Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Roberval/ Ayrton Res: Uso pessoal??!!

 mensagem postada em 11/02/2015 - 01:02:38hs
 
 


Obrigada pela resposta amigo Roberval.
Sempre voltei carregando uma bolsa nova e nunca houve problema. Essa bolsa comprada lá e usada no meu retorno tb vai entrar na mirrada cota dos $500?
Meu perfuminho básico ja terei que abrir lá e usar durante a viagem?
Ô coisa triste ter que limitar cada vez mais o que podemos trazer.
(mensagem de Chris Collares)


Oi Chris,

Então, como disse, caso vc seja parada pela fiscalização da Receita Federal, TUDO o que foi comprado lá fora está sujeito a ser taxado, inclusive bolsas, perfumes, e outros acessórios.
Além disso existe limitação de quantidade, conforme o item.
Se quiser assistir a um rápido vídeo sobre as atuais normas da receita, por favor clique abaixo:


(mensagem de roberval taylor)


Mais uma vez obrigada!!!!!
Vou mostrar o vídeo pro pessoal e futucar o site da receita pra não cair no erro.
(senti falta do avatar do Darth Vader )

 


 
Roberval/ Ayrton Res: Uso pessoal??!!

 mensagem postada em 10/02/2015 - 05:02:09hs
 
 


Obrigada pela resposta amigo Roberval.
Sempre voltei carregando uma bolsa nova e nunca houve problema. Essa bolsa comprada lá e usada no meu retorno tb vai entrar na mirrada cota dos $500?
Meu perfuminho básico ja terei que abrir lá e usar durante a viagem?
Ô coisa triste ter que limitar cada vez mais o que podemos trazer.
(mensagem de Chris Collares)


Oi Chris,

Então, como disse, caso vc seja parada pela fiscalização da Receita Federal, TUDO o que foi comprado lá fora está sujeito a ser taxado, inclusive bolsas, perfumes, e outros acessórios.
Além disso existe limitação de quantidade, conforme o item.
Se quiser assistir a um rápido vídeo sobre as atuais normas da receita, por favor clique abaixo:

 


 
Roberval/ Ayrton Res: Uso pessoal??!!

 mensagem postada em 10/02/2015 - 10:02:35hs
 
 

Olá pessoal,
Já fui parada algumas vezes na alfândega do Rio, passando por raio X e sempre liberada. Acredito que por raramente trazer eletrônicos.
Mas tenho acompanhado alguns relatos que vem me deixando com algumas dúvidas.
Dessa próxima vez farei alfândega em Guarulhos. A fiscalização de lá é realmente mais acirrada que a do Rio?
Costumo levar daqui meu GPS, que de tão velhinho ja nem sei se lembra direito dos trajetos rs.... não tenho mais a nota fiscal...preciso me preocupar com ele? Onde é melhor carrega~lo na mala ou bagagem de mão?
O que podemos trazer que seja permitido entrar na lista de uso pessoal???
Meu marido sempre compra camisas sociais lá, para uso no trabalho, portanto as mesmas não são usadas nos parques kkkk sempre retiro da embalagem e tiro tb a etiqueta. Podem encrencar com as camisas?
Se eu vier com um relógio no punho e óculos novo na bolsa entra na cota dos 500?
Minha cunhada quer trazer roupinhas para seus netos...
Enfim...ninguém pretende comprar nada caro, mas roupa, calçado e acessórios também custa dinheiro e com certeza mais de $500
O que se enquadra ? Como ter uma idéia (por baixo) se passamos muito da cota?
Obrigada Chris (mensagem de Chris Collares)


Chirs,
Existe uma recente instrução normativa da Receita Federal, que autoriza cada passageiro a trazer consigo, fora da mala e em uso, este itens que não entram na cota dos US$ 500 dólares:
01 Relógio, 01 Máquina fotográfica e 01 Telefone celular (funcionando, com chip).

Tudo o que for fora disso (mesmo roupas) poderão entrar na cota dos US$ 500, a critério do fiscal.
É aconselhável que se retire tudo da embalagem, e no caso de roupas, retirar também todas as etiquetas e preços.
Normalmente toleram alguma quantidade de roupas, sapatos e tênis, óculos escuros, desde em quantidade compatível com a duração da viagem !!
Roupas para bebês e crianças (que não estejam na viagem) podem ser taxadas, com certeza, pois nesse caso não se caracterizará como uso pessoal.

Quanto ao GPS, melhor levar na bagagem de mão, também fora da embalagem, para tentar provar que é antigo (como vc disse) e que foi adquirido em outra viagem, mas mesmo assim o fiscal poderá considerá-lo como na cota dos 500, em virtude da falta de comprovação de nacionalização do produto (DARF com pagamento do valor do imposto).

SDS,
Roberval.

(mensagem de roberval taylor)


Obrigada pela resposta amigo Roberval.
Sempre voltei carregando uma bolsa nova e nunca houve problema. Essa bolsa comprada lá e usada no meu retorno tb vai entrar na mirrada cota dos $500?
Meu perfuminho básico ja terei que abrir lá e usar durante a viagem?
Ô coisa triste ter que limitar cada vez mais o que podemos trazer.

 


 
GRU- 06/02

 mensagem postada em 09/02/2015 - 09:02:06hs
 
 

Chegamos dia 06/02 por volta das 14:00 hs. Descemos no Terminal 02. O fiscal perguntou se era família deu uma olhadinha no tamanho das malas e mandou seguir. Tanto nós, que estávamos com 6 malas, como a família do meu irmão com 05.
Foi bem tranquilo. Abraços.

 


 
Viracopos

 mensagem postada em 09/02/2015 - 08:02:12hs
 
 

Chegamos dia 6/02 de Gol por volta das 5h00. Passamos no nada a declarar e o fiscal nos deu Bom dia! e mandou seguir. Estávamos eu, marido e duas filhas adolescentes, tínhamos 8 malas. Poucos foram parados.

 


 
CHRIS _ Res: Uso pessoal??!!

 mensagem postada em 09/02/2015 - 06:02:33hs
 
 

Olá pessoal,
Já fui parada algumas vezes na alfândega do Rio, passando por raio X e sempre liberada. Acredito que por raramente trazer eletrônicos.
Mas tenho acompanhado alguns relatos que vem me deixando com algumas dúvidas.
Dessa próxima vez farei alfândega em Guarulhos. A fiscalização de lá é realmente mais acirrada que a do Rio?
Costumo levar daqui meu GPS, que de tão velhinho ja nem sei se lembra direito dos trajetos rs.... não tenho mais a nota fiscal...preciso me preocupar com ele? Onde é melhor carrega~lo na mala ou bagagem de mão?
O que podemos trazer que seja permitido entrar na lista de uso pessoal???
Meu marido sempre compra camisas sociais lá, para uso no trabalho, portanto as mesmas não são usadas nos parques kkkk sempre retiro da embalagem e tiro tb a etiqueta. Podem encrencar com as camisas?
Se eu vier com um relógio no punho e óculos novo na bolsa entra na cota dos 500?
Minha cunhada quer trazer roupinhas para seus netos...
Enfim...ninguém pretende comprar nada caro, mas roupa, calçado e acessórios também custa dinheiro e com certeza mais de $500
O que se enquadra ? Como ter uma idéia (por baixo) se passamos muito da cota?
Obrigada Chris (mensagem de Chris Collares)


Chirs,
Existe uma recente instrução normativa da Receita Federal, que autoriza cada passageiro a trazer consigo, fora da mala e em uso, este itens que não entram na cota dos US$ 500 dólares:
01 Relógio, 01 Máquina fotográfica e 01 Telefone celular (funcionando, com chip).

Tudo o que for fora disso (mesmo roupas) poderão entrar na cota dos US$ 500, a critério do fiscal.
É aconselhável que se retire tudo da embalagem, e no caso de roupas, retirar também todas as etiquetas e preços.
Normalmente toleram alguma quantidade de roupas, sapatos e tênis, óculos escuros, desde em quantidade compatível com a duração da viagem !!
Roupas para bebês e crianças (que não estejam na viagem) podem ser taxadas, com certeza, pois nesse caso não se caracterizará como uso pessoal.

Quanto ao GPS, melhor levar na bagagem de mão, também fora da embalagem, para tentar provar que é antigo (como vc disse) e que foi adquirido em outra viagem, mas mesmo assim o fiscal poderá considerá-lo como na cota dos 500, em virtude da falta de comprovação de nacionalização do produto (DARF com pagamento do valor do imposto).

SDS,
Roberval.

 


 
Uso pessoal??!!

 mensagem postada em 09/02/2015 - 06:02:11hs
 
 

Olá pessoal,
Já fui parada algumas vezes na alfândega do Rio, passando por raio X e sempre liberada. Acredito que por raramente trazer eletrônicos.
Mas tenho acompanhado alguns relatos que vem me deixando com algumas dúvidas.
Dessa próxima vez farei alfândega em Guarulhos. A fiscalização de lá é realmente mais acirrada que a do Rio?
Costumo levar daqui meu GPS, que de tão velhinho ja nem sei se lembra direito dos trajetos rs.... não tenho mais a nota fiscal...preciso me preocupar com ele? Onde é melhor carrega~lo na mala ou bagagem de mão?
O que podemos trazer que seja permitido entrar na lista de uso pessoal???
Meu marido sempre compra camisas sociais lá, para uso no trabalho, portanto as mesmas não são usadas nos parques kkkk sempre retiro da embalagem e tiro tb a etiqueta. Podem encrencar com as camisas?
Se eu vier com um relógio no punho e óculos novo na bolsa entra na cota dos 500?
Minha cunhada quer trazer roupinhas para seus netos...
Enfim...ninguém pretende comprar nada caro, mas roupa, calçado e acessórios também custa dinheiro e com certeza mais de $500
O que se enquadra ? Como ter uma idéia (por baixo) se passamos muito da cota?
Obrigada
Chris

 


 
GIG 07/02

 mensagem postada em 08/02/2015 - 02:02:16hs
 
 

Cheguei ontem no Rio às 7h pela Copa, com escala no Panamá.
Passei pelo nada declarar umas 7:50, passei pelo nada a declarar, o segurança olhou a etiqueta da mala despachada, viu que veio do Panamá e perguntou: "passou no Estados Unidos?" Disse que sim e me mandou pro Raio X. Minha irmã, cunhado e sobrinha de 6 anos que vinham atrás também foi a mesma coisa.
Tinha um voo que veio de Roma que desceu na mesma hora e acho que eles estavam filtrando pra pegar só quem foi pros Eua mesmo.
Nós estávamos certinho dentro do limite de malas, mas tínhamos muitas roupas, cosméticos e muitos, muitos brinquedos, mas não deu em nada! Passamos tudo no Raio x e cara mandou seguir.

 


 
GRU 26.01

 mensagem postada em 30/01/2015 - 11:01:00hs
 
 


Oi pessoal do VPO, bom dia!

Já voltei mas estou ainda no clima de encapar livros, horários escolares etc, talvez este final de semana consiga fazer os relatos.

Não sei se foi pelo fato de ser segunda-feira ou como nossas malas foram quase as últimas na esteira da GOL nós saímos no final e já tinham chegado dois outros voos o fato é que a fiscal mal olhou para nós e passamos tranquilamente!

Abçs a todos,

Alessandra

 


 
Res: MANAUS 22.01

 mensagem postada em 27/01/2015 - 01:01:40hs
 
 

Meu amigo, considere-se uma exceção! Das duas vezes que eu e minha esposa passamos por Manaus fomos parados!

Na primeira, em abril/2011, o fiscal viu nossas coisas, pediu as notas, mas nos deixou passar. Ele só encheu o saco porque na descrição que constava na nota de um relógio que comprei na Macys não dizia exatamente a marca do relógio etc. Havia algo do tipo "Watch e um código". Poxa, eu sou servidor público também e acredito que nos falta um pouco de bom-senso muitas vezes. Ele estava praticamente querendo dizer que aquela nota não se referia ao relógio que comprei. Agora vou ter que conferir se está correta descrição de todas as notas que eu receber? Pera aí né? Acho que acreditar um pouco nas pessoas é bom! A boa-fé deve ser presumida!

Na segunda, setembro/2012, o fiscal perguntou quanto nós tínhamos gasto e "combinou" de pagarmos R$ 500,00 de imposto. Eu questionei, mas não teve jeito. Para vocês terem uma ideia, a única mala que ele pediu que abríssemos tinha um pinico enorme da Minnie que compramos para nossa filha. Nós não trouxemos eletrônico, apenas roupas, tênis etc.

Agora iremos pela Azul, saindo do novo terminal de Campinas. Espero que não tenhamos problemas.

Um abraço a todos,

Marcos.

 


 
 
Compete a uma equipe especial de cast members polir a atração atração Prince Charming Regal Carousel (anteriormente denominada Cinderella's Golden Carrousel) todas as noites.