Notícias - Gripe Suína - AH1N1

 
Tópico Trancado

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Vacina H1N1

 mensagem postada em 03/02/2010 - 10:02:09hs
 
 

Oiiii pessoal, cheguei dia 9 de Janeiro dos EUA, fiquei 20 dias entre NYC, Orlando, Miami...acho que os dias mais gelados que conheço, mta neve e temperaturas negativas inclusive na Flórida.
Saí do Brasil morrendo de medo da Gripe Suína, e como todos do meu grupo eram profissionais de Saúde, levamos máscaras bico de pato, álcool gel (mtoooo)...e mta dúvida em relação a vacina.
Lá ficamos expostos a mudanças bruscas de temperatura e claro que os locais onde circulamos tinham muitas pessoas...
Bom, para nosso espanto NADA DE GRIPE, ninguém espirrando ou tossindo, ninguém usando máscara.
Vacinas, várias farmácias aplicam, (18U$ no Walgreens) conversei com funcionários, a procura por vacina é baixíssima, na verdade os Americanos não estão se vacinando, somente alguns turistas (fui em vários Walgreens comprar as dicas do VPO e não vi ningém se vacinar.
Claro que em nosso grupo ninguém tbém se animou.
Retornamos tão saudáveis qto qdo fomos, então aproveitem a viagem, não tenham preocupação!!
E detalhe, este vírus estará em mutação por algum tempo, isto significa que a vacina de hj pode não servir para a Gripe daqui ha 6 meses.
Abraços
Ana Márcia

 


 
Luciane

 mensagem postada em 03/02/2010 - 06:02:10hs
 
 

Cheguei dos Estados Unidos em 07 de janeiro. Eu, marido, um filho e uma sobrinha tomamos a vacina e, também, o meu filho que estuda lá já havia tomado em outubro, na própria universidade. Ninguém teve nenhuma reação. Tomamos no Walgreens e eu perguntei ao farmacêutico que aplicou, na clínica, se ele havia se vacinado e ele me respondeu que todos os profissionais de saúde eram obrigados a tomar.
Quanto ao virus vivo, só contém naquela que é aplicada no nariz. Na injetável o virus é morto. Sobre o mercúrio, esta substância contém em várias vacinas, inclusive na da gripe sasonal que já é usada há muitos anos.É uma dose muito pequena, só para conservar as vacinas. Sobre ser uma vacina nova, perguntei a alguns médicos e o que eles me responderam que era feita da mesma maneira da sasonal, só o que mudava era o virus colocado nela.
No começo, fiquei apreensiva pois via opiniões contra e a favor mas depois, resolvi me vacinar pois achei que era melhor ficar protegida.
Acho que por causa do grande frio que peguei lá - fui antes de Orlando para duas cidades bem frias - peguei uma gripe muito forte e sei que, se não estivesse já vacinada, teria ficado com medo.
Mas, é uma opinião muito pessoal, cada um tem que pensar e decidir.
Abç.

 


 
vacina gripe

 mensagem postada em 02/02/2010 - 12:02:22hs
 
 

voltei de NY e Orlando sabado, e nao vi nada nem em Orlando nem em NY.
Minha rinite ficou melhor por la, por ser mais seco que aqui no Rio, onde sofro bastante com a umidade.
Nao vi nenhum alarde sobre a gripe ou vacinacao.
Tambem nao vi ninguem usando mascaras ou gripado. O que reparei que mudou no habito 'e o uso do alcool, que inclusive tem em Orlando espalhado por todos os lados, parques, aeroporto, etc.
Usavamos sempre esse alcool e lavavamos a mao com frequencia nos parques. Optamos por nao tomar a vacina.
Abracos, Cris.

 


 
Luciana Verissimo,

 mensagem postada em 01/02/2010 - 08:02:25hs
 
 

Luciane,
Estou indo para a Coste Oeste e lá as coisas parecem estar piores que Orlando e como vc conhece o assunto, tomo a liberdade de te pedir 2 opiniões:
1)
Escutei, por médico, que não adianta usar gel porque gel não mata virus, mata apenas bactérias, isso é verdade?
2)Outra questão é que li num forum dos EUA estes comentários que vou reproduzir em portguês, o que vc acha disso?

8 RAZÕES PARA NAO TOMAR A VACINA H1N1

1º A vacina H1N1 contém mercúrio - a segunda substância mais perigosa do planeta depois do urânio! O veneno de uma cascavel é menos perigoso que o mercúrio! O Mercúrio em outras vacinas está ligado à epidemia de autismo entre crianças!

2º Ela contém esqualeno, uma substância que quando injetada no corpo pode fazer o sistema imunológico humano voltar-se contra si mesmo!

3º Ela contém células de câncer de animal que pode provocar câncer nas pessoas!

4º Até o governo federal não está confiante quanto à segurança da vacina H1N1, é por isso que foi dada às indústrias farmacêuticas imunidade contra ações judiciais. Isto significa que se seu filho ou esposa ficar inválido ou morrer por causa da vacina H1N1, você não poderá processar a indústria farmacêutica que fez a vacina!!!

5º A entrada no mercado da vacina foi acelerada, o que significa que todos os efeitos colaterais a médio e longo-prazo não são conhecidos!

6º Em 1976 o instituto médico afirmou que havia uma situação crítica relativa à gripe suína, quando de fato somente 5 pessoas em todo o país adoeceram com ela. A situação crítica foi uma fraude na época tal como é uma fraude agora. As pessoas começaram a morrer ou ficarem inválidas após tomarem a vacina contra a gripe suína!

7º As estatísticas e os fatos estão sendo manipulados para provocar pânico! O número de pessoas que supostamente estão com o H1N1 são somente estimativas, não números reais. Os testes usados para o H1N1 NÃO são aprovados pela FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA), e esses testes NÃO são confiáveis! Os poucos que supostamente morreram por causa do H1N1 também estavam com pneumonia ou outras doenças, entretanto, o instituto médico quer que você acredite que o H1N1 foi a única causa dessas mortes.

8º De acordo com as declarações dos Centros de Controle de Doenças, Agência de Drogas e Alimentos e da Organização Mundial da Saúde (OMS), o H1N1 é uma doença moderada da qual muitas pessoas se recuperam em uma semana sem medicação!

 


 
Para Luciane

 mensagem postada em 29/01/2010 - 08:01:05hs
 
 

Oi Luciane, primeiramente desculpas pela demora em responder mas só vi a mensagem hj; realmente, fomos com 5 crianças (10 anos, 3 de 6 anos e a minha pequena de 2 anos). Claro que saí daqui um pouco apreensiva, mas chegando lá não vi nada mesmo que pudesse me remeter à gripe suína. Acho que se formos procurar informações a respeito, vamos achar muita coisa; algumas mais preocupantes outras menos, mas acho que o fato de não haver qualquer comentário sobre a gripe por lá demonstra que o pânico já passou e agora o vírus tem a mesma importância do vírus da gripe comum(como alguns médicos já vêm dizendo há bastante tempo). E olha que eu assistia todo dia o weather channel,que fala bastante de utilidade pública,e os noticiários; por mais que falassem das históricas temperaturas baixas, ninguém falava da gripe suína.

O que eu fiz foi levar os remédios das crianças, contratar um bom seguro saúde e por lá, qdo lembrava, usava álcool gel.

Espero ter ajudado.

Abs
Gabriela

 


 
Gripe A

 mensagem postada em 28/01/2010 - 07:01:15hs
 
 

Olá, amigos.
Cheguei dos Estados Unidos no dia 07 de janeiro. Lá, ninguém houve falar na gripe e, também, só vi duas pessoas usando máscaras, durante os 20 dias da minha estada. Como sabemos que o vírus continua firme e forte, acho que o que se deve fazer é tomar a vacina assim que chegar pois agora, ela já está disponível para todos. Eu, marido, filhos e uma sobrinha, nos vacinamos no nosso segundo dia lá e ninguém teve nenhuma reação. Sei que a imunidade completa só acontece depois de 10 dias mas, enquanto isto, deve-se reforçar os cuidados com as mãos. Depois de dois dias que havia tomado a vacina, peguei uma gripe forte e cheguei até a ficar febril mas, por nem um momento, pensei que fosse a suína. Acho que adoeci por causa do frio. Fui primeiro para uma cidade onde estuda o meu filho, que estava gelada, depois para Vegas e em seguida Orlando. O frio estava em todos os lugares.
Se alguém quiser mais informações, pode perguntar.

 


 
Site Oficial do Governo Americano

 mensagem postada em 28/01/2010 - 09:01:08hs
 
 

Quando estamos na Disney, esquecemos do mundo, o que é perfeitamente lógico, então nem todos ficam sabendo dos acontecimentos pq ficam nos Parques ou nos Outlets comprando, segue abaixo uma do site oficial do Governo Amwericano.
Não quero criar alarde pois eu mesmo estou indo para Los Angeles e Vegas, mas devemos ler e ter a real situação da gripe nos EUA.

Key Flu Indicators
January 22, 2010, 11:30 AM

Each week CDC analyzes information about influenza disease activity in the United States and publishes findings of key flu indicators in a report called FluView. During the week of January 10-16, 2010, all key indicators, except for one, declined compared to the previous week. Below is a summary of the most recent key indicators:

Visits to doctors for influenza-like illness (ILI) nationally decreased again this week over last week. Visits to doctors for ILI are low in 9 of the 10 U.S. regions. Region 9 had a small decrease in visits to doctors for ILI, but activity is still elevated.
Overall cumulative hospitalization rates for the 2009-10 influenza season have leveled off in all age groups and very few 2009 H1N1-laboratory confirmed hospitalizations were reported by states during the week ending January 16.
The proportion of deaths attributed to pneumonia and influenza (P&I) based on the 122 Cities Report increased over the previous week and is higher than expected for this time of year. This increase in P&I is thought to result from an increase in reports of pneumonia-associated deaths in older people. These deaths are not necessarily related to flu illness. In addition, another nine flu-related pediatric deaths were reported this week: three of these deaths were associated with laboratory confirmed 2009 H1N1, four were associated with an influenza A virus for which the subtype was undetermined, one was associated with an influenza A (H3) virus infection, and one was associated with an influenza B virus infection. The influenza A (H3) and B deaths reported this week occurred during the 2008-09 influenza season, bringing the total number of reported pediatric deaths that season to 132. Since April 2009, CDC has received reports of 307 laboratory-confirmed pediatric deaths: 258 due to 2009 H1N1, 47 pediatric deaths that were laboratory confirmed as influenza, but the flu virus subtype was not determined, and two pediatric deaths that were associated with seasonal influenza viruses. (Laboratory-confirmed deaths are thought to represent an undercount of the actual number. CDC has provided estimates about the number of 2009 H1N1 cases and related hospitalizations and deaths.
No states reported widespread influenza activity. Seven states continue to report regional influenza activity. They are: Alabama, Georgia, Maine, Nevada, New Jersey, South Carolina, and Virginia.
Almost all of the influenza viruses identified so far continue to be 2009 H1N1 influenza A viruses. These viruses remain similar to the virus chosen for the 2009 H1N1 vaccine, and remain susceptible to the antiviral drugs oseltamivir and zanamivir with rare exception.

 


 

 mensagem postada em 26/01/2010 - 06:01:50hs
 
 

Boa noite!!

Alguem saberia informar como esta a situação da gripe AH1N1 em orlando, estou planejando ir em março mas estamos apreensivos com esta situação,como não há nenhuma noticia atual ajudaria se o pessoal que esta retornando informar.

SDS

 


 
Camila e Fabiano Dutra

 mensagem postada em 11/01/2010 - 09:01:35hs
 
 

Olá, Camila...agradeço a ajuda...estou mais tranquila com a ajuda de todos os comentários aqui do vpo...pelo visto ..realmente lá está tranquilo...e acabei mudando meu embarque para dia 28/01 agora...entao daqui 2 semanas estarei na disney!!!!...Vou ver esses remedinhos que vc comentou aqui no vpo...Muito Obrigadaaa!!!! Um super beijo!!!

Camila Mercuri

 


 
CAMILA

 mensagem postada em 10/01/2010 - 02:01:20hs
 
 

acredito que vc pode ir no carnaval tranquila... tomando as providencias de segurança claro.. muito alcool gel!! Vc poderia fazer como fizemos com minha cunhada que esta gravida.. vá a um posto de saude da sua cidade e explica que vc vai viajar para la e que esta gravida.. eles liberam os medicamentos e as receitas pra vc levar e vc vai mais segura... pra ela deu certo mas graças a Deus nem precisou tomar.. e vc tbm nem vai precisar.. é só pra ir mais tranquila

 


 
 
A Space Mountain é a única atração que fica localizada fora do perímetro da Walt Disney World Railroad (ferrovia do Magic Kingdom)