, pois os persas são muito mais sensíveis (não tem focinho)... além dessas histórias das companhias aéreas perderem os animais (que horror!). E pra ela vai ser bastante estressante também, muito tempo de viagem, o hotel vai ser um ambiente estranho, vcs vão ficar o dia todo fora... por isso é importante pesar muito bem os prós e contras...

Esperamos ter ajudado!

Abraços!

Fabi e Dani

 


 
Alexandre - cachorro

 mensagem postada em 19/12/2012 - 09:12:33hs
 
 

Será que vale a pena mesmo? Já viajei com cachorros e acho muito estressante para eles, ainda mais se forem transportados no compartimento de cargas.

Mais ainda, se por acaso ao chegar no destino ou mesmo na volta para o Brasil o cachorro apresentar alguma alteração visível de saúde, seu animalzinho poderá ficar de quarentena no aeroporto.

Voce precisa verificar também se o seu local de hospedagem (hotel, casa) permite animais de estimação.

Como disse em mensagem anterior, voce vai precisar de documentação de veterinário para o transporte do Brasil para os EUA e na volta Health certificate para o cachorro feito por veterinário nos EUA e carimbado pelo USDA (United States Department of Agriculture).

Melhor entrar contato com o Departamento de Agricultura no Aeroporto de Guarulhos e com sua companhia aérea para saber qual a documentação necessária. Não se esqueça de perguntar em qual idioma a documentação precisa ser feita, tanto do Brasil para os EUA quanto dos EUA para o Brasil.

Pense bem.

 


 
Pets em Orlando

 mensagem postada em 18/12/2012 - 21:12:00hs
 
 

Pessoal,
Sei que viajar para Orlando requer uma série de preparativos... E levar algum animal de estimação para aquele destino pode parecer exagero...
Porém, no ano passado, deixamos uma cachorrinha no Brasil e ela veio à falecer durante a nossa viagem à Disney.

Depois desta experiência, decidimos levar sempre o nosso bichinho ( atualmente temos uma York...) para qualquer local que formos....principalmente Orlando!

Dessa forma, gostaria de saber as experiências de quem já levou um cachorrinho (ou outro bichinho de estimação) aos parques da Disney e da Universal. Sei que existem canis nesses locais, mas gostaria de maiores informações sobre o assunto.
Gostaria, também, de obter algum contato de veterinários/clínicas veterinárias em Orlando.
Abraços!

 


 
Larissa - Compra de filhotes de cachorro no USA

 mensagem postada em 14/04/2012 - 15:04:07hs
 
 

Voce vai precisar de várias coisas. A melhor coisa é entrar em contato primeiro com o Departamento de Agricultura no Aeroporto de Guarulhos para saber qual a documentação necessária. Pergunte também se a documentação necessária precisa estar em portugues. (parece que isso mudou). Depois disso entrar em contato com a companhia aérea e também solicitar a documentação necessária.

Mas que eu me lembre voce vai precisar de pelo menos:

- Health certificate para o filhote feito por veterinário nos EUA e carimbado pelo USDA (United States Department of Agriculture).


Algumas companhias aéreas permitem levar seu cachorro junto com voce na cabine (Altamente recomendado!), desde que ele caiba naquelas gaiolas de transporte e que essa gaiola caiba embaixo da poltrona. O cachorro tem que ser capaz de ficar em pé e se movimentar livremente dentro da gaiola. Voce precisará reservar com atencedencia, pois é permitido somente um certo número de animais na cabine.


Como o tempo da viagem pode ser curto, verifique tudo isso antes de comprar o filhote.

 


 
Levar junto nossos bichinhos

 mensagem postada em 25/03/2012 - 10:03:35hs
 
 

Olá amigos, li no blog da Gre, que em todos os parques de Orlando, existem canis onde nossos bichinhos podem passar o dia todo, inclusive fecham bem depois dos parques, assim podemos curtir até o final, na sua grande maioria os hotéis tbm aceitam animais, será que alguém por aqui já teve a experiência de levá-los, pois estou pensando em levar a minha Lola, que sempre fica mto triste qdo viajamos...

 


 
GIselle

 mensagem postada em 12/02/2012 - 15:02:38hs
 
 

Tenho 2 gatos e sempre tive bichanos na vida! rs
O que faço qdo viajo?
Eu pago a minha empregada para vir 2x/dia trocar a areia e a ração deles. Eles ficam em casa o tempo todo e acho q devem dormir o dia inteiro. Nunca tive problema deles adoecerem, pois já estão acostumados a esse rotina de sumirmos de vez em qdo.

 


 
Giselle Bezerra

 mensagem postada em 11/02/2012 - 21:02:37hs
 
 

Minha opinião... (de quem conhece "um pouco" o assunto)...

Cada gato é um caso... e não tem fórmula!!!

Tem gatos que se adaptam mto bem a ambientes estranhos, tem gatos que realmente param de comer (e isso pode acontecer pelos mais diversos motivos, não só pelo fato de ser um ambiente estranho, mas tem gatos que ficam assim por causa de uma pessoa estranha na casa, barulhos estranhos, doenças, etc)... são iguais a gente!!

A minha gata por exemplo se adapta bem na casa da minha empregada (e como ela ama gatos tb, sempre que viajamos lá vai minha gata pra casa dela), mesmo ela tendo mais dois gatos (ok, isso NÃO é o mais comum)...

O que te aconselho? Aproveita que o seu ainda é filhote (e que vc tem dois meses pra sua viagem) para acostumá-lo... deixe-o um dia/noite longe (na casa de alguém de confiança) e veja como ele reage, ou fique um fds longe e peça pra sua auxiliar ir cuidar nesse fds... vá acostumando-o aos pouco, em doses homeopáticas... (OBS: isso é pra tudo, até ser manipulado por pessoas estranhas, aproveite agora pra acostumá-lo)...

E vc já pensou em arranjar mais um gatinho?? Eles AMAM companhia e sofrem mto menos qdo se distanciam dos donos... e nesse caso a maioria se sai bem ficando em casa, mesmo por um período longo, desde que tenha alguém pra cuidar todo dia, passar umas horinhas com eles... e vc ainda tem tempo de fazer a adaptação dos seus gatinhos (pena que não posso postar outros sites aqui, mas tem uma ong mto famosa que, além de ter mtooos gatinhos fofos e prontos pra adoção, não cobram nada rs)... dois gatinhos dão o trabalho de um kkkk

No mais, vc pode levar o gatinho no seu vet de confiança e entrar com florais/homeopatia para esse período, pra diminuir a ansiedade, tristeza, etc... costuma ter resultados mto bons!!

bjs



 


 
Giselle

 mensagem postada em 11/02/2012 - 20:02:05hs
 
 

Puxa, sua pergunta veio em ótima hora para te responder.
Voltamos de Orlando sexta feira passada. Meu gatinho passou os 16 dias que ficamos fora, na casa da minha mãe, que por sinal, é bem conhecida dele. Ela o tratou como um bebê, pois o adora. E sabe o que aconteceu??? Ele simplesmente parou de comer e beber água. No terceiro dia na casa dela, minha mãe o levou ao veterinário, que não fez exame algum e simplesmente medicou um antibiótico.
Resultado: quando voltamos,meu filhote estava bem mal e o levamos a um hospital veterinario que conhecemos perto de casa. Ele teve que ficar internado e amanhã terá alta. Não sabemos se foi coincidência ou não, mas o que estranhamos foi o fato do meu gatinho adoecer justamente no período da nossa ausência.
Então, eu te recomendaria a não deixar ele em outro lugar. Gatos gostam muito do ambiente em que vivem e adoram os donos, então para que fique menos estressado, deixe-o pelo menos em seu habitat, ou seja, na sua casa.
Tenha uma ótima viagem.

 


 
Giselle

 mensagem postada em 11/02/2012 - 19:02:56hs
 
 

Oi Giselle,

Uma das maiores redes é a Petco - você encontra perto do Mall at Millenia e do Florida Mall e mais uns 04 endereços em Orlando - segue o link

Outra rede muito legal é a Petsupermarket - que também tem diversos endereços - segue o link - basta colocar o zipcode de Orlando 32189.

E prepare-se que as lojas são bem grandes e para quem gosta dos seus peludos tem de tudo e passamos fácil mais de uma hora nestas compras.

Espero ter lhe ajudado.

Abraços,
Greicy

 


 
 
A ilumininação do interior do pavilhão do México é propositalmente baixa para simular o anoitecer. Pois, segundo a cultura mexicana, é neste período do dia, que amigos e familiares se reunem na plaza para se divertirem.