Bagagem - Limite - Peso

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais recente para a mais antiga
 
Índice  
 
 
Limites de Bagagem

 mensagem postada em 26/01/2008 - 11:01:37hs
 
 

Pessoal, para não termos problemas de excesso de bagagem, temos que seguir a risca a orientação das cias. aéreas e também disponíveis no site da ANAC (quando carrega, é claro - rsrsrs):
PARA BILHETES AÉREOS EMITIDOS NO BRASIL, COM SAÍDA E RETORNO AO BRASIL - o limite são duas malas de até 32kg cada uma e o total de altura+largura+comprimento não pode ultrapassar 158cm.
PARA BILHETES AÉREOS EMITIDOS FORA DO BRASIL - o limite é o Americano, que são duas malas de até 23kg cada uma e o total de altura+largura+comprimento não pode ultrapassar 158cm.

Quanto a bagagem de mão, recomendo que se consulte a cia. aérea, pois apesar de podermos levar até 18kg nela, tem restrições sobre o que poderá ou não ser levado. No caso dos EUA, tem a restrição a produtos pastosos/gel/cremosos que são proibidos ou tem quantidade limitada a 80 ou 90ml e tem que estar tudo dentro de um saquinho transparente (Ziploc). Já vi inclusive criarem problemas com mães levando mamadeiras, exigiam que a mãe experimentasse a mamadeira do bebê somente para terem certeza de que era um infensivo mingau que tinha alí dentro; comigo já tive que jogar fora meu pote grande de liquido para lentes de contato, pois somente permitiam o pequeno; etc. São coisinhas bem chatas mesmo, mas as quais estamos sujeitos - tudo pela "segurança"... Daí o ideal é dar uma reconfirmada com a cia. aérea antes de arrumar a mochila.

Afinal, se as regras não forem seguidas, teremos que pagar excesso de bagagem - e os valores geralmente são em dólares!!! Geralmente à partir de US$100,00, que poderíamos gastar melhor nos divertindo num parque, concordam?

 


 
Bagagem extra

 mensagem postada em 27/01/2008 - 05:01:03hs
 
 

Prezados, tenho dúvidas quanto a volume extra. Pretendo comprar um carrinho de bebê. A taxa por volume excedente tem valor fixo de U$100,00? E este volume também pode ter peso máximo de 32Kg?
Estive olhando os preços dos carrinho e creio de a taxa for mesmo esta vale trazer.
Mais uma vez agradeço as dicas.

 


 
Bagagem Extra x Dúvida

 mensagem postada em 16/02/2008 - 03:02:05hs
 
 

Gente, na última viagem que fiz com a Delta, procurei saber sobre volume extra (ou peça extra – como eles chamam), e me informaram o seguinte:

Pelo padrão, é permitido levar APENAS UMA peça extra, a qual eles cobram US$125,00.

Caso você tenha mais que uma peça extra, ficará sujeito à decisão do pessoal de balanceamento da aeronave, pois se houver muita carga à bordo, o pessoal no check-in te encaminhará ao setor de cargas deles para que você faça o despacho da bagagem extra como carga. Caso não tenha muita carga no avião, o check-in te abre uma excessão, você paga mais US$125,00 e leva a peça extra excedente.

Outra coisa interessante que me explicaram, é quando a bagagem excede os 158cm. ou passa de 40kg – o limite de tamanho, ou limite de excesso de peso, eles simplesmente não despacham, também te fazem mandar suas coisas como carga!!!

Para carrinhos de bebê, se o bebê estiver dentro, nada é cobrado, já que o bebê tem o direito de levar o carrinho dele hehehehehe… Agora, se o bebê não estiver dentro, há duas possibilidades:

1 – O carrinho fica valendo como se fosse uma peça. Daí você levará um carrinho mais uma mala;

2 – O carrinho vira peça extra, no caso de você estar carregando já as duas peças que tem direito mais ele. Daí, pagarás os US$125,00.


No caso da outra viagem, somente se no bilhete da JAL constar os vôos não somente da JAL(JL), mas também da JET BLUE(B6), e dentro da mesma tarifa, por exemplo:

SAO JL x/NYC B6 MCO520.00 B6 x/NYC JL SAO520.00NUC1040.00END = o que quer dizer que este bilhete sai de São Paulo com a JAL(JL), faz uma conexão em Nova Iorque(X/NYC), segue com a Jet Blue(B6) para Orlando ao custo de US$520,00 e vice versa totalizando a tarifa SAO – Orlando via NYC em US$1.040,00


É que o limite de bagagem aplicado será o nosso, de duas malas de até 32kg cada uma. Pois está caracterizado que apesar de serem usadas duas cias. aéreas diferentes, a viagem é uma só. De SAO a Orlando.

Agora, se os bilhetes forem separados, um para a JAL, e outro para a Jet Blue, ela terá direito duas franquias: No trecho da JAL = 2 malas de 32kg; e no da Jet Blue apenas a franquia americana de 2 malas de até 23kg cada. Já que o bilhete da Jet Blue será um bilhete doméstico (dentro dos Estados Unidos), e sem nenhuma ligação com o internacional com saída e retorno ao Brasil.

Para complicar mais ainda, há também uma terceira possibilidade – a qual custei para entender!!! Mas depois de muita boa vontade do atendente em me explicar, eu consegui… É o seguinte: Todos os trechos podem estar no bilhete da JAL, mas terem sido cobrados em separado. Exemplo:
SAO JL NYC400.00 B6 MCO120.00 B6 NYC120.00 JL SAO400.00NUC1040.00END = o que quer dizer que é um bilhete SAO – NYC – SAO com a JAL ao custo de US$800,00 mais um bilhete NYC – Orlando – NYC com a Jet Blue, no valor de US$240,00 fazendo o total do bilhete em US$1040,00.

Daí, neste caso, pelo fato da cobrança ter sido separada – mesmo que dentro de um mesmo bilhete aéreo, a Jet Blue poderá não considerar ele como um bilhete internacional e fazer valer também a franquia americana de 2 malas de até 23kg cada uma.

Bem amigos, é isto aí, espero que tenha conseguido descomplicar esse negócio, para vocês, pois eu penei para entender estas regrinhas todas aí… Mas, como não gosto de perder dinheiro, resolvi aprendê-las para não cair em ciladas.

Abraço e boa viagem!!!

 


 
BAGAGEM DE MÃO - EMBARQUE EM MIAMI

 mensagem postada em 01/04/2008 - 11:04:30hs
 
 

Para minha surpresa, nesta minha última ida, o pessoal que faz a revista das pessoas (aquelas da paranóia toda de tirar o sapato, etc,-aco que é da TSA), não permitia o embarque com as duas bagagens de mão a que temos direito, conforme o site da TAM. Tive que retornar ao balcão da Cia e pagar como se fosse excesso. Então, sugiro que imprimam o informativo do site da tam e se necessário apresentem no check-inn. Como eu não tinha ( minha suspresa foi muito grande) e meu tempo era curto, marchei.

 


 
PESAGEM DAS MALAS

 mensagem postada em 09/04/2008 - 08:04:32hs
 
 

Cheguei ontem de Miami, dp de assistir ao Sony Ericsson de Tenis, quem quiser saber a respeito pode perguntar...mas minha surpresa foi a pesagem das malas..
Vcs sabiam q. as malas devem ser pesadas em pe ???
No caso de sacolas por ex, q. era o meu caso em 4 malas dava uma tremenda diferença qdo pesada deitada e em pe...Questionei mas o cara da Tam disse q. esta no site mas ainda nao tive tempo de pesquizar...Moral da historia paguei excesso das 4...Alguem ja ouviu falar isso??? Estive la em dezembro ultimo e nao aconteceu nd disso nao....
Qto as bagagens de mao passamos c/ 2 cd um...

 


 
Excesso de Bagagem

 mensagem postada em 27/04/2008 - 11:04:39hs
 
 

Este link leva à nota do jornal O Globo sobre nova regra para bagagem.
http://oglobo.globo.com/economia/mat/2008/04/22/alta_do_petroleo_faz_companhias_aereas_americanas_cobrarem_pela_segunda_mala-426992898.asp
Algumas já cobram pela 2ª mala despachada e outras passarão a cobrar a partir de maio como a Delta.Acesse o link anbaixo:
http://pt.delta.com/delta/enpt/?24;http://www.delta.com/traveling_checkin/baggage/baggage_allowance/index.jsp
Vale a pena conferir para não ser pego de surpreso.

 


 
Bagagem - Delta

 mensagem postada em 27/04/2008 - 02:04:18hs
 
 

Puxa, valeu pela dica, Jose Augusto! Viajo dia 04 de maio pela Delta!

Só não ficou claro no site deles se a exceção para o Brasil só permite uma mala de 32kg...antes eram duas. Mas parece que acabou a mamata de despachar 64kg!

Eles mencionam a restrição para vôos nos EUA, mas para vôos fora dos EUA parece que ainda dá pra levar duas...sei lá, ficou confuso!

Bagagem Despachada

Atualmente, você pode despachar duas malas por passageiro, gratuitamente. A partir de 5 de maio de 2008 esta quantidade será reduzida para uma mala gratuita por passageiro viajando nos EUA, Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico.

Exceções:

O limite gratuito de peso é de 70 libras (32 kg) por passagem comprada no Brasil, ou para passagem comprada no Japão quando estiver viajando de/para o Brasil.


Excesso de bagagem

Viagens nos Estados Unidos, Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico:

Mala 2 (a partir de 5 de maio de 2008) - $25


Pior é não saber como lidarão com as conexões domésticas...afinal, pousarei em Atlanta, e trocarei de avião para ir até Orlando.

O jeito é investigar isso, ligando para a companhia.

Abraços,

Guilherme

 


 
Guilherme

 mensagem postada em 28/04/2008 - 12:04:24hs
 
 

O negócio é ligar para a Cia Delta mesmo .. eu tb vou no dia 20 de maio do mesmo jeito que vc... porém saio do RJ, vou para ATlanta e Atlanta Orlando... e estou com medo desta restrição do peso das malas....
Amanhã vou ligar para lá e coloco aqui a minha resposta...
Agora cabe lembrar uma coisa.... a nova regra começa a entrar em vigos a partir do dia 5 de maio.. porém nós compramos a nossa passagem antes desta data e deve haver algum lugar no nosso " contrato" ou no bilhete que diz a quantidade de malas q podemos levar... e o nosso direito adquirido ?? Será que não podemos alegar neste caso??? Amanhã vou tentar...

Boa sorte para nós !!!!
Tatiana

 


 
Delta - Preocupação com limite e n° de malas

 mensagem postada em 28/04/2008 - 12:04:53hs
 
 

Acabei de postar uma mensagem no site da DELTA com essa mesmo preocupação, pois embarco em 13 de maio e comprei as passagens em março, assim que tiver as resposta coloco aqui para mostrar o resultado. É um absurdo mudarem as regras sem levar em consideração a época em que compramos.

 


 
Delta - Bagagens em vôos internacionais

 mensagem postada em 02/05/2008 - 02:05:08hs
 
 

Pedi para a minha agente de viagens se informar sobre o assunto, e ela me respondeu que no meu caso continua a mesma coisa, ou seja, duas bagagens de 32kg cada fora a bagagem de mão.

Mas sempre é bom ter outras confirmações, então se a Luciana ou Tatiana souberem de alguma coisa...viajo no domingo, hehe!

Abraços,

Guilherme

 


 
 
The Enchanted Tiki Room surgiu originalmente de uma idéia de Walt Disney - após comprar um pássaro mecânico - em criar um dinner show com pássaros falantes, mas o projeto tornou-se tão complexo que acabou se transformando na primeira atração com bonecos audio animatrônicos na Disneyland (Califórnia).