Viajando para Orlando

10 anos no ar!
Usuário:
Senha:
 
  recuperar senha
 
 

Orlando - Flórida

A cidade de Orlando está localizada na parte central do estado da Flórida, nos Estados Unidos da América do Norte, no Condado de Orange, possuindo inúmeros lagos dentro dos seus limites territoriais, sendo cortada em sua extensão pela Interstate 4 e pela Highway 408. Orlando apresenta clima ameno (subtropical) e a sua população - na região metropolitana - é de 1.800.000 (um milhão e seiscentos mil) habitantes. O apelido da cidade é The City Beautiful. O inglês é a língua oficial, mas em percentual significativo (16%) também se fala espanhol, francês (1.33%) e português (0.99%) (Modern Language Association).

 

A história de Orlando

Em 1513 o conquistador espanhol Juan Ponce de Léon descobriu a Flórida, denominada por este como "La Florida", em decorrência da vegetação abundante da região. Os historiadores asseveram que por ocasião da sua descoberta, Ponce de Léon esta a procura da "Fonte da Juventude".

Em 1564 os franceses despertaram interesse pela Flórida, enviando colonizadores para região, bem como construindo o forte denominado "Fort Caroline", localizado na região onde atualmente está localizada a cidade de Jacksonville. A atitude dos franceses obrigou os espanhóis a acelerarem os seus planos de colonização, razão pela qual enviaram suas tropas com o objetivo de expulsarem os invasores, iniciando o povoamente da região onde hoje está localizada St.Augustine.

Em 1763 os espanhóis cederam a Flórida para a Inglaterra em troca do controle de Havana, Cuba, mas em 1784 a Espanha recupera o controle da Flórida com o término da Revolução Americana de 1776. Durante esse período foi expressiva a expansão da lavoura de algodão, cana, arroz e índigo.

Em 1821 os Estados Unidos adquiriram a Flórida da Espanha, por cinco milhões de dólares, sendo fundada sua capital, a cidade de Tallahassee, em 1824.

A história da cidade de Orlando tem seu início em meados de 1838, época em que estava sendo travada a guerra contra os indios seminolas, que destruíam as lavouras. O exército americano construiu o forte "Gatlin", localizado ao sul dos limites atuais da cidade de Orlando, com o objetivo precípuo de proteger os colonos dos índios. Em 1840 uma pequena comunidade começou a se formar ao redor do Forte "Gatlin", esse povoado recebeu o nome de “Jernigan”, em consideração a primeira família que lá se estabeleceu de maneira permanente. "Jernigan" teve sua primeira agência dos correios em 30 de março de 1850, sendo que apenas seis anos mais tarde, com a expansão para o norte, "Jernigam" passou a ser conhecida pelo nome de Orlando.

A cidade de Orlando foi admitida oficialmente como município em 1875, contando nessa época com apenas 85 (oitenta e cinco) habitantes. Não se tem certeza quanto a origem do nome da cidade, existindo quatro estórias diferentes a respeito. A primeira delas envolve um juiz chamado "James Speer", quem teria escolhido o nome da cidade. Outra estória assevera que o referido juiz inspirou-se em um personagem de Shakespeare. Uma terceira versão aponta para a existência de um colono que viajando para Tampa com a sua caravana, acabou falecendo e sendo enterrado no local onde hoje está localizada a cidade de Orlando.

No entanto, a estória mais aceita é a de que alguns soldados em serviço durante a Guerra dos Seminoles, ficaram durante uma noite assentados em Orlando, quando que um soldado chamado "Orlando Reeves" designado para ficar de sentinela numa determinada noite, avistou alguns índios vindo em sua direção e tratou logo de alertar seus colegas disparando sua arma. No entanto, mesmo assim o sentinela e os seus colegas acabaram sendo vítimas da emboscada tramada pelos indígnas e "Orlando Reeves" acabou vindo a falecer, sendo o seu corpo enterrado no lado sul do Lago Eola.

Em meados de 1860 a economia de toda da região central da Flórida era baseada exclusivamente no cultivo do algodão e criação de gado. Contudo, com a eclosão da Guerra Civil Americana tal episódio trouxe sérios prejuízos para a cidade de Orlando, posto que sem a mão-de-obra escrava a indústria do algodão dificilmente teria condições de sobreviver. Não por outro motivo que os fazendeiros passaram a plantar cítricos, sendo que tal lavoura teve grande impulso com a expansão da South Florida Railroad até a Flórida Central.

Em 1870, a terra fértil e o clima quente de Orlando passou a atrair um grande número de pessoas, acarretando a construção de estradas, escolas, igrejas, estrada de ferro, bancos, etc. Orlando começou o século XX com grande prosperidade, suas ruas foram pavimentadas, foi instalada a rede elétrica e de telefonia, até mesmo um aeroporto foi construído (Orlando Municipal Airport), sendo fundado em 1928. No entanto, neste mesma época Orlando foi infestada moscas de frutas (insetos que suas larvas se alimentam de frutas) que tiveram grande impacto na indústria de cítricos da região causando enorme prejuízos. Ato contínuo, do crack da bolsa de Nova Iorque em 1929 acarretou um período de grande depressão, acarretando medidas medidas protecionistas e grande desemprego.

Entretanto, a Segunda Guerra Mundial foi muito favorável para o desenvolvimento de Orlando, já que o exército americano lá construiu uma de suas bases militares, abrigos para os seus soldados, um hospital e até mesmo inaugurou um novo aeroporto.

Em virtude do progresso local fábricas de aviões e de peças aeronáuticas também construíram suas instalações em Orlando. Em 1950, com uma população estimada em 51.826 habitantes, Orlando tornou-se o centro financeiro da Flórida. Com o advento da Guerra Fria a base aérea de Orlando foi mantida e ampliada, com a aplicação de milhares de dólares para a economia local. Cumprindo ainda destacar o implemento do programa espacial americano no Cabo Canaveral em 1955 que também auxiliou no franco desenvolvimento da economia local, tornando inclusive o Cabo Canaveral o quartel general da NASA e fazendo com que mais de sessenta novas indústrias mudassem-se para a região.

Em 1964, Walter Elias Disney adquiriu uma enorme quantidade de terras na regão e em 15 de novembro de 1965 anunciou seu plano ambicioso de construir o maior e mais espetacular parque temático até então existente. O preço total da construção até a sua abertura em outubro de 1971 foi estimado em quatrocentos milhões de dólares.

Após a inauguração do Walt Disney World centenas de empresas mudaram-se para a região na ânsia de conseguir aumentar os seus negócios. A Seaworld estabeleceu-se em 1973, em 1982 a Disney inaugurou o Epcot Center, em 1989 surge a Disney MGM Studios. Não bastasse isso, surgiram os resorts da Disney, além de inúmeros outros hotéis, shoppings, restaurantes, etc. Em 1998 a Disney inaugurou o Animal Kingdom, um parque que como o seu próprio nome já assinala, é dedicado ao mundo animal. O parque da Universal, o Universal Studios estabeleceu-se em Orlando em 1990, e em 1999 inaugurou outro parque, uma expansão do primeiro, denominado Islands of Adventure, bem como o Citywalk, um local repleto de cinemas, restaurantes e danceterias.

Orlando é e sempre será o melhor destino para todos aqueles que procuram por diversão e alegria.

Notícias Relacionadas